periquitoverde_flapixpalBlog

Foi um jogo ruim. Daqueles de dar sono no mais bem disposto torcedor. Não sei até quando vamos ficar dando desculpas para o Palmeiras. A gente vai se “enganando” de que o time não está pronto, de que ora falta um, ora falta aquele, de que o técnico não tem elenco,e que por não ter elenco, o time já está cansado; de que “fulano” vai chegar, “sicrano” está quase contratado, que tava um calor dos diabos lá em Teresina, que o gramado (com a grama alta) era ruim de doer…

Sabemos que (quase) tudo isso é verdade. Mas cá entre nós, para ganhar daquele timeco do Flamengo/PI, precisava de muita coisa, Muricy? Nem que tivesse paralelepípedo em lugar da grama. Tinha que ser tão difícil conseguir marcar um gol naqueles caras? O Palmeiras, era superior técnicamente, tinha a posse de bola, o domínio das ações. Mas quando se aproximava da grande área adversária, aí começava a bagunça! Não acertávamos passe de meio metro, nunca tinha alguém posicionado para uma bola que porventura fosse cruzada (quando acertavam o cruzamento), ou sobrasse numa dividida. As finalizações eram muito ruins. Sem padrão de jogo, e sem criar a jogada que facilitasse a marcação de gol, o Verdão conseguiu deixar que o Flamengo, com lances de bola parada, começasse a chegar. E o bom Deola, até que levou  um susto, com uma bola na trave.

O primeiro tempo foi truncado, amarrado, sonolento. Tudo acontecia no meio de campo, e só lá. Nossa única jogada é a bola alçada na área, agora com a diferença de Danilo aparecer de surpresa. Nem é mais tão surpresa assim, né? Alguém precisa avisar ao Muricy que o futebolzinho burocrático tinha que ter sido deixado do outro lado do muro. Fora isso, só se Diego, Cleiton, ou qualquer outro (que outro?) se aventurasse individualmente. Sacconi e Cleiton, até criaram algumas raras chances para o Palmeiras. Mas de bom, mesmo, nada aconteceu. E, como as coisas não estivessem boas, Figueroa (que anda jogando bem menos) sentiu uma indisposição e foi substuído por Armero.

Veio o segundo tempo e a coisa permanecia a mesma. Sonoleeeeenta… Até que Muricy teve o “insight” de colocar Lenny no time. A torcida já o queria em campo desde o primeiro minuto. Ele entrou aos 16′, e a movimentação já mudou. Mesmo sem criar chances claras de gol, o Palmeiras melhorou. Só que ninguém avisou ao Robert que era para melhorar também….Aos 29′, finalmente, o que a gente tanto esperava: GOL!! Depois de boa jogada de Edinho, Diego recebeu na área, se livrou da marcação e chutou rasteiro. Faltava mais um gol para eliminar a partida de volta. Nosso centroavante, com pouca mobilidade, nada conseguia fazer. Já são várias partidas como titular e Robert não está bem! Até que é bom cabeceador, mas já que a maioria das bolas levantadas, nunca são prá ele, será que o Robert não poderia jogar deitado, de vez em quando? Quem sabe daria certo. Muricy, estranhamente apático e calado (WHY?), ainda tentou mais uma mudança, tirando Robert para a entrada de Souza. Mas o jogo terminou 1 x 0 para o Palmeiras.

Ganhamos, e isso é o mais importante! Mas em relação ao futebol apresentado, a gente não sabe se xinga, se espera mais um pouco. O que não dá, é ver o Palmeiras jogando assim. E não dá, também, para acompanhar as declarações de Toninho de que o time está bom e precisa apenas de mais dois jogadores. TONINHO, MEU FILHO, MAIS DOIS JOGADORES? PARA O  TIME TITULAR, NÉ? E O BANCO??? Dispensaram todas as tranqueiras antigas, mas não trouxeram nem mesmo umas tranqueiras novas para o lugar!!! Pode parar com esse papo! Precisamos de elenco!!! E BOM! E essa conversa mole de que o clube não tem dinheiro, a gente também não engole. Afinal, nenhum clube tem dinheiro e estão todos contratando. Cabe à vocês captar recursos para que os jogadores necessários sejam contratados. Quem não souber como fazer, que pegue o boné e deixe Belluzzo encontrar pessoas mais competentes para trabalhar com ele. AQUI É PALMEIRAS, PORRA!!

E, se ver o Verdão não jogar bem, já me deixava desapontada, para piorar as coisas, eu tive que assistir na Band. Como tem ‘profissional’ de esportes ruim naquela emissora!! Costumávamos ter narradores e comentaristas tão bons nas rádios e TVs mas, nos dias de hoje, a qualidade vai sumindo das transmissões e o telespectador que se dane. A impressão que eu tive, era a de que Jardel estava pagando um ‘jabá’ para tanta babação de ovo em cima dele. Não foi lá na Band que disseram que o Lincoln, 31 anos, magro, inteiraço, está em fim de carreira? E era lá também que Luciano do Valle (que nem sabe os nomes dos jogadores), Neto, e o Fernandinho Fernandes estavam encantados com aquele ex jogador, barrigudo, completamente fora de forma, como se fosse o Cristiano Ronaldo quem iria entrar aos 45′(!!) do segundo tempo. Deve ser moda agora, aqui no Brasil, achar que jogador gordo, que não treina, que enche o caneco é ídolo e mereça ser reverenciado. Se não for moda, os motivos devem ser outro$$$$… Mas o torcedor não é bobo, não. Pelo menos, o palestrino não é. Divertido foi perceber que Diego Souza, ao marcar o gol do Palmeiras, colocou água na fervura do ultrapassado narrador e seu bobo da corte de campo. Ficaram murchinhos, murchinhos… hahahahahahah

Agora teremos o Botafogo como adversário, pelo Paulistão. Dizem que falta pouco para anunciarem Ewerthon, que Velazquez também está perto e muito mais importante ainda, que o nostro Mago estaria voltando…  SERÁ???  Tô achando que há boatos demais sobre essa volta, e isso faz  com que o meu coração fique sem saber de que lado do peito bate…

VAI BELLUZZO! PÕE PRÁ CORRER ESSA TURMA DE MOLENGAS, AÍ! E FAÇA COM QUE OS BOATOS SEJAM VERDADEIROS, POR FAVOR!!!

O palestrino está muito bravo depois da derrota de ontem. Mas se engana quem pensa que foi por ter sido para o time da Marginal sem nº. Imagina se vamos reclamar de uma derrota bissexta. Bissexta, sim! Desde 2006! Acontece de quatro em quatro anos. Iniciei o Blog em 2007, e esta é a primeira vez que escrevo sobre uma derrota do Palmeiras para os gambás. Nem existia o Twitter quando perdemos pela última vez. E, se o mundo for mesmo acabar em 2012 (rsrs), os gambás que comemorem bastante a façanha de ontem, porque não terão outra oportunidade…

Mas o jogo foi uma coisa!! Que os gambás têm um time bem ruinzinho, até o Mirassol sabe… Que eles jogaram contra o Palmeiras, encolhidos, com todo mundo na defesa, como se fossem o Taquaritinga, todo mundo viu. E por 80 minutos!!! E, por isso mesmo, o Palmeiras não poderia ter jogado tão mal. Mas o Verdão jogou muito bem, dirão alguns. Com um jogador a mais (já que O Máscara, antes dos 10 inciais, foi expulso), o Palmeiras teve a posse de bola praticamente o jogo todo. Posse de bola ilusória, uma vez que os gambás acuados e cagões não se aventuravam ao ataque a não ser em raríssimas vezes. E, mesmo com o domínio das ações, um time sem atacantes, poucas vezes leva perigo ao goleiro adversário. Eu diria que o goleiro nos parou apenas em duas reais oportunidades; uma, com Danilo e outra, com William. Sem Diego Souza não dá, né? E tem gente que acha que ele não joga sério… Fez e, sempre que não joga faz, uma falta desgraçada!!!

Eu já não tinha gostado da escalação de Gualberto, João Arthur (por serem inexperientes) e Armero. Se Armero está em má fase, teria sido melhor ser poupado da “fritura” e ter ficado no banco.  Além do mais, se Eduardo não serve como suplente, porque cargas d’água faz parte do elenco? E podemos ainda contar com Wendel, que quebra bem o galho por ali.

Começo de jogo (6′) e o juiz marcou uma falta de Armero; daquelas cometidas por tantos jogadores, em todas as partidas. A bola foi alçada quase da entrada da área, bem próxima à linha de fundo. Bola besta para ser aliviada pela defesa. Edinho (que foi bem no restante da partida) falhou no lance, deixando Jorge Henrique (quase um anão) subir mais do que ele e marcar de cabeça. Achei que Marcos, indeciso, também falhou. Dois minutos depois, o picareta do Roberto Carlos, resolveu “dar um aviso” ao jovem e bom jogador, João Arthur. O vagabundo, num carrinho criminoso, por trás, entrou para quebrar o moleque e foi expulso. E as “putas” da transmissão da TV reclamaram até não querer mais. Na Globo, Arnaldo César Coelho, dizia que era falta para expulsão, mas que pena ter acontecido com RC. Se fosse com outro, tava tudo bem, Arnaldo? Na Band, mais enlouquecidas ainda, as “putas” diziam que a expulsão não era justa. Não acredito que  seja espontâneo, viu? Tem alguma coisa por trá$$$ di$$o…

Com um  a menos, Mano Menezes colocou Danilo na esquerda, e os gambás ficaram encolhidinhos atrás, de onde não sairam mais. Tivéssemos atacantes e teria sido uma festa, outra vez. Numa falha de Chicão, Edinho, dentro da área, chutou fraco nas mãos do goleiro. Aos 33′, Robert, também na área, recebeu em condições de marcar mas se atrapalhou e tocou para Daniel tocar pro gol, em impedimento. Muricy, por sua vez, tratou de mudar o time e o que eu tinha entendido como uma escalação errada. Mas cá entre nós, sem opções, vai colocar quem??? Sacou Gualberto e colocou Daniel, que não jogou nada! Armero, muito nervoso, cometia muitas faltas e tava na cara que o juiz logo ia querer compensar a expulsão do Sr. Meião.Deu lugar a Wendel e saiu chorando. Chorando porque, mesmo em má fase, tem consciência do que é vestir a nossa camisa. Chorando, porque tem brios e para ele é, sim, importante ser jogador do Palmeiras. Merece ser respeitado!  É jovem e deve ser melhor trabalhado, orientado. Ano passado, pouquíssimas pessoas o queriam fora do time.

No segundo tempo o quadro foi o mesmo, os “ratones” encolhidos e o Palmeiras dominando a partida, só que sem poder de fogo. Falta cobrada por Cleiton que o goleiro defendeu; uma outra oportunidade que Robert concluiu rasteiro para defesa fácil de Felipe… Joãozinho deu lugar a William. Nos minutos finais, nosso time aumentou a pressão, mas sem competência nas finalizações, o gol não saía de jeito nenhum. Uma bola de Wiliam tinha endereço certo, mas o zagueiro gambá tirou. O juiz ainda expulsou Cleiton Xavier, por reclamação. Imaginem se um nosso não seria expulso… Antes do apito final, Danilo recebeu e, ao invés de matar no peito e chutar (é zagueiro, né?), cabeceou nas mãos do goleiro.

A torcida culpa o Armero… Caramba, isso é mascarar os reais problemas que o Palmeiras enfrenta. O time não tem atacantes, não tem zagueiros suficientes para a maratona dos campeonatos, precisa de laterais e tampouco tem banco. Quando, finalmente, perceberam que Sacconi poderia jogar e nos ajudar e o colocaram no time, a diretoria vende o cara, às vésperas do clássico. E o pior, vendem de qualquer jeito, sem o bendito passaporte da Comunidade Européia, e o negócio é desfeito. E, quanto aos atacantes, tudo bem que a diretoria não esperava o que aconteceu com a Emília, mas esses homens dirigem o Palmeiras, porra!! Têm que ter soluções na manga, e prá ontem!

Estamos em Fevereiro e o time não está pronto! E nós perguntamos: CADÊ OS REFORÇOS, BELLUZZO? E as declarações  ‘mandrakes’  de Cipullo e Toninho: “Estamos satisfeitos com o time” CUMA??? Estamos quem?? Eu não estou. Não é porque amo o Palmeiras e admiro muitos jogadores que temos no elenco, que estou satisfeita. QUERO VER MEU TIME JOGAR UM FUTEBOL DIGNO DA GRANDEZA QUE O PALMEIRAS POSSUI. E, para que isso aconteça, é preciso contratar!! Léo, Edinho e Márcio Araújo foram belíssimas contratações. Mas não resolvem o nosso problema. Onde vamos chegar só com esses jogadores que temos? Cada vez que um zagueiro se contundir ou levar o terceiro amarelo, a gente faz o quê? Reza? E quando Diego não jogar? Ou Cleiton? Rezamos outra vez? Armero não está bem, Figueroa está mais ou menos, precisamos de laterais. O ataque não existe. Não tem como fugir disso. Tem que contratar, Belluzzo!! Sabemos do seu empenho, e de todas as dificuldades que você enfrentou, até agora, em prol do Palmeiras e já te agradecemos por isso. Agora, não! Agora é hora de você ser cobrado!

Costumam chamar de “corneta” aquele torcedor que reclama, após as derrotas. Mas eu escolho ser a pessoa que  reclama por querer ver o meu time bem montado, jogando bem e ganhando títulos,  a ser uma “Alice” do País das Maravilhas, alienada,  que vive correndo atrás do “utópico” Coelho Branco…  

Belluzzotorcedor

O torcedor palestrino tanto sonhou com mudanças… Parecia que nunca iriam acontecer, que nunca iríamos conseguir… Mas elas vieram, graças a Deus.

Foi uma vitória, que comemoramos como o maior dos títulos conquistados. Afinal, nos livrarmos da péssima administração do Sr. Mustafá Contursi, era a melhor coisa que poderia acontecer ao Palmeiras. Quem é que vai  esquecer todos os desmanches que ele promoveu? Ou as tranqueiras que ele contratou? Quanta dor de cabeça nos deu esse senhor… As instalações do futebol profissional em estado tão precário, o clube sem estrutura… Quem é que não o odiou Mustafá quando mandou, graças à sua péssima administração, o nosso clube para a Segunda Divisão? O Palmeiras decidindo a permanência na Série A, a Nação em sofrimento e, Mustafá, comprando picanha em um supermercado, no mesmo horário… É, ele não gosta de futebol, dirão alguns… MAS O  QUE É QUE ELE QUER COM O PALMEIRAS, ENTÃO? GRAÇAS AO FUTEBOL É QUE O PALMEIRAS SE TORNOU O GIGANTE QUE É HOJE!

Mas ele passou… E nunca mais vai voltar!! E uma nova era começou. Afonso Della Monica ganhou a eleição, em 2007, e o Palmeiras começou a respirar outra vez. Ganhamos o Paulistão, um craque maravilhoso (tragam ele de volta!) brilhou no Palestra, e o torcedor palmeirense voltou a sorrir. Mas ainda não era o que nós queríamos… E os palmeirenses começaram a se articular para trazer Belluzzo ao poder, para fazer com que ele aceitasse ser o candidato.  E, em 26 de Janeiro de 2009, um dos homens mais importantes do país, o economista e palmeirense, Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo tornou-se o presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras. Que noite foi aquela, enquanto esperávamos o resultado das urnas palestrinas. Todo mundo na internet buscando notícias, acompanhando, mesmo de longe, o destino do Palmeiras sendo traçado. E que comemoração quando o resultado saiu! Eu chorei de emoção… Quantos outros não fizeram o mesmo…

Ninguém jamais vai poder dizer que Belluzzo não está fazendo o melhor que pode pelo Palmeiras. Assim que foi eleito, montou o time que o técnico, tido como o “melhor do Brasil”, pediu. O artilheiro revelação do Brasileiro, caríssimo, foi contratado pela parceira. Ninguém jamais imaginou que  PipoKeirrison fosse fazer o que fez. O nosso presidente conseguiu bons patrocinadores recebendo bem mais por um espaço na fabulosa vitrine que é a camisa do Palmeiras. Belluzzo pagou as contas (acho que está terminando ainda) que Mustafá deixou; mandou o Luxpoker embora (outra comemoração de arromba!); segurou os jogadores no elenco, evitando que fossem vendidos; trouxe Muricy Ramalho, que 90% da torcida pedia; comprou Pierre; bradou aos microfones a indignação de toda a nação palestrina, no episódio do assalto que sofremos no Maracanã, sob o apito do ladrão Simon; fez a aproximação com a torcida, com os clubes rivais; foi buscar e repatriar Vagner Love. Quem poderia imaginar que o frio da Rússia tivesse congelado o caráter e o futebol do sujeito? Você imaginou? Eu, não! Acredito que Belluzzo também nem suspeitou. Nosso presidente, aos poucos, vai livrando o Palmeiras da dependência da Traffic… E VAI CONSTRUIR A ARENA PALESTRA ITÁLIA!! Quando completa um ano na presidência, Il Nostro Capo nos presenteia com o início das obras.

Enfim, hoje, Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo é o nosso “Belluzzone” !! O presidente que o torcedor gosta e admira. Que nos dá as notícias mais importantes no twitter, que defende o Palmeiras com a a dignidade e caráter necessários a um presidente e com o amor de um verdadeiro palestrino.

Parabéns, Belluzzo!! Temos muito orgulho de você!! E quando completa um ano na presidência, nós lhe desejamos a única coisa que lhe faltou, SORTE!! QUE ELA LHE ACOMPANHE POR TODO O SEU MANDATO  E POR TODA A SUA VIDA!

O torcedor palestrino lhe diz, obrigado! 

rouboemPrudente

Nem bem ‘esfriou’ o assalto que sofremos no Maracanã sob o apito do pilantra do Simon, no Brasileirão, e já estamos às voltas com a roubalheira outra vez. Pô, mas o campeonato mal começou e a putaria já está instituída outra vez? Esse Coronel Marinho e seus comandados são uma piada de muito mal gosto. Como pode ser ele o (i)responsável pela Comi$$ão de Arbitragem? Os roubos são descarados! Ou será que ele foi colocado lá para isso mesmo?

O Palmeiras foi para Presidente Prudente e não se apresentou muito bem. Armero foi muito mal na lateral esquerda e essa foi a “trilha” que o Barueri escolheu para jogar. Na direita, Figueroa também não estava numa noite feliz. Ataque, meio e defesa não falavam a mesma língua. Erramos muitos passes e não apresentamos o mesmo futebol do jogo contra o Mogi.

Porque estávamos com a ala esquerda desguarnecida (Armero tava uma “coooisa”!), aos 8′ o Barueri se aproveitou e foi pro ataque. A nossa defesa deu pane e tomamos o gol. Num dia em que já não estamos jogando bem, sair em desvantagem não é nada auspicioso. Mas o Palmeiras (que começou a tocar mais a bola), nunca deixa de buscar. Aos 28′, com o adversário perigoso nos contra ataques, num lance de fora da área, Deyvid mandou um chutaço; a bola resvalou no jogador do Barueri e entrou. Tudo igual em Prudente! Nossa torcida, linda que desde o começo de jogo não parava de cantar, soltou o grito da garganta!! Mas  Milton Leite não se cansava de chamar a atenção para os torcedores de outros times que lá estavam apenas para torcer contra o Palmeiras. E ria, o idiota! Fingiu (ou fez de propósito) não saber que a sua maior audiência, naquele momento, era puramente palestrina.

Com o jogo empatado, Diego recebeu na área e foi derrubado. Penalti! Paulo César nada marcou. O jogador do Barueri deixou a perna na frente de Diego e o imbecil do Noriega pedia cartão pro palmeirense que, segundo ele, havia se jogado. Oras, mas o penalti não deve ser assinalado se o jogador que ataca,  for atingido dentro da área ou impedido de continuar a jogada? Pois bem, Diego foi atingido! Paulo César  nos assaltava mais uma vez e interferia no resultado da partida, enquanto na TV tentavam negar o óbvio das imagens.  Que raiva sente o torcedor quando os narradores e comentaristas tentam convencê-lo de que ele não viu o que viu. PENSAM QUE O TORCEDOR É IDIOTA?  Ainda  houve (eu achei) mais uma penalidade em cima de Sacconi, que o juiz  também “fez que não viu”. Mas o torcedor que já estava muito bravo com o juiz nem imaginava o que estava por vir…

12′ do segundo tempo, o jogador do Barueri é derrubado na área (jogada semelhante ao penalti não marcado em Diego!!), por Danilo. Pior é que o Marcos fechava a jogada exatamente na hora em que Danilo, desnecessariamente, cometeu a infração. Tadeu foi para a cobrança; a bola bateu na trave e voltou para um jogador do Barueri que tocou para o mesmo Tadeu em clamoroso impedimento marcar. Marcos e seus companheiros foram prá cima do juiz; ele foi ouvir o bandeira que na maior cara de pau confirmou o gol. As imagens são claras. O árbitro tinha totais condições de ver a jogada. E VIU! O bandeira, ESTAVA DE COSTAS, correndo para validar o penalti que ele nem viu bater na trave. E como será que ele teve condições de ser consultado pelo árbitro sobre o impedimento? Como disse Diego Souza depois, o árbitro não marcou porque não quis. Como disse Belluzzo, esse juiz “erra” sempre para o mesmo lado. Como não disse Marcos, E DEVERIA DIZER, o juiz decidiu o resultado da partida.

Seriamente prejudicado em seus propósitos o Palmeiras lutou, buscou e conseguiu o empate.  Milimetricamente, Cleiton levantou a bola na área para a cabeçada perfeita de Diego Souza. Tava lá o empate, para provável desgosto do juiz, bandeira e narradores da Sportv. Por pouco o Palmeiras não virou. A torcida comemorou muito, mas sem esquecer que NOS ROUBARAM DOIS PONTOS!!!

Os babacas da Sportv, depois que o jogo acabou, diziam que iria haver polêmica… POLÊMICA?? O ROUBO FOI ESCANCARADO! Não há duas versões do lance a serem discutidas. Veja na imagem a posição em que se encontra o juiz. Diziam também que o Palmeiras jogou mal.   MAS ISSO NÃO DÁ O DIREITO AO ÁRBITRO DE NOS ROUBAR, como parecem pensar os imbecis  narradores da Sportv. Não importa se o Palmeiras jogou bem ou mal. O PALMEIRAS FOI DESCARADA E CLARAMENTE ROUBADO, PORTANTO, O RESULTADO É INJUSTO! QUERO TER O DIREITO DE GANHAR MESMO JOGANDO MAL, PORRA!!  Nos últimos anos, diante dessa bandalheira toda,  o palmeirense tem que ficar feliz quando perde honestamente… Os vagabundos tinham que ter saído de camburão ao final da partida.

Por favor, Belluzzo, não vamos deixar barato mais uma vez! O palestrino já não aguenta mais. O Palmeiras tem que exigir a punição para esses calhordas! E, o mais importante, é que eles (assim como Simon) nunca mais apitem os nossos jogos.

FORÇA VERDÃO!!  A HISTÓRIA  SE REPETE, É CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!!!

Eu sempre soube que muitos dos motivos ainda viriam à tona…

Claro que não podemos tomar por verdades absolutas tudo o que vem da impren$inha, mas quando elas vão de encontro ao que pudemos observar por conta própria, há que se pensar… A jornalista Milly Lacombe, publicou um texto sobre o ambiente do Palmeiras e vou tentar resumir aqui os pontos principais:

Logo após a derrota no Engenhão, os jogadores cabisbaixos, encontraram Osmar Feitosa (Prep.Físico) chorando: “Eles estão no auge do preparo físico, estão tinindo, e você olha em campo eles não andam. Por que meu Deus?” O nosso elenco, considerado o melhor do campeonato, não mostrava motivação e isso, nós torcedores, estávamos vendo já há algumas rodadas. Mas uma fonte ligada à diretoria diz: “A palestra do Muricy dá sono”, “Muricy não é cara de motivação, é treineiro”. E, claro, na reta final, nossos rapazes precisavam de motivação. A gente via que não havia tesão algum. Depois dos fracassos, das agressões e covardia praticadas pela torcida organizada, os jogadores estavam, psicologicamente, destruídos, desorientados, amedrontados. E a tal fonte, concluiu: “Tinha jogador com medo de ir ao banheiro em aeroporto, com medo de apanhar. Chegaram ao Engenhão, para o jogo que valia o título, cercados de proteção, entraram agachados, como se fosse uma guerra. Quem agüenta isso e continua motivado?”. Que vergonha!! Depois ainda querem dizer que a torcida não deu tiro no pé… E a diferença que vimos, dos tempos de Jorginho, deve mesmo ter sido a tal motivação. Por que não deixaram que Jorginho desse as preleções?

E a fonte disse mais:” Quando o Luxemburgo tá a fim de trabalhar, a preleção dele faz o cara entrar em campo mordendo a grama. Ele sabe que o psicológico ganha jogo, que decide”. Muricy não acredita nisso, acredita em trabalho. “Mais ou menos como era o Felipão, mas o Felipão sabia que precisava motivar os caras no vestiário, então ele trazia um padre do Rio Grande do Sul, que era amigo dele e bom nisso, ou chamava o Zé Roberto (Guimarães, treinador da seleção feminina de Vôlei).” E nós, acusando jogadores disso e daquilo, quando também estávamos vendo que faltava a tal pegada, faltava motivação.

Muricy tem o jeitão dele. Não se envolve afetivamente com os jogadores, com seus problemas, não fica no mesmo andar do elenco, nas concentrações, não brinca com eles durante os voôs. Já era assim quando foi campeão no time anterior. Só que tinha lá, outras pessoas para ajudarem os atletas com seus problemas, pessoas que ofereciam o ombro amigo… E o que funcionou lá, não funciona no Palmeiras.

Diz o texto que os problemas surgiram com a demissão de Luxemburgo sem que Belluzzo consultasse Cipullo,um dos responsáveis pela eleição de Belluzzo à presidência do Palmeiras. Aconselhado por um grupo de cinco amigos em quem confia (entre eles José Serra e Fabio Raiola, diretor financeiro do clube), Belluzzo se decidiu e demitiu Luxemburgo. O Palmeiras, nessa ocasião, ocupava a quarta colocação (7 pontos à frente dosbambis e 2 do Flamengo) na tabela.Raiola (amigo de Muricy) fez contato com o treinador para trazê-lo ao Palmeiras. Cipullo permanecia alheio à negociação. Jorginho assumiu e manteve a estrutura anterior de Luxemburgo (que comanda “tudo” e tinha Toninho Cecílio como ponte para “escutar” o grupo. E, sem perder o controle do grupo,Jorginho colocou o Palmeiras na 2ª colocação (5 vitórias, 1 empate e 1derrota) 10 pontos à frente dos bambis e a 8 do Flamengo. Mas, com a chegada de Muricy, Toninho começoua perder espaço e o trabalho de aproximação do grupo (e seus problemas) com a diretoria deixou de existir. Como Cipullo (ê vaidade!)continuava alheio às principais decisões e Muricy não se metia nisso, a diretoria perdeu completamente o contato com o grupo. E, para piorar, Marcos entrou em rota de colisão com Toninho e o grupo, psicologicamente abandonado, rachou em grupos: o de Marcos, o de Diego e o de Vagner Love.

Como se não fossem suficientes os problemas, o Grupo Família Palestra, tendência política dentro do clube, ligada a Paulo Serdan (Mancha Verde) e a Sérgio Pellegrino (conselheiro), começou a usar a torcida organizada para desestruturar o grupo (em que momento apareceram as acusações, não é?), afastar Cipullo, Toninho Cecílio e Cia. e ganhar força política, para ficar com o comando da base palmeirense e fazer de Palaia o homem forte do futebol profissional. Com o Palmeiras, mesmo, quem é que está preocupado? Belluzzo, já zonzo, com tanta apunhalada “amiga” autorizou que Raiola frequentasse os vestiários, talvez numa tentativa desesperada de reintegrar o elenco.

Aí, a oposição que até agora estava quieta, apareceu! Armada de números, tentando pintar um quadro de fracasso da atual administração (Piraci já está enviando e-mails para os sócios), custos + gastos – resultados (o Palmeiras ainda paga, mensalmente, R$500 mil a Luxemburgo, pela rescisão, mais os R$400 mil de Muricy.

Raiola quer tirar Cipullo do cargo. Se Cipullo sair, a Traffic já deixou bem claro que sai, também. Toninho, hj é chamado de traíra pelo grupo, que avalia que ele era uma pessoa na época de Luxemburgo e passou a ser outra com Muricy. Muricy, assustado, essa semana se reune com Belluzzo e Cipullo para definir o futuro.Cipullo não quer a cabeça de Muricy, que avalia como excelente treinador, mas exige voltar a ter o comando do futebol. A Família Palestra (família????) não quer Cipullo e faz o que pode para desmoralizá-lo. Para dar o comando a Cipullo, Belluzzo terá que desagradar o grupo de amigos que o aconselha, que envolve Raiola(ligado à Serdan,  presidente de honra da Mancha). Mustafá Contursi, apoiado por Della Mônica, deve reaparecer. Tudo indica que a oposição pretende não aprovar o balanço do clube e, assim, abrir margem para um impeachment.

E jogue-se bola com um barulho desses…

Informações retiradas do Site Terra, de texto escrito por Milly Lacombe.

Pois é amigos, podemos filtrar e peneirar essas informações e chegaremos à conclusão de que a maioria delas (senão todas) são verdadeiras. Eu já disse anteriormente que o Palmeiras dorme com o inimigo. Muitos, dos que se dizem grandes palmeirenses, preocupados com o futuro do Palmeiras, querem mais é se dar bem. Alguns, lá dentro, querem o poder. Outros, ainda aqui fora,querem apenas chegar até lá. Fazer parte. MAS COM O PALMEIRAS, MESMO, POUQUÍSSIMOS ESTÃO PREOCUPADOS!! E são essas pessoas que manipulam a opinião do torcedor palestrino, que continua acreditando nos mesmos papinhos de sempre: jogador na balada, técnico isso, técnico aquilo. Já tivemos cada técnico ruim aqui. Já tivemos jogador que diziam cheirava cocaína. E, curiosamente, nenhum foi vítima de agressão… Os caminhos para o entendimento dessa bagunça toda são meio tortuosos, mas deixam bem claros os motivos, não é mesmo? E, tudo isso, em meio à podreira que assola os bastidores do futebol Brasileiro, com seus esquema de apito, tribunal, times vendidos entregando resultados… Difiícil, né?

Que cada um tire a sua própria conclusão…

 

Não sei se é porque fui ao Palestra, comprar ingressos, ou se é o de sempre, mas já entrei no clima do jogo e do título, faz tempo. Uma ansiedade desgraçada toma conta de mim. Quando penso que falta tão pouco para que possamos realizar mais esse sonho, perco até o ritmo da respiração… Uma coisa é a gente acreditar, só porque é torcedor e outra, bem diferente, é acreditar porque sabemos que podemos, que temos, time, técnico (esse trabalha!); que a diretoria fez o que devia para manter o elenco… que o time está unido e focado no título… que a torcida tá junto… Amanhã daremos mais um passo, em busca dele. Bons ventos sopram no Palestra, graças a Deus!

Lá na fila dos ingressos, enquanto esperávamos horas, a gente ia conversando com quem estava do lado. Caramba! Tá todo mundo acreditando, todo mundo sabendo que temos “bala-na-agulha”. Claro que, matematicamente, outros clubes têm chances. Mas e eu aí com a matemática? Meu coração tá me dizendo que o campeão será o Palmeiras e eu acredito nele e na minha intuição. Já provamos que com o time quase completo (porque falta Pierre e Maurício Ramos) o Palmeiras é muito difícil de ser batido. Teve um bambi dizendo por aí que eles têm mais elenco. Pois bem, tirem oito titulares dos postulantes ao título e vejam se eles conseguem ganhar de alguém.

Eu sempre procuro prestar atenção aos sinais… Vocês se deram conta que Vagner Love veio terminar o que Mustafá não permitiu, quando o vendeu? O Palmeiras liderava o Brasileiro e no meio do campeonato o “Treva” vendeu o craque do time. E não é que ele voltou e encontrou a mesma situação que deixou? Posso até estar enganada, mas VAGNER LOVE VOLTOU PARA SER CAMPEÃO BRASILEIRO!! A vida sempre se encarrega de colocar as coisas em seus devidos lugares…

Amanhã o Caldeirão Verde de Palestra Itália vai ferver!! A Que Canta e Vibra vai cantar e torcer como nunca! Os bambis acabaram de perder, no Panetone… coitadinho do Jason! uahuahuahuauah  O Goiás também perdeu. Parece que Papai do Céu tá usando a camisa verde-esmeralda mais linda do mundo. Mas não há acaso, e tampouco sorte. A diferença é que houve planejamento, há trabalho e envolvimento de todos. Não tem ninguém delegando função para jogar poker, não tem ninguém mais menosprezando o próprio time e jogadores. Quando tudo pareceu escuro, de repente se fez claro…Foi tão fácil fazer a mágica acontecer… né Belluzzo?

Ainda temos caminho à nossa frente, mas estamos seguros de que o paraíso é logo ali. O grito, aprisionado em nosso peito, feito pássaro na gaiola, espera só que as (agora frágeis) grades se rompam, e ele possa voar livre pelos ares. Até amanhã, Palmeiras! Temos um encontro marcado lá no Palestra! Juntos, a nossa força é imensa. Então, vamos buscar esse título! Ano que vem tem Libertadores… e  Valdívia!!!

Eu sabia que Belluzzo iria me dar esse presente de aniversário…

Parece que a diretoria do Palmeiras acredita que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Não é que aceitaram o Evandro Rogério Roman, como árbitro para o jogo de amanhã, diante do Cruzeiro, lá no Mineirão? O cara nos operou descaradamente, contra o Goiás, nos tirando três pontos preciosos (ah, se os tivéssemos agora!) e num jogo onde podemos abrir uma vantagem na liderança, nos afastando do time das ladras que vêm atrás, lá vem o salafrário apitar, outra vez. Quanto desprestígio tem a nossa diretoria nos bastidores. Quem é que está “por trás” disso? Será o “padrinho” daquele time trambiqueiro? Porque está na cara que eles têm um “protetor” nos corredores mais ilustres do futebol brasileiro. E nós, torcedores, vamos ter que ver esse mesmo filme a cada campeonato? Os anteriores não bastaram?

Os adversários devem estar adorando! Se é que não há influência de um deles nisso, ou melhor, tá na cara que há armação.  Ah, Belluzzo! O pior cego é aquele que não quer enxergar. Apito rosa operando em Ribeirão e agora vem esse picareta aí, apitar o nosso jogo? E fora de casa? Você não disse que ele NUNCA MAIS apitaria jogos do Palmeiras? E o’nunca mais’ durou só isso? Dizem que esse juiz é caseiro. Pode até ser… Mas prá mim, ‘caseiro’ é aquele que tem uma leve tendência a ser menos rigoroso com o time da casa. Esse senhor nos ROUBOU! ESCANDALOSAMENTE! Inventou um penalti e validou um gol em clamoroso impedimento. Não foram falhas. FOI ASSALTO! E se ele é caseiro, que fique em casa, catzo!

Exatamente na rodada em que os bambis ladrões, com roubo e tudo, não conseguiram a liderança, “sortearam” esse picareta para apitar o jogo do Verdão. Puta armação! Como diz um amigo meu, é melhor o Palmeiras levar o camburão e o escrivão para o Mineirão, assim já dá o flagrante e faz o B.O. Nosso time não luta apenas  contra adversários e desfalques; tem que lutar também contra  tribunais e travar uma batalha do c*#@*lho contra os árbitros. Assim fica difícil…

Tem gente pagando muito bem a “comi$$ão” de arbitragem e só a nossa diretoria não vê…

E, se o bandido não serve nem para apitar Londrina x Engenheiro Beltrão, tá no Campeonato Brasileiro fazendo o quê??? Deem uma olhada no tipo que  vai apitar a partida de amanhã entre Palmeiras e Cruzeiro:

Vaaaaai Palmeiras!! Com,  ou sem apito, vamos atropelar as Marias amanhã! ÔÔÔ VAMOS GANHAR, PORCOOOO!

jk fail juca_kfouri_01_c1

                            Fail1  

 Fail2

Vocês estão vendo que tipo de imprensa esportiva a gente tem em São Paulo? Porque é aqui, onde os jornalistas são mais hipócritas e imbecis. Falam tantas bobagens, fazem tantas afirmações mentirosas.

O Painel FC da Folha de São Paulo, no intuito de gerar polêmica, noticiou alguns factóides, sobre a construção da Arena Palestra. Sem ouvir o Presidente Belluzzo, ou mesmo a W-Torre, publicaram inverdades e ainda envolveramm o nome da vice-prefeita da cidade, a palmeirense Alda Marco Antonio, que teria supostamente sido maltratada no banquete do clube. O Palmeiras já distribuiu Nota Oficial desmentindo tudo o que foi levianamente noticiado.

Durante a transmissão de Santo André x Bambis, neste domingo, o Cléber Machado, assim que o São Paulo marcou o seu gol, já começou a dar a classificação do campeonato. Ele não sabe que depois do apito final é que a gente conhece o vencedor? E isso não foi nada. 1′ de jogo e o juiz já disse a que veio.  Fernando (S.ANDRÉ), sofreu penalti escandaloso, cometido por Miranda. Todos os comentaristas globais foram unânimes em afirmar que a penalidade foi clara. Aí, no intervalo, não é que eles “mudaram de idéia”? Já vieram dizendo que dependendo do ângulo dava margem a interpretações. Ah, tá! Quem será que mandou que eles mudassem de opinião? Porque alguém falou alguma coisa e eles, como vacas de presépio, apenas ‘balançaram as cabeças’.

Mas, o mais engraçado, foi depois que o Santo André empatou. Toda a efusão do alegre (até então) comentarista, desapareceu. Parecia que estava transmitindo um velório. Até o volume de sua voz baixou. Combinou perfeitamente  com as caras de idiotas que ficaram os discípulos do afeminado Jason.

PVC foi outro que tanto afirmou que Inter e Bambis passariam à frente do Palmeiras… vai ver ele é cartomante nas horas vagas.

Outro adivinhão é um tal de Raphael Freitas do Lancenet, que afirma: “O Jason terá que esperar mais um pouco para ser líder”. Deve ser parente da Mãe Dinah (que não acerta uma) esse sujeito, só pode.

Vamos falar a verdade,  precisar de ajuda do juiz para empatar com um time que está na zona de rebaixamento , cujo volante tem 42 anos, é de lascar, né? Esse é o “favorito” a ser temido???  Eu gostaria muuuito de saber quem é que está por trás disso tudo…

E, para fechar com chave de lata, vejam só as declarações do goleiro beato (porque só vive de joelhos): “O São Paulo tentou, mas o Santo André marcou bem. Eles tiveram felicidade no gol. Foi uma bola espirrada, eu saí fechando o ângulo e ele meio que errou o chute. Faltando pouco mais de 15 minutos, ficou difícil reagir”, afirmou. O cara tá quase aposentando e ainda não aprendeu a admitir os seus erros… eu hein? Todas as vezes que toma um gol e ferra o próprio time, ele diz que o atacante errou o chute. Coisa de bambi, mesmo.

CHUUUUUPA IMPREN$INHA! CHUUUUUPA BICHARADA!

Agora vou dormir, que essa vida de líder me cansa… uahuahuahuahuah

E antes que eu me esqueça: CHUUUUUPA GAMBAZADA!! VOCÊS NÃO PODEM VER UMA CAMISA VERDE QUE PERDEM O RUMO… UHAUHAUHAUHAUHAUAHUAUAHUAHA

 

E não é que o Dunga resolveu convocar jogadores do líder do Brasileirão? Os meias Diego Souza e Cleiton Xavier, foram convocados na noite desta segunda-feira, para servir a seleção brasileira, na partida contra o Chile, que acontece nesta quarta-feira (09), em Salvador, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Claro que a convocação é um prêmio à boa fase que vivem os atletas palmeirenses e também pela ótima campanha que o Palmeiras faz no Campeonato Brasileiro. A gente não sabe se comemora ou fica bravo. Perder nossos atletas agora, quando estamos liderando o campeonato, com todo mundo querendo nos alcançar, é complicado. Por outro lado, nos sentimos orgulhosos e sabemos que Diego e Cleiton  merecem a convocação e os nossos parabéns.

“Fiquei emocionado quando recebi o telefonema de que estava convocado. Confesso que estava ansioso para que esse dia chegasse, pois sabia do meu potencial e do quanto eu estava me esforçando para isso acontecer. estou viajando para compor o grupo, mas só fato de viver esse momento maravilhoso me enche de alegria e motivação. Qualquer um gostaria de estar sentindo essa emoção, pois servir à seleção brasileira é algo que não tem preço. Também devo muito ao Palmeiras por isso”, afirmou Diego Souza.

Cleiton Xavier também não conseguia esconder a alegria da convocação:

Tem coisas que são inesquecíveis na vida, e essa convocação certamente estará marcada para sempre comigo. Nem sei se vou jogar, mas isso é o de menos. O fato de ter sido lembrado já é algo especial, ainda mais em se tratando de um jogo de Eliminatórias. Gostaria muito de agradecer à diretoria, que se esforçou para me manter nesta temporada, e aos meus companheiros, pois sem eles não chegaria a um lugar tão alto”, comentou o camisa 10.

Os jogadores  embarcam na manhã desta terça-feira(08) e devem participar do treinamento que acontecerá à tarde, no estádio de Pituaçu. Mas fique tranquilo palmeirense, Cleiton Xavier vai jogar contra o Vitória, no domingo. Só Diego, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, é que estará fora da partida.

E sabem quem estará lá do outro lado, jogando pela seleção chilena? Nosso Mago Valdívia, é mole? Já teve palestrino, no aeroporto, esperando ele chegar. Como o Brasil já tá classificado e eu sei que o Dunga vai deixar nossos craques no banco, vou torcer para o Chile conseguir a vitória e a classificação. E, aproveita Belluzzo! Pede pro Diego e pro Cleiton levarem o contrato para o Mago assinar.

E você, palmeirense? Como vai torcer?

periquitoverde_brasilchile

LovenaMV

Quando eu estou aqui, eu vivo este momento lindo…

Estar no Palestra, vendo o Palmeiras jogar é inexplicável! A Turiassu lotada, os bares cheios de ‘parmeras’, o Shopping Bourbon,e suas escadas rolantes salpicadas de verde e branco, de verde limão, de azul… tudo tem uma aura de alegria, de orgulho, sei lá. Depois, lá dentro do Palestra, onde se respira Palmeiras, onde se respira paixão, é que a torcida entrega o que tem de mais caro: seu amor incondicional ao Palmeiras. Local onde o sentimento de toda uma Nação se funde e ecoa pelos ares.Lindo de se ver, muito bom fazer parte. Como diz Joelmir, só quem é palmeirense sabe o que é esse carrossel de sensações que a gente tem e nunca explica… São as nossas emoções…

…São tantas já vividas, são momentos que eu não esqueci…

Nossa casa… palco de algumas tristezas e um sem número de alegrias. Em nossa casa conquistamos a Libertadores; tiramos do Paulistão 2008, os prepotentes, favorecidos e farsantes bambis; demos uma virada histórica prá cima do Flamengo; conquistamos o Paulistão 2008; vimos desfilar ídolos maravilhosos (impossível citar todos); em nossa casa, recebemos craques tão sonhados e nos despedimos de outros com tristeza; foi lá que o mundo conheceu Evair, Edmundo, Rivaldo, Roberto Carlos, Vagner Love; foi lá que brilhou Valdívia…

…mas eu estou aqui vivendo esse momento lindo…

Hoje, a festa tem um motivo especial. Defendemos a liderança do campeonato, em busca do nosso 9º título brasileiro, e estamos nos sentimos ainda mais felizes, porque está de volta o nosso craque da camisa 9. Vagner Love! Aquele, que Mustafá vendeu quando mais precisávamos dele.  Nosso matador (que Belluzzo foi buscar), chegou em casa. E todos os olhos se voltam incessantemente para o túnel por onde os jogadores sairão. Eu não me canso de olhar prá lá. Uma ansiedade enorme. Não vejo a hora de vê-lo em campo, mais uma vez vestindo o manto. 

De repente, eis que, com uma camiseta branca sobre a “maglia azzurra”, surge o time do Palmeiras.Emocionante a faixa com a homenagem a Pierre. O Palestra todo grita o nome de seu guerreiro. Faixa e camisetas trazem a mensagem: “FORÇA PIERRE, A NAÇÃO PALMEIRENSE ESTÁ COM VOCÊ”. Emocionante… Procuro Vagner Love entre os jogadores e lá está ele! Que flashback sensacional! Estou arrepiada! Olho prá ele, com suas trancinhas verdes, e é como se ele nunca tivesse saído. Que reforço maravilhoso, foi essa contratação.Que momento único é esse que vivemos agora, com Belluzzo no comando do clube.
 
A torcida está em festa! O jogo não é lá essas coisas, o Palmeiras está desfalcado de peças importantes. O Barueri  encontra muitos espaços e joga melhor, no primeiro tempo. Sorte nossa que a pontaria deles é péssima e, quando acertam, Marcos está lá. Abade, é uma desgraça. Nem 5′ de jogo e ele amarela injustamente o dono da festa. O Verdão tenta, tenta, e Love marca de cabeça, mas está impedido. Vamos ter que esperar mais um pouco. Souza joga um bolão! Wendel está num dia inspirado, mas o time não consegue chegar com perigo no gol do Barueri. Obina não recebe muitas bolas, uma vez que o time todo quer municiar o reestreante. Mas O Palmeiras luta.

No segundo tempo o Verdão se apresenta melhor. A torcida já pressente que a “chapa está esquentando”. E numa descida de Wendel, Cleiton recebe e levanta  na cabeça de Diego Souza (A N I M A L!), que mete na rede do Barueri. Golaço! “SAI,SAI DA FRENTE! SAI QUE O DIEGO É CHAPA QUENTE”, é o grito que ecoa no Palestra.Mas está faltando algo… Jogada do Palmeiras, Love é derrubado na área. Abade faz que não vê, só que Obina (sempre ele) recupera a bola e é derrubado, também. Sem poder nos roubar duas vezes seguidas, o juiz apita… Obina, generoso , num lindo gesto,entrega a bola para Vagner Love…

…Olhando prá você, e as emoções se repetindo…

Como se fosse ontem… como se fosse sempre… Love vai para a cobrança e guarda. O Palestra explode! Ele corre até a torcida e quem é que se lembra de qualquer rusga, de qualquer rancor?  Vamos ganhar o título do Brasileiro. E Love veio para nos ajudar, e muito,  a levantar o caneco. Mais do que nunca, eu acredito no título!  E nem quero saber se time “x” perdeu, time “y” ganhou. Os outros que se f…., eu torço é pro Verdão e na frente dele não tem ninguém…

…Se chorei ou se sorri
O IMPORTANTE É QUE “PARMERA” EU NASCI!!!

Tomara o Rei Roberto Carlos, que nessa semana declarou ser um “parmera” apaixonado, perdoe a minha ousadia e a brincadeira…