SE UM OLIVEIRA INCOMODA MUITA GENTE, UMA ‘FAMILIA OLIVEIRA’ INCOMODA MUITO MAIS

“O Palmeiras foi melhor, embora o Santos tenha sido mais efetivo” – Beletti

O Belletti tem razão. Mesmo com algumas falhas, com alguns erros no primeiro tempo,  o Palmeiras jogou mais do que o Santos. O goleiro Aranha trabalhou pra caramba e foi o melhor jogador da partida.

E o Palmeiras não ganhou por que? Porque, além das suas próprias falhas, além do goleiro santista, Aranha, ele tinha uma outra “aranha” em seu caminho.. uma “aranha” Oliveira…

Mas o Santos foi mais efetivo – dirá você, disse também o Beletti -, porque, nas oportunidades que teve, guardou dois na rede. Verdade. Mas foi só isso que vimos acontecer em campo?

Vejamos… desde o início da partida, naquele “arbitration manjadation” de sempre, Luís Flavio Oliveira, o cara do apito (ele não merece ser chamado de árbitro), irmão do PCO, e tão “Oliveira” quanto ele (eles “erram” tanto, que isso ainda vai virar adjetivo. O juiz “oliveirou” no lance),  começou a ignorar as faltas, pra cartão amarelo, a favor do Palmeiras, permitiu a caçada ao Mago, e marcava tudo para  o time da casa.

Eu já tinha cantado essa bola antes do jogo, aqui mesmo no blog… E falo sempre também, que um time jogar mal (não foi o nosso caso) não legitima que ele seja prejudicado pelo juiz, que é pago para fazer o seu trabalho e só. Mas, ultimamente, ando em dúvida sobre qual seja o verdadeiro ‘trabalho’ de alguns desses apitadores…

Você se lembra como xingou o cara do apito quando Leandro foi acertado por trás, e o Oliveira… “oliveirou”? Lembra como ficou p… da vida quando David Braz (aquele que jogou no Palmeiras) deu uma cotovelada no Kardec, que precisou ser atendido, e o irmão do PCO (quando não é um, é outro) deu mais uma “oliveirada”? Lembra como você xingou em todas as vezes que desceram o sarrafo no Mago?  Lembra como você reclamou, quando o jogador santista, Neto (guarde esse nome), meteu a mão no peito do Leandro, impedindo que ele avançasse, e o Luís Flávio… “oliveirou”, de novo? E se assistia na Globo, você lembra como teve vontade de quebrar a TV, quando o comentarista Arnaldo “Cego” Oliveira, ooops, Coelho, comentou o lance sobre o Leandro, falando um monte de asneiras para enfiar na sua cabeça que não tinha acontecido nada de errado (eles acham que no Brasil só tem idiotas) ? Se você reclamou é porque você viu algo errado…

Então, né? Mas o Valdivia levou cartão, mesmo sem ter merecido… apenas pela predisposição do cara do apito em dar um avisinho para ele, para arrefecer o ímpeto do jogador na partida (os “Oliveira” & Amigos parecem estar sempre armados contra Valdivia),  e o Santos, que era para ter uns três amarelados e, por isso mesmo, menos botinudos, foi beneficiado.

E já que não levou amarelo mesmo, o tal Neto resolveu se aventurar no ataque e fazer um gol. Recebeu a bola na área, subiu de cabeça e marcou o primeiro do time da Vila.

E a coletividade alviverde em peso gritou: Bruno, mão-de-alface!!! Bruno falhou sim, horrivelmente, uma vez que ficou plantado e nem sequer teve o reflexo de ir na bola, nem se mexeu. Podia até ter caído pro lado errado, mas tinha que ter se mexido e tentado a defesa, está lá pra isso. Prass certamente o faria.

Mas não é porque ele falhou que eu deixei de ver que, antes antes da falha, aconteceu algo… teve uma grande “oliveirada” do Luís Flávio, irmão do PCO – que o site da Record nos revelou como torcedores corintianos (que “surpresa”, né? Os caras estão sempre “errando” contra o Palmeiras, e são… corintianos! Quem (não) diria?).

Mas acontece que, no lance do gol, o jogador santista, para ter impulsão, se apoiou em Marcelo Oliveira, o impediu de subir, portanto, FEZ FALTA NO PALMEIRENSE, e o cara do apito não marcou, o bandeira não marcou, o árbitro de linha de fundo não marcou… o Arnaldo ‘Cego’ Coelho não viu, ou fingiu que não viu… “oliveirada” master!

Acompanhe… Marcelo Oliveira está no chão, a bola ainda nem chegou no jogador santista, e ele já está escorado/apoiado  em cima do palmeirense.

falta-em-MarceloOliveira

Veja por outro ângulo… por isso ele conseguiu subir tanto, não é mesmo? Por isso o Marcelo Oliveira, QUE, FORÇADAMENTE SERVIU DE APOIO, não saiu do chão.

falta-em-MarceloOliveira2

Repare  na carga que o Neto faz nas costas de Marcelo Oliveira. E é só então que ele vai cabecear a bola. FALTA, CLARA, INDISCUTÍVEL!

falta-em-MarceloOliveira3

A bola ainda está longe do gol, e a falta está escancarada…

falta-em-MarceloOliveira1

O Lúcio, que tentara ajudar o companheiro, durante todo o lance, foi acertado também… e o cara do apito, ali pertinho… nada!

falta-em-MarceloOliveira4falta-em-MarceloOliveira5

Qualquer árbitro marcaria falta nesse lance que antecedeu o gol do Santos, e, caso fosse um gol do Palmeiras, construído dessa maneira, a falta seria marcada por qualquer árbitro, e por qualquer Oliveira também.

Ao Palmeiras restava lutar (contra 12 não é fácil), correr, tentar… não faltava empenho dos camisas verdes. Numa sobra de bola do ataque, por pouco o Kardec (joga muito) não guardou. Seria um gol maravilhoso! Aranha teve que se esticar todo e a bola ainda bateu na trave.

E o time santista lustrava as chuteiras nas canelas do Mago, e o Oliveira nem aí…

Mas, aos 35′, num vacilo nosso, o jogador santista passou por dois marcadores e chutou no canto esquerdo de Bruno. A impressão que eu tinha era a de que Prass, caso estivesse lá, teria defendido…

O Palmeiras foi pra cima e, por três vezes, esteve na área do Santos, mas fomos para o intervalo no prejuízo de dois gols. E para dar mais dor de cabeça ainda, sabendo que um deles tinha sido irregular. E eu só queria que alguém fosse buscar o Prass na casa dele, e que o maledeto do Oliveira tivesse uma dor de barriga e passasse o resto da tarde no banheiro…

No segundo tempo, o Palmeiras parecia disposto a descontar. Kardec escorou de cabeça e Aranha defendeu… Bruno César cobrou falta com perigo, Aranha defendeu…

E então, numa jogada linda do “Lã”, Bruno César foi lançado na área; ele se livrou da marcação, chutou, Aranha rebateu, e, quando pensei que Bruno César pegaria o rebote, ele caiu lá na frente e ficou imóvel, desmaiado na área.

Preste atenção ao que aconteceu. À frente dos seus marcadores, diante do goleiro Aranha, prontinho para tentar pegar o rebote, ele sofre falta, DENTRO DA ÁREA (isso é pênalti, né Oliveira?), é jogado longe, lá na frente, bate o rosto no chão, provavelmente o queixo e fica desacordado. Acompanhe a sequência da jogada:

Um ‘toquinho’ no pé e uma mão nas costas para começar…

empurrão-em-BC-inicio

Um joelho na coxa e duas mãos nas costas para reforçar…empurrão-em-BC

“Pô, esse cara não cai? Deixa eu empurrar com mais vontade.”

empurrão-em-BC1

Na imagem abaixo, com o goleiro à sua frente, ele continua sendo empurrado… E olha a bola, ‘vivinha’, ali, gente! Bola em jogo! Só o Arnaldo “Cego” Coelho “esqueceu” que com a bola em jogo as faltas todas podem e devem ser marcadas… e na maior picaretagem Global, no programa do dia seguinte, encheu os telespectadores de informações enganosas.

empurrão-em-BC2

empurrão-em-BC3

Mas, lá na Espanha, o pênalti em cima do Neymar (parecido com aquele que a Ponte fez no Palmeiras e todo mundo disse ser ilegítimo),  foi né, Press?

Imagina, nesse lance do Bruno César, se o jogador de verde vestisse a camisa de algum outro time grande? Já pensou no escarcéu da Press? Já pensou nos lances, repetidos de todos os ângulos, discutidos por todos os “entendidos”?

E o Palmeiras no ataque… e quase Kardec guardou;  na desviada de Valdivia, quase o Patrick marcou… Minha Nossa Senhora do Gol Espírita!!!

42′, Juninho cruzou na área e “Lã” Kardec, lindo, mandou pra rede!! Que maravilha! Dava tempo de buscar.

O Palmeiras jogava muito mais. Aranha Defendia, a zaga tirava, e o Palmeiras insistia. Mas com um Oliveira em campo era difícil… esses espécimes conseguem “errar” o suficiente para conter o poder de reação do Palmeiras…

Finalzinho de jogo, Valdivia desceu pela esquerda e cruzou para Kardec na área; o atacante subiu pra cabecear, foi tocado pelo adversário, que deixou a bola e visou o corpo do atacante, se desequilibrou e caiu.  Pênalti?? Não para o Oliveira (estou procurando imagens desse lance nos ângulos mais apropriados).

Moral da história: Se tivéssemos um árbitro, competente, e, principalmente, preocupado em assinalar as infrações que ocorreram na partida, na pior das hipóteses – caso o Palmeiras desperdiçasse as duas penalidades que sofreu -o resultado seria 1 x 1.

Ah, mas reclamar de arbitragem é coisa de time pequeno, dirão alguns torcedores, dirão os “profissionais de imprensa” (que querem que os menos favorecidos intelectualmente acreditem nisso)… Verdade! Por isso que o Real Madrid, aquele “timinho pequeno”, “ridículo”, “sem craques”, “sem dinheiro” e “sem títulos” reclamou um bocado da arbitragem nesse final de semana, não é mesmo?

ABRE O OLHO PALMEIRENSE! VÃO OPERAR O SEU TIME DE NOVO, PODE ANOTAR AÍ!!

  • Marco

    Nas fases finais do Paulistão os árbitros com maior pontuação entram para os sorteios. Pelo regulamento deste ano um árbitro só pode atuar em jogos do mesmo time após o intervalo de três partidas.
    Como o Sr. Oliveira, irmão do outro, apitou Santos x Palmeiras, não poderá trabalhar
    em jogos do Palmeiras e do Santos nas quartas de final, semifinal e no primeiro jogo da final. Estará “liberado” para apitar o segundo jogo e caso Palmeiras e Santos se classifiquem, a grande possibilidade é que essa partida seja na Vila.
    Os árbitros dos jogos do Palmeiras e do Santos, nas quartas, na semifinal e no
    primeiro jogo da final, caso esses times cheguem até a final, pelo mesmo critério,
    não poderão apitar o segundo jogo da final. Sendo assim, caso não se repitam árbitros entre os times, seis nomes de grande pontuação na FPF estarão excluídos, aumentando a probabilidade do Sr. Oliveira voltar a apitar o clássico Palmeiras x Santos.

    Acompanhamos o campeonato todo, sabemos que o Palmeiras reúne totais condições técnica para ser o campeão, mas se qualquer um dos irmãos oliveira apitar um jogo do Palmeiras nessa fase, nosso time não terá a menor chance de seguir em frente ou se tornar campeão. Qualquer um dos dois no apito significa que o Palmeiras está fora. E a FPF sabe disso!

    • taniaclorofila

      Desde o início do campeonato que eu digo, Marco, meu maior medo é das arbitragens, desses árbitros que não tem o menor pudor e um pingo de vergonha na cara de deixar de marcar uma penalidade como a que Bruno César sofreu, a que Kardec sofreu…

      • Marco

        Correção:
        Caso Palmeiras e Santos cheguem até a final, CINCO (e não seis) árbitros, no máximo, estarão impedidos de apitar o segundo jogo pelo critério adotado neste Paulistão, sendo que o Sr. Oliveira, o irmão, estará liberado.
        Mas antes de chegar até a final, teremos que superar vários adversários.

  • Wilian Domingues

    Vocês que estão mais próximos do dia-a-dia do clube pode me dizer pq diabos o PN não vem a público e critica todo mundo. O que mais me deixa p* da vida é a passividade da diretoria.

    • taniaclorofila

      Wilian, saber, saber, eu não sei. Mas imagino que uma diretoria profissional tem que agir por outros caminhos. Nós somos torcedores e podemos fazer o papel de sair “berrando” contra toda essa sacanagem, de provar que fazem, sim, sacanagem com o Palmeiras.
      Inclusive, acho que esse deveria ser o papel de toda a Mídia Palestrina, e da torcida também, ajudar o Palmeiras a lutar contra isso, e não ficar dando ibope para todas as crises que tentam plantar no Palestra.
      Imagino que a diretoria esteja cuidando dessa questão, dessa pilantragem que fazem conosco há tanto tempo. Mas de maneira mais efetiva , nos bastidores.

      Vamos acompanhar, atentamente, o que as arbitragens farão nessas próximas fases. Que serviços estarão encomendados…

  • Lincoln – Campeão Mundial 1951

    Queria deixa mais um alerta sobre aquele portal NUOLjento; Hoje em menos de 5 horas 3 reportagens sobre o palmeiras (no dia do jogo decisivo) para prejudicar o time: o fantasma de 89, o palmeiras em crise e Alan Kardeck recusa renovação; Nota-se que é proposital, o desespero do portal é grande com a eliminação dos queridinhos. Se o Palmeiras está em crise Bambis e gambás estão na terceira guerra mundial certo? o vexame dos dois foi tão grande, mas para esse portal não aconteceu nada. Peço aos palmeirenses deixem de acessar esse portal. Já não acesso há mais de 2 anos, fui alertado por um colega de trabalho das reportagens.

  • Ricardo

    Cara Tânia,
    leitor e fã de seu espaço e das “reportagens” documentadas sobre vários momentos que o nosso Palmeiras é atacado subliminarmente, gostaria de registrar…
    precisamos urgentemente enfrentar com mais força os bastidores do futebol e as arbitragens. Está sendo cômodo para eles, só reclamarmos, e nos colocarmos como vítimas. É preciso intervir com nossos dirigentes, e de forma direta e cara a cara, com os “donos” no “show e lembrar que futebol é esporte, e não deve ter enredo pré-definido.
    também é preciso cobrar com mais veemência os “jornalistas” que geram notícias e informações parciais ou fofocas. E não adianta só cartas para a redação. É preciso cobrar os donos das empresas da mídia e gerar consequências negativas para os fantoches que nos acharcam com displicência.
    Falo isso, pois, após muito tempo sem consultar o lastimável futpédia, que passava info para fox e outras empresas com títulos errados do Palmeiras/Palestra até no Paulista, hoje fui dar uma olhada e eis que na página do Palmeiras, o Inconteste campeão do Século XX, surge info sobre as maiores goleadas já aplicadas pelo Verdão em todos os jogos e com os rivais paulistas. E advinhe, surpresa!!! Não aparece os 8 x 0 nos gambás, em 05/11/1933. Será que eles dividiram os gols em dois quatro a zero, já que o jogo valeu tanto para o Paulista como para o Rio – São Paulo?? A propósito: fomos campeões de ambos naquele ano.
    Ainda bem que temos a Mídia Palestrina e pessoas como vc, para alertar nossa torcida. Espero que o marco da internet não seja uma censura para as elites da comunicação favorecerem seus times ou seus eleitos.
    abs.
    Ricardo

  • Ricardo

    ops, falha minha no comentário, diante do histórico de sacanagens.
    Na verdade a pagina iniciava com os jogos de brasileiro, e precisava selecionar “todos” para achar o jogo de 33.
    De qq forma,a necessidade de cobrança constante e forte continua válida.
    abs

  • M

    E aconteceu de novo !!