QUEM É QUE PODE MEDIR ESSE AMOR TÃO GRANDE?

“… quero vivê-lo em cada vão momento, e em seu louvor hei de espalhar meu canto, e rir meu riso e derramar meu pranto, ao seu pesar ou seu contentamento…” – Vinícius de Moraes

Hoje, às 19h30, tem Palmeiras estreando na Copa do Brasil 2014, diante do Vilhena, em Rondônia. E o Verdão precisou viajar 2.366 km para chegar até lá. Viagem longa, cansativa, que fez com que o Palmeiras, estrategicamente, resolvesse dar uma paradinha no meio do caminho. E, assim, a delegação foi dar uma ‘esticadinha nas pernas’ em Cuiabá.

Acho lindo ver vídeos e fotos da chegada do Palmeiras a outros estados, me emociono vendo os torcedores, tão felizes, tirando fotos, pegando autógrafos… acho lindas essas demonstrações de amor e carinho, que fazem tanto bem aos torcedores e ao time… fico imaginando como eles se sentem em momentos como esses… fico me sentindo tão privilegiada, e até com remorsos, por poder ver o Palmeiras jogar todas as semanas.

E olha só o que aconteceu no aeroporto onde o Palmeiras, o time da torcida que está encolhendo (você acreditou nisso?), ia desembarcar.

Verdão-chegada-CuiabáVerdão-chegada-Cuiabá1Verdão-chegada-Cuiabá2

O Palmeiras, tão calorosamente recebido pelos seus, fez um treino em Cuiabá, e o local  encheu de torcedores, felizes, com camisas, bandeiras, cantando, matando a vontade de ver seus ídolos, de tirar fotos com eles, de pegar autógrafos… coisa linda!

E então, se despedindo dos “familiares” de Cuiabá, o Palmeiras embarcou para Rondônia; faltava quase 800 Km ainda.

Através do Facebook, eu conheço muitos palestrinos de Rondônia, mas tinha muita gente se perguntando: Será que tem  palmeirenses por lá???

Dá uma olhadinha na primeira estrofe do hino do Vilhena, ela responde à pergunta.

“Quando surge o Vilhena imponente,
a torcida vai dando o recado.
Sabe bem o que vem pela frente…”

Simpaticíssimo esse hino, não é mesmo, leitor? E tão familliar…

O Palmeiras tem uma legião de torcedores, muito apaixonados, espalhados por todo esse Brasil. E eles colocam muito “girador de catraca” no bolso. Acompanhamos o que aconteceu, ano passado, na Série B, quando algumas cidades paravam pra ver o Palmeiras; acompanhamos a festa em todo território nacional, quando conquistamos a Copa do Brasil de 2012. Você lembra das carreatas pelo Brasil? Que outro clube faz o Brasil inteiro comemorar, dessa maneira, uma conquista?

http://blogdaclorofila.sopalmeiras.com/2012/07/16/sociedade-esportiva-brasil/  .

Não tem jeito de tentarem nos apequenar, não adianta tentarem nos “esconder” com pesquisas mandrakes, com números e estatísticas falsas… É O PALMEIRAS! Simples assim. E gostem ou não, ele tem torcida pra caramba, e é o clube mais amado do Brasil.

Veja só a chegada em Rondônia do maior campeão nacional, do Campeão do Século (e é só a estreia no campeonato). Uma multidão foi atrás do Verdão:

Palmeiras-Vilhena

Palmeiras-Vilhena1

Fotos: Fellipe Lucena / Lancenet

Para completar, assista ao vídeo e morra de orgulho desse nosso time e da nossa família.

http://sportv.globo.com/videos/palmeiras/t/ultimos/v/antes-de-jogo-em-rondonia-palmeiras-faz-a-alegria-dos-torcedores-em-mato-grosso/3207753/

BOA SORTE, VERDÃO, SEU LINDO! E BOOORA BUSCAR ESSE CANECO, PARA BEBERMOS NELE O CHAMPANHE DO CENTENÁRIO!!

  • Angela Bonora Gamez

    adorei! ALiás, adoro a forma de sua escrita, tão apaixonante e ainda assim tão lógica!

    • taniaclorofila

      Obrigada, Angela.
      É o ‘Clorofila way of writing’. hahahahah

  • Arnaldo

    Bom dia, ‘Clô’. Você vai ver na tela do MSN… mas já preparei a imagem para você. Veja a diferença dos títulos, lado a lado, falando de um mesmo resultado, de uma mesma competição, … no mesmo dia!
    Depois dizem que ‘não tem perseguição’…

    • taniaclorofila

      Bom dia, Arnaldo.
      Que “beleza” de imagem. Vcs já me conhecem e sabem que vou procurar. rsrs
      Mas essa, que saiu logo após as partidas, eu não tinha. E vou usá-la.
      Muito obrigada!!

      • Arnaldo

        Clô! Você respondeu meu comentário! Fico feliz pela sua atenção e aproveito para dizer que ‘curto’ muito suas crônicas. Sinto que você muitas vezes expressa o que eu gostaria de falar. Sucesso para você… e até a próxima.

        • taniaclorofila

          Oi, Arnaldo.
          Eu procuro sempre responder aos comentários, ainda que nem sempre seja possível.
          E sou eu quem tenho que agradecer por você frequentar o blog. Obrigada!

          Um abraço.

  • taniaclorofila

    Assisti ao VT do jogo. Não jogamos bem (no segundo tempo foi razoável), mas nem se quiséssemos seria possível, o campo era um horror!
    Algumas pessoas dizem que o campo era ruim para os dois, mas isso não é verdade, uma vez que o time local está acostumado a jogar naquele terreno de “Serra Pelada”.
    Sem contar que o juiz deixou os donos da casa baterem um bocado em nossos jogadores.
    Mas, exatamente por isso, pelas adversidades a serem superadas, é que não podíamos perder gols feitos…
    No entanto, o nosso resultado, conseguido apesar das dificuldades todas, é mostrado na mídia como um insucesso, tem a “partida de volta” lembrada em todos os portais, mas o empate do São Paulo, num gramado bacaninha, onde se podia praticar futebol, se deveu ao cansaço… e quase ninguém fala da partida de volta…

  • Marcio Lima

    Perfeito Tânia… Podemos não ser tão numerosos quanto a torcida dos Gambás e dos Mulambentos Cariocas, mas com toda certeza do mundo, somos os mais apaixonados e os verdadeiros “fieis” ao nosso glorioso Palmeiras.

  • Paulo H. Nóbrega

    Otimo texto Taninha. Esse é o nosso Palmeiras tão forte por onde for que ele vá. #AvantiPalestra