PROCURAM-SE…

Procuram-se jornalistas esportivos que tenham visto o pênalti cometido por Lucas Fonseca em Valdivia, programas esportivos que o tenham mostrado e discutido, portais que tenham publicado essas imagens, narradores e comentaristas que sobre ela tenham falado, promotores da Justiça desportiva que, baseados nas imagens dessa agressão, tenham denunciado o jogador infrator…

São procurados também os replays – em todos os ângulos possíveis -, dessa penalidade no Mago, as análises sobre a agressão sofrida por ele, as imagens dessa penalidade nos vídeos de melhores momentos do jogo… Procuram-se os óculos dos elementos, totalmente míopes (cegos?), que arbitraram a partida entre Palmeiras e Bahia, e que não viram o jogador do Palmeiras ser agredido dentro da área, e com a bola em jogo…

Procuram-se o tal “jornalismo à serviço da informação” e a honestidade da imprensa esportiva…

VOCÊ OS VIU POR AÍ??

  • Armando

    Imprensa esportiva virou jornalismo de baixa qualidade. Não que seja algo de extrema importância, mas já que existe esse departamento, por que não fazer direito? O amadorismo e o clubismo imperam, principalmente na TV.

    Um bando de ex-jogadores e jornalistas formados com pires na mão, temendo serem repreendidos por seus respectivos chefes. São covardes ou mal intencionados que desejam ganhar fama à base de espetáculos circenses.

    Os canais e programas esportivos viraram um centro de idiotas dando opiniões pessoais e latindo mágoas, sabe-se lá de quem. Criam inimigos imaginários, bate-boca desnecessário, uma converta de botequim.

  • Caio Filardi

    Palmeiras prejudicado, assim sendo, ninguém viu. Dificilmente alguém os vê.

    São vistos apenas quando os prejudicados e/ou interessados são os ‘4 cavaleiros do apocalipse’, que atendem por São Paulo, Corinthians, Flamengo e Fluminense.

    Há também uma rara, mas muito rara situação em que possam ser vistos, quando por algum equívoco muito, muito raro (e grave) o Palmeiras venha a ser ‘supostamente’ favorecido. Caso contrário são praticamente inexistentes.

    • Marco

      Grande Caio Filardi,
      Palmeirenses como você fazem muita falta para a “mídia palestrina”.
      Quem é palmeirense de coração nunca deixam essa paixão!

  • Fernando

    Tamanha decepção o resultado perante ao atlético com time reserva, não vimos sequer disposição e empenho por parte dos atletas palmeirenses, omissão mais uma vez de nosso treinador com jogadores que sequer acertavam passes, são eles: Mazinho, Marcelo oliveira, Allione, Renato, esperar oque para mudar time já no primeiro tempo? Que me perdoe Henrique, perder o gol que perdeu não tem explicação, só de pênalti não vale, ser artilheiro de um campeonato com esta habilidade é piada!! Não passa de um jogador como qualquer outro do elenco…fraco demais!!!

    • FABIO

      ate meu filho com 9 anos fazia aquele gol que henrique perdeu contra o atletico

  • Marco

    Em relação ao tema deste tópico, é fundamental lembrar aos palmeirenses, à direção do clube e ao elenco que o tratamento desonesto dado pela imprensas (os formadores de opinião) acaba resultando em consequências para os futuros jogos. Ficou mais uma vez provado pela omissão proposital da imprensa (e desta vez foi da imprensa em geral) que ela age com má intenção, direcionando o cobertura esportiva.
    A regra informal de que se errar contra o Palmeiras não acontece nada, não há consequências é o que a imprensa tenta implantar.
    Porém, desta vez, graças a denuncia que chegou diretamente à Comissão de Arbitragem, o árbitro fiou de fora de uma semifinal da Copa do Brasil e não apitou o Grenal.