Ontem tive um dia péssimo. Estava nervosa, num mau humor horrível (maldita TPM), e ainda por cima ia ter jogo do Verdão. E era clássico. Claro que o Santos, o oponente,  vive um momento terrível, lá na zona do rebaixamento, mas eles têm uma boa equipe; só não estão conseguindo se acertar. O Palmeiras, por sua vez, tem time para não temer quem quer que seja, mas ia a campo desfalcado. Desfalcado é apelido, foi num quase catado, porque eram 11 as ausências para o jogo no Palestra. Faltava zagueiro, volante, atacante, lateral…

Os cornetas, que parecem ser amigos íntimos dos jogadores, tal a facilidade com que afirmam: “fulano quer isso”, “sicrano fez tal coisa de propósito”; iriam encher o saco se o resultado não fosse outro além da vitória. Aff! Haja paciência! São tão cabeças-duras que nem consideram que o time está sem conseguir repetir a escalação faz tempo, que alguns jogadores não têm conseguido reeditar sua melhores partidas. O que eles querem é reclamar, seja lá do que for. Basta olhar nos fóruns, por aí, os tópicos abertos, sempre pelas mesmas pessoas.Se não tiverem do que reclamar, serve o gerente de futebol, a marca da chuteira que o craque usa, o modelo novo da camisa… Non sense total…

Só que dessa vez o Palmeiras precisava mesmo ganhar, para se aproximar dos primeiros, tirar os bambis do G4 e assumir a posição. Luxa ia ter que tirar um de seus “coelhos” da cartola. E tirou! O Palmeiras fritou as sardinhas no óleo fervente do Caldeirão do Palestra. Fervente, porque a Que Canta e Vibra compareceu em peso e lotou a nossa casa. Eu, que acompanhei o jogo no rádio, fiquei arrepiada e em lágrimas ouvindo a nossa torcida cantar. Queria tanto estar lá e infelizmente não pude. Mas se não estava lá de corpo, estava de alma. Meus sentidos todos estavam ligados aos gritos da galera, à narração das jogadas, àquilo que meus olhos não viam, mas meu cérebro podia tão bem imaginar.

Mas nem a minha imaginação se atreveu a tanto, viu?  O time estava vibrante! Logo no comecinho do jogo, numa jogada típica do Verdão, Diego Souza toca para Alex na área que mete pro meio para entrada rápida e fulminante de… LEANDRO!!  GOOOOOL! O nosso lateral estava querendo ser artilheiro! O Verdão jogava fácil e dois minutos depois, numa outra boa jogada de Diego Souza, Alex “Killer” Mineiro, entra na área e fuzila o goleiro do Peixe. Olha o Alex fazendo história no Palmeiras! É o artilheiro do século, e chegou há tão pouco tempo… Imaginem até o final do ano, quantos gols mais não fará. Quero só ver quem baterá essa marca, um dia. Ô coisa boa! Primeiro tempo ainda e já tínhamos dois gols na rede do Peixe. Isso porque o juiz (sempre ele) já anulara um gol legítimo nosso. A esperança de uma goleada se acendeu em mim… E não é que a minha esperança estava certa? Falta para o Palmeiras e Leandro (aquele mesmo que a torcida tanto criticou no ano passado) foi cobrar. A bola, numa curva incrível, encobriu Felipe e foi direto lá onde a coruja dorme! Que golaço!! O Palestra em festa, explodiu de alegria com Leandro que comemorava o fato inédito de marcar dois gols em uma mesma partida. Enquanto os santistas marcavam muito bem Valdívia, que apanhava como é usual, outros atletas tinham mais liberdade de ação.

Pensei com meus botões que a fatura estava liquidada. Mas qual o quê! Num jogo emocionante, o Peixe diminuiu aos 34′, com Kléber Pereira. E para minha surpresa e de todos os palmeirenses, três minutos depois, eles descontaram mais um. Caramba! O que era fácil pareceu que ia complicar. Mas eu sempre digo que time que tem bons jogadores, terá sempre um atleta diferente decidindo a cada jogo. E ontem foi a noite de Leandro. Falta aos 44′ e ele foi cobrar direto na cabeça de Gladstone que mandou pro fundo das redes de Felipe. Agora o Peixe levara o golpe final e fatal. Dificilmente teria forças para reagir. E foi o que aconteceu. Ao Palmeiras bastou apenas controlar o segundo tempo e sair com a sétima vitória do campeonato, entrando no G4 e, o que é melhor, despejando os bambis de lá.

Valeu Leandro! Ontem você arrasou! Valeu, Alex, nosso Artilheiro do Século! Valeu, Palmeiras! E agora vamos pro Sul, com a mesma pegada, hein rapazes? Vai ser tri-legal trazer os três pontos de lá.  BOOOOA SORTE, VERDÃO!!!

 

Essa derrota para o Goiás não estava “no script”. Não mesmo. O Palmeiras tem mais time, mais técnico e lá no Serra Dourada, tinha até mais torcida. Então o que foi que aconteceu? Uma tremenda vacilada, outra vez! Caramba, a zaga do Palmeiras está de brincadeira! Tudo bem que está improvisada, depois que Henrique foi negociado, e Gustavo e David se machucaram. Mas mesmo assim não pode errar tanto! Luxa você não está vendo as falhas? E porque não põe o Maurício? Na lateral já está um Deus-nos-acuda! Fabinho Capixaba ainda não consegue dar conta do recado e substituir Elder Granja satisfatoriamente.

A torcida se pergunta: “CADÊ WENDELL?”Todo mundo quer saber e eu também. Afinal, o garoto é bom de bola, raçudo, segura sempre as pontas, quando a gente precisa, além de ser “prata-da-casa”. E PORQUE ELE NÃO ENTRA NO TIME? O próprio técnico do Goiás admitiu ter explorado a ausência de Granja e a falta de desenvoltura de Capixaba. Luxa, você é “macaco-velho” e ele é que foi mais esperto? Parece que Wendell não entra porque não pode ultrapassar o limite de partidas jogadas, para poder ser negociado. Mas se estamos precisando de um lateral e não temos, vamos vender o Wendell? Que burrice, diretoria.

O time estava mal lá atrás, mas na frente até que a coisa estava indo, apesar do juiz, novamente. Eles continuam nos “operando” e o Palmeiras nunca toma uma medida contra isso. NUNCA! Todos nós vimos o penalti sobre o Kléber, que foi agarrado dentro da área. Valdívia sofreu penalti também mas, quem assistiu pela Globo, percebeu que a imagem não foi mostrada mais uma vez, como é de praxe. Nem nos programas esportivos das afiliadas dessa emissora o lance foi mostrado ou sequer discutido. Como a Globo sonega informações ao torcedor… Qual será a intenção? Nós sabemos muito bem qual é.  Pois essa “jogada” entre imagens não mostradas, comentários tendenciosos, faz com que alguns torcedores(mais ingênuos,eu diria), fiquem contra esse ou aquele jogador, dependendo da ocasião.

Band a coisa não foi diferente. O comentarista Neto, que em seu tempo não era capaz nem de se manter no peso exigido a um atleta, brigava com técnicos, não aceitava cabresto; agora usa dos microfones para “descer a lenha” em Valdívia. É Neto, ele é camisa DEZ no time onde você tanto quis jogar, né?  Como tem torcedor burro, incapaz de raciocinar, que repete as coisas ditas por você… Valdívia apanhou que nem um condenado, Kléber também. Quantas jogadas idênticas geraram cartão amarelo para o Palmeiras e para o Goiás, não! Isso é que deixa o torcedor cismado, desconfiado. Sem que falar que em outros estádios, penaltis “dados” fabricam a vitória de alguns… Será que vamos ver o o mesmo filme?

Mas o que interessa é o Palmeiras, em campo. CHEGA DE VACILO, BARALHO! Temos time para ganhar dos Figueirenses da vida,  bambis, Goiás e tantos outros contra os quais já nos enroscamos. Se deixamos pontos contra esses times foi apenas por nossas falhas e não por méritos deles. E isso tem que acabar. Algumas contratações que nosso parceiro fez, ainda não se mostraram à altura da Sociedade Esportiva Palmeiras e, se não estão à altura de nosso time, não tem nem que relacionar esses caras. Se temos que re
clamar, não é com esse ou aquele jogador e sim com Luxa e a diretoria. Todo mundo quer ver o Mago dando show, Kléber, Alex, Diego infernizando os adversários mas, para isso, é preciso que o resto do time esteja bem. Só eles não podem ser responsabilizados por falhas que acontecem ainda na escalação do time ou na zaga, na lateral, na substituição… tirar Valdívia para colocar Denilson, foi o fim da picada! E ele ainda conseguiu ser expulso depois do apito final.

Torcedor, fique esperto! É um momento complicado mas não vamos nos voltar contra as pessoas erradas. Os nossos bons jogadores podem estar em má fase, mas de jeito algum têm que sair do time e nem serem vendidos. Acordem! É isso o que “eles” querem. Não façamos o jogo do bandido. Vamos jogar, mas é junto com o Verdão, baralho!! Quinta-feira vamos ao Palestra mostrar a nossa força!  Se falta motivação lá, então é com a gente mesmo! Vamos deixar os nossos craques arrepiados com o nosso apoio e o nosso amor.
ESSE É O TIME QUE A GENTE AMA, PORRA! E VAMOS DEIXÁ-LO NA MÃO NA HORA EM QUE ELE MAIS PRECISA DE NÓS?

É, dona CBF, pode mandar escrever em verde, as faixas do Campeão Brasileiro 2008, porque esse é do Palmeiras, viu? O Flu nem deu pro gasto. E bem que tentou, mas a bola não passava. Sempre tinha uma meia verde no caminho… Aquele jogador “experrto” que assina com dois clubes, nem disse a que veio. Poderia ter ficado no Rio que dava na mesma O pior  é que “a calopsita carioca”, falastrona, disse que ia calar o Palestra. Não só não calou, como ainda teve que ouvir ‘poucas e boas’ da que canta e vibra… haha hahahahah! Que grande palhaço!

E o Palmeiras? Jogou muito! Eu tinha até arriscado um palpite de 2 x 0, mas cá entre nós, estava bastante preocupada. Eu sei que o nosso time é o melhor do campeonato, só que as coisas não estavam dando certo dentro de campo, embora eu acreditasse que de uma hora prá outra o Luxa ia tirar “uns coelhos da cartola”. E não é que ele acertou o time? Sabe-se lá qual foi o papo nesses dois dias e na preleção. A verdade é que o time já veio voando prá cima do Flu.

Calando os trombetas (chamar de corneta, é bondade), Valdivia apareceu para o jogo e foi o responsável pelas principais jogadas do time alviverde. E ainda mandou uma na trave. Esse é o Mago que eu adoro! Fez uma dupla infernal com Diego Souza. Denilson, também jogou bem. É o ponta esquerda à moda antiga. E o que dizer do Kléber ANIMAL, lá na frente? Matador!! Guardou dois na rede do Flu e poderia ter feito ainda mais. Ele não tem medo de cara feia. E não leva desaforo prá casa. A torcida está adorando isso. É o novo Edmundo…bom de bola e invocado.

E os nossos laterais? Bateram um bolão. A volta do Granja deu uma ajuda e tanto para a defesa e o Leandro resolveu virar um garçom, de vez. Serviu os companheiros em dois dos três gols e fez uma partida excelente! A zaga ainda vacila, mas já começa a ganhar corpo, principalmente Gladstone, que a meu ver fará uma dupla e tanto com Gustavo. Mas vou contar um segredinho, quem me calou a boca foi o Sandro Silva. Vai jogar bem assim lá no Palmeiras! Quanta diferença das suas primeiras partidas. Ficamos todos torcendo o nariz, ontem, ao saber da sua escalação. E ele jogou muuuito! E não foi acaso. Foi apresentação de quem sabe jogar bola, sim senhor. Que surpresa!

Mas o Luxa, estava com tudo, ontem. Faz uma substituição e coloca o Maicosuel e muita gente torceu o nariz, de novo. E ele, iluminado vai lá e deixa o seu, matando a partida de vez. Com um detalhe:  jogamos contra o vice da Libertadores, que tirou do seu caminho muito time metido a besta e só está nas últimas posições porque disputava o título de melhor da América. E demos um baile no Flu, como já é de praxe contra times cariocas.

Será que alguém duvida que vamos brigar pelo título? Que vamos levar mais esse? Eu não duvido. Já não duvidava antes, agora então, muito menos. Ontem foi a apresentação do Campeão Brasileiro de 2008, todo mundo percebeu. O futebol envolvente, os craques habilidosos guerreiros, raçudos, estão de volta!  A determinação e vontade de ganhar, estão em campo novamente. O Luxa de que tanto gostamos, também voltou! O nosso coração já começa a bater diferente. Já pensamos no título com um nó na garganta, com uma emoção diferente… Já começamos a sentir um gostinho especial… A imagem distante, no horizonte, se faz cada vez mais nítida…  Palestra lotado, rostos pintados, bandeiras, fogos, camisas, torcida cantando, lágrimas derramadas em rostos felizes… volta olímpica…

SÓ NÃO PODEMOS PERDER VALDÍVIA, DE JEITO NENHUM!! Espero que a diretoria não faça uma bobagem do tamanho da que foi feita pelo Sapo Maléfico, na venda do Love. Perder um craque como o nosso Mago e por uma quantia ridícula dessa, oferecida pelo timeco alemão, seria inaceitável. Diz não prá eles, Mago. Por favor! Fica aqui, que vamos ser muito felizes juntos, a nossa história está só começando…

Eu não esperava uma derrota. Nem mesmo com alguns desfalques importantes, como o Pierre e o Granja, por exemplo.Porque a falta deles não foi desculpa para o que não se viu em campo. Não se viu o Palmeiras jogar. Cara! O Verdão chutou a primeira bola para o Frangueiro Ceni, aos 37 minutos do primeiro tempo! O que é isso?

E onde está o técnico estrategista? Cadê o Wanderley Luxemburgo? Porque não é possível que o técnico que está lá no banco seja ele.  Não esse técnico que, mesmo o Jeci não estando bem, se recusa a escalar o Maurício; não esse técnico, que deixa Wendell no banco, quando Léo Lima não está bem na partida; não esse técnico, que saca Diego Souza para colocar Denilson! Esse não pode ser Luxemburgo. Deve ter alguma coisa errada, eu não estou enxergando direito ou não entendo mesmo p#*%@  nenhuma de futebol.

Mesmo com os meus parcos conhecimentos do assunto, consigo perceber que o esquema está errado, que não temos jogadas, não marcamos direito. Parece até que esses caras não treinam. E não adianta a gente crucificar esse ou aquele. Não adianta dizer que tal jogador quer sair,  que o outro é cabeça-de-bagre; se eles estão em campo, é porque o técnico os coloca lá. O mesmo técnico que os treina todos os dias (penso eu). Tem alguma coisa errada aí… O Palmeiras não consegue sair da marcação dos adversários. E hoje não foi diferente.  Parece que Luxa não está conseguindo fazer a leitura correta do jogo, pois não consegue mudar o esquema. E que história é essa de fazer sempre as mesmas mudanças? Logo você, Luxa? Que muda um esquema sem nem mesmo precisar trocar as peças?

Os jogadores, a bem da verdade, até que tentaram, correram, se esforçaram. Mas estava tudo muito desorganizado. A impressão que se tinha é a de que nem eles sabiam como deviam jogar. E olhem que o time dos bambis não é lá essas coisas. Que o digam o Ipatinga e o Náutico. Que decepção, Luxa… nosso time não conseguiu sair da marcação dos bambis e por isso mesmo não conseguiu criar nada em campo. O Palmeiras, por sua vez, fez uma marcação frouxa, como bem disse o Marcão. Luxa, você tem que sacudir esse time, porra!

Posso parecer maluca, mas às vezes penso que talvez Luxa saiba muito bem o que faz. Que ele gosta de ver o time numa situação difícil, para depois trabalhar a motivação e encher os jogadores de raça e brio. Será??A verdade é que estamos todos confusos, exatamente porque conhecemos a sua capacidade. E a de Kléber, Valdívia, Alex,Diego Souza e todos os outros. E por que será que nenhum deles consegue editar seu melhor futebol? Fase ruim é normal na vida dos jogadores, mas todos ao mesmo tempo?

Os trombetas (chamar de corneta é bondade) estão soltando cada disparate por aí e desvalorizando o patrimônio do Palmeiras cada vez mais. Isso é burrice, hein gente? Vamos acabar dando tiro no próprio pé. Claro que ninguém merece ver o time desse jeito e ficar sem reclamar. Mas quanto exagero e absurdos a gente lê por aí…

Eu, prá falar a verdade, não gosto do que tenho visto e por isso reclamo mas, não estou desesperada. Confio plenamente que o Palmeiras vai encontrar o seu caminho de bom futebol e vitórias. E acredito que será mais cedo do que pensamos. Mesmo me parecendo um tanto quanto equivocado, Luxa vai “tirar os seus coelhos da cartola” e colocar o Palmeiras na briga pelo título. O Mago vai voltar a nos encantar, Kléber, o nosso novo Animal, vai jogar muita bola, Alex “Killer” Mineiro vai fazer muitos e muitos gols,a nossa zaga vai encontrar a medida certa, Luxa vai acertar a “filoxofia” e vamos ganhar esse título.

As coisas nunca são fáceis prá nós, sabemos muito bem disso. Mas vamos dar a volta por cima, sabem por que? PORQUE AQUI É PALMEIRAS, PORRA!

Vacilamos, de novo! Que saco isso! O Palmeiras perdeu um monte de gols e dois pontos contra o Figueira. Mas isso faz parte do futebol, ou não? Me apontem aí um campeonato que nós tenhamos vencido com sobras, onde não tenhamos dado uma vacilada sequer. Não é isso que nos impedirá de chegar ao título e sabemos bem disso.

Mas os tresloucados cornetas, hardys, enchedores-de-saco, seja lá o nome que dermos a eles, agora passam dos limites. Resolveram atacar Valdívia! Esse mesmo, que você conhece. O Bola de Ouro do Brasileirão 2007, o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro. O Mago! O craqueque tem encantado tantos torcedores (até adversários), crianças…o cara que vende as nossas camisas feito água. Não importa que ele seja genial,carismático, raçudo, que apanhe feito um condenado defendendo as cores do Palmeiras…Nada disso importa. Ele agora é obrigado a jogar bem e dar show em todas as partidas. Podem falar o que quiserem dele, mas não que ele se esconde em campo, porque isso ele nunca faz. Apenas não está jogando o futebol maravilhoso de sempre…

E onde é que tem um craque que joga bem todas as partidas? Ronaldinho Gaucho joga? Cristiano Ronaldo? Não existe esse jogador infalível, que tanto o palmeirense quer. Isso é pura piração daquele tipo de pessoa que sempre acha a grama do vizinho mais verde. Seja quem for o jogador, o time montado, os nossos nunca serão bons e os dos outros times sempre serão melhores. Quantos ídolos maravilhosos, essa parte da torcida já criticou…Evair, já foi criticado, acreditam? Zinho, era chamado de “enceradeira” por aqueles que sem capacidade de raciocínio próprio, repetiam a  ladainha da impren$inha. Rivaldo, não escapou às críticas de lento, pipoqueiro,  para depois ser considerado o melhor do mundo, imaginem.

Esses tresloucados torcedores, queriam São Marcos no Arsenal, depois que o time caiu para a Segundona! Quem é que pode imaginar tal coisa? Os “exigentes” torcedores já chamaram o Santo de frangueiro. Querem heresia maior que essa? Logo São Marcos, que sempre colocou a sua carreira e o seu amor à disposição do Palmeiras e seus “exigentes” torcedores. Pobre Palmeiras, não bastassem os rivais, a impren$inha, os tribunais; ainda “dorme com o principal inimigo”. A caçada desses malucos, de raciocínio tão limitado,  também atingiu Alex, ou Alexotan, como eles o chamavam. O craque era sonolento, dorminhoco…mas agora que está em outro país, é o “sonho de consumo” de 100% desses malucos, que não se cansam de pedir: “Volta, Alex”. Seria engraçado, não fosse ridículo. Parece coisa dos bambis com o seu Kaká.

A “bola da vez” é Valdívia. MEU DEUS! Há quanto tempo, nós torcedores, estávamos sonhando com um craque como ele? Ele existe, é nosso, e é inacreditável que sejamos nós a desvalorizá-lo. Peraí, nós não, estou fora desse “nós”, porque sei o exato valor desse Presente de Deus. Agradeço todos os dias por ele estar no meu time. Peço também que ele fique muito tempo. Vai demorar muitos anos até que apareça outro igual. Valdívia deixou impressos no meu coração, tantos gols maravilhosos, tantos chutes no vácuo, tantas declarações que eu queria ouvir, tantas comemorações que me fizeram tão feliz, tantos sorrisos… Que pecado fazem agora com o  Mago. Já foi chamado de cai-cai pela imprensinha e os pouco inteligentes repetiram à exaustão; leva cartão mesmo quando atingido por cotovelada no rosto; porrada em seu nariz, nem falta é para o juiz; nunca vi um jogador ser tão agredido, com a conivência dos árbitros. Seja lá o que for que aconteça, “se faz é porque fez; se não faz é porque não fez”, quanta contradição e incoerência em relação a ele.
Será que não perceberam que, sem o Mago vai ser praticamente impossível que conquistemos esse título? Sem ele e sem outros, que os cornetas também não perdoam. Deixem Valdívia em paz! Ele faz parte da nossa história, sim! É ídolo! É craque! E é nosso! E quando ele, magicamente, voltar a nos fascinar e encantar, não venham comemorar como se nada tivesse acontecido, porque o Palmeiras não merece torcedores assim e vocês não merecem um time com a grandeza do Palmeiras e um craque do calibre de Valdívia. Deixem que o restante dos vinte milhões de palmeirenses, espalhados pelo planeta, saberão como fazer.

VALDÍVIA SIMPLY THE BEST!!

Não gostei do empate contra o Galo mineiro. Queria que o Palmeiras trouxesse os três pontos. Mas, para falar a verdade, nós saímos no lucro. Afinal, o time não jogou bem. Claro que faltava mais da metade dos titulares e isso fez uma grande diferença.E quando esses “ausentes” são craques do calibre de Valdívia, Kléber, Leandro, Elder Granja e Gustavo, aí a coisa fica ainda pior. Sem contar o zagueirão Henrique, vendido para o Barcelona.

O juiz, Evandro Rogério Roman, era horroroso. Parecia fora-de-forma, acima do peso e muito mal preparado. Aos vinte minutos do primeiro tempo já estava bufando, cansado. Se mal aguentava correr, pode-se imaginar que arbitragem ele fez, né? Deixou de marcar muitas faltas, laterais e até escanteio a nosso favor. Sem falar no que, erradamente, ele marcou contra. No chamado “País do Futebol”, os homens que dirigem o espetáculo estão cada vez piores. E ultimamente, cartão amarelo pra jogador do Palmeiras vem à torto-e-a-direito. Leva cotovelada, é cartão; reclama, é cartão; não reclama, leva amarelo também. Sem contar os infindáveis julgamentos pelos quais os nossos craques têm que passar. Mas quando será que o STJD vai denunciar e julgar os jogadores gambás, que na final da Copa do Brasil, agrediram os adversários do Sport? Ainda não ouvi uma palavra sequer sobre isso. Mas Kléber vai ser julgado, né? Saci, não. Adriano do Santos, talvez… ah, tá!

E o cenário no Mineirão era esse: Palmeiras jogando mal, sem 5 titulares; novos jogadores, ainda acanhados; juiz péssimo… Parecia que ia ser dia de derrota do Verdão. Eu disse “parecia”, porque NÓS TEMOS SÃO MARCOS, POXA! Ô goleiro abençoado, que embaixo das traves é o maior do mundo, fora delas é imensurável.

Marcos parece vinho. Quanto mais o tempo passa, melhor ele fica. Nenhum time do Brasil tem um goleiro como o nosso. E no resto do mundo, bem poucos podem ser comparados a ele. Só comparados, porque o Marcão é o melhor de todos. Tomou um gol numa jogada aérea, boba, falha da zaga quando o Santo nada pôde fazer. E ele já tinha defendido uma cabeçada à queima-roupa, numa cobrança de falta que nem existiu. Eita, juizinho horroroso. Aí, numa disputa de bola na área, Jefferson levanta demais o pé e resvala o rosto do adversário. Jogada perigosa; mas o juiz marca pênalti. A torcida do Galo comemora, feliz. Com 2 x 0 a fatura vai ser liquidada. Mas o torcedor palmeirense conhece muito bem quem está lá no gol. E, aposto que assim como eu, vinte milhões de palmeirenses pensaram: “Marcão vai pegar”. E não deu outra:

– DEFENDEU, MARCOOOOOOOS!

Como a gente fica feliz quando o Marcão faz das suas. A gente sabe que ele pega mesmo, que faz milagres, mas, a cada vez, parece que é um feito inédito. Não dá para explicar o que a gente sente nessa hora. Um misto de orgulho, certeza, amor, gratidão… Coisas que, misturadas, geram um sentimento único, que só quem é palmeirense, quem tem o Marcão no time, pode saber e sentir.

São Marcos pegou tudo hoje! Fechou o gol. E aí coube ao resto do time, fazer por onde e buscar um resultado melhor. E ele veio nós pés de Diego Souza (que jogou bem), numa cobrança de falta perfeita! Igualamos o placar e quase viramos aos 42′. Pena que Denilson perdeu um gol tão fácil de marcar.

Só que a gente sabe que um empate fora de casa, nunca é um mau resultado. E nas condições de hoje então, foi ainda melhor. Nada que nos atrapalhe no caminho rumo ao Penta. Lembre-se que no ano passado, o time que liderava lá pela sétima ou oitava rodada, hoje está na segundona, ganhando com gol impedido. Nós vamos chegar, eu sinto que vai ser assim, é o que eu desejo. E depois de hoje, fiquei mais confiante ainda. Quando o Marcão começa a pegar até pênalti…o final da história a gente conhece, né?

PQP! É O MELHOR GOLEIRO DO BRASIL, MARCOS!

Eu estava bem confiante que ‘guardaríamos’ mais três pontinhos ao enfrentar o Náutico. E estava certa. O jogo até que foi fácil, não fosse a truculência  (como batem!) do time pernambucano e a ‘complacência’ de Djalma Beltrame. No futebol a coisa estava bem delimitada, o time do Palmeiras, no ataque e o do Náutico, na defesa. Na defesa e na porrada! Tá louco! E o juiz fazia que não via…inacreditável!

Granja levou uma cabeçada,  que passou batido. Valdívia, levou uma cotovelada no rosto e sabem quem levou cartão amarelo? O Mago, claro! Valdívia é mesmo mágico, vive levando porrada, cotovelada e os seus agressores não são punidos, mas ele  sempre é.  E para terminar a lambança da arbitragem que deixou o Náutico bater como quis, o juiz “para-raio”, ainda expulsou o Kléber, que sofreu a falta e levou vermelho…  Diz o árbitro que foi ofendido.Dizem outros profissionais, que estavam em campo, que não é verdade.Se o juiz é o ‘tal’ Beltrame, eu  escolho acreditar nos outros profissionais.

Mas o pior do que os erros da arbitragem, eram os ‘comentários’ (ou a falta deles) de Milton Leite, do Sportv. Uma transmissão bem deficiente em relação à narração. De bom, só os comentários do Muller que, precisava chamar a atenção do Milton Leite e do Ceretto para os lances que eles não viam ou fingiam não ver. Como por exemplo, o penalti sofrido por Alex Mineiro.O atacante palmeirense foi puxado pelo pescoço, numa “gravata” e  só Muller e os telespectadores viram o lance. O comentarista chamou a atenção do narrador para o fato e, o Milton Leite apenas disse que tomara a gravata fosse de seda italiana. E ria, desrespeitosamente, sonegando a informação que o pobre telespectador do Sportv esperava ouvir. Patético!

Mas o que interessa mesmo, é o Palmeiras…ganhando…subindoooo!  Já estamos no G4 e não vamos mais sair de lá, podem apostar. Nossa terceira vitória consecutiva. A Máquina Verde está acelerando, de novo. E quando essa máquina acelera, sabemos bem onde e quando vai parar… No Palestra Itália lotado, cantando, coração aos saltos, lágrimas nos olhos, fogos, bandeiras, risos, volta olímpica e Taça nas mãos…  Luxa saindo antes do jogo acabar…

E já estamos com pinta de Campeão. Não tem juiz, que nos atrapalhe, nem cartões, nem mesmo a saída de jogadores. Ficamos preocupados por perder Henrique, nosso zagueirão, mas eis que chega nosso Guerreiro de Pedra, Gladstone.  Agradou a “Que Canta e Vibra” logo na estréia. Seguro, bom nos desarmes, mostrou categoria na saída de bola, frio e ainda tem uma boa pontaria. Vai ser um substituto à altura de Henrique. Uma feliz contratação. Jefferson também estreou e foi bem. Mas acabou sentindo a emoção de vestir a camisa verde-esmeralda mais linda do mundo. Martinez também parece fazer a sua grande estréia a cada partida. Pierre, só uma palavra o define: gigante. O Mago é aquele que basta um passe seu, para um outro companheiro marcar e definir a partida.

Mas, se tem Palmeiras em campo, tem emoção, tem show. O gol parecia que não queria ‘aparecer’ e a gente sabia que ele ia sair a qualquer momento. O time que cansou de bater, esqueceu e bateu dentro da área. Era só o que a gente queria. A gente e o Alex “Killer” Mineiro que, de paradinha, guardou mais um e agora está a apenas três gols de se tornar o maior artilheiro palmeirense do século. E olha que esse  ano ainda está longe de acabar…Ele vai marcar muitos mais.

Luxa foi mudando as peças e colocou Denilson. Ou será Denilshow? O cara me faz um gol que merecia uma placa! GOLAÇO! DE CRAQUE! Uma roubada de bola, um super passe de “Winning Eleven”  do Mago Valdívia, duas entortadas no zagueiro, um drible no goleiro e o toque certeiro, pro fundo do gol. Como dizem  os amigos do fórum, parecia jogo de vídeo-game. Fiquei encantada com a beleza da jogada…  toda a torcida ficou. Gosto tanto de saber que cada dia será um craque diferente a nos surpreender, a nos encantar.  E assim vamos nós, subindoooooo! Diminuindo a diferença que nos separa dos líderes. Eles não sabem, mas esse Brasileiro é nosso, vamos ganhar o Penta. Estamos chegando e, quando a gente chega e o técnico é o Luxa, todo mundo já sabe, né? É TÍTULO!!  Faltam apenas 30 rodadas…

E HOJE (30/06) TODOS PARA A PORTA DO PALESTRA!! VAMOS COBRAR A APROVAÇÃO PARA A CONSTRUÇÃO DA NOSSA ARENA!  É o Campeão do Século, fazendo história, mais uma vez.

Meus amigos sopalmeirenses, chegou a hora de vermos o nosso sonho começar a sair do papel, ou, mais uma vez, ser desfeito por aqueles que se dizem palmeirenses, mas não amam as nossas cores e o nosso clube.

Na próxima segunda-feira (30/06/08), será votado o projeto para a reforma e modernização do nosso Palestra Italia. Imaginem a nossa casa  mais bonita, reformada, modernizada, nos padrões da FIFA; padrão esse que estádio nenhum ostenta no Brasil. Todo palmeirense anseia por essa  aprovação mas, acreditem, lá dentro do Palestra, sorrateiramente, existem alguns que são contrários e que não poupam esforços na tentativa de desmerecer e desvalorizar tão maravilhoso projeto.

E quem seriam essas estranhas criaturas? São aquelas mesmas que nos mandaram para a Segunda Divisão. São aquelas que, logo após a queda, reelegeram o homem que nos afundou em tristeza e vergonha. São as pessoas que não se importam nem um pouco com o Palmeiras, apenas se preocupam com os seus escusos interesses. Mas a votação será aberta e nós vamos acompanhar direitinho quem vai jogar a favor ou contra a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Uma nova Arena é direito nosso! Afinal, somos nós quem, por anos a fio, frequentamos e nos sentamos no cimento duro e sem conforto das arquibancadas. Nunca reclamamos e continuamos amando o Palestra que é a nossa casa. Mas é chegada a hora de vermos a nossa casa bem cuidada, mais bonita, mais acolhedora. Ganharemos nós, os torcedores; ganhará o clube, financeiramente e em prestígio; ganhará a cidade e a  sua população, com mais um espaço para shows e eventos culturais; ganhará o Brasil com um estádio capaz de sediar um dos grupos da Copa do Mundo de 2014. E com um detalhe: esse será o ANO DO CENTENÁRIO DA SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS! Que comemoração em alto estilo poderemos ter…

O novo projeto prevê ainda a modernização da Academia de Futebol  e seus departamentos, contando ainda com  a construção de um alojamento. Será também destinada uma verba, para a melhoria de alguns setores nas dependências sociais do clube. O Palmeiras não corre ‘risco’ algum ao ter esse projeto aprovado e por isso mesmo, parece tão estranho que tenhamos que ‘pedir’ aos conselheiros do clube que votem a favor do que é muito mais que o “projeto de uma diretoria”. A Arena Palestra Itália é a conquista de uma geração que vai deixar um benefício e patrimônio tamanhos, para as próximas que virão. Será o legado para os nossos filhos, netos e seus descendentes.

Como poderia um conselheiro palestrino, que ama o seu clube, votar contra? Eu, simplesmente não consigo compreender isso, e também não quero acreditar que eles não estejam ‘morrendo de vontade’ de assistir à  um jogo do Palmeiras, na nova Arena, lotada, cantando… Não posso imaginar que eles não sintam orgulho de mais uma vez a  Sociedade Esportiva Palmeiras sair à frente dos demais, com um projeto transparente, ousado, legítimo, que não se  utilizará de um centavo sequer de dinheiro público. Esse arrojo todo, essa competência, só pode ser no Palmeiras, mesmo. O CAMPEÃO DO SÉCULO! O Alviverde que surge para esse novo milênio, mais Imponente do que nunca.

Vamos lá, Conselheiros! Que chance espetacular de fazer mais um capítulo da nossa história! Uma história grandiosa de conquistas, vitórias e sucessos. A oportunidade está em suas mãos, como esteve um dia na mão dos homens que fundaram o Palestra Italia, há quase um século…como esteve nas mãos dos homens que superando até as dificuldades da guerra, transformaram o clube na Sociedade Esportiva Palmeiras… A Nação Alviverde confia em vocês, no sangue que corre em suas veias. Que seus nomes entrem para a nossa história pelas “portas da frente”, como os homens valorosos, de visão que juntos contribuíram para que  a Arena Palestra Italia, virasse uma maravilhosa realidade.

E quanto a nós, Nação, vamos todos para a porta do Palestra na segunda-feira! É o que podemos fazer para ajudar. Sabemos da nossa força e vamos lá buscar a aprovação do nosso “sonho”. A TUP está ‘convocando’ todo aquele que puder, para estar lá na Turiaçu, às 17h00.

Eu estarei lá, e você?

O time do Vaixco e do Eurico não deu nem pro gasto. O Palmeiras, eficiente, saiu do Rio de Janeiro com os três pontinhos “no bolso”. Sorte nossa, porque a cada partida o Verdão vai se encontrando e, o tão sonhado Penta, parece que é só uma questão de tempo. Afinal, quem  vai nos tirar esse caneco? Cruzeiro, Bambis, o time do Caio…? Nenhum dos times candidatos ao título, está lá essas coisas. O Cruzeiro, me parecia o mais forte e todo mundo viu o que aconteceu lá no Palestra, né? Créu na velocidade 5……hahahahah!!! Os Smurfs perderam o jogo, o rumo e estão até agora procurando a Máquina verde que os atropelou.

Creio que nada temos a temer em relação aos outros times, porque temos a esquadra do Santo, do Mago, Pierre, Henrique, Gustavo, Granja, Diego, Leandro,  Alex “Killer” Mineiro, Kleber (que golaço!!) e, agora em exibições prá lá de especiais…Martinez!! Aquele mesmo, que alguns cornetas pegaram prá “Cristo”, no ano passado, lembram? Ele está jogando o fino da bola! Inteligente, lúcido, marcador, bom de bola…fez até o Luxa se render ao seu talento e sentar o também talentoso Léo Lima.

Era por esse exato motivo, que nós tanto reclamávamos um time e um banco de qualidade. Jogador de time nenhum se apresenta bem em todas as partidas. Nem mesmo Cristiano Ronaldo….. Então, no dia em que o Mago não estiver lá muito inspirado, Diego Souza também não estiver; Alex é quem resolve, Kleber resolve, Granja (que passe pro Alex!), Martinez…..Se não é um é outro. Não precisamos nos preocupar e, sabemos que não dependemos de um único jogador ou de uma única jogada. Qual é o time que pode se dar ao luxo de ter craques na reserva? Ter no banco um Denilson,  Cavalieri, Léo Lima, Lenny, David, Wendell (por que ele não está sendo escalado???), Maurício…não é para qualquer um, não! E o que falar do comandante? Luxa sabe tudo de futebol; da parte técnica e tática de uma equipe. Mas o forte do Luxa é saber lidar com a parte “humana” da coisa. Ele sabe motivar os jogadores; sabe fazê-los entender a importância de vestir a camisa de um grande time; incute no jogador a idéia de que fazer da melhor maneira o que sabem, é o que abre  as portas na profissão. Não tem como não ser profissional, trabalhando com o Luxa. Por isso ele é tão  bom e vencedor e suas equipes também.

A impren$inha falou, publicou, alardeou o atraso dos salários de nossos craques, “vendendo” a idéia que eles não teriam motivação para buscar a vitória. Palhaços! AQUI É PALMEIRAS, PORRA! Nosso time é feito de homens, a diretoria é transparente, honesta. Nossos jogadores sabem que podem confiar nos homens que comandam o Verdão. Se hoje ainda temos problemas financeiros,sabemos bem a quem devemos tudo isso: à antiga, omissa, incompetente e decrépita diretoria. Aquela que nunca esteve “nem aí” para o futebol e que pensava  apenas em piscinas. E pensando só em  piscinas, nos afogou em  problemas e nos afundou nas     profundezas da Segunda Divisão. Os tempos agora são outros, goste a impren$inha, ou não. Gostem os aliados do Sapo, ou não.

O Palmeirense é um torcedor inteligente, diferenciado e há muito tempo não cai mais nessas “historinhas”. A mais nova, inventada pelas “focas amestradas” é a de que Valdívia, após cortar os cabelos, não consegue apresentar mais um bom futebol. E o torcedor não engole essas baboseiras. Então aquele cara que deitou e rolou contra o Cruzeiro, que fez um golaço, não era o Mago? Ou será que ele estava de peruca? Não adianta procurarem defeitos no Mago; não adianta querer arrumar motivos para nos colocar contra ele… ELE É O NOSSO ÍDOLO,  E PONTO FINAL!! Sabemos do valor que o Valdívia tem para o Palmeiras e para cada um de nós. E É COM ELE, COM SEU  JEITO MOLEQUE, SEU FUTEBOL MÁGICO, COM SEUS DRIBLES E GOLS QUE VAMOS GANHAR O CAMPEONATO BRASILEIRO DE 2008!!!  É apenas uma questão de tempo….Eu sei…..o vento já me disse…..já posso ler nas estrelas… O Penta vem aí…..

QUEM VIVER, VERÁ…

Hoje, 16 de Junho de 2008, está fazendo nove anos que o Palmeiras conquistou a América e a Libertadores. O texto que segue, foi escrito por mim (quando eu ainda não era a Clorofila), exatamente na tarde daquele dia, e é a maneira que eu agora encontro de comemorar e relembrar…

Acordei sem vontade de sair de dentro de mim mesma. Mas a vida me chamava para o lado de fora. Tomei café, joguei um pouco no computador e fui cuidar da vida…

Dar leite à filha, arrumar a desordem da sala. Uns poucos minutos e eu já me adequara à vida do dia 16 de Junho de 1999.

Um aperto insistente no coração me fazia lembrar a todo momento que, finalmente o dia da Decisão da Libertadores havia chegado. O Palmeiras precisava vencer.

Rezei, pedi a Deus que me abençoasse com essa imensa alegria.

Infelizmente não vou poder estar lá à noite. Não consegui ingressos e na porta do Palestra Itália, ontem à noite, um cambista me pediu 80 reais por um ingresso que custa 15, pode? Sem falar na quantidade  de ingressos falsos que aparecem em grandes jogos.

Eu não vou estar lá…mas o meu coração, a minha alma, minha energia vital, com certeza lá estarão.

Fecho os olhos e, de repente, estou chegando ao estádio…

A multidão de pessoas nas ruas, a dificuldade de estacionar os carros. O trajeto até o portão, as conversas paralelas, a esperança, forte, densa, impregnando o ar. As ruas em verde-e-branco, rostos pintados de verde-e-branco, bandeiras, camisas, crianças, chapéus… Tudo é verde-e-branco, com um grande “P” junto ao coração!!

Sinto o cheiro das barracas de comida, da cerveja vendida nas ruas. Nos portões, os costumeiros empurra-empurra. Revista das bolsas, dos corpos dos homens. Algumas pessoas costumam levar armas para os jogos, onde a única atividade é a diversão. Passo pelas catracas eletrônicas, dou a bolsa para a policial revistar e…..pronto!! Agora é só me apressar para conseguir sentar no lugar de sempre: arquibancada lateral, quase no meio do campo, um pouco mais próximo das piscinas. Caminho apressada, segurando as mãos do meu companheiro de jogos e de vida.As pernas querem correr e vou puxando o meu companheiro.

Os torcedores gritam nas janelas dos vestiários do Palmeiras: É CAMPEÃO!!!

As pessoas não podem ver os jogadores, mas gritam mesmo assim, pois sabem que eles estão ali:

– PEGA TUDO, MARCÃO!!
– SEGURA ELES, CLÉBER!!
– EÔ EÔ EVAIR É UM TERROR!!
– ARREBENTA, PAULO NUNES!!
– VAI PRO GOL, OSÉAS!!

Eu também grito: “Força, gente! No peito e na raça! Vamos lá, Zinho!”.

Com um nó na garganta e olhos úmidos corremos para a arquibancada. Sentamos, ufa! Agora é só esperar. Faltam duas horas e meia para o início da partida. Os refletores estão acesos. O Palestra Itália brilha em verde-e-branco, com o Palmeiras no coração.

Que coisa linda! Os torcedores fazem a “ola”, se dão as mãos, se abraçam, se beijam e dançam cantando o hino do clube. É de arrepiar!! A emoção sai pelos poros. Meus olhos marejam e minhas mãos tremem.

O jogo vai começar… Todos os olhos se voltam para a boca do túnel… De repente, uma pequena criança com o uniforme do Palmeiras aparece seguida por outras, e logo depois todo o time chega.

O Palestra estremece! Fogos, gritos, palmas, assobios, fumaça…São tantos os fogos que as pessoas quase ensurdecem. A fumaça verde cobre o gramado e os torcedores.

Os jogadores se dão as mãos e se apresentam à torcida. Ela os saúda com um grito que ecoa pelos ares: É CAMPEÃO!! Os nomes de todos os jogadores são gritados um a um, à exaustão. Estes, respondem aos torcedores com acenos, gestos de garra, de confiança, batem no peito…

A partida tem seu início e todos se calam, aguardando… Todas as pessoas nervosas, respiração pesada, coração aos saltos, olhos quase pulando pra dentro do campo. O Palmeiras joga fácil, mas os jogadores estão nervosos, também. Querem decidir de qualquer maneira e se atrapalham um pouco. Mas eis que numa jogada pela ponta, a bola é cruzada na área e quem aparece? Oséas, claro!  Tinha que ser! E ele manda pro fundo do gol.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!!!!!

O Palestra Itália explode em verde-e-branco!! O mundo é verde-e-branco!!

De repente, alguém me pergunta:
– Já chegou “O resgate do soldado Ryan”?

Só então me dou conta que estou na minha loja de locação de filmes e não num estádio de futebol. Não estou no Palestra…

Estava sonhando acordada e, como em todo sonho, acordei na melhor parte. Não!! Peraí!! A melhor parte será com certeza à noite, quando Oséas fizer o seu gol, de verdade, real. Quando os anjos do céu, reunidos,(tomando o seu leitinho Parmalat), fizerem coro com a torcida, pedindo:

– FICA, FELIPÃO!! E VAMOS JUNTOS GANHAR TAÇA NO JAPÃO!!!”

Parabéns, Palmeiras! Que muitas outras Taças, importantes, legítimas, venham fazer parte de sua maravilhosa Sala de Troféus.

A Nação agradece, mais uma vez.