Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação

 

A temporada 2016 logo vai começar e o elenco do Palmeiras, tricampeão da Copa do Brasil em 2015, se reapresentou no dia de ontem, quarta-feira (6), na Academia de Futebol  e, com ele, várias novidades.

Sim, amigo palestrino, enquanto alguns clubes sofrem desmanches terríveis (más administrações são um problema sério, não é? Sofremos muito com isso em outros tempos) o Palmeiras reforça o seu time tricampeão.

Chegaram o goleiro Vagner, os zagueiros Edu Dracena e Roger Carvalho, o volante Rodrigo,  o meia Régis, o meia/volante Moisés e o atacante Erik.

O zagueiro Edu Dracena foi apresentado ontem, quarta-feira. E ele chegou feliz e satisfeito ao Verdão:

“Estou muito feliz e contente por vestir esta camisa, e a expectativa é muito grande. Estou me sentindo como se fosse o primeiro contrato que assinei, estou muito motivado”

“Chego para fazer uma história dentro do clube, pois foi assim em todos os clubes pelos quais passei. Não será diferente no Palmeiras”

“A torcida é impressionante. Eu passei pelo Allianz Parque e vi que a torcida joga com o time, e a gente teve dificuldades para jogar contra o Palmeiras aqui. Agora, eu estou do lado do Palmeiras e espero contar com os torcedores para nos apoiar o ano todo e fazer uma grande temporada porque o Palmeiras está merecendo”

E mandou um recadinho à Que Canta e Vibra:

E hoje, teve mais uma  apresentação oficial, a do atacante Erik.

Sorrindo até com os olhos, Erik não escondia a felicidade de vestir a camisa do Palmeiras.

“Estou muito feliz por estar vestindo a camisa deste clube. Sei que sou uma contratação importante para um clube gigante como este. O projeto é belíssimo, e eu não pensei duas vezes”

“Fiquei muito feliz com o interesse do Palmeiras. Quando eu recebi a notícia (da proposta), eu estava no interior do Pará, e, quando a ficha caiu, agradeci a Deus por tudo o que vem acontecendo em minha vida. Tenho certeza de que conseguiremos grandes títulos aqui”

“É o maior clube no futebol brasileiro em termos de títulos nacionais, e eu sempre quero mais em minha carreira”

E o time tricampeão, ao qual se juntaram Thiago Martins e Victor Luís, mais os recém chegados Edu Dracena, Erik, Vagner, Rodrigo, Régis, Moisés e Roger Carvalho, passaram por exames cardiológicos, responderam a um questionário técnico(anamnese) feito pela nutricionista, fizeram algumas avaliações,  como, por exemplo, nas articulações e na dinâmica dos movimentos dos jogadores. Tudo com a intenção de detectar deficiências a serem corrigidas na pré-temporada que se inicia. O elenco seguiu hoje (07) para Itu-SP,  onde ficará em regime de concentração até o dia 16.

Durante a pré-temporada, o Palmeiras participará de um Torneio Quadrangular no Uruguai, que acontecerá entre os dias 19 e 24 de Janeiro. O Verdão fará a sua estreia no dia 20/01, diante do Libertad.

http://www.palmeiras.com.br/noticias/ler/36912-palmeiras-disputara-torneio-quadrangular-no-uruguai-durante-a-pre-temporada#.Vo7QpvkrLIV

E, por aqui, a temporada se iniciará para o Palmeiras no dia 31/01, pelo Campeonato Paulista, diante do Botafogo-SP, em Ribeirão Preto.

A estreia na Libertadores será em 16/02, às 20:45 (horário local) quando o Verdão enfrentará o vencedor de River Plate-URU x Universidad de Chile-CHI, que disputam a pré-Libertadores.

Ainda bem que vai começar tudo outra vez. Estamos morrendo de saudade do Palmeiras em campo, não é mesmo?

Capricha na pré-temporada aí, Verdão, e muito boa sorte em 2016! Temos grandes títulos a conquistar neste ano!

De certa forma, nós já sabíamos, mas a confirmação veio ontem. Marcelo Oliveira, bicampeão brasileiro 2014/13 com o Cruzeiro, é o novo técnico do Palmeiras.

Ele foi oficialmente apresentado no dia de ontem, na Academia de Futebol, e esteve com os jogadores no período da tarde, quando o grupo se reapresentou após folgar na segunda-feira.

Marcelo Oliveira disse que se rendeu à grandeza do clube, analisou muito o projeto do Palmeiras, que ele disse achar muito bacana. Além, disso, no dia de ontem, antes da assinatura de contrato, ele teve uma reunião com a comissão técnica permanente e ficou bastante impressionado com a estrutura e com as inovações.

“Considerei muito o elenco do Palmeiras. Penso que podem ter elencos iguais ao do Palmeiras no futebol brasileiro, mas talvez não tenha melhor do que o nosso (só alguns torcedores parecem não saber disso). Precisamos formar um time forte, utilizar bem a presença do torcedor. Com estádio próprio e uma torcida empolgante, que empurra o time, vamos criar um aproveitamento alto em casa, o que é importante nos pontos corridos. É arregaçar as mangas e ir para o campo”, declarou.

Marcelo Oliveira já treinou o time nesta quarta-feira – AlecPorco marcou dois gols – e fará a sua estreia às 21h00 de sábado, contra o Grêmio, em Porto Alegre. E ele já avisou que não pretende fazer mudanças muito drásticas na equipe que foi treinada pelo interino Alberto Valentim na última rodada.

“Assisti atentamente ao último jogo (vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense). Gostei mais do segundo tempo do que do primeiro, vi um comprometimento grande dos jogadores. Não vou fazer mudanças substanciais (para o jogo contra o Grêmio), mas alguma ideia de jogo. Tenho trabalhado com linha de quatro, dois volantes e times ofensivos. No Coritiba, no primeiro ano, fomos o melhor ataque do Brasil. O Cruzeiro era o time que mais finalizava. Pouco a pouco vamos buscando a melhor formação. Não trago comigo a minha maneira de jogar, minha distribuição em campo, acho que isso é moldado pela qualidade dos jogadores”, afirmou (tá faltando o Mago no time, e o Barrios também, Marcelo Oliveira. Conversa com o Mattos aí).

Acompanhe como foi a sua chegada e apresentação:

SEJA MUITO BEM-VINDO, MARCELO OLIVEIRA! BOA SORTE, SUCESSO, MUITAS VITÓRIAS E TÍTULOS EM SEU CAMINHO!

O atacante argentino Hernán Barcos será apresentado às 17h30 desta terça-feira (07), após o treino que terá início às 16h, na Academia de Futebol. O Verdão comprou 70% dos direitos econômicos do atleta, que fechou acordo pelos próximos três anos, até fevereiro de 2015. O goleador já está treinando com bola desde o dia 23 de janeiro e está totalmente liberado na parte técnica e física.

Para estrear nesta quarta-feira (08), contra o XV de Piracicaba, no Pacaembu, o Palmeiras aguarda a Federação Equatoriana de Futebol enviar a documentação do atleta para a CBF. Se isso acontecer até às 18h de hoje, o camisa 29 palmeirense poderá ser relacionado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

Barcos, 27 anos, iniciou a carreira no Racing, da Argentina, e ganhou a Chuteira de Ouro em 2009 ao ser um dos artilheiros do futebol chinês atuando pelo Shenzhen Football Club. O momento de maior destaque, no entanto, foi atuando em 2010 e 2011 pela LDU, do Equador, quando marcou 53 gols em 92 jogos e ganhou o apelido de ‘El Pirata’ da torcida local.

Confira a ficha técnica:

Nome: Hernán Barcos
Natural de: Bell Ville, Argentina
Nascimento: 11/04/84
Altura: 1,89m
Clubes: Racing-ARG (2003/04), Guarani-PAR (2005/06), Olmedo-EQU (2006/07), Estrela Vermelha-IUG (2007/08), Huracán (2008), Shanghaï Shenhua (2009), Shenzhen Football Club (2009) e LDU-EQU (2010/11).
Títulos: Recopa Sul-Americana e Campeonato Equatoriano (2010)

Agência Palmeiras
Fábio Finelli

SEJA MUITO BEM VINDO, EL PIRATA!!! 

A partir de hoje e, pelas próximas encarnações, quem quiser falar comigo vai ter que gritar, ou então, terá que subir até essa nuvem aqui, onde me encontro.

Eu mal consigo acreditar que Belluzzo conseguiu trazer o Mago de volta, com 100% dos direitos adquiridos. É tão bom, mas tão bom, que a cada cinco minutos preciso me lembrar que é verdade. Algumas situações são engraçadas… Vendo Valdivia aqui, outra vez, tenho a impressão que ele nunca saiu, que toda aquela tristeza nossa, aquele futebol que minguava um pouco mais a cada dia, foi tudo ilusão. Aquilo nunca aconteceu.

Cheguei no Palestra eram quase 11 horas; a apresentação de Valdivia começaria às 11h45. Tava numa ansiedade imensa. Entrei no salão repleto de jornalistas e cinegrafistas. Olhava lá para o palco montado e pensava que mais uns minutos e Valdivia estaria ali, sorrindo, vestindo a camisa, dando entrevista e nos encantando como sempre. Que surreal! Ao lado do palco umas cortinas brancas criavam uma espécie de sala e com seguranças na entrada. De certo o Mago viria por ali quando chegasse a hora. Os minutos custavam a passar. Tantas pessoas ali mas, a personagem principal, onde estaria? Na TV as imagens de Valdivia, em sua passagem anterior pelo Palmeiras, se sucediam. Que delícia rever as jogadas sensacionais do Mago. Conversei com Oberdan Cattani, com Ipojucã. Enquanto as pessoas comiam, conversavam e se preparavam para a coletiva, os amigos (Custódio, Dani, Leandro, Raul ) brincavam comigo dizendo que eu iria chorar, que ia dar vexame… kkk Com o horário se aproximando eu começava a ficar mais nervosa. Resolvi tomar um café. E não é que me aparece o tal Paulinho??? Aquele blogueiro que a torcida do Palmeiras detesta! Não me fiz de rogada e num papo mais ou menos amistoso, falei muitas coisinhas que estavam entaladas na minha garganta. Mas nem perdi muito tempo com ele, queria ver o meu ídolo de volta!

De repente, o Finelli me aparece e diz: ‘Vem comigo Tânia’. Enquanto o seguia em direção às cortinas brancas, eu bem podia imaginar o que iria acontecer. Apenas imaginar, jamais avaliar como seria… Meu coração já não cabia mais no peito. Não sei explicar aquele segundo em que meus olhos divisaram o que havia do outro lado das cortinas. Eu sei que paramos estáticos,meu coração e eu, diante de Valdivia, bem ali na minha frente!! Um segundo em que meus olhos e meu cérebro registraram aquela imagem tão querida. Era aquela pessoa ali, de camiseta branca do Avanti, de bermuda e tênis, que tanto nos encantou com seus dribles geniais, seus chutes no vácuo, seus gols, sua fibra, sua raça e aquela alegria enorme estampada no sorriso mais lindo do mundo. Me lembro de apenas ter sorrido e murmurado: Meu Deus! Razão e emoção brigavam ferozmente, dentro de mim. Valdivia, meu ídolo, ali, na minha frente, como num passe de mágica! Como isso se tornara possível? Quantas vezes eu desejei que isso acontecesse? Eu não podia prestar atenção ao que eu sentia naquele momento sob o risco de estragar tudo e perder o melhor da festa. E eu não queria perder nadinha! Ele já me parecia bem ansioso e emocionado pela apresentação. O abraço, com o qual eu tanto sonhara, saiu naturalmente, trocamos aquele beijinho de cumprimento, tiramos uma foto juntos e então eu disse ao Mago que estávamos muito felizes por ele ter voltado prá casa, que sonhamos com isso e que o amávamos muito. Transmiti alguns recados de torcedores, de vários lugares do Brasil, e ainda pedi que ele lesse o Blog da Clorofila… ahahaha !  Em seguida saí, já sentindo saudade dele. A coletiva iria começar em instantes.

Não demorou muito e a movimentação começou. Osório Furlan (Eterno Palestrino que adquiriu sozinho 36% dos direitos do Mago), Belluzzo, Palaia (de óculos escuros, a La Waldick Soriano) e Cipullo. Em seguida o astro da festa entrou no salão. Aplausos! Nosso Mago, oficialmente voltando prá casa! Depois das considerações e boas vindas dos responsáveis pela contratação, Palaia entregou a camisa para Valdivia. Imagino que, assim como eu, a camisa nem tenha conseguido dormir à noite, esperando pelo mágico momento de seu dono vesti-la, outra vez.  O Mago olhou bem o distintivo antes de beijá-lo. A emoção que eu tinha mantido sob controle, se rebelou e escapou. Meu coração se derreteu e chorei pela felicidade de estar ali, vendo o meu sonho de 726 dias e noites, ser realizado. O sonho da Nação Palestrina! Foi simplesmente sensacional vê-lo, outra vez, com a camisa mais linda do mundo!!

Valdivia, muito emocionado, agradeceu, falou do seu amor ao Palmeiras, do empenho que teria para buscar os títulos, da alegria de, também, realizar o sonho de voltar: “O Palmeiras é minha casa. O filho voltou para sua casa. Tomara que esse retorno seja com mais sucesso”.Foi bastante aplaudido! O Mago também, mal podia conter a alegria daquele retorno. Seus olhos, vasculhavam o salão, querendo ver tudo, querendo guardar aquele momento. E, ao iniciar a coletiva, diante de algumas perguntas ridículas, o  craque mostrou ao palestrino que era mesmo o seu Mago quem estava ali, de volta.

Questionado sobre a pressão de sua chegada, diante da expectativa do torcedor, Valdivia retrucou: “Pressão? Que pressão? Não é pressão. É força extra para me tornar ídolo do Palmeiras. Essa é minha meta” e ainda “temperou” a resposta”: “Você é chato, né?” O salão se encheu de risos, gritos e aplausos!

Um outro jornalista, falando da má fase do clube, pediu que o Mago falasse do peso de sua chegada e da identificação com o Palmeiras, a resposta veio no seu jeitinho Valdivia de ser, que tanto amamos: “Você quer que eu fale o que?????? Vou ser um jogador que vai trabalhar muito pois eu amo esse clube aqui, eu gosto do Palmeiras”.

Um outro perguntou o que ele conversara com Andres Sanchez, lá na Copa do Mundo. Valdivia respondeu que o corintiano o convidara para jantar.E, mesmo conhecendo todas as declarações do Mago de que só voltaria se fosse para jogar no Palmeiras, o jornalista insistiu: Se você tivesse jantado, seu destino seria outro? O Mago riu e respondeu: “É só Palmeiras, só Palmeiras!!”. Lindoo!

Uma apresentação perfeita de uma contratação perfeita! Todos os palestrinos que ali estavam, se mostravam maravilhados pela volta do ídolo, por poder estar ali, saboreando a sua proximidade e aquele momento tão especial!  Belluzzo também estava sem poder conter a felicidade. Ao final, o Mago distribuiu autógrafos(minha bandeira e agenda, agora estão perfeitas), sorrisos (tenho um fotografado, que é só meu) e os seguranças “sumiram” com ele rapidinho.

E o que dizer de mim? Mal sentia o chão onde pisava.Tão bom poder  ter certeza que aquele medo de algo dar errado na contratação, que a tristeza da sua venda (gravada no coração e na memória) não existia mais, que o sentimento que agora ficava comigo era apenas de amor pelo Mago, de felicidade pelo sonho realizado, de confiança no futuro do Palmeiras. E continuava achando inacreditável que Valdivia estivesse de volta….

Na saída, mais uma alegria… Belluzzo, o responsável por toda essa felicidade, caminhava bem à minha frente. Claro que fui registrar aquele momento! Ao abraçá-lo para a foto eu lhe disse: “Obrigada Presidente, por tudo o que você está fazendo pelo Palmeiras.” Posso jurar que os olhos de Belluzzo brilharam, úmidos. Esse é “parmera” igualzinho a gente… Saí dali com um nó na garganta, o coração leve, me sentindo a pessoa mais feliz do mundo…

E foi assim, meu amigo, que eu cheguei aqui, nessa nuvem onde estou, e da qual não sairei pelos próximos 5 anos…

Hoje, nosso Mago vai encontrar a sua “Família” e vamos todos ao Pacaembu, recebê-lo daquele jeito todo especial, que só nós conhecemos!!

SEJA BEM-VINDO VALDIVIA!! A SUA FAMÍLIA NÃO VÊ A HORA DE TE ENCONTRAR!!

Veja o vídeo exclusivo da apresentação do Mago, feito pelo Palmeiras: