CUIDADO COM A ARBITRAGEM HOJE, VERDÃO! ELA É DE ALTO RISCO!

Arbitragem para o jogo de hoje entre Palmeiras e Flamengo, no Maracanã-RJ.

Árbitro: Paulo H. Godoy Bezerra – SC (ESP-2)
Árbitro Assistente 1: Carlos Berkenbrock – SC (ESP-2)
Arbitro Assistente 2: Cristhian Passos Sorence – GO (ESP-2)
Quarto Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda – RJ (CBF-2)
Árbitro Assistente Adicional 1: Igor Junio Benevuto – MG (CBF-1)
Árbitro Assistente Adicional 2: Renato Cardoso da Conceição – MG (CBF-2)
Assessor: José C. Santiago Andrade – RJ (ASS)

Lembram do jogo da Copa do Brasil-2012, entre Atlético-PR e Palmeiras, na primeira partida das quartas de final, quando o Verdão, que era pra ter saído com a vitória, foi bastante prejudicado pela arbitragem, e só saiu com um empate porque teve uma determinação gigante?

Então… o árbitro era o Sr. Paulo Henrique Godoy Bezerra – SC. Ele fez uma lambança na partida, e, na época, fiz uma postagem no blog.

http://blogdaclorofila.sopalmeiras.com/2012/05/18/a-juizada-rouba-no-apito-e-a-globo-no-tira-teima/

Vamos relembrar umas coisinhas…

– Guerrón recebe em escandaloso impedimento, não assinalado pelo juiz, e toca para Edigar Junio fazer 2 x 1 para o time da casa.

– Palmeiras cobra falta, o jogador da barreira mete a mão na bola, e o árbitro (esse mesmo, que vai apitar hoje) assinala… impedimento do Palmeiras!

– Finalzinho do primeiro tempo, Cicinho foi empurrado na área, e o juiz fez que não viu o pênalti claro.

– Valdivia, ao buscar uma bola na lateral, foi agredido por Carrasco, técnico do time do Atlético na ocasião. O Mago ficou muito bravo, com razão, e o juiz deu cartão… pra ele! E o juiz só expulsou o técnico  depois, de tanto o Mago reclamar (E o STJD… nada!).

cotovelada-no-mago1A

– João Vítor, lançado na área, ia sair na cara do goleiro e foi derrubado. Penalidade clara, que árbitro e bandeiras, mais uma vez, “não viram”.

E foi tudo numa partida só, hein? Se dependesse da arbitragem teríamos saído com a derrota e, quem sabe, nos complicado na classificação para a semifinal…

Portanto, OLHO BEM ABERTO COM O JUIZ HOJE, PARMERADA!!

  • Marco

    CONFIRMAÇÃO DO TEXTO ESCRITO ANTES DO JOGO:

    Muito mais grave do que a não marcação das duas penalidades e o critério de
    deixar bater é a mentalidade instalada. Contra o Palmeiras tudo pode e nada é
    observado. Os graves erros da arbitragem não chamaram a atenção, foram vistos
    como situações normais e nem os palmeirenses se manifestaram. Assumimos a
    condição de mulher de malandro e a aceitamos com naturalidade. Não temos o trabalho de uma Assessoria de Imprensa antenada com o futebol para passar informações e orientar nossos atletas e treinador para se pronunciar. Falta um diretor do ramo do futebol para denunciar e cobrar da imprensa porque ela censura, esconde, omite os fatos que nos prejudicam.
    Com certeza estão todos com medo de que qualquer citação de
    arbitragem seria vista como desculpa. Não conseguimos separar os assuntos e
    tratá-los de forma independente.

    Todos se lembram da primeira rodada onde a penalidade e a agressão cometida sobre Bruno César foram tiradas da cobertura esportiva e a penalidade cometida pelo Tiago Alves foi motivo de estardalhaço.
    Mas nada está perdido, nosso competente tribunal para dar o exemplo puniu o Tiago Alves!