QUEM COM CHAPÉU FERE, COM CHAPÉU SERÁ FERIDO – A Lei do Retorno

“Em terra de clubes caloteiros, quem paga salários em dia é rei” – Tânia Clorofila

2015 começou bastante movimentado para os clubes brasileiros. Com as equipes sendo reformuladas, as contratações estão a todo vapor, mas, no Palmeiras, elas estão sendo feitas à jato, e na velocidade do som.

Nem bem Alexandre Mattos assumiu o cargo, e estamos vendo uma contratação atrás da outra – imagino que ele tenha orientado também as contratações anteriores à sua chegada oficial. É uma loucura! Se você se afasta do computador uma meia horinha, quando volta, o Palmeiras já contratou mais alguém. A gente perde até a conta às vezes. Parece até a Tele-Sena, que anuncia de hora em hora. Já são quatorze contratações (sim, quatorze), e o elenco está tendo um upgrade considerável de qualidade.

Chegaram Amaral, Lucas, Leandro, Andrei Girotto, Gabriel, Zé Roberto, Vítor Hugo, Rafael Marques, Robinho, João Paulo, Dudu, Victor Ramos, Alan Patrick, Kelvin e, acredite, tem mais gente pra chegar… Arouca é um deles – na próxima postagem, desvendarei a “mágica” (tem gente que acha que é mágica) que faz com que o Palmeiras tenha cash e os outros clubes não.

Mas vamos falar aqui de uma contratação em especial…

Nesse período de reformulação dos times, é claro que alguns jogadores acabam sendo pretendidos por mais de uma equipe. E tem equipe que vai procurar o clube para contratar o seu atleta, tem equipe que vai atrás dos empresários, passando por cima dos clubes. Uns, são éticos; outros, nem tanto… e há os que nunca ouviram falar nisso.

Lembra quando o “ético” presidente Leonor contratou um jogador do Palmeiras – aquele, da gastrite -, sem sequer falar com o Palmeiras, que tinha contrato com o atleta?  E você lembra que o presidente leonor disse aos palmeirenses na ocasião da sua contratação: “o choro é livre”, “ético é tentar adquirir o vínculo de trabalho, direitos federativos e econômicos, e antiético é subornar alguém”, “o Palmeiras está se apequenando”, não é mesmo?

Lembra que ele fez um pré-contrato com Wesley, que era do Palmeiras (Nessa, você dançou, Vaidar, comprou gato por lebre)?

Lembra também que, há umas semanas atrás, o Palmeiras tentava contratar Thiago Mendes e ele acabou indo parar no time vizinho? Uma coisa normal em tempo de contratações e de jogadores disputados, mas todo mundo achou que foi um “chapéu” que o Palmeiras levou. Teve um monte de gente que se divertiu com isso, se vangloriou… e o Palmeiras, sem motivo algum, virou alvo de gozações.

Pois bem, logo depois desse suposto chapéu, o Palmeiras, sem querer, deu um troco nos leonores. Ia contratar o Daniel, do Botafogo, mas ele foi vetado pelo nosso DM. Os leonores, ávidos por tentarem se mostrar mais espertos que os palmeirenses, mas um tanto quanto amadores, contrataram o moço sem constatar o que o DM do Palmeiras já tinha constatado: que o atleta precisaria fazer uma cirurgia e iria ficar parado de 6 a 8 meses… comeram uma bola legal os vizinhos, né? Precisaram até inventar uma historinha de que o atleta teve um acidente doméstico na passagem do ano.

Mas a cereja do bolo da Lei do Retorno, nem a gente esperava… foi um ‘chapelaço’, um sombrero, duplo, pra mexicano nenhum botar defeito, e do qual, com muita surpresa e risadas, tomamos conhecimento na manhã do último domingo.

Há algum tempo, os “itakeras” – sem dinheiro, e com salários em atraso – tentavam contratar o atacante Dudu, ex-Grêmio; os leonores – também sem dinheiro e com salários em atraso – resolveram disputar o jogador…

Foi uma lambança só. Um, queria pagar “X” com carnê das Casas Bahia; outro, pagava “X 1/2” com carnê do Magazine Luiza…

As notícias diziam que era uma queda de braço entre as duas equipes, uma questão de honra entre os dois presidentes. O da Vila Odebrecht, dizia que o jogador queria jogar lá; o do Jardim Leonor, dizia que o time dono dos direitos do atleta queria negociar com os leonores…

A imprensinha entrou na disputa também. A parte bambi da press o colocava no Jd. Leonor, a parte gambá o colocava na Vila Odebrecht e comemorava a contratação…

Quem dá mais? Quem ficará com Dudu? Nos noticiários esportivos não se falava em outra coisa.

Uma disputa acirradíssima… um verdadeiro ‘estica e puxa’. Ora o Dudu já estava contratado ali, ora era contratado acolá… e adivinhem quem contratou o jogador?

O PALMEIRAS, CLARO!

‘Chapelaço’ em todo mundo – nem a imprensinha suspeitou, tampouco os profetas palestrinos. Depois de tanta enrolação de bambis e gambás,  o Palmeiras (leia-se Alexandre ‘Mittos’), graças à ajuda do Palmeiras Avanti, entrou em contato com o clube, falou com o jogador na sexta à noite e fechou com ele no sábado.

E, claro que os que foram ‘chapelados’ trataram logo de dizer que já tinham desistido do jogador, que “a uva estava verde e não queriam mesmo”… e os que, em 6 de janeiro, comemoravam a sua contratação pelo time da Vila Odebrecht, passaram a menosprezar a contratação do Palmeiras no dia 12… de uma boçalidade sem tamanho, mas eu não esperaria outra coisa dele…

Guardadas as devidas proporções, essa agitação toda, parece até a época da Parmalat, não é mesmo? Uma tonelada de contratações, feitas em muito pouco tempo, e de maneira avassaladora; um monte de gente despeitada, como o ex-jogador que você leu acima, tentando desmerecer os atletas contratados pelo Palmeiras; gente tentando macular a montagem do nosso novo time, a maneira de trabalhar da diretoria, e a imprensinha sendo obrigada a falar do Palmeiras muito mais vezes, e por muito mais tempo do que ela gostaria.

Olha o Alviverde Imponente aí, gente!! Esse é o Palmeiras 2015! O Palmeiras que passou dois anos bastante difíceis… o Palmeiras que trabalhou durante esses dois anos, que tratou de cuidar dos alicerces, das finanças… e agora é ele quem dá as cartas no futebol.

E o Dudu… Ah, o Dudu agora é nobre…

  • Edmilson Miyasaki

    Para mim, Thiago Mendes foi só para dar um drible no SPFW. Inclusive, a imprensa considerou a contratação do Andrei muito melhor, já que é mais novo e promissor.

    Mas hoje (14/01) está devagar — não anunciaram ninguém. 😮

    • Fabricio Mesquita

      Certeza, atrapalhar um pouco as meninas.

    • Sabe que eu também achei isso, Edmilson? Mesmo porque eles acabaram gastando mais dinheiro na negociação, né?
      O Mattos está mandando muito bem nas contratações, mas hoje ele deve ter descansado um pouco, afinal, só tivemos a confirmação da contratação do Jackson. rsrs

  • Fabricio Mesquita

    Em 2015 Seremos o verdadeiro Palmeiras!

    • Já mudamos totalmente de cara nesse primeiro mês de 2015, né Fabrício?
      E já está todo mundo se descabelando com o Verdão… hahaha

  • Fernando São José do Rio Preto

    Não devemos dar crédito ao que a imprensa suja e tendenciosa publica, temos que procurar fontes de credibilidade e sabemos quais sejam, vemos constantemente a imprensa questionarem a qualidade das nossas contratações e a resposta quem dará serão os próprios atletas, só desejamos que respeitem nossa camisa e a todos nós torcedores palmeirenses e que façamos nossa parte apoiar incondicionalmente e que neste amistoso seja o início de uma nova era, com conquistas e alegrias, não precisamos de craques, tão somente de profissionais de caráter. Avant Palestra!!

  • Cleiton

    Olha eu nem sei dizer se esse Thiago Mendes é bom jogador ou não, também não sei se o Dudu vai arrebentar, mas o caso é que quando o Palmeiras entrou em contato com o Goiás, as bibas já negociavam com os agentes do jogador há 2 semanas, e graças ao verdão, eles tiveram que desembolsar uma grana pro Goiás, coisa que não pretendiam fazer. Em relação ao Dudu, a imprensa continua com o mesmo modo de atuar. Antes era craque, agora é mediano e só foi contratado pelo verdão porque o presidente é rico. Tenho certeza que todos viram a entrevista do Mattos dizendo que a contratação foi possível graças ao Avanti, mas ele continuam insinuando que o Nobre aportou grana pra contratar. Lamentável.

  • Vagner_SJCampos-SP

    É muito engraçado ver a cara sem graça da maioria dos pseudojornalistas gambas e bambis com esta avalanche de contratações do nosso versão. Bando de vagabundos que nos sempre procuram nos denegrir e agora vão ter que nos “engolir”. Chupa imprensinha maldita!!!!

    • taniaclorofila

      Verdade, Vagner.
      Alguns, não passam de uns pilantras.
      Veja, por exemplo, a repercussão da postagem do Tostão, no blog dele, desfazendo das contratações do Palmeiras, chamando o time de mediano. Foi repicada em vários portais.
      Tostão é cruzeirense, está despeitadíssimo porque o Palmeiras contratou o diretor de futebol, e eu não me lembro dele metendo o pau no trabalho do Mattos, quando ele estava montando o time das marias, que era beeem mediano. E se meteu o pau na ocasião, coisa que eu duvido que tenha feito, a imprensinha fez de conta que não leu, não viu, não soube.

      E fica a pergunta: Se o Palmeiras está fazendo contratações “medianas”, “que não significam nada”, o que dizer dos clubes que, sem um puto de um centavo no bolso, nem essas contratações conseguem fazer??

      Já disse numa postagem anterior, e vou repetir, estou apostando as minhas fichas todas no Palmeiras!!