E agora? O que é que a gente faz com essa dor? Depois de uma noite insone, um dormir e acordar incessantes, coração despedaçado, remoendo os fragmentos de um pesadelo,  sentindo uma inquietação e um pesar imenso, acordei como se tivesse morrido um pouquinho. E agora, lá vai a torcida palestrina (em sua maioria), fingir uma indiferença que, na verdade não sente,  e apenas usa como defesa, para essa dor que não para de doer…

Indiferença, que nos ajuda a a “fazer de conta” que não percebemos que a mentalidade e incapacidade de nossa diretoria, o  seu ‘não delegar funções’, ‘não abrir espaços’ para que outros nomes surjam, têm levado o Palmeiras à mesmice das escolhas erradas, à falta de títulos, já por tantos anos. Os torcedores, há muito desorientados, nem se dão conta que não conseguem mais ver com clareza. Cada hora é um, o vilão  escolhido. Luxemburgo (prá mim, era vilão, sim!), Alex Mineiro, Elder Granja, Martinez, Leandro, Keirrison, Muricy, Vágner Love, Armero, Diego Souza… E eles vão saindo do time, impregnados da raiva do torcedor e nada muda… Porque não são (não eram) eles os nossos reais problemas. Diego (que vai embora) não estava ontem. Será que ele teria perdido o pênalti? Sem ele, jogamos melhor?  Mudou alguma coisa? Quem assistiu à partida sabe que a resposta é não! Jogamos como sempre… SEM FIBRA, SEM ALMA!

O juiz tinha acabado de apitar o final de jogo e as lágrimas, que eu tanto segurei, surgiram num repente. Pobre Marcos… Depois de ter feito uma partida e tanto, lá ia ele, mais uma vez, ter que ‘segurar a bucha’ da incompetência de tantas pessoas e da incapacidade de outras… E nós, torcedores, quanto mais teríamos que aguentar??

O jogo até que começara bem. O Palmeiras, que foi a Goiás, jogar como time pequeno e com o regulamento debaixo do braço, parecia estar tranquilo. Não sofria muitas investidas no primeiro tempo e, mesmo perdendo alguns gols (como é de praxe nos dias atuais), se mantinha com o comando da partida. Se é que um time “incompreensível” como o nosso, possa realmente estar no comando de algo. Marcos estava lá, seguro, e honrando a camisa. Outro que honrava o manto era Armero… que espírito de luta ele tem! E como o Atlético não vinha prá cima buscar a vitória e o Palmeiras, não era capaz de fazer um único gol e matar a partida (né Robert?), o primeiro tempo terminou no 0 x 0.

Veio o segundo tempo  e dois fatos mudaram  o ritmo da partida: a expulsão de Pierre e a entrada de Elias, no Atlético. O time da casa veio prá cima. E o nosso ininteligível Palmeiras, de tática e estratégia  confusas, deixou o Atlético gostar do jogo e começou a ficar acuado. Nossa defesa começou a ter um trabalhão! Ainda bem que a gente tem Marcos…  Ele pegou muito! Mas o Santo, pego no contra-pé, não pode evitar o gol do dono da casa. E o Palmeiras não teve competência para deixar o seu na rede adversária.. E a decisão foi para os pênaltis…

O palestrino ficou esperançoso; embaixo das traves a gente tinha Marcos. E ele não decepcionou. Pegou três penalidades!!! Mas os incompetentes Danilo, Ivo, Figueroa e Cleiton perderam 4!!! Só Ewerthon conseguiu converter! Nosso “ilustre”, incapaz e burro técnico, tinha tirado (WHY?) Lincoln e Marcos Assunção (bons cobradores), para a entrada de Ivo e Figueroa, que desperdiçaram os seus. A cada erro nosso, Marcos nos salvava com uma defesa.  Até pênalti com paradinha ele pegou!  Tava 1 x 1 quando Cleiton  foi para a última cobrança. Pensei comigo, “agora ele guarda, Marcos pega de novo, e fim de papo”. Mas não é que ele cobrou com a maior displicência e nas mãos do goleiro, como se ainda jogasse no Figueirense?   ( É… quem nasceu prá coadjuvante…) Elias então, marcou o dele e matou o Palmeiras, na Copa do Brasil! Matou o palestrino (que não pode fazer mais, a não ser que calce chuteiras e entre em campo) de tristeza e vergonha! 4 penaltis desperdiçados, é demais!! Desapontado, ferido, abandonado, o torcedor se pergunta:  “O QUE FIZERAM COM O MEU PALMEIRAS? QUANDO O TRARÃO DE VOLTA??” A resposta é apenas silêncio…

Em meio à essa catástrofe, enquanto enxugávamos as nossas lágrimas,  os gambás entravam em campo (Graças a Deus!) para enfrentar o Flamengo e buscar o que sabiam que não iriam encontrar… Para fazerem com que por algumas horas, ou mesmo um por dia,  o palestrino pudesse voltar a rir. E Libertadores e Gambás são coisas que  simplesmente não combinam. Até que eles deram a impressão que podiam mudar a escrita.;fizeram 2 x 0, mas Vagner Love (EIS AÍ O MOTIVO PARA BELLUZZO TRAZÊ-LO DE VOLTA AO BRASIL!!) deixou o seu na rede gambá e acabou com o sonho  da galinhada!   Eles estão tão acostumados com as desclassificações, que nem quebraram o Pacaembu dessa vez…  E já diz o velho ditado: P….. Q….. P……..! LIBERTADORES O CU RINTIA NUNCA VIU! E NEM VAI VER!! hahahaha

Eu sei que perder uma Libertadores é humano, e perder todas é…. CORINTIANO!!  E  como diria Valdivia: TCHUUUPA GAMBÁ!!

Mas eles não desistem! Com a camisa “loteada”, sem Copinha, sem Carnaval, sem Paulistão, sem César Cielo, sem Vagner Love (hahaha), sem Riquelme, sem Stock Car, sem “istádio” e sem Libertadores, o alvo agora é outro:

marcelinhodanadosfamoso

E como dizem que rir é o melhor remédio…  NUNCA VAMOS PARAR DE RIR!!!  UHAUAHUAHAUAHUH

ATT373726

agenda


cHORAGAMBÁ

 

Livrodocentenário



Tem umas coisas que a gente vai deixando,vai deixando,vai deixando de ser e nem percebe. Quando viu, babau, já não é mais.  – Caio F. Abreu

É duro admitir, mas este time do Palmeiras, à exceção de Marcos, Pierre, e uns poucos,  não vale nada. De que adianta termos alguns jogadores considerados habilidosos, acima da média se eles simplesmente não funcionam? Acho que o “ranço” de pensar pequeno das nossas diretorias (atual e anteriores) estendeu as suas venenosas garras e penetrou todas as frestas, todos os vãos do Palestra Itália. Nossos jogadores pensam pequeno, também!! Tiveram que se esforçar, e muito, para empatar com o megahiperultra”Real” Rio Branco (lanterna do campeonato), depois de estar vencendo e, num piscar de olhos, tomar a virada. É triste, mas é verdade…

Diego Souza deve pensar que ainda joga no Benfica; Cleiton, que continua no Figueirense, e por aí vai… Até o nosso guerreiro Pierre, pareceu “contaminado” ontem, diante do Rio Branco… Trocamos três vezes de técnico, nos ultimos meses. Foram 4, em dois anos. Eram eles os culpados?? Tirando Luxemburgo que usava o Palmeiras para legitimar as péssimas contratações da Traffic, acho que os outros não têm culpa ou, pelo menos, têm a menor parte dela.

Como pode a zaga que, antes de Muricy, era a menos vazada, ser agora essa peneira que estamos vendo? Pobre Marcos… Os jogadores são os mesmos, e não podem ter esquecido o que sabiam… E como podemos ter bons (ELES SÃO BONS?) jogadores lá na  frente e penarmos para marcar gols em times pequenos do campeonato Paulista? Não há comprometimento! Até o preparo físico parece estar muito ruim. Tem jogador com a língua arrastando já no primeiro tempo. O departamento médico é incapaz de nos devolver Maurício Ramos!! Nosso time tão amado está à deriva…

Cipullo vive dizendo que o time é bom. ENTÃO POR QUE É QUE ELE NÃO VIRA TÉCNICO E FAZ ESSA ‘MARAVILHA’ DE TIME JOGAR?? Quanto tempo mais a nossa diretoria vai nos enganar, com declarações como essa, e notícias que mascaram a realidade do time?  Homenagem para Diego, que fez um gol histórico, mas não é capaz de decidir quando a gente mais precisa… Notícias sobre a porcentagem de assistências de Cleiton, que não chama a responsabilidade nunca; Robert, o artilheiro do time, que não marca gols, contra ‘poderosíssimos anões’ do futebol paulista; novamente Diego, segundo maior artilheiro na década,  que não traduz o ‘feito’ em conquistas… O torcedor está de saco cheio!! Abusam do amor que sentimos pelo Palmeiras. Sabem que ele é imenso e nada, nem ninguém vai mudar isso. Mas as nossas lágrimas, tiraram a “maquiagem” com que o Palmeiras foi pintado.

Nesta semana, ganha um ingresso para Palmeiras x Mirassol, quem comprar uma camisa. NÃO QUEREMOS GANHAR INGRESSOS PARA VER O PALMEIRAS PERDER!! Montem um time vencedor, de jogadores raçudos, sem medo de timinhos, e teremos o prazer de disputar cada centímetro das calçadas do Palestra Itália para conseguirmos os nossos ingressos.Não dá mais para blindar você Belluzzo!! Você é um homem honesto (eu ainda penso assim), mas está sendo um presidente ruim. Não teve e não tem peito para quebrar essa aliança maligna que afunda o meu Verdão a cada dia. O QUE CIPULLO E SEU EGO IMENSO, FIZERAM DE BOM PARA O PALMEIRAS ATÉ AGORA?? E POR QUE ELE CONTINUA AÍ?  O que a sua administração trouxe de bom para o Palmeiras, Belluzzo? Patrocínios melhores? Mais dinheiro? E por que não podemos contratar? Por que estamos sempre quebrados? CADÊ A ARENA, CUJAS OBRAS MUDAM DE DATA ASSIM COMO MUDAMOS DE ROUPA? ONDE ESTÃO OS GAROTOS DA BASE? ‘SUMIRAM’ OUTRA VEZ? Estamos pagando os salários de Wendel, no Goiás, enquanto utilizamos Eduardo (lateral-esquerdo), improvisadamente na lateral direita para ele cruzar com a… perna  esquerda!! Não temos jogadores para todas as posições!!!  PARA QUE PRECISAMOS DA TRAFFIC? Só nós somos parceiros? Ajudamos a valorizar esses jogadores meia boca e ela nos ajuda… EM NADA! Ela não veio ao Palmeiras para nos ajudar a conquistar títulos e, em consequência, ganhar dinheiro com a natural valorização de jogadores campeões. Veio só “lotear a nossa camisa”. E VAMOS FICAR REFÉNS DESSA PORRA DE PARCEIRA ATÉ QUANDO?

Querem que acreditemos que vamos ganhar a Copa do Brasil e o Brasileiro. DE QUE JEITO? Quem não consegue se impor diante de São Caetano, Rio Claro, Rio Branco… vai ganhar o quê, de quem??? Ou a diretoria acorda, deixa a porra da política de lado, arregaça as mangas e começa a trabalhar direito, senta quem tem que sentar, ou vão fazer companhia a Mustafá, nos levando mais uma vez para a segundona. Não adianta trazer novo gerente de futebol, se não há dinheiro para contratar. E basta de viver apenas das glórias passadas. Em onze anos GANHAMOS APENAS UM PAULISTA!! Quem merece homenagens e placas, somos nós, torcedores. Por todos os títulos que estamos vendo  escorrer de nossas mãos, por todas as desculpas que temos aceitados, por pagarmos os ingressos mais caros, pela falta de conforto que encontramos até mesmo nos banheiros do Palestra Itália,  por todos os times ruins que temos suportado, por todos os sapos que temos engolido…  E não pensem que nós, que vivenciamos os períodos de glórias, vamos aceitar e nos contentar com esse “nada” que vocês hoje nos dão. Só tenho pena dos muito jovens que infelizmente só conhecem o Palmeiras Imponente nas histórias contadas pelos mais velhos, nos vídeos aos quais podem assistir. E quando ousam querer ver o time campeão, são taxados de bambis, de modinha. Pobres torcedores que estão sendo doutrinados a pensar pequeno também. Eu me pergunto: até quando essas histórias conseguirão manter acesa a chama, no peito das crianças palestrinas, dos adolescentes?? Até quando o nosso hino vai arrepiar os jovens palestrinos?? VAMOS COLHER MUITO EM BREVE  TUDO O QUE PLANTAMOS AGORA, NÃO SE ESQUEÇAM DISSO…

VAI, BELLUZZO! NÃO NOS DECEPCIONE ASSIM!! VOCÊ SABE O GIGANTE QUE  É O PALMEIRAS! FAÇA O QUE TEM QUE FAZER!! TENHA CORAGEM PARA MUDAR ESSE ROTEIRO MALDITO, ESSA MENTALIDADE ULTRAPASSADA E VENENOSA! ABRA AS JANELAS, DEIXE O SOL ENTRAR  E TROQUE ESSE AR PESADO, VICIADO, PELO AR PURO DE UM NOVO TEMPO, DE VERDADE, COMO VOCÊ SABE QUE DEVE SER!! PELO AMOR DO NOSSO PALESTRA…

Belluzzo, esta música é para você… Presta atenção no refrão…

gifrobertLATION

Se nem Pelé parou o Palmeiras, não seriam as foquinhas amestradas da Vila,  com seus cabelinhos ‘moicano’, camisa de gola levantada (prá quê, Neymar?) e  firulas dignas do Cirque du Soleil, que iriam segurar o Verdão, né? Robinho surgiu, foi, voltou, e continua sem saber o que é vencer o time de Palestra Itália.

Durante a semana, a imprensinha enchia a bola do Santos “melhor do Brasil”, e insinuava que levaríamos uma goleada, como ocorrera no meio de semana com o Naviraiense. O imbecil do Flávio Prado, chegou a dizer que o Palmeiras era o Naviraiense verde. Esse cara, já tá velho, barrigudo e vai morrer assim, tendencioso, leviano e burro, sem aprender a ser um jornalista de verdade. Quem compara o Campeão do Século ao Naviraiense, não conhece nada de futebol, isso é fato! Para a impren$inha vendida, parecia que éramos a Itália contra o Brasil, porque tava todo mundo torcendo contra. E não é que fizemos, mesmo, como a Itália? De 82!! Nosso “Paolo Robert”, tão desacreditado (até por nós mesmos), acabou com a farra da molecada e decidiu a partida.

O Palmeiras começou nervoso. Embora tenha tido as primeiras oportunidades, errava muitos passes,cruzamentos,  desperdiçava escanteios, com aquela repetida cobrança no primeiro pau… Os jogadores santistas, se jogavam, encenavam, e saíam rolando a cada trombada ou falta sofrida. Ridículo! O Palmeiras, ao invés de fazer o seu jogo, ficava correndo atrás dos jogadores santistas. Não ia dar certo assim… Aos 9′, Pará recebeu na lateral da área, cortou Eduardo facilmente e cruzou. Na sorte, a bola acabou entrando no ângulo esquerdo de Marcos. 1 x 0. E dá-lhe a molecada dançando, rebolando… O Palmeiras, muito intranquilo, permitiu que o Santos passasse a dominar a partida .  Aos 30, depois de Danilo errar o passe ao tentar sair jogando, Neymar recebeu na área e tocou por cima de Marcos.  Não era possível que fossemos perder, apenas por estarmos nervosos, errando muito e termos dado duas bolas para o ataque do Santos. As “hienas” da TV se lambuzavam de alegria com o placar, e com os jogadores santistas que faziam a sua “dancinha” para as câmeras de TV, outra vez. Só que ninguém imaginava quão eletrizante e verde seria o restante da partida…

Não sei se as fraldas da molecada santista já estavam molhadas, ou se os jogadores do Palmeiras ficaram com vontade de dançar também, mas o fato é que o Verdão foi colocando os nervos no lugar. Aos 41′, Cleiton cobrou falta (sofrida por Diego) na lateral da área, o goleiro saiu mal e Robert só teve o trabalho de guardar.  GOOOOL, PORRA!!! Mal deu tempo da gente comemorar e, aos 43′, Diego tocou de calcanhar para Armero (quem diria!) cruzar na área e Robert, no contra pé do goleiro, mandar prá rede! O PALMEIRAS EMPATOU!! Eu, quando dei por mim, estava em pé, gritando feito uma louca, pulando no meio da sala. QUE ALEGRIA!!!!!! E lá foram os jogadores alviverdes dançar também! Armero e Diego eram os mais animados! Podemos dizer que Armero EN-LOU-QUE-CEU de alegria!! uhauahuah A partida, seria outra, depois desse gol. Eu tinha absoluta certeza!

No segundo tempo, Marcio Araújo entrou jogando no lugar de Eduardo. O Palmeiras que terminara o primeiro tempo, pressionando o Santos, jogava agora um futebol de gente grande!! Aos 4′, quase que o Ewerthon faz o dele! A bola passou raspando… Mas aos 11′, Cleiton cobrou falta prá área, Léo cabeceou e ela bateu na trave, no rebote, Diego, quase de peixinho, virou a partida! Pensei que fosse enlouquecer de alegria!!! E os jogadores cairam na dança, outra vez!!!!

O Santos veio prá cima,mas o Palmeiras estava bem postado e esperto. Sempre tinha um pé ou uma cabeça palestrina para tirar a bola. Aos 17′, Lincoln entrou no lugar de Ewerthon. Inteligente, lúcido, Lincoln fazia boas  jogadas . Aos 25′, o Santos assustou. A bola passou raspando. O jogo era eletrizante e podíamos sentir que para os jogadores a disputa era feroz. O time do Palmeiras não estava para brincadeiras e defendia o seu espaço com garra e determinação. Eu tremia e mal conseguia me manter sentada. Estava à beira de um infarto…  Aos 35′, num vacilo nosso, Madson entrou na área,livre de marcação e empatou.   Ele, pelo visto, não sabe dançar, mas achei bacana ele comemorar o gol homenageando a própria família…  A molecadinha do Peixe, acostumada com jogos e adversários mais fáceis, ia perdendo a cabeça com a disposição do Palmeiras. Neymar, numa mesma jogada, deu uma botinada em Léo e em seguida entrou violentamente em Pierre. Foi expulso e, como criança que perdeu a chupeta, fez o maior escândalo, para depois sair chorando…

Em campo, o Palmeiras era um gigante em raça, vontade e determinação! Zago colocou Ivo no time, e o Palmeiras atacava e se defendia do jeito que dava. Aos 44′, ROBERT METEU UM TORPEDO DE FORA DA ÁREA E GUARDOU NO ÂNGULO!! PUTA GOLAÇO!! E DÁ-LHE DANÇA!!! Léo ainda foi expulso, por falta dura no anão Madson (‘coitado’ do Madson… uhauauha). Na cobrança, Marcos salvou o Verdão! O PALMEIRAS VENCEU E CONVENCEU! Essa molecadinha e suas bicicletinhas e chapéus, que vá arranjar outro ‘coleguinha para brincar’, porque no Palmeiras se joga futebol de gente grande!!!!

VALEU ROBERT!!! VOCÊ É O CARA!!  ENSINOU AS MOÇAS E AS CRIANCINHAS A DANÇAREM UM NOVO RITMO: “ROBERTATION, TION…  ROBERTATION, TION!!!!”

periquitoverde_flapixpalBlog

Foi um jogo ruim. Daqueles de dar sono no mais bem disposto torcedor. Não sei até quando vamos ficar dando desculpas para o Palmeiras. A gente vai se “enganando” de que o time não está pronto, de que ora falta um, ora falta aquele, de que o técnico não tem elenco,e que por não ter elenco, o time já está cansado; de que “fulano” vai chegar, “sicrano” está quase contratado, que tava um calor dos diabos lá em Teresina, que o gramado (com a grama alta) era ruim de doer…

Sabemos que (quase) tudo isso é verdade. Mas cá entre nós, para ganhar daquele timeco do Flamengo/PI, precisava de muita coisa, Muricy? Nem que tivesse paralelepípedo em lugar da grama. Tinha que ser tão difícil conseguir marcar um gol naqueles caras? O Palmeiras, era superior técnicamente, tinha a posse de bola, o domínio das ações. Mas quando se aproximava da grande área adversária, aí começava a bagunça! Não acertávamos passe de meio metro, nunca tinha alguém posicionado para uma bola que porventura fosse cruzada (quando acertavam o cruzamento), ou sobrasse numa dividida. As finalizações eram muito ruins. Sem padrão de jogo, e sem criar a jogada que facilitasse a marcação de gol, o Verdão conseguiu deixar que o Flamengo, com lances de bola parada, começasse a chegar. E o bom Deola, até que levou  um susto, com uma bola na trave.

O primeiro tempo foi truncado, amarrado, sonolento. Tudo acontecia no meio de campo, e só lá. Nossa única jogada é a bola alçada na área, agora com a diferença de Danilo aparecer de surpresa. Nem é mais tão surpresa assim, né? Alguém precisa avisar ao Muricy que o futebolzinho burocrático tinha que ter sido deixado do outro lado do muro. Fora isso, só se Diego, Cleiton, ou qualquer outro (que outro?) se aventurasse individualmente. Sacconi e Cleiton, até criaram algumas raras chances para o Palmeiras. Mas de bom, mesmo, nada aconteceu. E, como as coisas não estivessem boas, Figueroa (que anda jogando bem menos) sentiu uma indisposição e foi substuído por Armero.

Veio o segundo tempo e a coisa permanecia a mesma. Sonoleeeeenta… Até que Muricy teve o “insight” de colocar Lenny no time. A torcida já o queria em campo desde o primeiro minuto. Ele entrou aos 16′, e a movimentação já mudou. Mesmo sem criar chances claras de gol, o Palmeiras melhorou. Só que ninguém avisou ao Robert que era para melhorar também….Aos 29′, finalmente, o que a gente tanto esperava: GOL!! Depois de boa jogada de Edinho, Diego recebeu na área, se livrou da marcação e chutou rasteiro. Faltava mais um gol para eliminar a partida de volta. Nosso centroavante, com pouca mobilidade, nada conseguia fazer. Já são várias partidas como titular e Robert não está bem! Até que é bom cabeceador, mas já que a maioria das bolas levantadas, nunca são prá ele, será que o Robert não poderia jogar deitado, de vez em quando? Quem sabe daria certo. Muricy, estranhamente apático e calado (WHY?), ainda tentou mais uma mudança, tirando Robert para a entrada de Souza. Mas o jogo terminou 1 x 0 para o Palmeiras.

Ganhamos, e isso é o mais importante! Mas em relação ao futebol apresentado, a gente não sabe se xinga, se espera mais um pouco. O que não dá, é ver o Palmeiras jogando assim. E não dá, também, para acompanhar as declarações de Toninho de que o time está bom e precisa apenas de mais dois jogadores. TONINHO, MEU FILHO, MAIS DOIS JOGADORES? PARA O  TIME TITULAR, NÉ? E O BANCO??? Dispensaram todas as tranqueiras antigas, mas não trouxeram nem mesmo umas tranqueiras novas para o lugar!!! Pode parar com esse papo! Precisamos de elenco!!! E BOM! E essa conversa mole de que o clube não tem dinheiro, a gente também não engole. Afinal, nenhum clube tem dinheiro e estão todos contratando. Cabe à vocês captar recursos para que os jogadores necessários sejam contratados. Quem não souber como fazer, que pegue o boné e deixe Belluzzo encontrar pessoas mais competentes para trabalhar com ele. AQUI É PALMEIRAS, PORRA!!

E, se ver o Verdão não jogar bem, já me deixava desapontada, para piorar as coisas, eu tive que assistir na Band. Como tem ‘profissional’ de esportes ruim naquela emissora!! Costumávamos ter narradores e comentaristas tão bons nas rádios e TVs mas, nos dias de hoje, a qualidade vai sumindo das transmissões e o telespectador que se dane. A impressão que eu tive, era a de que Jardel estava pagando um ‘jabá’ para tanta babação de ovo em cima dele. Não foi lá na Band que disseram que o Lincoln, 31 anos, magro, inteiraço, está em fim de carreira? E era lá também que Luciano do Valle (que nem sabe os nomes dos jogadores), Neto, e o Fernandinho Fernandes estavam encantados com aquele ex jogador, barrigudo, completamente fora de forma, como se fosse o Cristiano Ronaldo quem iria entrar aos 45′(!!) do segundo tempo. Deve ser moda agora, aqui no Brasil, achar que jogador gordo, que não treina, que enche o caneco é ídolo e mereça ser reverenciado. Se não for moda, os motivos devem ser outro$$$$… Mas o torcedor não é bobo, não. Pelo menos, o palestrino não é. Divertido foi perceber que Diego Souza, ao marcar o gol do Palmeiras, colocou água na fervura do ultrapassado narrador e seu bobo da corte de campo. Ficaram murchinhos, murchinhos… hahahahahahah

Agora teremos o Botafogo como adversário, pelo Paulistão. Dizem que falta pouco para anunciarem Ewerthon, que Velazquez também está perto e muito mais importante ainda, que o nostro Mago estaria voltando…  SERÁ???  Tô achando que há boatos demais sobre essa volta, e isso faz  com que o meu coração fique sem saber de que lado do peito bate…

VAI BELLUZZO! PÕE PRÁ CORRER ESSA TURMA DE MOLENGAS, AÍ! E FAÇA COM QUE OS BOATOS SEJAM VERDADEIROS, POR FAVOR!!!

O palestrino está muito bravo depois da derrota de ontem. Mas se engana quem pensa que foi por ter sido para o time da Marginal sem nº. Imagina se vamos reclamar de uma derrota bissexta. Bissexta, sim! Desde 2006! Acontece de quatro em quatro anos. Iniciei o Blog em 2007, e esta é a primeira vez que escrevo sobre uma derrota do Palmeiras para os gambás. Nem existia o Twitter quando perdemos pela última vez. E, se o mundo for mesmo acabar em 2012 (rsrs), os gambás que comemorem bastante a façanha de ontem, porque não terão outra oportunidade…

Mas o jogo foi uma coisa!! Que os gambás têm um time bem ruinzinho, até o Mirassol sabe… Que eles jogaram contra o Palmeiras, encolhidos, com todo mundo na defesa, como se fossem o Taquaritinga, todo mundo viu. E por 80 minutos!!! E, por isso mesmo, o Palmeiras não poderia ter jogado tão mal. Mas o Verdão jogou muito bem, dirão alguns. Com um jogador a mais (já que O Máscara, antes dos 10 inciais, foi expulso), o Palmeiras teve a posse de bola praticamente o jogo todo. Posse de bola ilusória, uma vez que os gambás acuados e cagões não se aventuravam ao ataque a não ser em raríssimas vezes. E, mesmo com o domínio das ações, um time sem atacantes, poucas vezes leva perigo ao goleiro adversário. Eu diria que o goleiro nos parou apenas em duas reais oportunidades; uma, com Danilo e outra, com William. Sem Diego Souza não dá, né? E tem gente que acha que ele não joga sério… Fez e, sempre que não joga faz, uma falta desgraçada!!!

Eu já não tinha gostado da escalação de Gualberto, João Arthur (por serem inexperientes) e Armero. Se Armero está em má fase, teria sido melhor ser poupado da “fritura” e ter ficado no banco.  Além do mais, se Eduardo não serve como suplente, porque cargas d’água faz parte do elenco? E podemos ainda contar com Wendel, que quebra bem o galho por ali.

Começo de jogo (6′) e o juiz marcou uma falta de Armero; daquelas cometidas por tantos jogadores, em todas as partidas. A bola foi alçada quase da entrada da área, bem próxima à linha de fundo. Bola besta para ser aliviada pela defesa. Edinho (que foi bem no restante da partida) falhou no lance, deixando Jorge Henrique (quase um anão) subir mais do que ele e marcar de cabeça. Achei que Marcos, indeciso, também falhou. Dois minutos depois, o picareta do Roberto Carlos, resolveu “dar um aviso” ao jovem e bom jogador, João Arthur. O vagabundo, num carrinho criminoso, por trás, entrou para quebrar o moleque e foi expulso. E as “putas” da transmissão da TV reclamaram até não querer mais. Na Globo, Arnaldo César Coelho, dizia que era falta para expulsão, mas que pena ter acontecido com RC. Se fosse com outro, tava tudo bem, Arnaldo? Na Band, mais enlouquecidas ainda, as “putas” diziam que a expulsão não era justa. Não acredito que  seja espontâneo, viu? Tem alguma coisa por trá$$$ di$$o…

Com um  a menos, Mano Menezes colocou Danilo na esquerda, e os gambás ficaram encolhidinhos atrás, de onde não sairam mais. Tivéssemos atacantes e teria sido uma festa, outra vez. Numa falha de Chicão, Edinho, dentro da área, chutou fraco nas mãos do goleiro. Aos 33′, Robert, também na área, recebeu em condições de marcar mas se atrapalhou e tocou para Daniel tocar pro gol, em impedimento. Muricy, por sua vez, tratou de mudar o time e o que eu tinha entendido como uma escalação errada. Mas cá entre nós, sem opções, vai colocar quem??? Sacou Gualberto e colocou Daniel, que não jogou nada! Armero, muito nervoso, cometia muitas faltas e tava na cara que o juiz logo ia querer compensar a expulsão do Sr. Meião.Deu lugar a Wendel e saiu chorando. Chorando porque, mesmo em má fase, tem consciência do que é vestir a nossa camisa. Chorando, porque tem brios e para ele é, sim, importante ser jogador do Palmeiras. Merece ser respeitado!  É jovem e deve ser melhor trabalhado, orientado. Ano passado, pouquíssimas pessoas o queriam fora do time.

No segundo tempo o quadro foi o mesmo, os “ratones” encolhidos e o Palmeiras dominando a partida, só que sem poder de fogo. Falta cobrada por Cleiton que o goleiro defendeu; uma outra oportunidade que Robert concluiu rasteiro para defesa fácil de Felipe… Joãozinho deu lugar a William. Nos minutos finais, nosso time aumentou a pressão, mas sem competência nas finalizações, o gol não saía de jeito nenhum. Uma bola de Wiliam tinha endereço certo, mas o zagueiro gambá tirou. O juiz ainda expulsou Cleiton Xavier, por reclamação. Imaginem se um nosso não seria expulso… Antes do apito final, Danilo recebeu e, ao invés de matar no peito e chutar (é zagueiro, né?), cabeceou nas mãos do goleiro.

A torcida culpa o Armero… Caramba, isso é mascarar os reais problemas que o Palmeiras enfrenta. O time não tem atacantes, não tem zagueiros suficientes para a maratona dos campeonatos, precisa de laterais e tampouco tem banco. Quando, finalmente, perceberam que Sacconi poderia jogar e nos ajudar e o colocaram no time, a diretoria vende o cara, às vésperas do clássico. E o pior, vendem de qualquer jeito, sem o bendito passaporte da Comunidade Européia, e o negócio é desfeito. E, quanto aos atacantes, tudo bem que a diretoria não esperava o que aconteceu com a Emília, mas esses homens dirigem o Palmeiras, porra!! Têm que ter soluções na manga, e prá ontem!

Estamos em Fevereiro e o time não está pronto! E nós perguntamos: CADÊ OS REFORÇOS, BELLUZZO? E as declarações  ‘mandrakes’  de Cipullo e Toninho: “Estamos satisfeitos com o time” CUMA??? Estamos quem?? Eu não estou. Não é porque amo o Palmeiras e admiro muitos jogadores que temos no elenco, que estou satisfeita. QUERO VER MEU TIME JOGAR UM FUTEBOL DIGNO DA GRANDEZA QUE O PALMEIRAS POSSUI. E, para que isso aconteça, é preciso contratar!! Léo, Edinho e Márcio Araújo foram belíssimas contratações. Mas não resolvem o nosso problema. Onde vamos chegar só com esses jogadores que temos? Cada vez que um zagueiro se contundir ou levar o terceiro amarelo, a gente faz o quê? Reza? E quando Diego não jogar? Ou Cleiton? Rezamos outra vez? Armero não está bem, Figueroa está mais ou menos, precisamos de laterais. O ataque não existe. Não tem como fugir disso. Tem que contratar, Belluzzo!! Sabemos do seu empenho, e de todas as dificuldades que você enfrentou, até agora, em prol do Palmeiras e já te agradecemos por isso. Agora, não! Agora é hora de você ser cobrado!

Costumam chamar de “corneta” aquele torcedor que reclama, após as derrotas. Mas eu escolho ser a pessoa que  reclama por querer ver o meu time bem montado, jogando bem e ganhando títulos,  a ser uma “Alice” do País das Maravilhas, alienada,  que vive correndo atrás do “utópico” Coelho Branco…  

rouboemPrudente

Nem bem ‘esfriou’ o assalto que sofremos no Maracanã sob o apito do pilantra do Simon, no Brasileirão, e já estamos às voltas com a roubalheira outra vez. Pô, mas o campeonato mal começou e a putaria já está instituída outra vez? Esse Coronel Marinho e seus comandados são uma piada de muito mal gosto. Como pode ser ele o (i)responsável pela Comi$$ão de Arbitragem? Os roubos são descarados! Ou será que ele foi colocado lá para isso mesmo?

O Palmeiras foi para Presidente Prudente e não se apresentou muito bem. Armero foi muito mal na lateral esquerda e essa foi a “trilha” que o Barueri escolheu para jogar. Na direita, Figueroa também não estava numa noite feliz. Ataque, meio e defesa não falavam a mesma língua. Erramos muitos passes e não apresentamos o mesmo futebol do jogo contra o Mogi.

Porque estávamos com a ala esquerda desguarnecida (Armero tava uma “coooisa”!), aos 8′ o Barueri se aproveitou e foi pro ataque. A nossa defesa deu pane e tomamos o gol. Num dia em que já não estamos jogando bem, sair em desvantagem não é nada auspicioso. Mas o Palmeiras (que começou a tocar mais a bola), nunca deixa de buscar. Aos 28′, com o adversário perigoso nos contra ataques, num lance de fora da área, Deyvid mandou um chutaço; a bola resvalou no jogador do Barueri e entrou. Tudo igual em Prudente! Nossa torcida, linda que desde o começo de jogo não parava de cantar, soltou o grito da garganta!! Mas  Milton Leite não se cansava de chamar a atenção para os torcedores de outros times que lá estavam apenas para torcer contra o Palmeiras. E ria, o idiota! Fingiu (ou fez de propósito) não saber que a sua maior audiência, naquele momento, era puramente palestrina.

Com o jogo empatado, Diego recebeu na área e foi derrubado. Penalti! Paulo César nada marcou. O jogador do Barueri deixou a perna na frente de Diego e o imbecil do Noriega pedia cartão pro palmeirense que, segundo ele, havia se jogado. Oras, mas o penalti não deve ser assinalado se o jogador que ataca,  for atingido dentro da área ou impedido de continuar a jogada? Pois bem, Diego foi atingido! Paulo César  nos assaltava mais uma vez e interferia no resultado da partida, enquanto na TV tentavam negar o óbvio das imagens.  Que raiva sente o torcedor quando os narradores e comentaristas tentam convencê-lo de que ele não viu o que viu. PENSAM QUE O TORCEDOR É IDIOTA?  Ainda  houve (eu achei) mais uma penalidade em cima de Sacconi, que o juiz  também “fez que não viu”. Mas o torcedor que já estava muito bravo com o juiz nem imaginava o que estava por vir…

12′ do segundo tempo, o jogador do Barueri é derrubado na área (jogada semelhante ao penalti não marcado em Diego!!), por Danilo. Pior é que o Marcos fechava a jogada exatamente na hora em que Danilo, desnecessariamente, cometeu a infração. Tadeu foi para a cobrança; a bola bateu na trave e voltou para um jogador do Barueri que tocou para o mesmo Tadeu em clamoroso impedimento marcar. Marcos e seus companheiros foram prá cima do juiz; ele foi ouvir o bandeira que na maior cara de pau confirmou o gol. As imagens são claras. O árbitro tinha totais condições de ver a jogada. E VIU! O bandeira, ESTAVA DE COSTAS, correndo para validar o penalti que ele nem viu bater na trave. E como será que ele teve condições de ser consultado pelo árbitro sobre o impedimento? Como disse Diego Souza depois, o árbitro não marcou porque não quis. Como disse Belluzzo, esse juiz “erra” sempre para o mesmo lado. Como não disse Marcos, E DEVERIA DIZER, o juiz decidiu o resultado da partida.

Seriamente prejudicado em seus propósitos o Palmeiras lutou, buscou e conseguiu o empate.  Milimetricamente, Cleiton levantou a bola na área para a cabeçada perfeita de Diego Souza. Tava lá o empate, para provável desgosto do juiz, bandeira e narradores da Sportv. Por pouco o Palmeiras não virou. A torcida comemorou muito, mas sem esquecer que NOS ROUBARAM DOIS PONTOS!!!

Os babacas da Sportv, depois que o jogo acabou, diziam que iria haver polêmica… POLÊMICA?? O ROUBO FOI ESCANCARADO! Não há duas versões do lance a serem discutidas. Veja na imagem a posição em que se encontra o juiz. Diziam também que o Palmeiras jogou mal.   MAS ISSO NÃO DÁ O DIREITO AO ÁRBITRO DE NOS ROUBAR, como parecem pensar os imbecis  narradores da Sportv. Não importa se o Palmeiras jogou bem ou mal. O PALMEIRAS FOI DESCARADA E CLARAMENTE ROUBADO, PORTANTO, O RESULTADO É INJUSTO! QUERO TER O DIREITO DE GANHAR MESMO JOGANDO MAL, PORRA!!  Nos últimos anos, diante dessa bandalheira toda,  o palmeirense tem que ficar feliz quando perde honestamente… Os vagabundos tinham que ter saído de camburão ao final da partida.

Por favor, Belluzzo, não vamos deixar barato mais uma vez! O palestrino já não aguenta mais. O Palmeiras tem que exigir a punição para esses calhordas! E, o mais importante, é que eles (assim como Simon) nunca mais apitem os nossos jogos.

FORÇA VERDÃO!!  A HISTÓRIA  SE REPETE, É CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!!!

Nada como começar falando da vitória do Verdãozinho, não é mesmo? Ontem, nossos meninos, conseguiram a vaga para a semifinal da Copinha, na partida diante da Lusinha. Com muita personalidade, bom futebol e raça, nossa garotada não está para brincadeiras e, mesmo tendo feito um gol contra, numa vacilada deMaiko, o Palmeiras venceu por 4 x 2. Os gols palestrinos foram de Wellingtom, Maiko, Ramos e Luís Felipe.Destaque para o golaço de Ramos. Gol de craque, de quem já está praticamente pronto para o time de cima, ainda que o Lixo Aberto da Band preferisse fazer de conta que nem viu a maravilha de lance e ainda que os narradores da ESPN tivessem torcido tanto para a Lusinha. Foi divertido ouvir as vozes “animadíssimas” deles, quando o Verdãozinho marcou o quarto gol e encerrou a fatura.

Enquanto os Verdinhos venciam a Lusa, os bambis,com o time quase todo reserva, enfrentavam o Mirassol. E conseguiram empatar com o “fortíssimo” time do interior.  No final do jogo, quando perdiam por 1 x 0, Ricky,  numa bela jogada empatou. E o bambi S U R T O U!!! Numa comemoração prá lá de exagerada me fez lembrar uma música antiga: “eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim…. Gabrieeeela” ! Justiça seja feita, os bambis mantém um padrão incrível. O time titular não presta! Os reservas, também não! uheuheue

Ontem também foi dia do time de Masters gambá entrar em campo. Ronaldo mais gordo do que sempre, foi pro jogo. Estão gastando dinheiro à toa com lipoaspiração. O que tem de gordura trans ali, não é brincadeira!! Roberto “meião” Carlos, fez a sua estreia. E não é que o rendimento do time foi uma desgraça? uahuhau Tcheco saiu vaiado e a gambazada pedia “DVD Rico”. Contra o “poderoso”  Bragantino, os gambás conseguiram vencer graças ao juiz, que “fingiu” não ver o penalti cometido pelo Elefômeno. E a Globo tentando negar o óbvio. Desviou uma cabeçada com a mão, é penalti, Dona Globo! O carrinho que R.Carlos deu, vocês disseram ser vontade demais, né?  Cometidos por outros jogadores, vocês costumam dizer que é falta, passível de punição…  PERDERAM A VERGONHA DE VEZ, AÍ NO DEPTO DE ESPORTES?

Se fosse só a vergonha, ainda dava para encarar. Mas deve ter uns patifes cuidando da programação esportiva. Na canalhice, a Globo se supera. Sem vergonhas! Pilantras! Manchete da Copinha:”Bizarro Esporte Clube: Unidos do Porco Alegre” Enquanto batem palmas para o conhecido craque que foi flagrado com três homens num motel, sendo que um deles estava indo comprar drogas, desrespeitam o Palmeiras, seus jogadores e torcida.  Usam o “mascote” adotado pela Nação Palestrina, de maneira jocosa e tendenciosa. Nós podemos, vocês não! Deve doer em alguém lá na Globo, ter  que noticiar as vitórias palestrinas conquistadas dentro de campo…

E se a Globo quer noticiar, que tal o corte de luz na Fazendinha? Isso mesmo, amigos!! O time da piada pronta não pagou a conta de luz e teve o fornecimento de energia interrompido. UHauhauhau E com a promessa de que até o final de semana vão pagar, o religamento foi feito. CUMA?? Até o final da semana?  Eles não têm dinheiro? uheuehuehueh A impren$inha que noticiou o fato, ao perceber as consequências da  notícia, sumiu com ela. Nada que um bom print não resolva, não é mesmo?? E o que dizer da declaração do jogador Ralf, em sua apresentação no time sem luz? Duas piadas num dia só,  é diversão demais…  No ano do “SEM TENADA”  eles já estão SEM COPINHA e SEM LUZ!!   uhauhauhauah

semluz1

camisahorrorosa

E por falar na impren$inha pilantra e mentirosa (que colava notícias do falso twitter do Mago), onde  estão Riquelme, Lucas (Liverpool) e Henrique??? Eles não estavam acertados com o Cú rintia??? Uééé…

Mas vamos voltar a falar de Palmeiras!!! Edmílson foi embora e Edinho, finalmente chegou,e já treinou! Assinou o contrato até DEZ/2013 e o Palmeiras detém 50% dos seus direitos. AEEEE, BELLUZZO!!! Tá botando ordem na casa!

E hoje, o Verdão vai a Presidente Prudente enfrentar o Barueri. E não desafiar o Barueri como noticia a Gazeta Esportiva. Aprendam aí, gambazentos, o melhor é sempre o desafiado! E o melhor nesse duelo, vocês sabem qual é, ainda que finjam o contrário. Com Diego Souza em alta, jogando muita bola, assim como Cleiton, Pierre, Danilo… o Palmeiras vai buscar a segunda vitória e manter a liderança  do campeonato.

E se tem Verdão em campo, a gente tá junto.   BOA SORTE, PALMEIRAS!!!  ÔÔÔ  VAMOS GANHAR, PORCOOOO!!!

Como eu já tinha dito anteriormente, não há vida sem Palmeiras. Pois hoje o Verdão voltou, e com ele a vida, a alegria e as ruas cheias de parmeras. Milhares de camisas verdes, brancas, limão, circulando felizes pelo entorno do Palestra Itália. Acho que até as ruas e calçadas ficam tristes quando não tem o Palmeiras em campo.

O dia também era o de encontrar os amigos e de conhecer outros.  Graças a um gentil convite da Samsung, fui assistir à partida no camarote. Nem preciso dizer que foi bom demais, né? Vários amigos da mídia palestrina estavam lá. E fomos muito bem tratados por todo o pessoal da patrocinadora. A Giovanna merece um destaque. Beleza, gentileza e simpatia combinadas em uma mesma pessoa. O mundo virtual que, de repente, se mistura com o real. O Palmeiras, com a ajuda da internet, estreitando laços de amizade e afeto  na imensidão que é a nossa ‘família”. E a Família Palmeiras se reuniu!! Como só ela sabe fazer!
 
A impren$inha que não se cansou de publicar que a nossa torcida seria um problema para o time, mais uma vez deu com ‘os burros n’água’. Eram dezessete mil pessoas (!!!), num jogo de estreia de Paulistão e com a tarde prometendo uma chuva imensa. Será que não entenderam ainda que somos loucamente apaixonados pelo Palmeiras?? E que nada, nem ninguém jamais vai mudar isso? E quando nos pintou de “patinho feio” da competição, por não termos contratado a baciada de abacaxis (passados) que outros contrataram, a impren$inha errou de novo!!!

O Palmeiras entrou em campo (num 4-4-2 !!) com algumas caras novas. Márcio Araújo,  Léo…  Tinha também o William, que estava de volta, após uma passagem pelo Vitória.  Primeiros minutos e o Palmeiras, apesar do domínio, não conseguia passar pelo goleiro do Mogi. A mim, parecia faltar uma jogada, individual que fosse, para chegarmos com mais perigo ao gol.  O time estava bem, defesa boa, o meio também. O torcedor, apesar de ressabiado em relação ao ataque, parecia aliviado com a saída do canastrão de tranças.

E se o Palmeiras, só por detalhes (roubos, desfalques…) não levou o Brasileiro, é claro que não deveria sofrer uma reformulação total no elenco. É claro que precisava apenas de alguns ajustes. E as duas contratações feitas, nos mostraram isso. Léo, muito seguro e desenvolto, nem parecia estar fazendo a primeira partida pelo Palmeiras. A mesma coisa se dava com Márcio Araujo que me pareceu ser o companheiro ideal para  Pierre. Já estavam bem entrosados, roubando bolas e fazendo belas jogadas. Os novos jogadores  já deram mais consistência ao time. E  era Palmeiras e Mogi Mirim, né? Com todo respeito ao adversárioi, mas não há comparação. Com uma defesa fraca, querer jogar na retranca contra o Palmeiras, de Diego Souza, é brincar de gato e rato. O Verdão mostrou quem era o dono da casa e da bola…  E matou a pau!!!

Diego  acabou com o Mogi. Aos 30′ do primeiro tempo  Cleiton em cobrança de falta, achou Diego que, sozinho, cabeceou forte e guardou. Era o Palmeiras merecidamente na frente!! O Palestra gritava: “Diego, Diego…” Minutos depois, nosso novo Animal, que  estava bastante inspirado (tomara esteja sempre),  meteu um chapéu em Baraka, que fez a falta e foi expulso. O que já era certo veio ainda mais fácil. Quando o primeiro tempo estava por acabar, numa jogada ensaiada, de velocidade e bom toque de bola, Cleiton levou a bola até a linha de fundo e rolou para trás; Léo, de perna esquerda, marcou o segundo. Um gol de atacante que o nosso zagueiro comemorou demais. No camarote da Samsung era só alegria…

A superioridade do Verdão era evidente. Na segunda etapa, como o Palmeiras cadenciava a partida, o Mogi tentou chegar, mas o Santo fez uma defesaça.  Só que, aos 13′, num erro de marcação, o Mogi fez o seu gol. A torcida nem ligou  e continuou cantando. Quatro minutos depois, Cleiton cobrou falta e a bola espirrou no travessão. Da linha de fundo, o oportunista Robert, de cabeça, tirou do goleiro e guardou o terceiro. “É FESTA NO CHIQUEIRO!!” cantava o Palestra. Tinha mais! Cinco minutinhos depois numa bela jogada, a bola passou de Sacconi para Márcio Araújo, depois para Pierre que tocou na área para Diego; o artista da tarde deu uma entortada no marcador e meteu o terceiro na rede!! E calou aqueles poucos que lhe mandaram um ‘recadinho’ no começo da partida. Era o show do Palmeiras, comandado por Diego Souza!!! E foi ele quem recebeu na área, driblou e foi derrubado. Penalti!! E, merecidamente, foi Cleiton Xavier quem cobrou e guardou o quinto gol do bom time do Palmeiras.

“Mas o Mogi é fraco”, dirão alguns…  “O Palmeiras não trouxe quase ninguém, os adversários contrataram muito melhor”, diz a impren$inha… Pois é… perguntem aos jogadores do Monte Azul(que foi roubado e levou um gol de braço) e da Lusa (que também foi roubada)  o que eles acharam das contratações dos rivais… uhauhauhauhauah

É só alegria nas Perdizes!  Verdão deu show e o Verdãozinho aumentou a nossa felicidade. Ganhou do time do Desportivo e segue rumo ao tão sonhado título da Copinha. Que a sorte os acompanhe, porque futebol essa garotada já mostrou que tem de sobra!!

2010 SE PREPARA! O VERDÃO VEM COM TUDO!!!

 

 
“…Y cuando vengan los dias 
         Que nosotros esperamos 
             Con todas las melodias  
                  Haremos un solo canto…” – Mercedes Sosa
 

QUEM VAI SER CAMPEÃO BRASILEIRO, LEVANTA A MÃO! Eu não tenho dúvidas de que o Palmeiras vai levar esse título. Meu Deus! Em onze minutinhos, o Verdão, deixou  Luxemburgo procurando Nemo. E com que categoria mostramos ao Brasil que o Campeão Brasileiro de 2009 tem nome: Palmeiras! Tá  com pinta, futebol e jeitão de campeão, o nosso “Parmera”. Foi tão convicente que o Cleber Machado, que narrou nossos gols com a alegria de quem perdeu a carteira, terminou a transmissão como se estivesse em um velório. Combinava com a cara de FAIL do Pofexô…

E alguém viu o Hugo (WHO?)? Ficamos com tanto medo e tão pressionados depois da “ameaça” que ele nos fez… uhauha Os bambis se mataram para ganhar do ultramegasuper Náutico, para continuar cinco pontos atrás do Palmeiras. Nós, enfrentaríamos o time do Vanderlei “eu sou bom” Luxemburgo, na Vila Belmiro. E, pelo visto, o Psicopata tá querendo participação no nosso título, sim. Depois do que vimos hoje, ele está querendo que o Palmeiras seja campeão. uhauhauhauhaua AQUI É TRABALHO, MEU FILHO!

O jogo começou na correria e marcação cerrada por parte do Santos. O Palmeiras aos poucos ia achando os espaços. E embora tivesse problemas de posicionamento (muito distanciados uns dos outros) e finalização, jogava melhor que o adversário. Tava na cara que ia acabar marcando. No primeiro tempo houve um certo equilíbrio. No segundo, Muricy acertou as coisas, mas quem abriu o placar foi o time da Baixada. Um vacilo, mas nem foi nada. O Palmeiras, que conduz as partidas à sua conveniência, se manteve tranquilo e empatou com Diego Souza, num perfeito cruzamento de Figueroa. Eu tinha até reclamado que Diego andava em campo, mas a fera é assim mesmo, fica à espreita da melhor oportunidade, vai lá e decide. É o craque do time. O craque do campeonato! Só Luxemburgo não sabia disso quando aqui esteve.

E o gol foi a senha para o que veio a seguir… Com autoridade de campeão, o Palmeiras foi prá cima e em dois lances, deu show, definiu o placar e acabou com as pretensões do psicopata… uahuhauah Mais um lançamento de Figueroa para Diego que driblou e chutou cruzado, rasteiro. Robert (no lugar de Obina), espertíssimo, se esticou todo e tocou pro gol. De virada é mais gostoso!! Nem parecia que a nossa torcida não tinha recebido ingressos suficientes. Como se estívéssemos todos lá, era só a nossa “voz” que se fazia ouvir. Lindo demais!

Mas quem é Palmeiras, sabe em que velocidade corre o sangue nas veias, em que ritmo bate o coração. Não desacelera nunca! Jogada de cinema, Diego levanta para Cleiton mais à frente, que tabela com Love e, magistralmente, toca para Robert ganhar de Triguinho e tocar entre as pernas do goleiro… E quem vinha lá??? Vagner Love!! GOOOOOL!! O terceiro do Verdão! Os três gols em onze minutos! Que felicidade, meu Deus! Meu time vai ser campeão! E quem é que segura as lágrimas numa hora dessas? A gente não sabe se ri, se chora, se pula, se grita, se olha a TV, se agradece aos céus e acaba fazendo tudo de uma vez. Uma doideira só…

Pintou o campeão! Inquestionavelmente. Até os abutres carniceiros da imprensinha já se rendem às evidências. Até o juiz que ia roubar, não roubou  e voltou atrás na marcação de um penalti inventado. Respeitou o futuro campeão.  São 75% de chances de levar o título. Ninguém vai poder parar o maravilhoso time do Palmeiras… Ninguém vai poder tirar a vontade de ganhar de nossos craques, nem o talento de Diego, a perfeição de Marcos, a lucidez de Cleiton e Edmilson, a competência de Danilo, Maurício e Figueroa, a velocidade de Armero…  Ninguém vai poder tirar  a garra de Souza, a vontade de Obina, a “luz” que ilumina Robert, a precisão de Vagner Love… A única coisa que poderão nos tirar é o grito de campeão, da garganta…

FALTAM 11,  PALMEIRAS!!!  TCHUUUUUUUPA, IMPREN$INHA!  TCHUUUUUUUPA, LUXEMBURGO!!

periquitoverde_usainbolt

Eu fiquei esperando achar meu coração para começar a escrever, mas não sei onde ele foi parar. Não sei se está lá com Diego Souza, quem sabe nós pés de Vagner Love, ou então nas mãos de São Marcos… Meu Deus! Que jogo!

Quando comecei a assistir, o time já tinha entrado em campo, e só então foi que eu vi o Jumar e o Marcão. Confesso que não gostei, mas agora é hora de torcer, jogue quem jogar. O jogo começou pegado, e nem poderia ser diferente, depois de todas as notícias e disse-me-disse da semana. Mas foi o Cruzeiro quem abriu o placar. Marcão deu uma vacilada, hein? Mas nem deu tempo de assustar, porque Diego Souza cobrou uma falta um minuto depois, com uma curva tão linda que quando o goleiro viu, tava na rede. Que maravilha! Palmeiras jogando prá ser campeão. Marcos fazendo cada defesa! Naquele chute cruzado do Kleber, que reflexo teve o Santo!

E não é que a Globo me coloca o hino dos bambis na comemoração do gol do Diego? Tenha dó, hein Globo? Isso é falha, ato falho, ou provocação, mesmo? Vá se catar!

Não devem ter gostado nem um pouco, quando Souza roubou a bola que começou a jogada do nosso segundo gol. E que golaço! Ao melhor estilo Vagner Love, o velocíssimo matador entrou driblando na área e meteu pro gol. Ô virada abençoada! Pena que o juiz inventou a expulsão do Armero, logo a seguir. E aí foi um pega prá capar. Palmeiras com um a menos, na casa do adversário, ganhando por 2×1, num terreno difícil, pesado. Aí começou um dilúvio.  Chuva que não acabava mais.  Não tava fácil, não.

E conseguimos manter a pegada graças a Muricy Ramalho, que reorganizou o time após a expulsão de Armero. Tirou atacante, colocou outro zagueiro; estreou Figueroa (que foi bem) e, ao seu melhor estilo, fez com que o Palmeiras saísse com os tão desejados três pontos. Tivemos sorte em alguns lances, é verdade. Sorte de campeão. Eu quase desmaiei, quando o jogo acabou. O mundo rodou e escureceu e nunca tremi tanto na vida. Que emoção!  As lágrimas ao final eram o alívio para o coração que fugiu do peito e batia descompassado por aí. Que amor eu sinto por esse time. Dio Santo!

Estou gostando muito do que estou vendo. Estamos azeitando a máquina, na hora certa. Abrimos a bendita vantagem sobre segundo colocado, ainda que a impren$inha achasse que seríamos ultrapassados, antes mesmo de jogar. Vitórias como essa costumam dar títulos, disse o goleiro Marcos, e ele tem razão. Tô botando a maior fé. Parece que eles enfiaram na cabeça que vão ser campeões! E eu também enfiei na minha… uhauauah

E para os penaltimaníacos,  um recado: “Vão à puta que pariu!!”  Miranda não fez penalti em Fernando, no jogo dos bambis, né?  Mas zagueiro encostar no calção de atacante é assassinato prá vocês. Logo no calção do Kleber, que sabe cavar mais que tatu. Se for da conveniência do seu Wright, Godoi, Neto, genéricos e similares, é penalti escandaloso, se não for, eles ficam quietinhos, mesmo que tenha porrada. E, ainda que tivesse acontecido todos os 4897766565 penaltis que esses pangarés enxergaram, ficam na conta dos três que não nos deram contra o Galo;  aquele do primeiro turno, contra os bambis; o gol de bicicleta do Obina, contra o ATL/PR; o roubo escandaloso contra o Goiás; os erros do jogo contra o Grêmio, no Palestra; contra o Botafogo; os jogadores que perdemos por cartões mandrakes, como hoje… A gente ainda fica no prejuízo, não é mesmo?

Falta pouco, amigos! Acho que já dá para começar a preparar a massa da pizza, colocar a cerveja para gelar, o vinho… NOSSO PALMEIRAS VAI SER CAMPEÃO BRASILEIRO!!!