PALMEIRAS e CREFISA… parceria que dá lucro… PARA OS DOIS

…..

Antes de qualquer coisa, quero deixar bem claro que, como torcedora palestrina que sou, estou bastante satisfeita com o contrato de patrocínio do Palmeiras com a Crefisa/FAM (empresas de mesmos proprietários que estampam as suas marcas em nosso uniforme).  A parceria é muito boa para clube, ainda mais porque, ao exigir exclusividade no uniforme do Palmeiras – não podemos ter outros patrocinadores em nosso uniforme – e ter exposição ainda maior, a patrocinadora acaba tendo que pagar mais por isso, e nem poderia ser diferente.

O que pega, o que está errado, e é por isso que faço essa postagem, é a necessidade absurda dos proprietários da Crefisa de querer fazer as pessoas acreditarem que fazem um favor ao Palmeiras, de que não teríamos nos reerguido se não fosse a empresa, ou que patrocinam o Palmeiras por amor… Onde estava esse amor, essa palestrinidade toda, no início de 2013, quando estávamos com a corda no pescoço, falidos e na segundona? Quem nos socorreu mesmo, quem reergueu o Palmeiras, quem fez pelo Palmeiras o que ninguém tinha feito antes se chama Paulo de Almeida Nobre.

Outra coisa que pega, e pega muito mal, é o que essa vontade, nociva,  de quererem ser mais do que apenas patrocinadores, está fazendo ao Palmeiras. Todo mundo está vendo Mustafá (fortalecido pelos muitos conselheiros de sua chapa, que a dona da Crefisa ajudou a eleger),  sair da sombra onde ele passou quatro anos e ganhar exposição nos portais, falando todas as besteiras que acha conveniente (abre o olho, Palmeiras!). Mas, para qualquer bom observador – pena que nem todo torcedor o é – fica muito clara, muito exposta, a mentalidade retrógrada e tacanha do Sr. Mustafá. Ele ainda pensa que um clube tem que economizar, e só economizar. Não contaram pra ele que atrair receitas – pra se poder gastar na montagem de bons times -, como foi feito na gestão anterior, é que é o pulo do gato, ou melhor, do porco.

Ano passado, segundo o que foi amplamente divulgado na imprensa, somando Avanti, bilheterias, patrocínios, naming-rights, cota de TV, venda de jogadores, venda de camisas e produtos oficiais… o Palmeiras terminou o ano com uma receita de quase R$ 500 milhões (440 milhões do futebol + 48 milhões, aproximadamente,  do clube social ( clube, para onde iam, antigamente, boa parte das receitas do futebol, né Mustafá?).

Nesse inicio de temporada 2017, em apenas 5 jogos pelo Paulistão e 1 pela Libertadores, o Palmeiras arrecadou o equivalente a R$ 9.282.856,67, com média de R$1.547.142,77 por jogo, e levou ao Allianz Parque 170.853 pagantes, média de público de 28.475 pessoas. No jogo Palmeiras x Mirassol, o mais recente jogo em nossa casa, o Palmeiras levou ao Allianz 21.488 pagantes, e arrecadou R$ 1.123.41,02. Pra você ter uma ideia, no campeonato carioca, Fla x Ban, Bot x Flu e Vas x Bot, juntos, levaram aos estádios 16.143 pessoas, e arrecadaram R$ 678.110,00.

Se levarmos em conta que, no Brasileirão 2016, o Palmeiras arrecadou R$ 42,3 milhões, com uma média de  R$ 2.226.928 e 31.359 pagantes por partida, e sabendo que ele está na Libertadores, com boas chances de se classificar à próxima fase, já está classificado no Paulistão,  disputará Copa do Brasil e o Brasileiro (onde deverá repetir as boas arrecadações), não fica difícil calcularmos, ainda que aproximadamente, que o Palmeiras, apenas com as bilheterias como mandante, vai faturar por volta de 80 milhões, se não mais.

Já a patrocinadora,  segundo as notícias, pagou ao Palmeiras no ano passado o equivalente a R$ 66 milhões, mais os R$ 12 milhões pelos gastos anuais com Lucas Barrios. E, neste ano, pagará R$ 78 milhões ao Palmeiras mais R$ 200 mil mensais, como parte dos salários de Borja. As luvas de 1 milhão de dólares (R$ 3,13 milhões) serão divididas entre o Palmeiras e a patrocinadora. Coube à patrocinadora também investir R$ 63,8 milhões mas negociações de Dudu (pagamento dos outros 50% dos seus direitos, e, ainda segundo as notícias, esse dinheiro, seria descontado quando o contrato fosse renovado), Fabiano, Guerra e Borja. E, no caso de negociação desses jogadores, o dinheiro investido será devolvido aos patrocinadores.

É realmente um ótimo patrocínio, a Crefisa é parceira do Palmeiras, no entanto, se ela muito faz ao Verdão, ela muito recebe também, não é mesmo ? Quanto mais investe no time, mais exposição positiva, e além do uniforme, ela tem, em todos os segmentos onde isso é possível. E o retorno é muito grande (A FAM, por exemplo, que tinha aproximadamente 5 mil alunos antes do patrocínio, tem hoje 17 mil).  E é essa parte que não vemos ser escrita por aí… são esses números que não são citados nas entrevistas  que ouvimos  por aí…

Eu não entendo nada de contabilidade, mas fui atrás das informações que poderiam me mostrar se é mesmo um patrocínio de “caridade”, se realmente “pagam muito mais do que vale”, ou se a patrocinadora “vai muitíssimo bem, obrigada” depois que veio patrocinar o Palmeiras. E, mesmo sem entender do assunto, (sei ler, somar e subtrair muito bem), tive a impressão que os números da Crefisa aumentaram bastante desde que ela passou a estampar a sua marca em nosso uniforme… tive a impressão de que o Palmeiras é muuuuito vantajoso pra ela…

Talvez, eu me engane… talvez, minha impressão seja correta…

Senhoras e senhores, apresento-lhes os balanços patrimoniais da Crefisa (parte deles) de 2013/2014 (antes do contrato com o Palmeiras) e 2015/2016 (depois do contrato com o Palmeiras)… Tirem as suas conclusões…

Então, né? Quem é que se dá bem com esse patrocínio mesmo? Parece que a ajuda é mútua… parece que a coisa é muito vantajosa para as duas partes… parece que o Palmeiras faz valer – e muito – cada moedinha investida nele…  parece que tem gente contando uma historinha pela metade para o torcedor palmeirense, você não acha?

Palmeiras e Crefisa é parceria que dá muito lucro… para os dois.

  • Rafael Libaia

    Agora me pergunte.. a grande Leila (que segundo ela mesma, é a pessoa mais importante da história do Palmeiras) conseguiu aumentar muiiito, mas MUITOOO seu patrimônio após “doar”dinheiro ao Palmeiras! E o Paulo Nobre, também teve sua riqueza aumentada? Então, ne?!?!.. Acho sensacional essa parceria, fenomenal mesmo! Mas ela só existe graças ao Nobre! Que equilibrou as finanças do clube, ou ela investiria no clube do Tirone? ou do Belluzzo? Só que ela sabe que quanto mais ajuda, mais ela ganha, pq nossa torcida É DO CARALHO! Compra a idéia mesmo, a FAM, tinha 4..5 mil alunos, e hoje? 18 mil! E ai? Ela doa tanto que tem nome da FAM até no canal do youtube (que somos lideres na America e vamos chegar ao topo do mundo), no nosso maravilhoso Centro de Excelência (que Nobre terminou com dinheiro próprio, de presente ao Palmeiras), e até em cima do Patch de campeão brasileiro! Estou criticando? Longe disso! Quero a camisa cheia mesmo, e os cofres cheios.. reforços bons.. MAS PARA DE FALAR , DE FAZER PARECER QUE ESTÁ FAZENDO FAVOR AO PALMEIRAS, LEILA!

    • taniaclorofila

      Pois é, Rafael… segundo as declarações que faz por aí, ela parece se achar a personagem mais importante da história do Palmeiras, mesmo… que coisa, não? É muita presunção, e cara de pau também.
      A parceria é excelente, não há dúvida, mas só é excelente, a Crefisa só injeta uma boa grana no Verdão, porque é excelente pra ela também, porque ela sabe que o dinheiro volta, e volta bastante aumentado. Não fosse isso, não seria do jeito que é.
      Esse papo de patrocinar por amor ao Palmeiras, é só isso mesmo… papo! Quem patrocina o Palmeiras por amor é só a sua torcida.

  • Igor

    As informações e textos do blog enriquecem cada dia mais.
    Blog sensacional !
    Um dos melhores da mídia palestrina !!
    Parabéns
    pelo trabalho !

    • taniaclorofila

      Muito obrigada, Igor. : )

  • Marco

    É inegável que o Palmeiras está se tornando um clube cada vez mais forte dentro e fora de campo. Os números mostram isso, tanto nos resultados da equipe, quanto na contabilidade.
    A política de formação do elenco tem se mostrado eficiente e dá resultados. Nesse sentido está a maior preocupação: ver pela imprensa que um antigo dirigente, sem a menor necessidade e sem o menor benefício para o clube, fazendo declarações inoportunas e desprovidas de fundamento técnico ou financeiro contra essa política de contratações do Palmeiras.
    Qualquer pessoa com o mínimo de raciocínio pode comprovar que se os resultados aparecem em campo e o balanço financeiro é cada vez mais positivo, ir contra o modelo de formação do elenco é sinal de ignorância esportiva, administrativa e de pensamento pequeno.
    O resumo simples é que o clube arrecada mais do que gasta e tem resultados!

    Bom deveria ser o tempo em que o time era sempre coadjuvante, muitos torcedores não iam mais ao estádio, não tinha sócio torcedor, tinha patrocínios “minguados” e as dívidas só aumentavam, pois não havia retorno!

    • taniaclorofila

      Mas que fique bem claro, Marco, que o time deixou de ser coadjuvante, trouxe o torcedor de volta, fez o Avanti explodir em número de adesões e não precisou mais ter patrocinadores minguados… graças à administração competente de PN e dos profissionais que trabalharam com ele. Foi por causa dessa administração também que o Palmeiras passou a ser muito atraente, passou a ser um negócio muito vantajoso para patrocinadores investirem grandes somas no clube, foi por isso que a Crefisa resolveu patrocinar o clube em 2015 (e não em 2013, por exemplo)… e não o contrário, como a deslumbrada empresária, e mais um monte de pessoas, tenta fazer parecer.
      O patrocinador investe forte, porque tem cada vez mais retorno, está ganhando muito dinheiro patrocinando o Palmeiras – bem estruturado e bem administrado – e não fazendo favor ao clube.

      • Marco

        Concordo plenamente e por essa razão acho temerário que o pensamento antigo volte a ser mencionado em relação á formação de elenco, mesmo que de forma isolada. A transformação pela qual o Palmeiras passou precisa ser preservada.

        • taniaclorofila

          Exatamente, Marco. E quanto mais se alimenta a falsa ideia de que dependemos desesperadamente dos patrocinadores, mais se tira a importância da grande transformação de estrutura e mentalidade pela qual o Palmeiras passou.

  • João vERDE

    Olá Tânia! parabéns pelo seu excelente site. Realmente são informações inestimáveis. Sua paciência e meticulosidade em juntar evidências para derrubar os argumentos falaciosos da mídia de merda são um bálsamo para a alma de todos os Palestrinos.

    • taniaclorofila

      Muito obrigada, João Verde. : )