Global, mundial… whatever… É Palmeiras campeão do mundo!

E então, ontem, a Fifa parabenizou o Palmeiras pela conquista do Mundial de 51, uma conquista que o cotovelo de um monte de gente insiste em negar…

E então, a Fifa escreveu que “verde era a cor da inveja”, e se referiu ao Palmeiras como “first global champion” – o Ibama não consegue nem calcular a quantidade de gambás (e outros bichos) que foram dizimados com essas afirmações…

Aí, parte da imprensa tupiniquim, a parte dos torcedores (rivais) profissionais de imprensa, se viu meio obrigada a noticiar a homenagem da Fifa ao Palmeiras, uma vez que os palestrinos veicularam as imagens dessa homenagem até não querer mais. Mas a imprensa não foi capaz de traduzir todas as palavras de  “first global champion”, não foi capaz de usar a palavra que tanto a incomoda… fizeram questão de não traduzir “global” como “mundial”, que seria o termo que mais comum aos brasileiros. Embora o significado seja o mesmo, não costumamos dizer aqui “campeão global”. Chegou a ser engraçado ler as tais manchetes.

Talvez, tenha doído muito a articulação entre o braço e o antebraço de uns; talvez, tenha doído o “curanchinho” de outros… talvez, se valendo da ignorância de muitos, tenha a imprensa feito uma última tentativa de fazer parecer diferente o que é fato consumado, é história… who knows?

Mas vamos lá… não exige muito dos neurônios. Até os dois que eu possuo – Edmundo e Valdivia – dão conta do recado…

Primeiro, vamos procurar os sinônimos (palavras de mesmo significado) para o termo “global”, usado em inglês…

Global-sinônimo

Um dos sinônimos é “worldwide”…

E qual será o significado de “worldwide”?

Tcharam…  M-U-N-D-I-A-L !!! Até o tradutor do Google sabe isso.

worldwide-significado

OMG!! Mundial? Como assim?

Será que no dicionário Inglês-Português é mundial também? “Não podice”! “Quitaconteceno??”

I’m sorry, people…

global-tradução

Então, né? Mais do que isso só se for desenhando… Palmeiras “first global champion” = PALMEIRAS PRIMEIRO CAMPEÃO MUNDIAL !! Consummatum est!

Força no analgésico e no antinflamatório, “rivaus”!  😉

 

  • Marco

    Preocupante para o restante do campeonato a arbitragem do carioca no jogo com o Atlético. Toda a impressão de que veio com a receita encomendada. Durante todo o jogo, dois pesos e duas medidas, amarrando o jogo e deixando a cera.
    Quem conhece o mínimo do que é o futebol dentro de campo pode perceber que a conduta do soprador de apito foi muito suspeita.
    Detalhe, nenhuma observação por parte da imprensa, tudo normal, só porque não teve lances tão polêmicos, Mas e daí, o jogo foi conduzido de maneira muito estranha.

    Ah, é a imprensa, esse caso do Mundial prova mais uma vez como são medíocres.

    • taniaclorofila

      Marco, o árbitro deu amarelo pro Tche Tche na primeira falta, mas “esqueceu” de dar amarelo para os jogadores do Galo… Eles cansaram de fazer faltas duras nos palmeirenses, e o juiz evitava o amarelo como podia. Só na segunda etapa, depois de 464756575 faltas pra cartão dos mineiros, é que ele tirou o cartão do bolso.
      Ficou claro que usava de dois critérios. Se amarelou o Tche Tche (era pra amarelo mesmo) na primeira, porque foi camarada com os mineiros?? Se usa de dois critérios, sabe muito bem o que está fazendo, não é mesmo? E está fazendo assim porque quer, ou porque foi incumbido de.

  • Paulo Rogério Almeida

    Dizem que nesse dia morreu muito torcedor que ia em notícias do Palmeiras pedir confirmações da FIFA.

    • taniaclorofila

      Hahahahahahahaah