O BOM FILHO A CASA TORNA

 

Palestra-Allianz-fotoblogdaclorofila

“Luz acesa, me espera no portão
 Pra você ver
 Que eu tô voltando pra casa…” 

Chegou o dia!! O bom filho a casa torna!

Depois de quatro anos que nos despedimos do Palestra, depois de quatro anos sem nos ajeitarmos naquele Pacaembu estranho – sim, nunca conseguimos nos sentir adequados ali -, eis que vamos, finalmente, voltar pra casa.

Para as pessoas normais, e nós não somos normais, somos palmeirenses, pode parecer algo comum, mas, como diria Joelmir (ele estará lá hoje também, tenho certeza), só quem é palmeirense sabe o que significa…

Eu já estive no Allianz Parque algumas vezes, mas sei que não será a mesma coisa. Estar lá, com o Palmeiras em campo, em seu primeiro jogo na casa nova, vai ser pra matar de emoção. Foi difícil até pra dormir essa noite… O coração querendo estar lá de todo jeito, o coração batendo loucamente, ansioso por se ver em casa e em paz… As ‘crianças’ ansiosas pelo ‘presente de Natal’, acordando várias vezes durante à noite – acordei inúmeras vezes…

Nossa alma está em festa… Mas a festa, o presente, não é só nosso… o Brasil ganha a mais bonita e moderna arena do mundo, Sampa ganha o melhor espaço para shows do país,  e 20 milhões de palmeirenses – vinte milhões sim! Só as outras torcidas aumentam? – ganham a sua casa de volta. E sem um centavo do dinheiro público, diga-se de passagem!

E nós, os privilegiados que vão ao Allianz Parque hoje, temos um compromisso. O compromisso de fazermos jus ao que estamos recebendo, ao que representamos… nosso clube é o mais vencedor do país,  “moramos” na mais bela casa do mundo… portanto, temos o compromisso de continuarmos a ser a melhor torcida do mundo. Temos o compromisso de representarmos dignamente todos os que nos acompanham…

Não estaremos sozinhos lá hoje… Não seremos trinta e nove mil pessoas apenas… Não! Seremos milhões, estaremos milhões, respiraremos milhões, cantaremos e torceremos milhões… Estarão conosco no Allianz Parque todos os outros palestrinos que se encontram espalhados pelo Brasil e pelo mundo, estarão no Allianz a palestrinidade e a energia dos nossos antepassados, dos amigos que já se foram, dos que esperaram até o dia de hoje para se despedir…

O Palestra Italia ressurge, de roupa nova e nome “artístico”. O nosso Palestra, nosso Allianz Parque, nosso Palmeiras, nossa Família de Sangue Esmeralda.

A nossa casa está de volta!  A Turiaçu está de volta, e o Bar Alviverde, e a cerveja antes do jogo, e os palmeirenses espalhados pelas ruas do entorno, e a torcida cantando antes de entrar, e os amigos se encontrando outra vez… Está de volta o pedaço de chão que é tão nosso, e que sabe tudo de nós.

Vamos comemorar, parmerada! Vamos colorir o Allianz de alegria e amor ao Palmeiras!

Vamos enfeitá-lo com os nossos sorrisos, com as nossas vozes e nossas músicas, os nossos aplausos, as nossas caras pintadas, nossas bandeiras e camisas, nossas máscaras de porco, nossos cabelos verdes… as nossas lágrimas de alegria e orgulho. Vamos batizar o Allianz Parque com as nossas melhores energias!

Parabéns, Palmeiras! Hoje é “O” dia! Hoje é “A” festa! Esperamos quatro longos anos por ela! Nosso mundo amanheceu mais verde e branco do que nunca!

DeVoltaPraCasa

BEM-AVENTURADO SEJA O ALLIANZ PARQUE! E BEM-AVENTURADOS SEJAM TODOS AQUELES QUE ESTÃO VOLTANDO PRA CASA!

QUE NA SUA CASA, O PALMEIRAS E A SUA GENTE ESCREVAM MAIS 100 ANOS DE GLÓRIAS PALESTRINAS!

O PALMEIRAS VAI JOGAR NO ALLIANZ PARQUE, NÓS VAMOS!!

  • Joab

    Acordo e durmo pensando na nossa volta pra casa e nos três pontos, que temos de conquistá-los de qualquer jeito.
    Da minha confraria, Famiglia Mendoratto – Campinas, só eu consegui ingresso, por isso entendo muito bem quando você disse que milhões estariam conosco.

    Avanti, Palestra!

  • Fernando

    Mais uma novidade para este jogo na noite de hoje, sem Mago nosso time é um verdadeiro catado, sem empenho, sem vibração, sem tesão, sem esquema de jogo, sem técnico, sem diretoria….só e ainda bem com uma TORCIDA QUE MERECE AO MÍNIMO RESPEITO DE TODOS OS PROFISSIONAIS. Você que como eu é torcedor apaixonado pelo verdão, nesta noite mostre a estes safados do futebol o que eles devem fazer pela instituição palmeiras. NÓS NÃO NOS DEIXAREMOS SER DERROTADOS INDEPENDENTEMENTE DAS ADVERSIDADES POIS SOMOS PALMEIRAS E A EMOÇÃO BEM COMO O CORAÇÃO JAMAIS DEIXARÃO DE EXISTIR EM NOSSAS VEIAS. Tenha sucesso em seu retorno a casa verdão!!! Por favor…nos tire desta situação urgente!!!

  • washington luiz campos

    TANIA, ESTAREI NO PREMIERE, QUE INFELIZMENTE NAO SERA TRANSMITIDO EM HD, TORCENDO PELO NOSSO ALVI VERDE.ABÇS.

  • FABIO

    tania li o texto e porque nao dizer fiquei emocionado com tudo que vc faz e fala ,vc começa ler o texto e nao tem como nao se emocionar valeu mais uma vez por tudo e torça muito eu vou ta torcendo em casa sou pernanbucano e palmeirense apaixonado um abraço e ate a proxima

    • taniaclorofila

      Fabio, me perdoe, na emoção do nosso retorno, acabei me esquecendo de te responder.
      Eu torci muito, viu? E sei que você também torceu. E porque torcemos sempre todos juntos, não importando o lugar do país, ou do planeta, onde cada um de nós esteja, é que a nossa torcida é tão especial, é a Família Palmeiras.
      Um abração pra você e para os parmeras de Pernambuco também!

  • Ricardo

    Prezada,
    pelo que li nos livros do Palmeiras, a foto no alto à esquerda seria do primeiro jogo contra o Savoia, em Votorantin / Sorocaba e não do Palestra Itália.
    De qualquer forma, o Allianz Arena é espetacular!
    Por outro lado, e em tom de desabafo,qualquer coisa ou alguém que fique do lado mustafento é adepto da tragédia e faz o Gigante Palmeiras, pequeno.
    É preciso que os palmeirenses, de fato, se juntem e mudem para o outro lado desta figura tacanha. Sócios, tenham juízo!!!

    • Pode ser, Ricardo.
      Tive que fazer a imagem correndo ontem, meu note estava travando e nem consegui me certificar sobre o período das fotos.
      Vou verificar, e fazer a correção. Obrigada.

      Isso, de lado mustafento, é bastante relativo, Ricardo. Tá cheio de gente na oposição, que apoiava integralmente Tirone e Frizzo, lançados pelo Sapo, na chapa do Sapo.. e iam reeleger Tirone (Perin apareceu na emergência) e só não puderam porque o time estava caindo.

      O que precisa mudar no Palmeiras, é a mentalidade de se aproveitarem do Palmeiras. Tem muita gente que só pensa nisso, só age pensando nos próprios interesses.

      • Ricardo

        Prezada,
        acompanho seu blog a muito tempo e vou continuar. É um dos mais interessantes da mídia palestrina.
        Mas acompanho o Palmeiras desde sempre, nestes meus quarenta e nove anos, e tenho certeza que oportunistas sempre existem. Nas situações, nas oposições, no futebol, na política.
        Mas mesmo com o vai e vem dos interesses, uma coisa tenho certeza absoluta. Se o pensamento mustafense está de um lado, os palmeirenses devem estar do outro.
        E como gigante que somos, não cabe lamentar situações financeiras herdadas e diminuir o ativo do clube, o futebol e sua torcida, e sim buscar receitas com discurso positivo. De longe outros clubes com melhores elencos, têm dívida muito, muito maior do a do Palmeiras.
        Pelo que vejo nas informações (e não boatos) que surgem, optamos por incluir “receitas” adiantadas, como despesas, ao contrário de outros, para justificar a miséria. Por outro lado, a ausência de patrocínio, a perda de visibilidade na tv, a perda de cotas por uma eventual terceira ida à série b (o fluminense acabou de ser goleado pela chapecoense no maracanã!),a troca de um jogador por cinco, quer dizer quatro, quer dizer para comprar um dos quatro, quer dizer …, a doação de ídolos, a tentativa de se desfazer do Valdívia (já estaríamos rebaixados a tempos), etc etc etc. É a cartilha mustafenta… Não dá, Espero que os palemierenses de fato, se reúnam sempre do lado oposto de mustafá, que tem a seu lado um exercito de sócios não palmeirenses rindo como hienas nas piscinas.
        Aliás, com a situação atual, acho melhor nem ficar escrevendo, visto o desanimo. De qualquer forma um abraço, e vamos de novo torcer nas três rodadas e no Allianz no último jogo!
        abs e força com o blog!

        • Ricardo, a perda de visibilidade na TV se deve a contrato feito anteriormente.

          Acho bastante estranho esse papo de Mustafá aqui, Mustafá ali (e não me refiro a você, mas existem pessoas que usam isso de maneira equivocada, de maneira eleitoreira)… Mustafá elegeu Tirone e Frizzo e ninguém dizia que ele administrava o clube. Principalmente as pessoas da atual oposição, que os apoiavam cegamente. Uma coisa é receber os votos, outra bem diferente é ser lançado candidato por ele, pela chapa dele, pelo “plano de governo” dele. Muita gente que faz oposição hoje, não abriu a boca para citá-los nem quando o Palmeiras caiu, ou quando se safou na antepenúltima rodada em 2011. Apoiaram os pupilos de Mustafá até o último instante. Fui num churrasco de veteranos, durante a gestão Tirone, e tive o desprazer de ver pessoas de um determinado grupo, tratando o então presidente e o seu vice, como se fossem grandes celebridades, e como se estivessem fazendo um bem enorme ao Palmeiras. Agora, por oportunismo, jogam o Mustafá pra cima do presidente atual. Mas eram essas mesmas pessoas que pretendiam reeleger Tirone para 2013/2014.
          Paulo Nobre cometeu muitos erros – na minha opinião, do final do Paulistão pra cá. Até então, eu achei que tava td certo – mas cometeu esses erros por ele mesmo, pela sua teimosia, falta de flexibilidade, ou falta de visão em alguns momentos, talvez até mesmo por prepotência ao não dar ouvidos a ninguém, mas nada a ver com o Sapo. A venda do Mago foi o maior deles. Não ter se dado conta que Valdivia era o tijolo que sustentava o nosso fraco time, foi de uma falta de visão absurda. Foi ele sair e o time começar a perder uma atrás da outra. Imagina se ele não tivesse voltado? Se não tivesse melado a negociação com os árabes? Estaríamos rebaixados faz tempo se não fosse ele (é dele que espero a nossa salvação).
          Já que não temos um terceiro candidato, uma terceira opção, e eu gostaria que tivéssemos, espero que PN tenha aprendido com as bobagens que fez, e espero que ele continue. O outro candidato foi o pior diretor de futebol que tivemos, tem uns casos bem mal explicados dentro do Palmeiras que envolvem seu nome – o gasto de meio milhão na reforma de um restaurante, que todos sabiam ia ser demolido logo depois; a criação de um curso de Pilates para empregar a própria filha com salário de aproximadamente 10 mil reais; uma história sobre materiais que sumiam de um departamento, do qual ele preferiu renunciar a permitir que se fizesse uma investigação – Mustafá ameaçou levá-lo para a delegacia e expulsá-lo (a história é mais ou menos essa). Sem contar as pessoas que estão com ele, que estiveram envolvidas em sumiço de dinheiro do Palmeiras. Junte-se a isso o fato de estarem do lado da construtora na questão das cadeiras que por direito são do Palmeiras – como palmeirenses podem estar de um lado que não seja o do Palmeiras? Não gosto desse tipo de coisa.

          Nossa situação financeira vai mudar bastante, e para muito melhor, agora que temos a arena funcionando. E eu continuo dando preferência a quem eu acredito que não vai se aproveitar disso.

          Mas, seja quem for que assuma o clube, para nós torcedores nada vai mudar. Vamos torcer para que dê certo, vamos criticar ou parabenizar quando for o caso, e vamos continuar torcendo pelo Palmeiras do mesmo jeito, sem mudar nada.
          Estamos bastante desanimados agora – eu estou -, mas não deixo de acreditar que vamos escapar.

          Um abraço, e “vamo que vamo”!

          • Ricardo

            ok! discordo de você em muitos pontos. O diz que diz de um lado e de outro, raramente é provado e levado a cabo como na política do Brasil. Normalmente é usado só para denegrir o oponente. Esperamos que mude e que e que não seja meramente partidário.
            Para trocarmos informações … pelo que soube na imprensa, à época, a negociação com a platinada na gestão Tirone, foi ponteada por mustafá.
            Ou seja, mesmo torcendo para o acerto de qualquer presidente, não consigo ver a possibilidade de quem o tem ao seu lado, realize qualquer ação boa.
            Salvo o avanti, que ao meu ver cresceu inflado por oportunidades específicas, a aquisição de ingressos para a LIbertadores de 2013, e agora com a arena, não consegui ver uma ação acertada na atual gestão. E não sou daqueles que torce para dar errado. Muito pelo contrário!
            Assim, agradeço seu debate civilizado, educado e positivo e destaco que é um prazer tê-la como aliada na torcida que canta e vibra.
            De minha parte, espero que os de fato palmeirenses, e capazes de ambos os lados, ou de todos os vértices, possam algum momento atuar junto em prol do gigante Palmeiras.
            E torcida incondicional nos três jogos que faltam.
            Campeões do Mundo!
            abs

          • Ricardo, acho que é equivocado dizermos que o Avanti cresceu por oportunidades específicas. Eu sei que elas ajudam, mas, fosse assim, o programa teria explodido em adesões na final da Copa do Brasil. Não há oportunidade melhor do que uma final de campeonato, ainda mais para um clube que anda carente de conquistas. E não passamos de 9 mil nessa época. A meu ver, a maneira como o Avanti passou a ser conduzido desde 2013, foi que fez com que as adesões aumentassem. Antes, a única vantagem para o torcedor era poder comprar ingressos e mais nada. E, às vezes, nem isso, como foi o meu caso em 2012, quando fiquei sem ingressos para a final.

            Sinceramente, eu espero que Paulo Nobre ganhe, e que, agora que a situação financeira já está de certa forma estabilizada, ele cuide do futebol como o cuidado que o futebol merece. Nada menos do que isso será aceitável.

            No entanto, é como eu já disse anteriormente, com ele eleito, ou com o outro candidato eleito, nada mudará pra mim, vou continuar torcendo pelo Palmeiras, reclamando do que eu achar que está errado, elogiando o que eu achar que foi acerto, vou continuar brigando com as arbitragens que nos prejudicarem, com a imprensa, quando ela merecer… e vou continuar torcendo para que os dirigentes façam o melhor que puderem. Não dá para fazer diferente.

            E concordo com você quando diz que os palmeirenses de todos os lados e “partidos” deveriam esquecer a vaidade e a sede de poder (a parte da “vaidade e sede de poder” é por minha conta) e atuar em conjunto pelo bem do gigante Palmeiras. Todos ganhariam com isso.

            E vamos nos manter unidos e torcer muito nesses jogos que faltam, e rezar também!
            Nós vamos conseguir!

            Um abraço.

  • GILSON

    Um estádio de primeiro mundo para um time horrível, ridículo, talvez o pior da história do meu Palmeiras….

    E olha que já vi muitos jogadores ruins, principalmente nos anos 80, mas vendíamos sempre muito caro uma derrota, pois quem vestiam nosso manto eram limitados tecnicamente, porém tinham vergonha na cara….

    Ter que torcer p Marcelo Oliveira e seu jeitão vaca-louca; Wesley e toda sua displicência (provavelmente já fechou com os bambis, não sei porque continuam o escalando); Felipe Menezes que parece que não sabia o que estava fazendo ali; e ainda Diogo e Henrique, o ataque da Portuguesa rebaixado, titulares absolutos do maior campeão do Brasil….

    Duvido, duvido alguém me apontar um time grande que queira qualquer um desses caras aí!

    Aí o técnico, sempre nervoso ao extremo, quer mexer no time, olha p banco e vê o Bruno ou Deola, Welder ou Wendel, Lúcio e seus 75 anos, Mendieta, Egúren, Bernardo, munseismaisquem….., é pácabá, é muita ruindade p um só elenco…!

    Como se não bastasse, poderemos amargar nosso terceiro rebaixamento, e se não cairmos será por total incompetência de nossos adversários, não por méritos….

    Depois de tudo isso, ainda tem eleições!

    Nossa, que legal, poderão todos dessa diretoria incompetente saírem, estaríamos pensando, mas, infelizmente, se a trupe do nosso querido presidente playboy sair, assumirá um desses velhos carcamanos que historicamente afundaram o clube em dívidas e apequenando-o…

    Tânia, qual seria então a solução?

    • Gilson,

      Nosso time é ruim, mesmo, mas não concordo que seja o pior da história como afirmam alguns. E, por pior que sejam os jogadores, ainda assim, eles tinham que jogar mais do que fizeram ontem.
      Acho que Dorival escalou o time errado e substituiu errado também. Por exemplo, no jogo anterior, ele sacou Wesley, que não jogava nada, e colocou Mazinho, que não jogou nada também. E deu tudo erradíssimo. O que o fez pensar que, ontem, repetindo a escalação e a substituição, daria tudo certo? Teria sido muito mais interessante, se ele tivesse tentado o Washington, por exemplo. Teria sido mais coerente, e isso sou eu que acho, se ele tivesse entrado com Mouche e Alione.

      Continuo achando que não vamos cair, mas isso não muda tudo o que estamos vivenciando agora.

      Quanto às eleições, eu não voto, e a minha condição de torcedora não muda com “A” ou com “B” no comando do clube. No entanto, temos duas opções, e uma delas vai acontecer, não é mesmo? Portanto, colocando tudo na balança, eu prefiro sim que continue tomando conta do Palmeiras quem eu acredito que não quer e não vai se aproveitar do Palmeiras. Afinal, esse “se aproveitar do Palmeiras”, foi (desde muito tempo) a causa primeira de estarmos na situação em que estamos nesses últimos anos.

  • Saldo final: triste.

    Não pela Arena que (meudeusdocéu!) é espetacular. Não pela organização que, ainda que tenham batido cabeça em alguns momentos, não deixou a desejar. Não pela torcida que enquanto teve forças não parou de gritar e pular.

    Mas o time, gente, o time… Não renovam com o Marcelo Oliveira, mas continuam escalando ele. Qual o comprometimento de um jogador assim? Toda essa novela em torno do Wesley que, pelo amor, não dá (e faz tempo que não dá). Felipe Menezes, um cara de criação, parado com a mão na cintura entre dois defensores do Sport. Henrique, caneludo, que não domina uma bola, e que se não fosse os passes do Valdívia e/ou todos os pênaltis que ele converteu, não sei se teria nem 3 gols no campeonato. Dos meninos (João Pedro, Nathan, Vitor Luiz, Tobio, Allione) nem vou falar porque, cáspite, são meninos ainda, ainda mais os que vieram da base.

    E enquanto seu Paulo Nobre afirma que está se empenhando na renovação do Wesley (NÃO, PN, NÃO!!!), uma prata da casa já da base se esparrama de tanto fazer gols e já é sondado pelos rivais. Cadê o empenho para segurar esse menino?

    E por falar em renovação… Ah seu PN e seu Pescarmona… Contrato do Valdivia está vencendo em agosto de 2015. Alguém está se movimentando para a renovação? Porque, desculpa, hoje o Valdivia é 3/4 desse time (1/4 para o “you shall not PRASS). E sem mimimi de que “não podemos depender do Valdivia”!!! Não, não podemos depender e por isso temos que ter ELENCO mas, com ELENCO E VALDIVIA, quem poderá nos segurar?

    E deixo minha propagandinha que, na minha visão, é para nosso bem: http://fb.com/ficavaldivia . Clica lá e curte, vamos tentar fazer um pouquinho de peso.

    E se a Tânia puder divulgar a fanpage no blog, seria demais! =D

    Saudações Alviverdes.

    • Derly,

      Mago quer ficar, e Paulo Nobre disse na imprensa que quer que ele fique. Acho que vai dar certo.
      Vou mandar pro Mago a fanpage, tá?

      Um abraço

      • 😮

        Se ele responder ou der um jóinha lá, vou zerar a vida!!!!! =D

        Valeu Tânia!!!

        • Derly, se ele vai responder, eu não sei. O perfil do FB, que eu saiba, não é dele.
          Mas ele vai ficar sabendo da fanpage logo logo, se é que já não sabe… rsrs
          Passei pra assessoria dele. 🙂

          • Sucesso Tânia!!!!

            Sem palavras para agradecer! 😀

  • E olha que no meu comentário nem falei de Juninho, Mazinho, Diogo… /o\

  • Fernando

    Comentários paralelos pedem saída de Dorival, com ele pior sem ele, nesta fase do campeonato com tres jogos para final não é solução penso eu. Acredito que tenha pulso em sacar do time jogadores que não possuem compromisso e identidade alguma com o verdão, Wesley, Menezes, Bruno Cesar, Diogo, e por aí vai. Agora eu pergunto: Estar entre as quatro piores equipes de um campeonato nivelado por baixo é um tapa na cara de nós verdadeiros torcedores palmeirenses, falta comando, dedicação, satisfação em vestir a camisa que tem história. Jogadores, por favor, não façam isto com meu verdão, tenham vergonha na cara e respeitem a todos nós torcedores palmeirenses, aqueles que não se sentem capaz em vestir nossa camisa que tenham a transparência e saiam já.
    Não sei se conseguirei chegar até o final deste campeonato vivendo tal realidade, pior que isto, comando técnico achando que tudo está em ordem. “VERDÃO, VAMOS REAGIR E TER RESPEITO A TODOS NOS TORCEDORES”

  • segio marangão

    Não me diga que vc ,tá igual o brancazzo do conrrado Cacace !!! é sim o pior time da história dos cem anos do Palmeiras !!!!E só não vai fechar com chave de ouro na segundinha, porque tem 3 ou 4 um pouquinho PIOR do que o PALMEIRAS !!!!