#RAÇAPORCO , NÓS ACREDITAMOS !

Classificados no Paulista, primeiro do grupo, o time jogando melhor com Cuca no comando, com outra postura em campo… e, agora, chegou a hora de decidir vaga para a próxima fase da Libertadores…

Difícil? Sim é difícil. Impossível? De jeito nenhum.

Nos enrolamos, nas nossas próprias pernas, e complicamos a nossa situação no grupo, as nossas chances. É muito ruim termos

que torcer para um outro time para que seja bom para o Palmeiras, termos que depender da vontade de ganhar de um outro time, numa outra partida, por outro lado, saber que os dados ainda estão rolando é muito bom.

Não podemos fazer nada além de torcer, de estarmos todos juntos hoje, no Allianz, de coração e alma, e  doarmos a nossa energia e o nosso amor ao Palmeiras, mas temos que acreditar e acreditar muito. Nada está ganho e tampouco perdido antes do juiz apitar o fim de jogo.

E fhodhaC se o outro lá tem desfalques, fhodhaC se podem fazer um jogo de compadres, fhodhaC se o Palmeiras tem dificuldade pra marcar três gols… fhodhaC a calculadora! Se tiver que ser, será!

Como foi quando Euller marcou dois gols, um atrás do outro…

gol-Euller-classificação

… quando Galeano cabeceou “aquela” bola…

gol-Galeano-classificação

… quando Valdivia saiu do banco pra nos colocar na final…

Mago-gol-blog-clorofila

… como foi quando São Marcos fez três milagres em poucos minutos…

milagre-SãoMarcos

… quando uma defesa de pênalti nos fez avançar no caminho de um título inédito…
milagre-SãoMarcos-pênaltiVampeta

… quando Zapatta, diante da Santa Muralha, chutou pra fora…

… quando Cleiton Xavier fez um gol inacreditável, num tempo quase improvável…

Gol-CX-ColoColo2

Gol-CX-ColoColo

 

… quando Prass pegou tudo…

TextoFinal-Prass-defende

 

… Como foi quando Dudu decidiu…

gol-Dudu-final

… quando Jesus “multiplicou seus gols”…

gol-Jesus-Rosario

… quando Barrios nos manteve na luta…

gol-Barrios-Rosario

… como foi quando Prass correu, bateu e guardou, e nos fez campeões…

gol-Prass-título

Tá na nossa história, no nosso sangue, no nosso DNA… faz parte da nossa  essência…

As manchetes já devem estar todas escritas… VAMOS REESCREVÊ-LAS, VERDÃO!!

À LUTA, PARMERADA!! AQUI É PALMEIRAS, PORRA!

  • Emanuel Campana

    Acredito, principalmente por conhecer essas histórias e tantas outras que não me fazem desacreditar nunca.

    Parabéns por conseguir expressar de forma tão detalhada nosso sentimento.