Nota de repúdio à agressão sofrida pelo Conrado, do Verdazzo

O Blog da Clorofila se solidariza com o palestrino Conrado Cacace, do site Verdazzo, e repudia e lamenta a agressão covarde que ele sofreu na tarde de ontem, na Vila Belmiro, após a partida Santos x Palmeiras.

Para esclarecimento aos amigos do blog, segundo relato do próprio Conrado, enquanto ele descia as escadas, embaixo das arquibancadas, na área destinada aos palmeirenses, e estava distraído mexendo no seu celular, levou um soco no rosto e caiu, levando vários chutes em seguida, sem ter condição de ver quem era o seu agressor ou agressores.

Como resultado, ele teve várias fraturas na face e precisará se submeter à uma cirurgia.

Não se sabe quem foi, uma vez que o relato do Conrado é bastante breve, e nem poderia ser diferente. Caso sejam torcedores santistas que invadiram o local e o agrediram, o que é pouco provável, será inadmissível pensar que uma pessoa deva ser agredida apenas porque torce para um time diferente. Caso sejam palmeirenses os agressores, a maior das possibilidades, é deprimente saber que existem pessoas que resolvem assim as diferenças de pensamento e conduta. É triste observar que na falta de argumentos, a saída de alguns seja a violência; mais triste ainda é saber que esse tipo de coisa, tão primitiva, aconteceu entre palmeirenses, que deveriam colocar o fato de torcerem para o mesmo time, acima de quaisquer outras diferenças, ao invés de agredirem pessoas ou, vergonhosamente, comemorarem quando elas são agredidas.

Nada serve de razão para atos como esse, que já não deveriam mais acontecer nos dias de hoje.

Deixo aqui a minha solidariedade a você, Conrado. Melhoras, e que o período para a sua recuperação seja breve.

Tânia “Clorofila” Dainesi
Blog Da Clorofila

  • Marco

    Lembro com saudade do tempo que dizíamos que a ignorância era marca registrada de outros clubes e de outras torcidas.
    O Palmeiras se tornou um clube que perde para ele mesmo devido à situações como essa e tantas outras onde a violência física não apareceu, mas a violação à inteligência se faz presente.
    Palmeirense não é isso!

  • andreiacostarussi

    Fiquei triste de saber desse fato ocorrido com o Conrado (verdazzo)
    Que pena tudo isso !!!
    O palmeiras precisa de união e não de briga.

  • John

    A dúvida da autoria persiste, como em covardias recentes. Acompanho o espaço do Conrado e fico triste por ver que estão querendo calar, não com argumentos, mas na base da violência.

  • Paulo H. Nóbrega

    Que o Conrado possa se recuperar o mais rápido possível. Força!

  • Paulo H. Nóbrega

    Infelizmente esse pessoal não pensa no PALMEIRAS e sim em si proprio. Perderam a “boquinha” que tinham com as diretorias passadas e só restam a agressão. São BANDIDOS!

  • Jair

    Tania
    Você que teve a oportunidade de fazer visita ao Allianz Parque, acredita que o Sr. Walter Torre, que esta investindo 600, 700, 800 talvez até 1 bilhão de reais do seu bolso, vai permitir que torcedores ANIMALESCOS PRIMITIVOS façam demolição de bilheterias, pulem catracas eletrônicas, retirem torcedores dos seus locais numerados, com murros, pontapés, etc.?
    Só lembrando que existirão centenas, centenas e centenas de câmeras filmando até a hora que nos iremos ao sanitário para lavarmos as mãos.
    Na minha opinião estes torcedores estão com os dias contados!

  • verdazzo

    Tania, obrigado pela solidariedade.

    Quanto à sua duvida: foram palmeirenses.

    Precisamos repensar tudo.

    abs

    Conrado

    • taniaclorofila

      Então, os agressores eram palmeirenses mesmo. Que coisa lamentável.

      A gente costuma sorrir na rua para qualquer pessoa que esteja vestindo a camisa do Palmeiras, costuma ter simpatia por palmeirenses desconhecidos, apenas porque são palmeirenses, costuma ficar amigo “pra caramba”, ainda que virtualmente, porque a outra pessoa torce pelo Verdão… e não consegue entender quando toma conhecimento de que palmeirenses agridem um outro palmeirense…
      Por mais diferente seja a maneira de pensar de cada um, por mais que não gostem um do outro, o Palmeiras, se colocado em primeiro lugar, deveria ser o ponto de união, de paz entre essas diferenças… a tristeza é saber que não é.

      Boa recuperação pra você, Conrado.
      Abs

  • Sérgio Matrone Filho

    TAMBÉM SOU CONTRA QUALQUER TIPO DE AGRESSÃO. NA ELEIÇÃO PARA CONSELHEIRO EM FEVEREIRO DE 2013 QUANDO SAIA DO CLUBE COM O EX PRESIDENTE ARNALDO TIRONE ,QUASE FOMOS AGREDIDOS, SÓ NÃO FOMOS GRAÇAS A INTERFERÊNCIA DOS SEGURANÇAS DO CLUBE , MAS TAMBÉM ACHO QUE EXISTEM PESSOAS QUE FALAM E ESCREVEM ARTIGOS DESRESPEITOSOS E OFENSIVOS QUE TALVEZ LEVEM ALGUNS TORCEDORES E MAIS ALTERADOS A FORRA.POR ISSO CUIDADO COM AQUILO QUE SE FALA E ESCREVE PELAS ALAMEDAS DO CLUBE.

    • taniaclorofila

      Sérgio, o fato de existirem pessoas que escrevem artigos desrespeitosos e ofensivos, não sei de quem você fala, não dá o direito delas serem agredidas. Quem não concorda com elas, que não leia o que elas escrevem; quem se sente ofendido em seus direitos de cidadão, que procure um advogado e mova uma ação.
      Não há desculpas para esse tipo de agressão.

      Nem o Tirone, que arrasou o Palmeiras, mereceria ser agredido.

  • Daivid Rassam

    Covardia cometida por Palmeirenses. Imperdoável.