…………………….

 

Uma agitação esse nosso Palmeiras…

Na noite de ontem, foi anunciada a saída de Eduardo Baptista – que ele seja feliz e tenha sorte onde for…

Na noite de hoje, depois de um dia de muito frisson e especulação na torcida, na imprensa… Cuca já está de volta!

Sim, amigo palestrino, pode comemorar. Nosso técnico favorito, que nos deu uma alegria tamanho gigante há alguns meses, voltou! Que a sua luz brilhe de novo e ele faça nosso Palmeiras campeão outra vez!

ÔÔÔ, O CUCABOL VOLTOU!!

 

.

O Blog da Clorofila mudou de servidor – está mudando de lay-out também – e, na mudança, esse texto tinha sido perdido.  Por isso, está sendo postado outra vez.

Palmeiras 4 x 0 no Atlético-Pr…

Ah, mas daqui a algumas rodadas virá a sequência difícil, se passar bem por ela vamos saber se tem time mesmo para brigar pelo título…”

“O Grêmio não tomou nenhum gol até agora, é a melhor defesa, invicta…”

“Mas jogar contra o Flamengo fora do Allianz não vai ser fácil…”

“Contra o Corinthians é outro campeonato e, em Itaquera, é jogo muito difícil…”

“Chegar à liderança muito cedo não é vantagem, porque é mais difícil se manter no topo da tabela…”

“O Palmeiras deve cair na tabela na 12ª rodada do campeonato…”

“O Figueirense é time pequeno, mas anda tirando ponto de time grande… tem que tomar muito cuidado.”

“Ninguém conseguiu ganhar do Sport lá na Ilha…”

“Ah, mas o Santos vem mordido, vai querer se desforrar pelo título perdido na Copa do Brasil…”

“Ganhar do Inter lá não é fácil, ele sempre leva vantagem sobre o Palmeiras…”

“A tabela do Palmeiras é mais fácil que a dos outros…”

“Time que perde pra esse time horroroso do Galo, em casa, não vai brigar pelo título…”

“Ser campeão do primeiro turno não quer dizer nada… é no segundo turno mesmo que se vê quem tem cacife pra brigar pelo título…”

Tanta coisa pra festejar, tantas etapas do caminho pra comemorar, pra curtir… mas não nos é permitido… sempre tem um senão… sempre tem um “na próxima rodada é que vai dar pra se ter uma ideia”…

As arbitragens nos tirando pontos preciosos… e o Palmeiras na ponta… Fluminense, Grêmio, Flamengo, Corinthians, Inter… batidos pelo Palmeiras… que “não ia ganhar na sequência difícil”…

“Sem o Prass vai ser quase impossível para o Palmeiras manter o aproveitamento…”

O segundo turno tem início… e vem novamente a sequência difícil… Fluminense, São Paulo, Grêmio, Flamengo, Corinthians… 11 pontos em 15… nenhuma derrota…

“Ah, mas o Palmeiras não joga bonito, faz muitos gols de cabeça…”

Melhor ataque do Brasileirão… 45 gols…

Ah, mas o cheiro disso, o cheirinho daquilo…”

“Será que vai ser nessa rodada que o time “Y” vai assumir a ponta?”

“Ah, mas o futebol do Palmeiras é o Cucabol; o time ‘wxyz’ sim joga o futebol mais objetivo do campeonato…”

“Ah, mas se somar os quadrados dos catetos da hipotenusa, dividir pela idade do Zagallo, multiplicar pelos pênaltis que o Zico perdeu na Copa do Mundo, e somar com um penta que determinado clube nunca ganhou, vai dar o número “X”, que mostra que o time que não liderou a competição em nenhuma rodada tem mais chances…”

“Ah, mas o Palmeiras usa a perna esquerda só para “tomar o ônibus”…

“Ah, mas o elenco está em crise, porque o jogador “X”, durante o almoço, pediu para o Cuca passar o sal e ele não passou…

“Ah, mas o futebol do time “X” é o mais objetivo…”

“Ah, mas agora tem que tomar cuidado com os times de baixo da tabela… o Palmeiras costuma se enroscar com eles…”

“Palmeiras tenta afastar retrospecto negativo na liderança…”

“Não vai ser fácil jogar contra o Santa lá…”

Um golaço maravilhoso, de muita categoria, de Zé Roberto… o empate do Santa… um gol lindo do Leandro Pereira… novo empate do Santa… mais um gol lindo, de Roger Guedes… e vitória do Palmeiras,…

57 pontos.. Líder há 19 rodadas, 50 gols marcados, melhor ataque, melhor saldo de gols… 11 rodadas sem perder… o único time invicto do segundo turno…

3 pontos à frente do Flamengo, o segundo da tabela… 5 pontos à frente do Galo… 9 pontos à frente do Santos… 11 pontos à frente do Fluminense, na quinta posição… 16 pontos à frente do seu maior rival…

6 pontos conquistados diante do Fluminense,  4 pontos conquistados em dois jogos diante do Flamengo,  4 pontos conquistados diante do Grêmio,  6 pontos conquistados em cima do maior rival, o Corinthians…

Faltando 10 rodadas…

Será que eu já posso me sentir feliz com o meu time, imprensinha? Você me permite?

Já posso me orgulhar do que ele fez até agora? Posso achar que, até mesmo quando não jogamos tão bem, quando estamos desfalcados de peças importantes, o meu time tá cascudo e dá conta do recado?

Posso acreditar que o Palmeiras ganha com Cucabol, ganha com Chutebol… e, se bobear, ganha até com Joelhobol?

Posso achar que gols de cabeça valem tanto quanto gols feitos com o pé, com as costas,  a coxa, a barriga, o peito, o calcanhar, o joelho??

Posso alçar o Palmeiras à condição de forte candidato ao título? Você me autoriza, imprensinha? Os torcedores profissionais de imprensa me permitem?

Posso, pelo menos, sonhar com essa conquista? Posso desejá-la e achar que meu time tem totais condições de ser o campeão?

Posso sentir um nó na garganta e uma enorme vontade de chorar quando percebo que está sim se tornando realidade?

Posso me emocionar e deixar o meu coração entrar na “vibe” do enea mesmo sabendo que falta tão pouco e ainda falta tanto?  Você deixa, press?

Os torcedores travestidos de jornalistas, que torcem descaradamente por outro time, e fazem essa campanha nojenta contra o Palmeiras, me permitem?

Sim? Vocês  deixam? Ah… muito obrigada, imprensinha! Muito obrigada, torcedores profissionais de imprensa. Vocês são todos muito “gentis”, “isentos” e “profissionais”… “orgulho” do jornalismo esportivo do Brasil.

BOOOOOORA SER CAMPEÃO, PALMEIRAS, SEU LINDO!

VIVA O CUCABOL! E QUE TUDO MAIS VÁ PRA “PUT A KEEP ARE YOU”!!