E NÃO É QUE A MENTIRA TEM PERNA CURTA MESMO?

Há uns dias, surgiram rumores de que o Palmeiras estaria negociando a volta do lateral Cicinho.

Muitos torcedores – eu, inclusive – ficaram contentes. Seria uma boa termos a volta do lateral.

No dia seguinte ao início dos rumores (há uns 4 ou 5 dias atrás), surgiu uma matéria com a informação de  que é difícil a negociação, uma vez que Cicinho prioriza ficar na Europa, e que uma volta ao Palmeiras só acontecerá caso ele não encontre nenhum clube que o queira por lá (a leitura é: Palmeiras é a últimas das opções e, como “salvação da pátria”, só no caso do jogador ficar desempregado).

Cicinho-Globo1

 

Então, quer dizer que o Cicinho acha que não é hora de voltar, e a sua prioridade é a de se manter na Europa? Pôxa…

Mas SERÁ que é assim mesmo?????

Vamos fazer uma visitinha à conta do Cicinho no Instagram…

Instagram-Cicinho1

 

Não é preciso acrescentar mais nada, não é mesmo?

A única coisa que se faz necessária é descobrirmos qual(is) o(s) motivo(s) desse ranço todo com o Palmeiras e a quem ele interessa.

Vamos continuar de olho, uma hora a gente descobre…

Saudações clorofiláticas!

  • Marco

    As notícias sobre o Valdívia e sua possível saída, nesta Copa, seguem a mesma “linha editorial” adotada para o Cicinho.
    Esse alerta do “Blog da Clorofila” é fundamental. Pena que outros veículos da “Mídia Palestrina” e até mesmo a página oficial do clube não tenham a mesma percepção e não façam esclarecimentos necessários ao torcedor palmeirense.

    • taniaclorofila

      Marco, pra vc ter uma ideia, o tal pedido que Valdivia teria feito ao Bielsa, que tanto publicam agora, foi algo dito numa entrevista no Chile, e é do tempo em que Kleina ainda estava aqui.

  • GIBA

    Conhece aquele ditado que dize que se vc não pode com seu inimigo, junte-se à ele?

    O SPFW, que também brigou com a Globo na época que negociavam com a Record, sorrateiramente está conversando através do presidente da CBF “José Das Medalhas” para que a Globo transmita mais jogos dos bambis, pois às partir de Julho também estarão sem patrocinador máster.

    A Globo também adiantou cotas para que depositassem o money do Kardec.

    Ou seja, será que não está faltando ao Palmeiras também sentar e conversar com a Globo, pois está mais que provado que não é bom negócio ficar brigado com a poderosa carioca.

    Aliás, acho que não é só com a Globo que o Palmeiras precisa conversar, mas principalmente com a Allianz e WTorre.

    São empresas gigantes em suas áreas, que possuem um enorme interesse com que o Palmeiras monte times campeões, pois também ganhariam com isso.

    Pelo que percebo, nosso presidente Playboy, filhinho de papai, não dá o braço a torcer, fica sempre emburrado em seu canto quando discordam dele.

    Não estou pedindo para o Palmeiras “Abrir as pernas”, somente para sentar, conversar, ouvir propostas, ceder em alguns pontos, faz parte…

    Não tem virgem na zona!

    • taniaclorofila

      Giba, me parece que você está um tanto quanto equivocado.

      O presidente do Palmeiras não é playboy, e todos sabemos bem disso. Muito pelo contrário, ele é uma pessoa bastante bem sucedida na sua vida profissional e em seus negócios. Ser filho de pai rico não é defeito e nem qualidade, não é motivo de desonra e nem de honra, pra ninguém, o mesmo acontece para o fato de alguém ser filho de pai pobre. São circunstâncias da vida e mais nada.

      Quanto ao Palmeiras estar brigado com a Globo, pode ser até verdade, mas desconheço isso. Ou vc fala do tempo em que Belluzzo era o presidente e apoiou o Fábio Koff?

      Agora, em relação à WTorre (a AEG não tem nada a ver com o tal impasse sobre as cadeiras, uma vez que ela só vai gerir a Arena e mais nada) o PALMEIRAS TEM RAZÃO! Não há meio termo… o acordo era: cadeiras cativas e camarotes para a empresa, os demais lugares para o Palmeiras. E querem mudar isso, ficando com todos os lugares, fazendo com que o Palmeiras perca uma grana preta. Era óbvio que o Palmeiras tinha que brigar por isso, que PN tinha que defender os interesses do clube.
      E como palmeirenses que somos, não dá para ficarmos de um lado que não seja o do Palmeiras.

      • GIBA

        Tânia, sábias palavras, como sempre! Só em perceber que vc leu meu comentário e ainda teve o trabalho de respondê-lo, ganhei o dia!

        Mas, como somos Palmeirenses, e entre nós acho que podemos criticar algo que não concordamos com nosso clube, gostaria de um dia perguntar ao Sr. Paulo Nobre:

        1) O Barcos disse no “Bola da Vez” da ESPN que não queria sair, simplesmente disseram: “Amanhã vc vai p Grêmio!”, ele queria ficar! É verdade?

        2) Cadê o quinto jogador do Grêmio? (dizem que temos 15% do Marcelo Moreno, mas p que serve isso mesmo?),

        3) O Luís Felipe é uma grande promessa na lateral direita, nós o perderemos por um erro de digitação? E depois, não tentaram fazer um novo contrato com ele? Estamos procurando um lateral direito quando a solução pode estar dentro de casa! Será que só uma conversa e um aumento não resolveriam?

        4) Não seria prudente esperar um pouco para vender o Henrique, já que todos sabiam que teria muita chance de ser convocado, e com isso o valor seria diferente? Aliás, é verdade que o Henrique teve que sair porque cobrou o que era dele de direito?

        5) E no caso Kardec, todos noticiam que o Palmeiras não fechou por R$ 20 mil mensais. É verdade? Nunca esquecerei o presidente bambi com uma banana na boca dizendo que somos pequenos… Cadê a resposta à altura? Não vale publicar por escrito no site uma nota oficial, resposta à altura é responder da mesma forma que nos ofenderam, ou seja, olho por olho, dente por dente…

        6) Porque contratos de 5 anos com o Felipe Menezes e o Weldinho?

        7) Porque ainda não temos patrocinador máster depois de 15 meses?

        8) Porque somos tratados como pequenos pela imprensa e arbitragens, será que não temos nenhuma força nos bastidores?

        9) Porque contratar o Bernardo do Vasco, que estava na reserva e sempre afastado por motivos disciplinares? E o Eguren, que era reserva no Libertad?

        10) E nosso estádio, quando iremos assistir aos jogos lá?

        11) Porque renovaram com o Kleina e o dispensaram logo depois, pagando multa rescisória, será que em mais de um ano à frente não puderam perceber que ele não servia?

        12) Porque somos a quarta opção para transmissão de um jogo pela TV aberta? Na semifinal do Paulista a Globo transmitiu o Santos e Penapolense, ao invés de Palmeiras x Ituano… Temos vários exemplos disso!

        Conforme vc mesma disse, não dá p ficar em outro lado que não seja o do Palmeiras, apenas depositei muitas esperanças no atual Presidente e me decepcionei, mas espero que ele prove que estava certo, e eu que não entendo nada! Obrigado!

        • taniaclorofila

          Giba, mas é claro que eu leio os comentários postados aqui, e, costumo respondê-los também, sempre que me é possível.

          Vc diz que gostaria de fazer essas perguntas, que colocou aqui no blog, ao presidente do Palmeiras. Talvez vc pudesse enviá-las para a secretaria do clube.

          Muito embora eu não tenha condições de responder às perguntas, uma vez que só os dirigentes poderiam fazê-lo, dá para arriscar algumas respostas.

          1) “Barcos disse na ESPN que nunca queria sair”… então, o Barcos tem amnésia, e imagina que os torcedores não acompanharam as notícias de 2012 e nem as entrevistas do hermano. E foi tentando convencer o “bonito” a não sair, que Tirone lhe deu um belo aumento, aumento que nunca pagou, deixando uma baita dívida para o seu sucessor, q encontraria os cofres vazios também.
          E não foi uma e nem duas vezes que Barcos declarou que não queria jogar a série B, que o técnico da Argentina havia dito a ele que ele poderia ter comprometidas as suas convocações para a seleção de seu país. Ele cansou de falar isso. Tenho uma postagem aqui no blog, com os prints dessas entrevistas e declarações. Todo mundo sabia que ele não ia ficar.

          2) Essa questão, só mesmo os dirigentes para respondê-la. Mas , segundo li na imprensa e vi em algumas de suas entrevistas, o valor referente a esse quinto jogador, poderia ser acertado de uma outra maneira. Parece que na contratação do Leandro já houve algo assim, uma vez que o Palmeiras pagou por 50% dos direitos do jogador e ficou com 64%. Mas não sei se o Grêmio ainda deve ao Palmeiras.

          3) Acho que o problema com o Luís Felipe ficou claro, né? Houve um erro de digitação sim, mas o jogador e seu empresário resolveram se aproveitar disso, e das boas partidas que o jogador havia feito, para encostar o Palmeiras na parede e fazer um contrato diferente. E isso não foi nada honesto da parte deles.

          4) As notícias sobre o Henrique estiveram ao alcance dos torcedores. Ele cobrou o que era direito dele, uma DÍVIDA QUE ERA DA GESTÃO ANTERIOR, pra variar. Parece que combinou com o Palmeiras em receber isso em algumas parcelas, mas depois “descombinou” e resolveu cobrar tudo de uma vez. Mas só sei o que foi de conhecimento geral.

          5) No caso do Kardec, noticiaram também que ele já estava acertado com o SP antes mesmo do jogo contra o Criciúma, né? E a resposta ao presidente bambi o Palmeiras deu em Nota Oficial, inclusive rompendo relações com o “vizinho”. E, na boa, acreditar que o impasse foi por 20 mil reais é acreditar na Branca de Neve. Basta que nos coloquemos no lugar do dirigente e no do jogador também. Vc, dirigente, perderia um jogador importante por causa de 20 mil? Você, jogador, trocaria de clube, onde faz sucesso e é querido, para ser banco em outro lugar, por causa de 20 mil? As comissões para os agentes do jogador é que foram bastante decisivas. Basta vermos que o contrato dele com o Palmeiras ia até final de Junho, e o prazo para pagamento ao Benfica até final de Maio, e, bem antes disso ele já estava acertado com outro clube.

          6) Essa, não faço a mínima ideia.

          7) O que noticiam é que o presidente não abre mão de fazer um contrato pelos valores que ele acha que o Palmeiras merece receber, e vai mantendo o clube com patrocínios pontuais e com o Avanti. Mas eu tb não concordo com isso e acho que poderíamos ter feito contratos de valores menores por menos tempo de vigência. Mas não é porque eu não concordo e porque eu faria diferente, que está errado. Confio no presidente.

          8) O que a imprensa faz conosco vai levar um bom tempo para mudar. Hoje em dia, ter força nos bastidores significa “fazer parte da tchurma”. Sinceramente, prefiro o Palmeiras fora disso. Mas imagino que, por outros caminhos, o Palmeiras trabalhe para mudar essa situação.
          mas não podemos nos esquecer que fica muito mais fácil para a imprensa, quando até “palmeirenses”, movidos por outros intere$$es, esculhambam o time, os jogadores e o clube 24 horas por dia. Esses, são os primeiros a diminuir e depreciar o Palmeiras.

          9) Pelo mesmo motivo que fomos buscar o Alan Kardec , quando ele estava encostado lá no Benfica. Uma aposta, uma possibilidade de trazer alguém que possa jogar bem, sem termos que pagar uma fortuna por isso.
          Os torcedores, que reclamaram um bocado quando Kardec foi contratado, e diziam que ele “servia só para a segundona e olha lá”, queriam depois que o Palmeiras pagasse 350 paus de salário pra ele, mais uns milhões para os seus agentes, para ganhar o “leilão” que faziam com ele.
          Assim como uma aposta dá muito certo, outras não dão, há as que ficam no meio termo.

          10) Quando o estádio estiver pronto. Mas isso é a construtora quem deve responder, né?

          11) Esse tipo de coisa acontece. Kleina fez o time jogar bem na série B e apostaram nele para o ano seguinte. Não deu certo, foi dispensado. Belluzzo fez isso com Luxemburgo, Muricy (e ninguém lhe pediu explicações); Tirone com Felipão… e olha que a multa rescisória do Kleina é nada perto da multa desses três aí.

          12) Giba, essa, vc tem que perguntar pro Tirone, foi ele quem fez o contrato com a TV, e o prorrogou até 2015 ou 2018, não estou bem certa da data. Mas isso tb tem a ver com o processo de “espanholização” do futebol brasileiro. E esconder o Palmeiras faz parte desse processo.

          É um direito seu, Giba, estar decepcionado. Eu não estou (mas também não estou contente), porque sei que esse período é de reconstrução. E é preciso muita paciência e perseverança.Teríamos que reconstruir o que foi “demolido” ao longo desses anos. Mesmo antes de Tirone sair, eu sabia que o seu sucessor não iria resolver em dois anos os problemas de décadas, tampouco íamos voltar ao caminho dos títulos de novo antes disso ser feito.
          E também não acho que é uma questão de quem está certo e quem não entende nada. Embora sejamos torcedores, e não administradores, alguma coisa entendemos sim.

          Eu espero, desejo, sonho… que os dirigentes consigam chegar aos seus objetivos em relação ao Palmeiras, seja do jeito que eles acham certo, seja do jeito que nós achamos certo… não importa como, mas que Deus os ilumine e ajude a trazer o nosso Palmeiras de volta.
          E boto fé que isso vai acontecer.

          ‘Vixe’, já falei demais! rsrs

          Um abraço.

          .

          • GIBA

            Tânia, muito obrigado pela resposta, é um prazer debater com uma pessoa inteligente e coerente como vc. Um abraço.

  • Marco

    Não tenho condição de saber o que acontece de verdade entre Palmeiras e Globo. Sei apenas o que vejo na cobertura da emissora, do Sportv e do seu portal GE.
    Existe a clara intenção de menosprezar e diminuir o Palmeiras e alguma coisa precisa ser feita.
    Não é um problema com origem na atual diretoria, trata-se de uma política da emissora implantada há muito tempo, mas cabe a diretoria do Palmeiras que estiver no comando tentar mudar esse quadro.
    A estratégia de esconder o Palmeiras é clara e isso atrapalha demais os projetos do clube de obtenção de receitas.
    Falta ao Palmeiras, há vários anos, a percepção de que a atuação da Globo é nociva ao clube e isso não é uma condição do atual presidente, mas de todos os dirigentes que passaram antes dele. É uma questão cultural, um isolamento perigoso do mundo exterior aos nossos muros.

  • Pois é, Marcos… um dos maiores inimigos do Palmeiras é essa emissora TUPINIQUIM PRESS da globo que sempre acabam com o clube e além do mais, manipula resultados com o braço direito da capitania hereditária chamado stjd. Concordo com tudo que você disse, temos que exigir que haja mudanças na política da emissora pra ontem e tentar qualquer gestão do Palmeiras que estiver no comando do Palmeiras mudar esse quadro que só prejudica e muito a marca Palmeiras e também financeiramente!!