ESSA É A “IMPRENSINHA”… LEVIANA E IRRESPONSÁVEL

Você lembra que escrevi aqui, há uns dias, sobre algumas notícias inverídicas, algumas informações distorcidas, que, repetidas à exaustão fazem com que verdades virem mentiras e mentiras virem verdades, não é mesmo? Como aconteceram com os “erros” de arbitragem contra o Palmeiras, nas partidas diante de Inter e FluminenC, que a imprensa, distorcendo tudo e negando o óbvio das imagens, fez parecerem benefícios ao Palmeiras.

Lá vamos nós, outra vez…

No domingo passado, na zona Leste, região de Itaquera, dois homens – um deles, com a camisa do Santos – foram covarde e brutalmente agredidos por dois indivíduos. Infelizmente, em decorrência dos ferimentos, um dos agredidos, que estava internado no Hospital Santa Marcelina, na região de Itaquera, morreu nessa quinta-feira.

As agressões foram filmadas por uma câmera de segurança de um posto de gasolina onde a selvageria ocorreu.

Os motivos eram desconhecidos (até hoje), mas, uma vez que um dos agredidos usava uma camisa do Santos, algumas pessoas trataram logo de classificar o ataque como briga de torcedores. Pode até ser que fosse mesmo, esse tipo de coisa costuma acontecer, e até com uma certa frequência, mas também podia ter sido uma coisa totalmente diferente, afinal, ninguém sabia nada sobre o caso, os agressores não tinham sido identificados e tudo estava no campo das hipóteses.

Mas claro que a “imprensinha”, caçadora de cliques e acessos, fez questão de, leviana e maldosamente, associar o Palmeiras à esse assassinato… Inventou mesmo. Uma camisa verde, usada por um deles, que nada tinha a ver com o Palmeiras, serviu para o imbróglio. Um, na base do “achômetro”, escreveu a asneira, a adivinhação; os outros todos, a repetiram na base do “Control+C e Control+V”.

Agressão-aos-torcedores-do-Santos-texto

Agressão-ao-torcedor-do-Santos
Agressão-ao-torcedor-Santos-ESPN

Agressão-ao-torcedor-Santos-ESPN2

Olha só o vidente global: “a PM informou que era um grupo de oito palmeirenses“… O nariz dele deve ter crescido um bocado depois disso…

Lamentável… pessoas que deveriam trabalhar com a informação limpa, contando ao telespectador o que aconteceu, e só o que aconteceu, acabam acrescentando detalhes por conta própria, distorcendo a notícia e trazendo ao telespectador uma “verdade” inventada… Atitude leviana, maldosa e irresponsável. E que, depois, fica por isso mesmo.

E a notícia, com o “detalhe” inventado, se espalhou até para outros países: Palmeirenses haviam matado um santista. Olha só a responsabilidade de uma informação assim. Olha só a exposição negativa à instituição Palmeiras, cujo nome e torcida – tem até fotos da Mancha(!!) – foram enfiados, graças à “boa vontade” da imprensa, numa notícia de agressão e assassinato.

Agressão-ao-torcedor-Santos-JornalMarca

Uma brutalidade absurda, um crime, e cabia à polícia desvendar o ocorrido, caçando os assassinos e colocando-os na cadeia.

Porém, à imprensa, a esportiva especialmente, cabia apenas noticiar os fatos, como eles ocorreram, sem adicionar nenhum “extra” por conta própria. Por mais que ela queira apimentar a final da Copa do Brasil, que acontecerá entre Palmeiras e Santos, não dá pra se colocar uma camisa do Palmeiras numa imagem onde não há uma camisa do Palmeiras, não é mesmo? Só se usarem Photoshop.

Agressão-aos-torcedores-do-Santos Agressão-aos-torcedores-do-Santos1 Agressão-aos-torcedores-do-Santos3 Agressão-aos-torcedores-do-Santos-tela-maior

Os agressores podem ser torcedores de qualquer time, até mesmo do Palmeiras, mas é preciso ter muuuuuito “boa vontade” e “estar muito disposto” a ver uma camisa do Palmeiras onde não tem uma camisa do Palmeiras.

Nem o camelô vende camisas do Palmeiras sem as listras da Adidas no local dos ombros e sem o distintivo do clube na parte da frente… por mais marreta que ele as faça. E se não tem as listras, se não tem o distintivo, se não tem p#@&rra nenhuma relacionada ao Palmeiras na camisa, esses “jornaleiros”  todos tiraram de onde que um dos assassinos é palmeirense? Viram na borra do café servido nas redações?

Um dos agressores está de camiseta verde e bermuda listrada de vermelho e branco. Seguindo a lógica torta da imprensinha, e a grande vontade de fazer o sujeito ser torcedor, eu diria que da cintura para baixo, por causa das cores da sua bermuda, o time dele poderia ser outro, não é mesmo? E o que dá as pauladas nas vítimas, qual a cor da roupa dele? São cores que podem ser associadas a algum outro time também? E por que só a camiseta verde caiu nas garras do ‘achismo’ da imprensa?

“Ah, mas um crime aconteceu e tem gente preocupada com o time?”, disseram alguns. Nos preocupamos, e muito, mas é com a irresponsabilidade, e as consequências, de uma afirmação baseada em “achismo”. Principalmente porque, como torcedores que somos, estaremos à mercê do “troco” de quem foi envenenado com a informação leviana, sem confirmação alguma , de que palmeirenses mataram um santista (como a imprensa noticia  fatos e detalhes sem a confirmação dos mesmos?)

Se são bandidos, se mataram um homem, não importa se torcem pro Palmeiras, pro Barcelona ou pro Ipatinga, da mesma  forma que não importa se a vítima era santista, cruzeirense ou ponte pretana… Não importa se foi assalto, vingança, rixa antiga, briga de torcedores, briga no trânsito, ou se um mexeu com a mulher do outro…  O que importa é que uma pessoa perdeu a vida porque foi atacada brutalmente por dois covardes, que precisam estar na cadeia.

Mas a imprensa não tem o direito de instituir que os assassinos sejam “palmeirenses”, se nenhum deles vestiam a camisa do Palmeiras, se eles nem  tinham sido  presos e identificados ainda. Digo “eles”, porque alguns veículos, além de nomearem o sujeito de verde como torcedor palmeirense, fizeram pior, nomearam palestrino o outro agressor também… “palmeirenses seriam os agressores”. Os ponteiros do “achômetro” dando voltas sem parar… E os níveis do profissionalismo e isenção… na reserva.

Que coisa irresponsável, não é mesmo? As torcidas de Palmeiras e Santos vão se “encontrar” em duas finais daqui a alguns dias. E nego dando um jeito de “incrementar” a rivalidade. E o pior, usando de poderes mediúnicos.  Jornalistas instigando duas torcidas rivais, com suposições, com informações não verificadas e não confirmadas. E depois ficam fazendo campanhas de “Paz nos Estádios”. Hipocrisia pura.

Mas, tem um agravante nesse achismo,  tem um detalhe nessa história que os “imprenseiros esportivos” mal

contaram pra você… Enquanto culpavam palmeirenses, pelo simples prazer de culpar palmeirenses, sem terem recebido informação alguma que confirmasse essa culpa, eles não divulgavam algo que foi dito na quinta-feira (12/11) no programa “Brasil Urgente”, na Band. Segundo o que foi dito no programa, testemunhas afirmaram que havia um outro elemento além dos dois agressores, e ele estaria num carro – que não aparece nas imagens – esperando os “amigos”. Esse outro elemento estaria usando a camiseta de uma organizada do Corinthians.

http://www.televideoteca.com.br/rede-band/brasil-urgente/homem-e-morto-a-pauladas-em-sp-172676

E a imprensa, por conta e achismo próprio, culpou torcedores do Palmeiras… que coisa, não? E isso se espalhou por aí e até em outros países noticiaram que “um santista foi morto por palmeirenses”.

Mas… eis que a polícia prendeu os assassinos… eis que a tal camisa verde apareceu… e… surpresa! A camisa era a do Brasil! E o motivo do assassinato foi uma briga de trânsito!

Agressão-ao-torcedor-Santos-camisaBrasil

Coisa feia o que fez a imprensinha, não é mesmo?

Vamos acionar os cronômetros para marcar quanto tempo a imprensinha vai levar para se retratar com o Palmeiras e com a torcida do Palmeiras – a Mancha Alviverde, especialmente… Se ela, “imprensinha” (a mesma, que fez inocentes os comprovadamente assassinos de Kevin, o torcedor boliviano), vai ser tão rápida para se desculpar, quanto foi para “supostamente” acusar…

Eu acho que vai demorar um bocado, tipo umas duas encarnações. E você, palmeirense, o que acha?

  • Fernando São José do Rio Preto

    Tânia, é nesta hora que gostaria de ter Eurico Miranda como presidente do clube para falar…tão somente falar…garanto que muitos da mídia pensariam muito bem antes de veicular o nome Palmeiras…com certeza teríamos maior respeito. Nossa sempre omissão por parte da diretoria nos levou a que vemos. Hoje não assistimos ao caso com a Crefisa, onde fazem de tudo para conturbar o ambiente e não aparece uma alma viva para colocar o preto no branco. Infelizmente.!!

    • taniaclorofila

      Eu também gostaria de ter dirigentes mais atuantes nessa parte. Que defendessem mais o Palmeiras e a gente palmeirense.
      Não é preciso bancar o brucutu, o ignorante, apenas dizer todas as verdades que precisam ser ditas. Com educação e perspicácia dá para fazer isso.

  • Fernando São José do Rio Preto

    Infelizmente!!! hoje!!! qualquer ASNO é jornalista…

    • taniaclorofila

      Verdade, Fernando.

      Tem cada asno na imprensa esportiva… e alguns, extremamente arrogantes, ainda se acham os tais.

  • Marco

    Arrogância, prepotência, irresponsabilidade, ignorância as marcas da chamada imprenssinha. Passaram do limite da esfera esportiva, julgando que a política de atacar sempre o Palmeiras deve existir em qualquer situação. Não medem as consequências que um comportamento irresponsável pode trazer.
    Não tem a dignidade, a humildade de reconhecer a irresponsabilidade, pedir desculpas publicamente e no mesmo espaço e dimensão emitir matérias assumindo a falha grosseira de procedimento.
    Mais uma situação para servir de aprendizado ao torcedor palmeirense, especialmente aquele que se guia cegamente pela cobertura esportiva feita por essa impressinha para o Palmeiras.

    • Francisco

      bem , como recentemente foi aprovado o direito de resposta , pela presidente, e confirmado que o motivo desta agressão foi outro; é só os representantes do Palmeiras ou torcida a partir de agora , usarem este direito ( que em países avançados tem a muito tempo ) para botar este lixo de imprensa no lugar devido

    • taniaclorofila

      A impressão que eu tenho é que eles foram irresponsáveis querendo ser irresponsáveis, uma vez que nenhum se retratou do absurdo de tentar culpar uma torcida por algo que ela nada tem a ver. Sem contar que pode acontecer muita coisa ainda em como consequência dessa irresponsabilidade da imprensa, de antagonizar duas torcidas rivais, cujos times disputarão um título nos próximos dias.
      Se acontecer alguma coisa com torcedores do Palmeiras, por causa dessa morte que quiseram nos jogar nas costas, será que poderemos responsabilizar esses irresponsáveis?

  • Emanuel Campana

    Abel neto deu a cara a tapa, por ter sido irresponsável, deveria ser devidamente punido pelo empregador, se esse é a favor da verdade(!???), pois disse “foram palmeirenses”, estão usando o microfone para falar só besteira, com uma irresponsabilidade sem tamanho e se acaso ocorrer qualquer conflito nas finais, seja mínimo ou ocorrer homicídio, quem deveria ser responsabilizado? Com certeza esses ment…. Opa esses jornaleiros, pois com essas mentiras não duvido que os torcedores usem isso como motivo (não estou dizendo que concordo). Imprensinha VC é podre……… “Não importa o que diga essa imprensa de gambá”

    • taniaclorofila

      Eu achei um horror o Abel Neto fazer as afirmações que fez. Elas são mentirosas, e o desfecho do caso mostrou isso.
      Quanta gente ainda deve estar acreditando que foram palmeirenses depois de ter ouvido esse escroto na TV… Nem todo mundo acompanha as notícias todas, e como eles não se retratam… fica o dito pelo não dito.

      Bando de irresponsáveis… e pensar que os assassinos do garotinho de Oruro eram tratados como vítimas por essa mesma imprensa…

  • Emanuel Campana

    Outra coisa……. Ontem (15/11) estava assistindo o fantástico (?????) e ao anunciar notícias da seleção brasileira, na tela atrás de Tadeu Schmidt tinha a imagem (virtual) de um estádio lotado, essa imagem é a do vídeo de divulgação do allianz parque (que foi divulgado durante as obras) e tinha nesse vídeo uma bandeira no canto esquerdo superior da tela com o símbolo do Palmeiras. Não sou advogado ou profissional de marketing….. Mas, “pode isso Arnaldo”?????”, será que não deveria ter algum contrato para usar as imagens???¿?? Ainda mais a imagem do Palmeiras associada a outra entidade?????? Tenho imagem e vídeo salvos.

    • taniaclorofila

      Emanuel, eu não sei ao certo, mas imagino que as imagens são de domínio público.
      E, muito embora não tenha nada a ver usarem a imagem do Allianz numa notícia da selenike, acho – não tenho certeza – que eles podem fazê-lo.

      • Emanuel Campana

        Tania muito obrigado e só uma preocupação com os jornaleiros que só querem ganhar em cima do Palmeiras

  • Renan Teles

    Boa tarde Tânia!

    Sei que faz um tempo, e acredito que mta gente nao prestou atenção no detalhe que vou mencionar.
    Nao faz parte deste assunto, mas vai na mesma linha que você discorre sobre uma imagem que corre o mundo, levando o nome do Palmeiras.
    Nao sei se você prestou atenção, mas fizeram uma matéria dias atras, do tal Lulinha, filho do ex presidente, no UOL sobre corrupção e enriquecimento ilícito desse cidadão (qual a novidade?) e colocaram uma foto do cara com a camisa do Palmeiras!!!
    Engraçado que nao me lembro de ter visto até hoje, uma matéria sobre algum empreendedor que conseguiu alcançar sucesso honestamente e em sua foto de matéria estivesse com a camisa do Palmeiras.

    Acho que nossa diretoria, deveria, com certeza, prestar mais atenção onde, como e por quem a imagem do clube anda sendo divulgada.

    O que você acha?

    Abração

    • taniaclorofila

      Boa tarde, Renan.
      Eu prestei atenção sim, e reclamei bastante disso com os meus seguidores do TT e amigos do FB.
      A imprensa cansou de usar imagens dele com a camisa do Palmeiras desde o início.
      Acontece que entraram todos pelo cano, porque o filho do “Filho do Brasil” começou a receber um dinheiro meio suspeito quando foi trabalhar nos gambás.

      Diz uma das notícias:
      Cu rintia pagou pelo menos R$ 400 mil a Luís Cláudio, filho de Lula, desde 2010.
      Andrés,na época, disse que o filho de Lula era olheiro, preparador.físico, responsável por parcerias com outros clubes, mas o cargo oficial era: Auxiliar de Escritório.
      A história dele no CU rintia se divide em duas: uma, com carteira assinada, como pessoa física; outra, como prestador de serviços por meio de sua empresa. Por 6 meses de carteira assinada, o caçula de Lula recebeu do COR aproximadamente 120 mil (valor maior do que os 90 mil q deveria ter recebido, uma vez que o salário era de +ou- 15 mil mensais).
      Depois q se demitiu, em 2010, ele continuou recebendo do COR por mais dois anos, por meio de contratos de prestação de serviços.O valor de um desses contratos é de 300 mil.

      Depois disso, depois que o Cu rintia o ajudou a ser empresário, as notícias passaram a ser essas:
      Novo depoimento de Lobista poderá levar filho de Lula direto para a cadeia, “pagamentos foram absurdos”

      “A LFT (uma das empresas do filho de Lula), QUE NÃO TEM NENHUM FUNCIONÁRIO, recebeu entre 2014 e 2015, R$ 2,5 milhões do escritório de consultoria Marcondes & Mautoni, que é especialista em representar montadoras de carro.
      O filho do ex-presidente reconheceu que nunca tinha prestado esse tipo de serviço que foi contratado pelo lobista. Mesmo sem experiência, ele levou um R$ 1 milhão pelo contrato”

      E aí, nessa notícia, ele aparece com a camisa do Corinthians, não deu mais para a imprensinha querer enfiar o Palmeiras na história.

      Como diria uma página de humor palestrina, os jornaleiros SI FO DE RO.

      E, em relação à imagem do clube, eu estou de acordo, o Palmeiras poderia ser mais marrento em relação a esses abusos da imprensinha. Tá muito permissivo.

  • Marco

    Lembrando a todos o exemplo de opiniões como essa do endereço abaixo:

    Quantos torcedores do Palmeiras não colaboraram para que opiniões como essa se tornassem guias de suas ações pela internet?
    Quantos torcedores do Palmeiras não se comportaram como massa de manobra de vários jornaleiros como esse?
    O Palmeiras já teria sua vaga no G4 assegurada, caso tivesse feito o contrário do que essa figura defendia, como defendiam tantos outros da imprensa?
    Atacar o Palmeiras em todos os aspectos é padrão de comportamento dos jornaleiros, seja no âmbito do futebol ou em casos de segurança como esse da violência contra a pessoa que vestia a camisa de outro clube.

    • taniaclorofila

      Marco, o torcedor tem que ser muito tapado para dar ouvidos a sujeitos como esse. É torcedor declarado do time rival, não tem um pingo de profissionalismo e nem competência (o sujeito não sabe nem falar corretamente) para estar no lugar que está, usa o seu espaço num veículo de comunicação apenas para e tão somente ser torcedor… do time rival do Palmeiras.
      Como dar crédito ao que ele diz?
      Mas, infelizmente, você tem razão, tem muito torcedor tapado, massa de manobra, que ajuda pessoas como ele a atrapalhar o Palmeiras.

      A imprensinha abusa da vontade que sente de denegrir e diminuir o Palmeiras. Como um amigo já disse aqui, até no caso do Lulinha, quase indo pra cadeia, deram um jeito de associar o Palmeiras, usando apenas imagens dele com a nossa camisa. Mas as coisas estranhas começaram a acontecer quando ele foi trabalhar no Cu rintia…

  • Fernando São José do Rio Preto

    COMENTÁRIO DE VERDAZZO NO OBSERVATÓRIO ALVIVERDE:

    Tudo normal na cornolândia

    Todos se lembram das rodadas 17, 18, 19 e 22, quando o SCCP foi “coincidentemente” ajudado pela arbitragem, assim como seus principais perseguidores acabaram “coincidentemente” sendo prejudicados. Houve muita gritaria entre os clubes e até entre setores da imprensa, que corajosamente declararam que o campeonato, qualquer que fosse o resultado em dezembro, já estava manchado.

    Some-se a isso a incrível marca de zero jogos às onze da manhã para os comandados de lorde Adenor. Enquanto havia times que já acumulavam cinco partidas sob o sol do meio-dia a temperaturas que ultrapassavam os 30 graus, ninguém pelos lados de Itaquera tinha o que reclamar do desgaste provocado por essas partidas.

    Diante disso, o Derby, na rodada 23, foi cercado de desconfiança e uma lupa foi colocada sobre a cabeça de Raphael Claus, que apitou o jogo de forma “perfeita”: defendeu o visitante sem precisar recorrer a erros grosseiros como pênaltis e gols irregulares, apenas amarelando nosso time e marcando as chamadas faltinhas que travam o jogo e prejudicam quem tem o domínio territorial.

    O placar de 3 a 3 sem erros capitais deflagrou uma série de textos de outra ala da imprensa, exaltando a beleza do futebol, defendendo a lisura da arbitragem e a integridade do campeonato. Não era bem daquele jeito, houve exageros, sabem como é: juízes erram para todos os lados, blábláblá… Só faltava ter o hino do SCCP de fundo.

    Pois o time do povo, da gente sofrida, empatou de novo na rodada seguinte e a distância para Atlético-MG e Grêmio diminuiu perigosamente. Sem problemas, resolveram isso tudo de uma vez: calaram a boca de todo mundo marcando um jogo às onze da manhã em casa, contra o Joinville – mas tiveram certeza que eles estariam bem cansados e marcaram o jogo anterior do JEC para quinta à noite. E pra garantir, Sandro Meira Ricci no jogo do Grêmio, e Leandro Vuaden no jogo do Atlético.

    E assim se desenrolou a rodada 25: no Itaquerão, serviço garantido, o primeiro gol do SCCP estava impedido. No Mineirão, quase tudo certo: o pênalti inventado por Vuaden aos 45 do segundo tempo, fora dá área, acabou defendido por Victor. E em Porto Alegre, o diretor do Grêmio, que perdeu seu jogo, só faltou matar o Sandro Ricci no vestiário.

    Meus caros cornos mansos, assim será até o fim do ano. Cinco pontos de vantagem sendo administrados. Imprensa amiga passa o pano se não houver necessidade de ação. Se ficar perigoso, mais “erros” para o lado que precisa, que a chifrudaiada vive sendo bombardeada que os tais “erros” são para todos os lados, acreditam, e segue o bonde.

    Não temos nenhuma vergonha na cara mesmo.!!

  • Fernando São José do Rio Preto

    Quarta-feira próxima pegaremos o Santos para a primeira partida pela disputa da copa do brasil, quando os cornorintianos pegarão o controle remoto!! Avanti Palestra!! Avanti Palmeiras!!! O verde representa esperança!! Estarei contigo sempre… sempre!!!