“A glória é fugaz, mas a obscuridade é eterna.” – Napoleão Bonaparte

Eis que a oposição retomou o poder no Palmeiras… Passamos quase uma década tentando evitar que isto acontecesse, passamos quase uma década com o clube sendo administrado, e tendo todas as suas ações pautadas  pelo medo de deixar a oposição voltar… Quase 10 anos, apavorados apenas com a possibilidade de que pudesse vir a acontecer…

E foi o presidente mais festejado, o mais idolatrado; foi a gestão carregada da maior esperança de êxito, antes nunca vista no Palmeiras, quem abriu as portas da “máquina do tempo” que nos levará, ou não, à “Pré-história”, mais uma vez. Foram as lambanças da desastrosa gestão Belluzzo (que não conseguiu nem ter as contas de 2010 aprovadas), que legitimaram este novo presidente. Foi a situação dividida, rachada pela avidez de poder,  rivalizada pelo ego e tão somente ele, quem permitiu a vitória avassaladora da oposição. Agora é chorar na cama que é lugar quente.

Mas Belluzzo não pagará esta conta sozinho… Palaia e Paulo Nobre (ele mesmo) também pagarão. Afinal, foi a cabeça dura e a intransigência dos dois (onde entra o Palmeiras nisto?), quem acabou fazendo com que os indecisos votassem em Tirone. Foi o orgulho de não ceder,onde e quando era preciso, que trouxe o medo de volta. Preferiram entregar o Palmeiras àqueles que pensam pequeno, que tanto fizeram para que o projeto da Arena não fosse aprovado, que nos jogaram na segunda divisão, que um dia se utilizaram da vergonhosa “lista negra”… Entregaram o Palmeiras de 20 milhões de apaixonados, apenas porque não foram capazes de voltar um passo atrás…

E a situação, salvo a conquista da Arena, deixa o poder de forma humilhante. A oposição elegeu o Presidente, os 4 vices e mais alguns membros do COF. Se é que se pode ver algo bom nisso tudo, acho que, nos próximo dois anos, não teremos tantas brigas nas alamedas do Palestra.

Pobre Palmeiras… Só tem a nós, os seus torcedores…

Hoje, ao acordar, me sentia como se tivesse levado uma surra. Tudo doía…  Antes mesmo de conseguir abrir os olhos direito eu já me perguntava: e agora? O que devemos esperar? Sinceramente, eu não sei… Mas sei que Arnaldo Tirone, nosso novo presidente, é filho daquele outro Tirone, que figura na lista dos melhores cartolas que o Palmeiras já teve. Talvez ele traga em seu DNA, um pouco do que pensava aquele homem, quem sabe traga no sangue o mesmo amor e respeito com que ele conduziu as coisas do Palmeiras… Como podemos saber? Espero que o pai  ilumine e intua o seu filho, para que ele não manche e desonre o seu nome. O Tirone atual pode agora escolher entre manter a tradição e fazer história como um homem de bem, ou jogar o nome de seu pai no lixo… O que será que ele vai preferir? Será que as suas “alianças” políticas permitirão que ele seja livre para pensar e agir? Ou será que Tirone vai ser apenas o fantoche de Mustafá Contursi? Ele é quem vai escolher entre a Luz e a Obscuridade… Como será lembrado só o tempo nos dirá…

Mas de concreto, já temos as suas primeiras declarações, de que alguns jogadores poderão ser descartados (na verdade, essa foi do vice), de que o contrato da Arena deve ser rediscutido… Parece que nada de bom e novo deve vir por aí… Nem mesmo as tão sonhadas “Eleições Diretas”, pois ele afirma que os sócios já participam das eleições, uma vez que são eles quem escolhem os conselheiros. Mas Tirone se esquece dos mais de 100 conselheiros que são vitalícios, sendo que alguns, jamais receberam um único voto sequer. Foram nomeados por Mustafá Contursi, fazendo com que, em qualquer eleição, ele já entre com todos esses votos a seu favor. E foram esses votos que decidiram a eleição para  Tirone. Sem eles Paulo Nobre teria ganhado facilmente. Taí mais um imbroglio eleitoreiro que Belluzzo poderia ter encerrado. Bastava que tivesse dado a tão pedida “canetada” para as diretas. Mas ele prometeu, prometeu; enrolou, enrolou e não o fez!

Acho que vamos ter que “esquecer” o futebol por uns tempos… Vão querer baixar os custos e o valor das dívidas do Palmeiras e, muito provavelmente, teremos de volta o “bom e barato”, que de bom nunca teve nada. SEMPRE FOI PÉSSIMO! Gastar pouco com jogador de 5ª categoria é o mesmo que rasgar dinheiro. Vamos montar times para não cair… Pressinto que o velho Tirone vai se envergonhar e se aborrecer bastante lá no “outro plano”…

Em todo caso, como faço parte da massa de milhões de palestrinos, que ama o Palmeiras desinteressadamente, vou esperar prá ver, e vou torcer para que Tirone seja o melhor presidente da nossa história. Afinal, já de começo, ele vai ter algo que Belluzzo não teve. Uma oposição de verdade, digna, que lutará pelo bem do Palmeiras e nunca vai fazer nada contra o clube. Bem diferente do que pudemos presenciar nestes quase dez últimos anos. E, caso dirija o meu Palmeiras com dignidade, respeito e amor, Tirone, certamente, receberá tudo isso de volta. E, mesmo sendo uma gota no oceano, mesmo sabendo que isso não significa nada prá ele, prá qualquer outra pessoa, ou para a história do Palmeiras, ele terá o meu apoio.  E que todos saibam, jamais iremos nos calar ou desistir do Palmeiras!

APERTEM OS CINTOS, PALESTRINOS! 2011 VAI COMEÇAR AGORA!!!

É muito difícil atravessar os ‘Dezembros’ e ‘Janeiros’ palestrinos…

E o torcedor, qual barquinho de papel na enxurrada, vai sendo levado pelas revoltas e malévolas “águas” dos espertalhões da impren$inha e, neste ano eleitoral, pelas marés de promessas sem-vergonha de gente que, do Palmeiras, só quer o poder.

O torcedor que, ao longo desses anos de tanta incompetência administrativa, vai perdendo títulos, vai perdendo a confiança, o sono, o sorriso, agora parece que perdeu também a memória… Caramba, todos os anos é a mesma coisa! E será que em todos os anos vamos nos comportar da mesma maneira? Vamos acreditar em todas essas bobagens? De novo essa ‘pataquada’ toda de contratações mirabolantes, para depois ver chegar uns ilustres desconhecidos de futebol mais desconhecido ainda?

Saudade da Parmalat gerenciando o futebol do Palmeiras… Sem alarde, sem “circo”, quando menos esperávamos uma nova contratação já estava treinando… Não havia promessas, não havia novelas…  O que vemos agora é apenas manobra eleitoreira, e tão velha quanto o carro do Fred Flintstone. Não respeitam mais  o torcedor palestrino, o maior patrimônio que a Sociedade Esportiva Palmeiras possui.

O ano está no fim, não ganhamos nada, não temos dinheiro, nossos melhores jogadores estão sendo covardemente achincalhados  por dirigentes, que não medem esforços para jogar a torcida contra eles. Uma clara tentativa de se livrar do que temos de melhor no time e recheá-lo com os trastes de sempre. Além disso, teremos eleições para presidente e o orgulho desmedido dos candidatos acabará levando a oposição ao poder,  como tanto tememos nós.  Palaia não tá nem aí pro Palmeiras, pelo que pudemos perceber na sua entrevista. Quanto a Paulo Nobre , se ele não colocar o Palmeiras acima do orgulho e ceder um pouquinho,  vai levar o despreparado Tirone direto para a cadeira em que ele, Paulo Nobre,  gostaria de sentar.  Parece que o fim do mundo será em 2011…

Acho que é hora da gente rever alguns conceitos, conceitos esses que estão nos trazendo muitos prejuízos. VEJAMOS… Ano passado, muitos jogadores eram cotados para fazer um bom Campeonato Brasileiro. Mas imagina se os exigentes torcedores palestrinos iriam querer no Palmeiras atletas como Branquinho, Jonas, Rodriguinho, Bruno César… Claro que não! Para vestir o manto com a nossa total aprovação só serviam atletas como Sóbis, Alex, Marcelo Moreno, Juninho Pernambucano… Embora, neste ano, eu não tenha prestado muita atenção,  pelo que dizem, parece que as apostas agora estão no Vitória (Elkesson e Junior), no Avaí (Roberto) e mais alguns clubes sem muita expressão… Mas continuamos repetindo o comportamento e sonhamos com… Ronaldinho Gaúcho e Adriano!!! Quando cairmos das nuvens, pela 876.985.432ª vez, sabe onde vamos acordar? Na UTI de uma fila, ainda maior , por títulos!!

Nossa equipe não foi bem em 2010, porque faltaram jogadores para compor o time. Em quantas partidas jogamos com atletas improvisados? Sem contar a falta de um atacante de qualidade, além de Kleber. Quantas vezes vimos Tadeu, Dinei, Rivaldo… serem colocados em condições de marcar e desperdiçarem a oportunidade pela falta de intimidade com a bola? E  a falta de qualidade no banco? Assim não dá, né? Estamos sempre nos desfazendo dos melhores jogadores e enchendo o time de tranqueiras. NÃO VAI FUNCIONAR NUNCA! Seria tão mais fácil a diretoria fazer o óbvio: manter os bons jogadores e completar o time com a garotada da Base. É uma fórmula vencedora que já funcionou muitas vezes em outros clubes.

Foi o que vimos acontecer em 2002 com o Santos, não é mesmo? O clube estava quebrado e, sem jogadores suficientes até para montar a equipe, teve que subir a garotada da Base. Todo mundo sabe o que aconteceu depois. Entrou no campeonato Brasileiro, como um coitadinho, fadado ao descenso, e terminou a competição como campeão. Jogando um futebol de primeira graças aos moleques da Base Diego e Robinho, graças à contratação “mixuruca” de Elano, junto a um time pequeno.

Foi o que vimos com o Palmeiras em 2003. Jogados na segundona pelo “ruim e barato” de Mustafá Contursi, sem ter como contratar, tivemos que nos utilizar da garotada. E muitos deles deram um banho de futebol e vontade de ganhar. Voltamos à Série A com muita competência.

O Palmeiras pode muito bem fazer o mesmo neste início de temporada. Na verdade, é necessário! Marcos, Deola, Bruno, Vitor, Danilo, Edinho, Gabriel, Fabrício, Tinga, Marcos Assunção, Kléber, Vinícius, Lincoln, Valdívia já estão no time e, em minha opinião, devem ser mantidos. Aos demais: um abraço e até nunca! A molecada vai completar o time e o banco. Temos jogadores muito melhores na base do que os que vemos ser ventilados por aí como futuras contratações do Palmeiras. Thiago Heleno e Everton Santos (que recusou o Palmeiras para ir para os gambás com a seguinte declaração: “Cu rintia é Cu rintia”) são de matar o torcedor de desgosto. Mais uma vez, vemos que não há planejamento. Vão contratar qualquer coisa que aparecer.

Todos os times sobem os jogadores da Base. POR QUE O PALMEIRAS, NÃO? CHEGA DE CONTRATAÇÕES EQUIVOCADAS, FEITAS DE ‘BACIADA’! Que benefício nos trouxeram Robert (que ainda é o nosso artilheiro do ano), Paulo Henrique, Bruno Paulo, Tadeu, Henrique (lateral), Dinei, Luan, Ewerthon, Rivaldo…? Contratações que serviram apenas como maquiagem. Maquiagem vagabunda que derreteu aos primeiros passes e toques na bola.

Espero que Belluzzo, ao sair, nos deixe pelo menos um time, de verdade, para atravessarmos 2011. Que tenha pulso e peito para manter os jogadores que foi buscar com tanto sacrifício. Que tenha coragem para colocar ordem nessa bagunça ocasionada pelos seus péssimos parceiros na administração do Palmeiras, que jogam o nome do clube no lixo à cada declaração desrespeitosa dirigida aos seus próprios atletas. Que tenha uma conversa franca com Felipão para que, finalmente, o talento palestrino que surge em nossa casa, nunca mais seja desperdiçado brilhando com outra camisa. Que faça pelo Palmeiras, nas suas últimas semanas como presidente, pelo menos um pouquinho do que prometeu, e por falta de coragem, não conseguiu cumprir…

É AGORA OU NUNCA MAIS BELLUZZO! SEU TEMPO COMO PRESIDENTE DO PALMEIRAS ESTÁ SE ESGOTANDO. DESCE DESSE MURO, PORRA!

E, antes que eu me esqueça: CALA A BOCA, PESCARMONA! CALA A BOCA, GALEANO!!!

Eu bem que tinha avisado para levarem um camburão pro Pacaembu… E teria que ter sido esse, o transporte do Sr. Paulo César Oliveira, depois do que ele fez no Derby. Mas a nossa diretoria sempre peca em relação aos bastidores, né? Não consigo entender do que têm medo. Colocaram esse pilantra (que sempre nos prejudica) no sorteio e o Palmeiras aceitou, sem sequer reclamar. Todos os clubes vetam árbitros e só nós é que não podemos? De que adianta estarmos sempre reclamando do prejuízo? AS PROVIDÊNCIAS TÊM QUE SER TOMADAS PARA QUE NÃO TENHAMOS PREJUÍZO ALGUM! PORRA BELLUZZO, O TORCEDOR ESTÁ DE SACO CHEIO!!

Quase vinte e cinco mil  pagantes, foram assistir ao clássico. Embora o Neto, da Band, insista em dizer o contrário, sobraram muitos lugares, dos dez mil, destinados aos corintianos. O tobogã não encheu, nem com o Indulto do Dia dos Pais…  Do jogo, propriamente dito, não podemos falar muita coisa, porque a atuação do juiz foi tão determinante, tão preponderante, que teria sido impossível que o resultado fosse o empate, caso um juiz honesto arbitrasse a partida. E ele tinha um companheiro de “trabalho”: o bandeira Marcelo Van Gasse.

Ontem, ficou muito claro, que bambis e gambás (até agora, já são 10 pontos no apito, para o time da Marginal sem nº) sempre terão seu gols ilegais validados, e o Palmeiras, por sua vez, pode fazer duzentos deles que a arbitragem seguirá a regra à risca e anulará todos!

Início de jogo e, até os 15 minutos, mais ou menos, os gambás tiveram o domínio das ações, uma vez que o Palmeiras, bem postado na defesa, começara o jogo muito recuado. Aos 4′, Deola espalmou uma bola de Bruno César; aos 16′, Lincoln, após jogada linda de Kleber, mandou pro fundo das redes, mas o juiz assinalou, corretamente, o impedimento. O Palmeiras começou a sair mais nos contra-ataques. O juiz já mostrava a que tinha vindo, deixando de marcar algumas faltas pro Palmeiras e, fazendo que não via, as que os nossos jogadores sofriam.  Aos 21′, o Palmeiras deu um vacilo e a senha para o juiz “trabalhar”. Num impedimento claríssimo (juiz e bandeira “não viram” que o jogador alvinegro estava mais de 1 metro à frente, porque não quiseram), os gambás marcaram, com Jorge Henrique. O Palmeiras então foi prá cima e começou a dominar a partida. Aos 34′, Danilo levantou para Kleber, na área. O Gladiador mandou de cabeça e Júlio Cesar espalmou, no rebote, Edinho enfiou na rede! GOL MUITO MAIS DO QUE MERECIDO DO PALMEIRAS!! A Que Canta e Vibra explodiu!! Era de arrepiar! Time e torcida “foram prá cima” buscar a virada. Nossos jogadores só eram parados na falta, mas os gambás tratavam de retardar todas as nossas cobranças, ficando em cima da bola. Isso é passível de amarelo, seu juiz! Tá na regra! Mas que regra, quando o árbitro é Paulo César de Oliveira (aquele mesmo juiz, que viu Adriano fazer um gol de mão e ainda assim validou, lembram?) ??

Lincoln procurava  os espaços, Márcio Araújo, com uma baita vontade, fazia uma partidaça! Ewerthon se movimentava bem, ao lado de Kleber (POR QUE NÃO MARCAM AS FALTAS QUE ELE SOFRE?) e era o Gladiador, sozinho, quem ia destruindo a defesa dos gambás. Chicão e o Alessandro, abriram as caixas de ferramentas e só paravam Kleber na porrada, mas o juiz estava ali ‘a trabalho’, não é mesmo? E “trabalhava tão bem” que já tinha deixado de ver um penalti claríssimo, cometido em Ewerthon.  O time alvinegro jogava com 13 homens… Dois deles, os que usavam amarelo, eram decisivos.

O Palmeiras no abafa, mas o juiz era adversário e, por isso mesmo, Chicão (que já tinha levado amarelo) aproveitou e deu mais um pontapé em Kleber. O árbitro assinalou a falta, mas cartão vermelho que é bom…  Paulo César Oliveira ‘afinou’ para não ter que expulsar Chicão. “Trabalhava” direitinho, mas tão direitinho que, no último lance da primeira etapa, a falta a favor do Palmeiras nem foi cobrada porque o minuto que ele havia dado como acréscimo, foi gasto com os gambás tentando nos impedir de cobrá-la. Nas arquibancadas o torcedor palmeirense, nervoso e enfurecido, não podia acreditar que mais uma vez esse juiz fabricava um resultado desfavorável ao Palmeiras.!!

Na segunda etapa o Verdão voltou como terminou a primeira, em cima dos gambás!!Com velocidade, o ataque palmeirense azucrinava os violentos zagueiros adversários  Aos 3′, em cobrança de falta de Lincoln, Ewerthon marcou o segundo gol do Palmeiras, mas o juiz assinalou impedimento. Em seguida, Kleber quase faz o dele. O Palmeiras perdia alguns gols, o jogo era truncado e cheio de entradas duras, com total consentimento de Paulo César Oliveira. Kleber que o diga! E o juiz abusava do direito de nos prejudicar. Uma falta cometida por Pierre (eu achei que nem falta foi), o árbitro marcou “no grito” dos jogadores corintianos, e amarelou o Guerreiro. SE ELE NÃO TINHA DADO A FALTA, NA HORA QUE ACONTECEU, E SÓ MARCOU DEPOIS, NO GRITO, COMO É QUE PODE DAR CARTÃO AMARELO PARA PIERRE?

Felipão sacou Lincoln e colocou Tinga no time. Mas o jogo continuava do mesmo jeito; várias oportunidades para o Verdão, poucas para os gambás e o juiz “jogando” muito!! Paulo César Oliveira, que permitiu o jogo todo, que nossas cobranças de faltas fossem retardadas de todas as maneiras possíveis e, depois deu amarelo para Armero porque ele teria se adiantado, numa cobrançados gambás. Que cara-de-pau!  Ele, que deixou de marcar mais um pênalti claro, desta vez em cima de Kleber;  fez que não viu Jorge Henrique (numa disputa de bola que já tinha saído em lateral) empurrar Armero, propositalmente, prá cima do banco de reservas do Palmeiras. Como jogar assim? Felipão ainda colocou Patric, aos 42′, mas o jogo terminou mesmo empatado. Que raiva! Se querem coibir a violência nos estádios, precisam começar a dar um jeito nessa roubalheira toda! Paulo César Oliveira conseguiu, mais uma vez, impedir o Palmeiras de vencer. E o torcedor palestrino pagou ingresso para ser assaltado…

Vejam se eu não tenho razão…

1205101600_f

Viver, e não ter a vergonha de ser feliz…

16 de Agosto de 2008… O Palmeiras oficializou a venda de Valdivia… Sem que pudéssemos impedir (ainda que tivéssemos tentado muito), o Palmeiras deixou que nosso ídolo fosse embora. E que tristeza a gente sentiu… Quantas lágrimas derramamos. Eu recebia e-mails de um sem-número de torcedores, inconformados, confessando que tinham chorado também. Aquele pulha, sem brios,que tínhamos por técnico, pensando sabe-se lá em quê, deu um golpe mortal no futebol do Palmeiras e no coração do torcedor, com as bençãos da diretoria.

Prá mim, nada ia poder suprir essa ausência. O tempo mostrou que, ao futebol do Palmeiras, também não. De campeões Paulistas, com sobras, passamos a ser um time comum. Nosso futebol se acanhou, nosso artilheiro deixou de marcar, nossos gols foram sumindo, as vitórias rareando … Sem “chutes no vácuo”, sem “chororô”, “Coelhinho da Páscoa”, “Créu”, “Cala a Boca Bvambvi”… A  magia e a alegria despareceram e o futebol perdeu completamente a graça. E foram 691 dias de uma saudade imensa.

Mas, amigo é coisa prá se guardar, no lado esquerdo do peito… E foi lá que guardei Valdivia…  E meu coração sonhou com a volta dele durante todos esses dias… E meu coração se entristeceu vendo acontecer no Al-Ain as jogadas que o Verdão tanto necessitava aqui…  Meu coração doeu a cada vez que ia ao Palestra e via aquelas milhares de camisas com o nome do ídolo às costas… Era impossível não lembrar do Mago a cada partida assistida, a cada vez que um timeco qualquer nos enfrentava, em nossa casa, sem o mínimo respeito. Ah, se o Mago estivesse aqui, pensava eu…

E assim os títulos começaram a escoar de nossas mãos. (Por vários motivos, eu bem sei, mas ah se tivéssemos o Mago…)  E assim o nosso time ficou sem um diferencial, sem o “cérebro”… Tínhamos e temos outros bons jogadores, é verdade, mas nenhum com o talento, a garra, a alegria e o carisma de Valdivia.

Belluzzo chegou à presidência e tratou de tentar colocar as coisas nos eixos. Fez tudo certo e deu tudo errado… Era como se uma nuvem negra pairasse sobre o Palestra Itália e seus ‘descendentes’. Nada dava certo…  E  o presidente foi muito criticado por todos nós,  apedrejado por alguns. Começou 2010 com todos os problemas possíveis e imagináveis  e, tão perdido quanto nós torcedores, errou seguidas vezes. Passou todo o primeiro semestre com a cabeça a prêmio por uma parte da torcida que queria a sua renúncia.  E com o alívio de ter a Arena finalmente aprovada, o futebol brasileiro entrou em recesso para a Copa do Mundo! Bendito recesso!! Quem sabe poderíamos respirar e emergir das águas escuras onde parecíamos estar nos afogando… Quem sabe poderíamos trazer alguns jogadores, treinar mais o time, arranjar um técnico melhor., acender umas velas..  Sei lá.  Eram só incertezas, mas alguma coisa tinha que ser feita.

Mas graças a Deus é Belluzzo, e não outro, o presidente em dificuldades!! Graças a Deus ele ama o Palmeiras como a gente. Sem o peso do risco de ver o projeto da Arena fracassar, ele arregaçou as mangas e foi à luta. Com iniciativas mais ousadas, arranjou parceiros e, em menos de duas semanas, anunciou a volta do Gladiador Kleber e do técnico Felipão. O torcedor mal podia acreditar! Se trazer Kleber de volta, já era muito difícil, que dirá repatriar nosso técnico/ídolo, sonho tão acalentado pela Nação Alviverde? E vieram os dois de uma vez! A nação em festa… O Palmeiras voltando  a ser o “nosso” Palmeiras. O coração palestrino voltou a se aquecer,  voltou a acreditar… E se de uma hora prá outra tudo se tornara possível, sonhar é com a gente mesmo! A volta do Mago,  tão idealizada por nós, desde o dia em que ele foi vendido, agora virava ideia fixa! E os boatos começaram… Belluzzo, que há muito dizia querer o Mago, se houvesse uma possibilidade, começava a dar mostras que a coisa podia acontecer… O Mago, por sua vez, dizia que adoraria voltar… Prá nós torcedores, nem era preciso perguntar!

Eu sabia que era difícil demais. Mas a coisa foi ganhando força, ganhando as notícias. Uma declaração aqui, outra ali, e a gente foi montando esse intrincado quebra-cabeças da volta do nosso Mago. E os boatos cada vez mais fortes. Enquanto matávamos a saudade de Valdivia, assistindo ao Chile na Copa, a negociação começava a ser feita. Delicada, difícil, cheia de detalhes… Parceiros, sócios remidos, todo mundo ajudando a fazer o dinheiro aparecer… Lá da África Valdivia mandou o recado: esperava só um telefonema… As peças se encaixando cada vez mais…

E aqui estamos nós, quarta-feira, 07 de Julho de 2010!  De concreto não temos nada ainda. A imprensa já diz que os árabes aceitaram a proposta do Palmeiras. As fontes palestrinas todas confirmam que é só esperar o anúncio. Dia 9 teremos o jogo de Despedida (Até Breve) do Palestra Itália, diante do Boca Juniors da Argentina; dizem que Valdivia será anunciado nessa data. A minha razão me diz que devo esperar a concretização da difícil negociação e o anúncio oficial, mas meu coração, que tem ideias próprias, é totalmente independente e não me obedece de jeito nenhum, me diz que é verdade,  que o Mago será anunciado na próxima sexta-feira… Tomara ele esteja certo, porque é o meu coração quem termina de escrever agora…

O Palmeiras já me deu momentos inebriantes de felicidade extrema;  já realizou tantos sonhos meus…  Mas, agora, Belluzzo (Que Deus o abençoe por isso) caprichou!! Obrigada, Presidente! Meu ídolo de volta!! Até a camisa do Palmeiras deve suspirar ansiosa por esse reencontro, ela que andava tão acanhadinha… POR FAVOR,  SE EU ESTIVER SONHANDO AGORA, NÃO ME ACORDEM! Quero viver esse sonho até o fim! Tenho um grito preso na garganta e mal posso esperar a hora de poder dizer: ÔÔÔ O MAGO VOLTOU!!!

SEJA MUITO BEM-VINDO  À  SUA CASA E  À  SUA “FAMÍLIA”, VALDIVIA!! ESTAMOS DE BRAÇOS ABERTOS ESPERANDO VOCÊ CHEGAR…

18_ame2

“Não há nada como um sonho para criar o futuro” – Victor Hugo (Em meio ao caos, eu ainda sonho…)

Meus amigos, a Ilha de Lost é aqui! Igualzinho à série, ninguém entende porra nenhuma do que se passa e tampouco sabe como e quando essa merda vai acabar! E todo esse caos acontece com o nosso Parmera! Como se não tivesse sido suficiente termos sido eliminados da Copa do Brasil dias atrás, do Paulistão há algumas semanas, do Brasileiro no finalzinho do ano passado; como se não tivessem sido suficientes as agressões, os jogadores escurraçados do clube, segredos do Palmeiras, que vazam na imprensa ‘a torto e a direito’, técnicos demitidos covardemente e sem motivo aparente, agora o caos se instalou de vez na vida do palestrino! Quando a gente menos esperou, veio um tsunami gigantesco, e varreu o nosso mundo!

Um escândalo sem precedentes, de jogadores chegando de manhã no hotel, acompanhados de mulheres; de porradas (não confirmadas) trocadas por Antonio Carlos e Robert, jogaram por terra o restinho de paz que havia no Palestra.  A nossa diretoria que conduz às cegas a Nau Palmeiras, se perde cada vez mais em atitudes mal pensadas. A Lei dos dois-pesos-e-duas-medidas é a que está em vigor no nº 1840 da Rua Turiassu. Robert e Antonio Carlos são punidos exemplarmente (?) e os demais baladeiros saem impunes e ilesos da exposição covarde que sofreram os outros. Por quê? O torcedor só pode acompanhar o desenrolar macabro pela imprensa. Um joga a culpa no outro e o outro joga a culpa no um. Cipullo, maquiavélico, teve a cara de pau de afirmar que, o técnico que cobrou disciplina, foi demitido porque poderia ocasionar uma situação desfavorável ao clube. E tem mais! Zago afirmou que Robert e Ewerthon tentaram entrar com mulheres no hotel, os atletas negam. Cipullo afirma que fica com  a versão dos atletas. Como é que esses dirigentes contratam para o Palmeiras, um técnico no qual eles mesmos não confiam? Assim como fizeram com Muricy, nossos dirigentes,covardes mais uma vez, não admitem os reais motivos da demissão.

Belluzzo, em quem tanto depositamos as nossas esperanças, é a nossa ‘Rainha da Inglaterra’. Tem a pompa e o carisma de uma rainha, mas não governa p…. nenhuma. Quem governa é o primeiro-ministro Gilberto Cipullo, de ego inflado, que não consegue contratar ninguém e tem pouquíssima capacidade para conduzir as coisas no Reino de Palestra Itália. Nos corredores do “castelo” há dezenas de fantasmas, com grandes ouvidos e bocas enormes. Esses “fantasmas” divididos em várias facções, sussuram para a imprensa inimiga, todos os segredos, inconfessáveis ou não (tão conveniente à diretoria, às vezes), da Rainha e do Primeiro Ministro.  Reino esse que virou um feudo da Traffic. Seus jogadores, ainda que não sirvam ao time, têm que estar sempre na vitrine, não podem ir para o banco  de suplentes(a não ser quando são ruins demais e não dá para disfarçar) e, como quase ia acontecendo agora com Marquinhos, quase nunca são punidos. Nossos garotos da base, para benefício do novo senhor feudal, não podem ser aproveitados no time. E o Palmeiras está sequestrado! O Palmeiras é refém desse contrato de parceria. O Palmeiras é refém da inércia dos dirigentes, do seu amadorismo. E só agora quando Antonio Carlos escancara para a imprensinha, é que os lerdos dirigentes palestrinos, começam a desconfiar o que todo torcedor já sabe há anos: TEM UM FDP LÁ DENTRO, VAZANDO PARA A IMPRENSA, AS INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS!!

Já são 4 técnicos desde 2009 (Estamos pagando 3 deles e não temos nenhum para comandar o time. NA MINHA CASA, BELLUZZO, A ECONOMIA FUNCIONA MELHOR QUE NO PALMEIRAS, SABIA? E EU NÃO SOU ECONOMISTA!!), um monte de contratações feitas por fazer, demissões sumárias, brigas, escândalos. Os abutres da imprensinha fazem a festa! Ao torcedor só resta vergonha, tristeza e o desespero de, mais uma vez (como ocorria nos tempos de Mustafá), ver o Palmeiras sendo feito em pedaços. São 95 anos de uma história grandiosa, de um número absurdo de troféus conquistados, que deram ao Palmeiras um título que nenhum outro clube brasileiro possui: O DE CAMPEÃO DO SÉCULO! E esses senhores, que agora dirigem o Palmeiras, estão destruindo em dois anos, quase um século de glórias.

Acorda, Belluzzo! Pelo amor que você tem ao Palmeiras, pare de ser “amigo” de quem não faz bem ao Verdão.Não se preocupe apenas em não deixar Mustafá voltar.  Tem gente tão ruim quanto (quiçá pior) ele querendo o poder no Palmeiras! Enquanto vocês brigam com Mustafá, não veem os ratos que estão à espreita. Faça o que tem que fazer ainda que perca aliados! O Palestra é maior que essa guerra de poder! Deixe seu coração falar mais alto e ele vai te levar pelo caminho certo. Caminho que vai trazer de volta o meu Palmeiras. O nosso Palmeiras. O Palmeiras de mais de vinte milhões de torcedores…

Não tema, Belluzzo! Não agora, quando precisamos tanto da sua coragem. Dê um basta nessa bagunça que aí está. Vamos mudar esse negro futuro que se avizinha! Vai, Belluzzo! Ponha todos os ratos para correr, abra as janelas! Deixa o meu Palmeiras respirar! SE VIRA PRESIDENTE, MAS TRAZ O MEU PALMEIRAS DE VOLTA!!!

Deus, eu continuo pedindo, não deixa nenhum clube europeu contratar o Felipão e nem o Mago. Amém.

porco_clo1

Eu tenho quase certeza que num tempo remoto, há mais de 2000 anos atrás, formávamos as legiões de soldados romanos. Também erámos parte do povo que absolveu Barrabás…  Jogamos pedra na cruz e, mais do que isso, nós ajudamos a crucificar o dono do espírito mais iluminado que por aqui caminhou. Deve ser isso!! Estamos pagando agora, os pecados cometidos em todas as outras encarnações. Como não pensei nisso antes?
 
Do jogo mal dá para falar, tamanha lambança que se viu em pleno Palestra Itália. O público era tanto que dava para lotar os… banheiros! Apenas 3 mil corajosos e apaixonados torcedores estiveram no Palestra. O Palmeiras começou o jogo com ofensividade, e logo no comecinho, Cleiton sofreu penalti. Robert foi para cobrança e abriu o placar. Hoje vai, pensou o palestrino. Pensou errado!! Não demorou muito e o time apagou e emburreceu, mais uma vez… É como disse um torcedor,”foi a apresentação da trupe Palmeiras, no picadeiro de Palestra Itália”. Uma palhaçada!! Pena que os palhaços sejamos nós! Fase ruim é uma coisa, mas esse marasmo, esse apagão (será que era colaboração antecipada com a Hora do Planeta?), não dá para engolir. O juiz, era uma desgraça, ou era cego! Cada puta falta, na cara dele e nada do sacana marcar. Penalti claro em Ivo, ele fez que nem viu… O time no fundo do poço e o cara ainda joga mais água em cima da gente…

Se o primeiro tempo já tinha sido ruim, no segundo o Palmeiras foi ainda pior. Não criava nada e deixou o “Real” Mirassol crescer na partida. Nós torcedores já sabíamos muito bem o que aconteceria. A desgraça é tamanha que pode ser o time completo, time misto, ou mesmo os reservas, que os erros de sempre são repetidos à exaustão. Se tivesse um campeonato de passes errados, o Palmeiras seria campeão ‘facinho’. Nunca vi tantos erros, como os que temos visto nas últimas (faz teeempo, hein?) partidas. Não bastasse isso, Zago faz cada substituição de envergonhar até a Frida, minha cachorra. Em pleno Palestra, ele tira um atacante para colocar um zagueiro, querendo segurar o resultado. EM CASA, CONTRA O MIRASSOL ELE QUIS SEGURAR O 1 X 0 E LEVOU O EMPATE!! Do Pablo Escobar!! A polícia nem fez nada… A estratégia do nosso técnico foi de uma burrice tamanha que, quando o time tentou ir prá cima, ele tirou mais um atacante (Robert) e colocou Joãozinho. E o jogo,de um Palmeiras afobado, sem  organização tática, ficou mesmo no empate. Zago terminou a partida no inédito esquema 4-6-0 (quatro defensores, seis no meio de campo e nenhum homem de frente).E pensar que uns “profetas” palestrinos zombavam dos torcedores que queriam o técnico Jorginho o qual, eles diziam, não sabia nada. Pelo visto, quem não sabia nada, eram eles, os “profetas”!!

E as lesões?? Para um time que não joga nada e se esforça bem menos do que deveria, tantas contusões são, no mínimo, estranhas. A cada partida o Depto Médico recebe novos “hóspedes’. No jogo anterior tinha sido Lenny; Lincoln e Ewerthon, também sentiram e viraram desfalques. Hoje foi a vez de Cleiton Xavier ter um estiramento. Tô ‘começando’ a desconfiar que até fora das quatro linhas o trabalho está todo errado.

Estamos quase no  fundo do poço! Belluzzo já admitiu que fracassou como presidente. Pois é… Preferiu fracassar do que ter que fazer o que deveria ter sido feito; do que ter trocado as pessoas que estavam à sua volta… Quando dispensou Muricy (eu nem gostava tanto dele), Belluzzo sabia que estava errado, sabia que precisávamos mesmo era de jogadores mas, para não contrariar Cipullo e nem a Traffic, fez aquilo que ele mesmo não queria (isto é o que ‘eu’ acho) e dispensou o técnico. E lá veio o Cipullo, com a sua cara de pau, dizer que o time era bom. Lá veio ele, nas entrelinhas, jogar a culpa em Muricy… Agora, depois da partida de hoje, ele teve a desfaçatez de dizer que o jogo foi bom pela experiência. EXPERIÊNCIA, O CATZO!! Por que querem que o torcedor se contente com esse ‘palmeiras” que não é o nosso PALMEIRAS? EU QUERO MEU TIME DE VOLTA, PORRA!!

É galera, no Paulistão é “GAME OVER”…  Outros campeonatos vem aí… Lógico que nunca deixaremos de torcer e amar nosso time. Esse amor é maior que tudo e transcende o universo, o tempo e o espaço. Mas você acredita que o time vai se acertar para a Copa do Brasil, que, por sinal, já começou? Vamos nos sair bem no Brasileiro? Será que diretoria, comissão técnica e jogadores vão acordar? Será que já pagamos os nossos “pecados” e vamos sair desse poço sem fundo ou, mais uma vez, vamos ficar só no RECLAMATION??

A resposta, só o tempo vai nos trazer… 

REAGE, PALMEIRAS!!  A GENTE TE AMA E VAI ESTAR COM VOCÊ, SEMPRE!!!

FORÇA BELLUZZONE, NÃO DEU CERTO ATÉ AGORA, MAS VOCÊ TAMBÉM PODE DAR A VOLTA POR CIMA!

Tem umas coisas que a gente vai deixando,vai deixando,vai deixando de ser e nem percebe. Quando viu, babau, já não é mais.  – Caio F. Abreu

É duro admitir, mas este time do Palmeiras, à exceção de Marcos, Pierre, e uns poucos,  não vale nada. De que adianta termos alguns jogadores considerados habilidosos, acima da média se eles simplesmente não funcionam? Acho que o “ranço” de pensar pequeno das nossas diretorias (atual e anteriores) estendeu as suas venenosas garras e penetrou todas as frestas, todos os vãos do Palestra Itália. Nossos jogadores pensam pequeno, também!! Tiveram que se esforçar, e muito, para empatar com o megahiperultra”Real” Rio Branco (lanterna do campeonato), depois de estar vencendo e, num piscar de olhos, tomar a virada. É triste, mas é verdade…

Diego Souza deve pensar que ainda joga no Benfica; Cleiton, que continua no Figueirense, e por aí vai… Até o nosso guerreiro Pierre, pareceu “contaminado” ontem, diante do Rio Branco… Trocamos três vezes de técnico, nos ultimos meses. Foram 4, em dois anos. Eram eles os culpados?? Tirando Luxemburgo que usava o Palmeiras para legitimar as péssimas contratações da Traffic, acho que os outros não têm culpa ou, pelo menos, têm a menor parte dela.

Como pode a zaga que, antes de Muricy, era a menos vazada, ser agora essa peneira que estamos vendo? Pobre Marcos… Os jogadores são os mesmos, e não podem ter esquecido o que sabiam… E como podemos ter bons (ELES SÃO BONS?) jogadores lá na  frente e penarmos para marcar gols em times pequenos do campeonato Paulista? Não há comprometimento! Até o preparo físico parece estar muito ruim. Tem jogador com a língua arrastando já no primeiro tempo. O departamento médico é incapaz de nos devolver Maurício Ramos!! Nosso time tão amado está à deriva…

Cipullo vive dizendo que o time é bom. ENTÃO POR QUE É QUE ELE NÃO VIRA TÉCNICO E FAZ ESSA ‘MARAVILHA’ DE TIME JOGAR?? Quanto tempo mais a nossa diretoria vai nos enganar, com declarações como essa, e notícias que mascaram a realidade do time?  Homenagem para Diego, que fez um gol histórico, mas não é capaz de decidir quando a gente mais precisa… Notícias sobre a porcentagem de assistências de Cleiton, que não chama a responsabilidade nunca; Robert, o artilheiro do time, que não marca gols, contra ‘poderosíssimos anões’ do futebol paulista; novamente Diego, segundo maior artilheiro na década,  que não traduz o ‘feito’ em conquistas… O torcedor está de saco cheio!! Abusam do amor que sentimos pelo Palmeiras. Sabem que ele é imenso e nada, nem ninguém vai mudar isso. Mas as nossas lágrimas, tiraram a “maquiagem” com que o Palmeiras foi pintado.

Nesta semana, ganha um ingresso para Palmeiras x Mirassol, quem comprar uma camisa. NÃO QUEREMOS GANHAR INGRESSOS PARA VER O PALMEIRAS PERDER!! Montem um time vencedor, de jogadores raçudos, sem medo de timinhos, e teremos o prazer de disputar cada centímetro das calçadas do Palestra Itália para conseguirmos os nossos ingressos.Não dá mais para blindar você Belluzzo!! Você é um homem honesto (eu ainda penso assim), mas está sendo um presidente ruim. Não teve e não tem peito para quebrar essa aliança maligna que afunda o meu Verdão a cada dia. O QUE CIPULLO E SEU EGO IMENSO, FIZERAM DE BOM PARA O PALMEIRAS ATÉ AGORA?? E POR QUE ELE CONTINUA AÍ?  O que a sua administração trouxe de bom para o Palmeiras, Belluzzo? Patrocínios melhores? Mais dinheiro? E por que não podemos contratar? Por que estamos sempre quebrados? CADÊ A ARENA, CUJAS OBRAS MUDAM DE DATA ASSIM COMO MUDAMOS DE ROUPA? ONDE ESTÃO OS GAROTOS DA BASE? ‘SUMIRAM’ OUTRA VEZ? Estamos pagando os salários de Wendel, no Goiás, enquanto utilizamos Eduardo (lateral-esquerdo), improvisadamente na lateral direita para ele cruzar com a… perna  esquerda!! Não temos jogadores para todas as posições!!!  PARA QUE PRECISAMOS DA TRAFFIC? Só nós somos parceiros? Ajudamos a valorizar esses jogadores meia boca e ela nos ajuda… EM NADA! Ela não veio ao Palmeiras para nos ajudar a conquistar títulos e, em consequência, ganhar dinheiro com a natural valorização de jogadores campeões. Veio só “lotear a nossa camisa”. E VAMOS FICAR REFÉNS DESSA PORRA DE PARCEIRA ATÉ QUANDO?

Querem que acreditemos que vamos ganhar a Copa do Brasil e o Brasileiro. DE QUE JEITO? Quem não consegue se impor diante de São Caetano, Rio Claro, Rio Branco… vai ganhar o quê, de quem??? Ou a diretoria acorda, deixa a porra da política de lado, arregaça as mangas e começa a trabalhar direito, senta quem tem que sentar, ou vão fazer companhia a Mustafá, nos levando mais uma vez para a segundona. Não adianta trazer novo gerente de futebol, se não há dinheiro para contratar. E basta de viver apenas das glórias passadas. Em onze anos GANHAMOS APENAS UM PAULISTA!! Quem merece homenagens e placas, somos nós, torcedores. Por todos os títulos que estamos vendo  escorrer de nossas mãos, por todas as desculpas que temos aceitados, por pagarmos os ingressos mais caros, pela falta de conforto que encontramos até mesmo nos banheiros do Palestra Itália,  por todos os times ruins que temos suportado, por todos os sapos que temos engolido…  E não pensem que nós, que vivenciamos os períodos de glórias, vamos aceitar e nos contentar com esse “nada” que vocês hoje nos dão. Só tenho pena dos muito jovens que infelizmente só conhecem o Palmeiras Imponente nas histórias contadas pelos mais velhos, nos vídeos aos quais podem assistir. E quando ousam querer ver o time campeão, são taxados de bambis, de modinha. Pobres torcedores que estão sendo doutrinados a pensar pequeno também. Eu me pergunto: até quando essas histórias conseguirão manter acesa a chama, no peito das crianças palestrinas, dos adolescentes?? Até quando o nosso hino vai arrepiar os jovens palestrinos?? VAMOS COLHER MUITO EM BREVE  TUDO O QUE PLANTAMOS AGORA, NÃO SE ESQUEÇAM DISSO…

VAI, BELLUZZO! NÃO NOS DECEPCIONE ASSIM!! VOCÊ SABE O GIGANTE QUE  É O PALMEIRAS! FAÇA O QUE TEM QUE FAZER!! TENHA CORAGEM PARA MUDAR ESSE ROTEIRO MALDITO, ESSA MENTALIDADE ULTRAPASSADA E VENENOSA! ABRA AS JANELAS, DEIXE O SOL ENTRAR  E TROQUE ESSE AR PESADO, VICIADO, PELO AR PURO DE UM NOVO TEMPO, DE VERDADE, COMO VOCÊ SABE QUE DEVE SER!! PELO AMOR DO NOSSO PALESTRA…

Belluzzo, esta música é para você… Presta atenção no refrão…

A quinta feira foi conturbada… Mas depois de um dia de reclamações ferozes de nossa parte, de uma insegurança tremenda, a gente foi dormir e acordou com uma certeza: aconteça o que acontecer, jamais daremos as costas ao Palmeiras. Não tem como não apoiar, não tem como não torcer…

Eu fiquei bastante decepcionada e acredito que algumas pessoas lá no Palestra merecem as críticas que a gora recebem. Mas não tenho raiva de Belluzzo, por exemplo. Fiquei triste dele ter que ir contra o que dizia pensar, logo após a derrota para o São Caetano. Triste, por imaginar que ele se viu “obrigado”, pelas circunstâncias, a dispensar Muricy e, manter o agora odiado por grande parte da torcida, Cipullo. Desapontada, por achar que ele era uma fortaleza, e agora se mostrar vulnerável. Mas compreendo que a sombrade Mustafá não permite certas rupturas na situação.

Eu também não queria o Antonio Carlos como novo comandante, por achar que ele ainda não é “o” técnico. Mas ele veio. Já vestiu a camisa e, até que prove não ser capaz, vai ter o meu apoio, sim! Já disse mais de uma vez que não gosto de ficar ‘de mal’ com o Palmeiras. E não vou ficar! Já apoiei Viola em outros tempos  e, depois disso, estou pronta para o que der e vier. Só espero que todas essas mudanças não sejam apenas pelo vil motivo de $$$empre… Porque é o que está parecendo… Marquinhos que já estava praticamente descartado e, por isso, bem desvalorizado, para prejuízo da Traffic, de uma hora prá outra, foi relacionado. Será que Antonio Carlos, no primeiro treino, já percebeu que ele “bate um bolão”? Será que ele mostrou em um treino o que não mostrou em um ano e muitas oportunidades em campo?? É ruim, hein? Se a gente for voltar aos tempos em que Luxemburgo enchia o time de tudo quanto é tranqueira que encontrava por aí, então vou entender quais foram os fatores extra campo (como afirmou nosso presidente) que fizeram com que o novo técnico fosse contratado. E vou ficar muito decepcionada com a nossa diretoria. Principalmente com Belluzzo. E quero ver também como vai se portar o time que me pareceu ter ‘fritado’ Muricy.

Mas agora, a página já virou e não adianta a gente reclamar. O técnico do Palmeiras é Antonio Carlos, aquele craque que por aqui passou e nos ajudou a ganhar muitos títulos. E chega desse papo de racismo, né! É verdade que Antonio Carlos, uma certa vez, teve uma atitude condenável. Mas que atire a primeira pedra aquele que não fere, ou nunca feriu,  nenhum semelhante com algum tipo de preconceito. Logo nós, que usamos e abusamos da homofobia contra o jogador Richarlyson? Se temos telhado de vidro, não dá para atirar pedras no telhado do vizinho. Aposto que se fosse um fabuloso craque contratado, ninguém reclamaria dele ser, ou não, racista.   E, ainda que eu seja contra o racismo, isso é uma questão de princípios, de valor moral, e se os de algumas pessoas são tão mais elevados que os dele, o mínimo que se espera é um pouco de complacência com aquele que ainda não conseguiu evoluir nesse aspecto.

Eu quero que Antonio Carlos faça um bom trabalho, com dedicação, competência e lealdade ao Verdão e, se possível, nos dê títulos. Os princípios dele, desde que não interfiram no trabalho aqui no Palmeiras, só a ele interessam. E é engraçado ver alguns torcedores, que chamaram Vagner Love de ‘preto safado’, “macaco”, agora se voltarem contra o racismo de Antonio Carlos. Hipocrisia pura!

Amanhã tem clássico contra os bambis e não somos os favoritos, muito pelo contrário. E é bem capaz de, por isso mesmo, o Palmeiras sair com a vitória. O time vai à campo diferente, sem os três volantes costumeiros, segundo declarações do novo técnico. Vamos ver qual Palmeiras entrará em campo diante dos leonores e como esse time vai se portar.

Meu ingresso está na mão. Ainda estou bem triste, meio sem chão e muito insegura, é verdade. Mas é hora do Palmeiras levantar, chacoalhar a poeira e dar a volta por cima. E, mesmo baqueada, ele pode contar comigo!!!

O PALMEIRAS, VAI JOGAR, EU VOOOOOOU!!!

A gente até que estava meio desconfiado… MAS QUAL TORCEDOR, EM SÃ CONSCIENCIA, IMAGINOU QUE O PALMEIRAS SERIA GOLEADO, EM PLENO PALESTRA ITÁLIA, PELO SÃO CAETANO?? Não pode, né? Não tem cabimento!! O pior é a gente ter que ouvir, depois dessa desgraça, Gilberto Cipullo afirmar que vai dar uma pausa nas contratações. PAUSA??? Me parece que estamos em pausa faz tempo! Pior é ouvir Muricy dizer que o time é bom prá caramba. Então acho que jogamos contra o Manchester, né? Eu que me confundi e pensei que fosse o São Caetano. À puta que pariu todas essas desculpas, que temos ouvido desde que o ano começou!!!

A verdade é que tá cheio de neguinho devendo lá dentro!! Belluzzo, nos deve um time e dirigentes mais capazes! Vai se arruinar e afundar o Palmeiras apenas porque quer ser correto e educado e não tem coragem de mandar esses péssimos ‘contratadores de jogadores’ a “fare in culo”! Cipullo e Toninho, que têm se mostrado dois bananas, nos devem contratações. Perderam quase todas as que tentaram. Que porra de dirigentes são esses? Cheios de desculpas, não montam o time nunca! A Traffic também, estranhamente saiu de cena! Os jogadores nos devem mais comprometimento, vontade e um pouco mais de vergonha na cara! Isso sem falar na bola que não jogam e no fato de que tem muito cara se escondendo durante as partidas. A impressão que me deu ontem, é que eles paravam nas jogadas de ataque do São caetano. E Muricy tá devendo, também! Muito retranqueiro e medroso, não pode por a culpa na falta de um centroavante, para todos os gols que temos tomado e para todo o futebol que NÃO temos jogado, nem mesmo diante de um fraquíssimo Flamengo/PI. Há que se dar uma bela chacoalhada em tudo isso e uns cobrarem aos outros.

Deixei esse texto inacabado porque tive que sair. Agora,  acabo de chegar da rua e fico sabendo que Muricy foi dispensado junto com Toninho Cecílio. Ô Belluzzo!! VOCÊ  VAI QUERER REEDITAR 2002? TUDO PORQUE VOCÊ NÃO TEM CORAGEM DE MANDAR O CIPULLO EMBORA? Eu também não estava contente com o trabalho do Muricy, mas achava que ele poderia nos dar mais, poderia ser cobrado a rever alguns conceitos (eram esses os motivos das minhas reclamações), assim como podem nos dar mais esse elenco de meia tigela, que está jogando tão pouco, ou quase nada. Mas, trocar de técnico agora, me parece uma burrada tremenda, mesmo porque, não há bons nomes disponíveis. Se tiverem um bom nome, está certa a decisão! Se não tiverem, está errada! E aposto que vocês não têm absolutamente nada engatilhado. É o Palmeiras sempre recomeçando… e cada vez pior!

Sinceramente, não sei continuo chorando aqui (estou chorando, sim!), se ficou muito brava, se dou um murro na mesa… A nossa diretoria se perdeu, é fato! Eu sei que por melhor que um técnico seja, por mais títulos que tenha em seu curriculum, ele tem que funcionar para que continue no cargo. No Palmeiras, Muricy não funcionou. Na verdade, ele conseguiu perder o título mais ganho da história palestrina. E agora no Paulista não fazia um bom trabalho, também. Mas sempre poderemos usar a seu favor o fato de que o Palmeiras não montou um time prá ele (aí entram Toninho e Cipullo, que não gostava do técnico) e, se tiveram tanta paciência com o jogador de pôquer, porque com ele não? Muricy também não bancava a contratação de qual quer nome, como fazia Luxemburgo, nem os mantinha no elenco.Teria isso desagradado alguém? Seria essa, a razão da Traffic não contratar mais ninguém? Vamos ver como se portará a parceira, agora. Seria essa a razão para que Cipullo não se empenhasse em montar o time?  Eu me pergunto: Qual seria o motivo do braço de ferro entre Cipullo (que tanto apoiava Luxemburgo) e Muricy? E por que Cipullo saiu vencedor? Belluzzo deu entrevista após a partida de ontem, e disse que não gostava dessa conversa de trocar de técnico a cada resultado adverso.  Cipullo, disse que a diretoria e os jogadores não eram culpados. Sem ter culhões para acusar o técnico, ele deixou nas entrelinhas. Muricy, por sua vez, afirmou que continuaria. Por que Belluzzo mudou de ideia?? Não é nem um pouco difícil de imaginar… E eu me faço outra pergunta: quem é que manda realmente no meu Verdão??? Acho que não é quem eu imaginei que fosse… Volto a afirmar, ainda que não estivesse muito contente com o trabalho dele, fiquei com a impressão de que Muricy foi vítima.  Triste saber que a vaidade e o interesse de alguns, falam mais alto que o amor ao Palmeiras…

Campeonato Paulista passado, os vilões foram Capixaba, Jumar e Luxemburgo (que era vilão, sim!), no Brasileiro escolhemos Marcão, Edmilson, Vagner Love… Agora, Armero, Robert e Muricy são a bola da vez… Muita gente disse que no final de 2009 os jogadores fizeram corpo mole. Agora a história se repete, uma vez que estava parecendo ser isso, mesmo.Tem alguma coisa errada aí!! É só no Palmeiras que os jogadores fazem corpo mole? Ou será que  não temos ninguém para encostar os caras na parede?

Estamos e ficaremos, cheios de perguntas, repletos de frustração e temerosos em relação futuro. O palestrino está perplexo, decepcionado e triste sem saber em quê, ou em quem acreditar… Os nomes de prováveis técnicos são assustadores, pelo menos, prá mim) Antonio Carlos, não é técnico pro Palmeiras; Paulo Autuori, fraquíssimo, e Abel Braga. Se não conseguimos contratar nem um jogador comum, como Douglas,  lá nos Emirados, será que teríamos competência para tirar Abel do Al-Jazheera?

Se prepare, palestrino! 2009 parece que não acabou…

Até que enfim acabou o carnaval e, o Ano Novo (e tudo o que isso significa), pode enfim, começar!! Nós, palestrinos, que ansiamos por contratações, agora temos nossas esperanças renovadas achando que, com o novo “começo”, nossa diretoria vai, de uma vez por todas, trazer os jogadores que faltam ao time. Será???  Tá duro de confiar, viu Belluzzo? As coisas estão devagar demais por aí.

O carnaval começou na sexta feira. Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial de São Paulo, e  a Mancha Verde fez bonito na avenida. Com o enredo “Aos Mestres com carinho! Mancha Verde ‘ensina’ como criar identidade!”, só deu verde e branco no Anhembi. As arquibancadas, numa explosão de verde, foram mais um show à parte.

No sábado tinha jogo do Verdão diante do Botafogo de Ribeirão Preto. E o que era para ser na base do confete e serpentina, quase vira um problema para o Palmeiras que, sem atacantes, não foi nada bem. Levamos sufoco do Botafogo, é mole? Muricy (mesmo sem opções) escalou o time errado (eu acho) e só depois de tomar o gol, foi consertar as coisas. Isso já está virando rotina. Lenny, ao entrar no lugar de um volante, faz o Palmeiras jogar num esquema mais ofensivo e as coisas acabam dando certo.  Se é que empatar com o Botafogo/SP, signifique ‘dar certo’, né? Empatezinho sem vergonha que colocou água na fervura do folião palestrino…

Veio o domingo, e não é que me deparo com a Globo entrevistando, mais uma vez, o famigerado Carlos Eugênio Simon! Já é a segunda matéria especial com ele, desde aquele servicinho prestado lá no Maracanã. Acho que a Globo (ou alguém lá dentro), também ficou muito “agradecida”. Entrevistar esse calhorda no domingo de carnaval não combina, Dona Globo!! Tinha que ter sido no sábado de Aleluia, dia costumamos dedicar à Judas,  aquele que se vendeu por 30 dinheiros. Eu não tive estômago para ver toda a matéria, mas o que vi bastou. Perguntaram ao Simon se ele já teria sido subornado e ele respondeu que não (!!!). Imaginem se ele responderia que sim… E, assim como Márcio Resende de Freitas, que se aposentou logo após apitar aquele jogo em  que expulsou Tinga, por ele ter levado uma voadora de Fábio Costa; o pilantra do Simon vai fazer a mesma coisa assim que usufruir do “prêmio” recebido por “serviços prestados”, que é apitar na Copa. Entrevistazinha premeditada e de intenções duvidosas. Será que é para combater uma certa ação judicial que corre por aí, de torcedores que querem que a FIFA reveja a escalação desse “senhor”para arbitrar a Copa do Mundo? Vocês aí da Globo, andam subestimando, e muito, o discernimento do torcedor ou  então quem faz as pautas, andou cheirando  “loló” demais nesse carnaval.

Ainda no domingo, tivemos a segunda parte do desfile das Escolas de Samba paulistas. Eu não assisti, mas não tem como não saber, que na Comissão de Frente da ‘Gayviões’, alguém caiu em plena avenida… OMG!!! E também soube que o enredo deixou muito a desejar… Contaram os 100 anos de clube e esqueceram de citar a lavagem de dinheiro da máfia russa, o Sveitão 2005, um século todo sem estádio e sem Libertadores. O enredo não estava completo… Tava na cara que iriam perder pontos por isso, ainda que na Band, aqueles acéfalos do Jogo Aberto, afirmassem, antes mesmo que a escola entrasse na avenida, que eles seriam os campeões do carnaval…

Mas na terça feira, a apuração das notas das escolas foi ESPETACULAR!!  Mancha e Gaviões, como  num Palmeiras x Corínthians, disputavam os pontos e as colocações. Gambazada  nas arquibancadas; a Globo com link direto na quadra deles e na da Rosas de Ouro (campeã do carnaval), não!!!! Tchuuuupa, Globo!!  E não é que os gambás, além de não ganharem o carnaval, ficaram em 5º lugar, atrás da Mancha Verde? Uhauhauahuahuahuahau Isso foi demais prá  o juízo dos roxinhos!!!  O “SEM  TENADA” começava em “grande” estilo… para os rivais! kkkkkkkkk A diretoria da escola, ainda dentro do sambódromo, atirava cadeiras, contrariada com o carnaval perdido. E a torcida, incitada, tratou de fazer a arruaça completa (comum à eles, não é mesmo?) parando uma via da Marginal, quebrando coisas, atirando pedras, agredindo pessoas que passavam com camisas e bandeiras de outros times ou outras escolas. Eram os marginais na Marginal!!!  E a Band tentou enfiar a Mancha na confusão, mas sem sucesso. Pô, as imagens não mostravam uma pessoa sequer de verde. Jornalismo sem vergonha, que nem sabe, que os membros da Mancha costumam acompanhar a apuração lá na quadra da escola.  Depois de muito rir do infortúnio alheio, eu fiquei me perguntando: “Será que o Barrichello foi visitar a quadra da escola também?”  Uhauhauhauahuahuah

Mas hoje é quarta feira, de cinzas! É o dia do pó! Salve Maradona! Tem Palmeiras em campo, contra o São Caetano. Algumas pessoas ainda voltando de viagem, outras tantas contrariadas com o baixo rendimento do time, uma chuva danada em São Paulo, e parece que não vamos ter bom público. Parece também que nosso técnico vai com três volantes. Tudo bem que o ataque tem sido de risos, mas haja saco, hein Muricy? Ainda bem que temos os zagueiros/atacantes Danilo e Léo. De qualquer forma, outro resultado ridículo como os anteriores e a pressão vai ser imensa nos dias que antecederão o clássico. Fica esperto, Muricy!! Vê se chega junto nesses caras aí, porque mesmo sem ter o time pronto os que aí estão têm que ser capazes de enfrentar um São Caetano, não é mesmo? Estamos com o ‘saco cheio’ de desculpas!

E, PARA NÃO PERDER O HÁBITO… VAMOS CONTRATAR, BELLUZZO!!!