ENQUANTO ISSO, NO ‘FANTÁSTICO MUNDO DA PRESS’…

Palmeiras, aquele time que não teria condições de disputar campeonatos com os times da série A…

Se não estou enganada, Santos, São Paulo e Corinthians, que disputam o mesmo Paulistão que o Palmeiras, são times da série A (ainda que os dois ultimos não pareçam), correto?

Então vejamos:

PALMEIRAS: 19 pontos, 7 J, 14 GP, 4 GC, 10 SG, 90.5% 

Santos: 16 pontos, 6J, 15 GP, 4 GC, 11 SG, 88.9%

São Paulo: 12 pontos, 7J, 15 GP, 10 GC, 5 SG, 57.1%

Corinthians: 7 pontos, 7J, 6 GP, 12 GC, 33.3%

O Palmeiras, invicto e líder com folga em seu grupo, empatou na última rodada com o Audax (que também havia empatado com o Santos, na segunda rodada). E empatou jogando bem, fazendo uma de suas melhores partidas. Valdivia jogou demais, e, se dependesse do futebol que ele mostrou em campo, o Verdão teria goleado ainda no primeiro tempo.

Mas, um vacilo nosso na jogada que originou o gol do adversário, o preciosismo por parte de Leandro na hora de concluir e a afobação de chutar a gol, quando deveria ter assistido um companheiro melhor colocado (calma, garoto, faça o arroz-com-feijão); a infelicidade de Kardec na cobrança do pênalti (ele acerta muito mais do que erra), a demora de Kleina para substituir Mazinho e Wesley que não rendiam naquela tarde (Mendieta entrou muito bem e empatou a partida), somados às defesas do goleiro do Audax, não permitiram que o Palmeiras vencesse, e de goleada, mesmo tendo jogado muito mais que o adversário.

Ruim? De jeito nenhum! Só para a nossa soberba de perdermos o tal 100% de aproveitamento, mas, certamente, iríamos perdê-lo em algum momento do campeonato. Ainda bem que foi contra o Audax, quando não nos trouxe nenhum real prejuízo. Ninguém sabe o que se dará no restante do Paulistão, mas, neste momento, o Palmeiras está sossegado, nadando em águas calmas e límpidas. Bem ao contrário de dois dos nossos adversários ‘de série A’, que a imprensinha tanto empurra e para quem faz o favor de minimizar as más atuações e problemas…

Eles vão mal das pernas e estão até fazendo troca-troca de jogadores, já que não têm dinheiro e as suas grandes contratações dos últimos tempos não funcionam. Imagina o Palmeiras comprar um atleta por 40 milhões, ele não render p…orcaria nenhuma e entrar numa troca com outro, que também não estava rendendo em seu clube? Imagina as manchetes sobre o ‘mico’ de ter gastado os tubos em nada? Imagina o “custo x benefício” alardeado pelas mais parciais e torcedoras bocas e pelos parciais e torcedores notebooks da imprensinha? E se fosse o Verdão a receber tal jogador, imagina as manchetes sobre tudo de errado que aconteceu com ele? Você viu, recentemente, como foi a chegada de Lúcio aos bambis (“A volta do pentacampeão”) e como foi quando ele veio ao Palmeiras (“Lúcio quer esquecer fracassos”). E o jogador é o mesmo.

E como o Palmeiras, tranquilo, que joga um bom futebol, não é um dos que a imprensinha tanto blinda e empurra aqui em Sampa, como é semana em que ele joga um clássico contra o time que deve salários, que não vence há cinco partidas, que teve o seu CT invadido por torcedores, que teve jogador agredido, que está em crise (ninguém usa essa palavra pra eles), você imagina quais foram as manchetes da segunda-feira após a 7ª rodada?

Na página do Globoesporte.com 

Notícias-gambás-Globo

Notícias-gambás-Globo1

Notícias-gambás-Globo3

Olha que Press boazinha! “Evolução”… “esperança”… Nada de “5 partidas sem conseguir vencer”, nada de fracassos, tropeço, pontaria ruim, nada de crise, nada sobre salários atrasados… nenhuma desconfiança sobre o time que vai disputar um clássico com o líder do campeonato… nenhuma preocupação com o Derby!?!?… (Seria assim, se o time lanterna fosse o seu, leitor palestrino?)

Só coisas positivas, palavras escolhidas “a dedo”… para tapear os torcedores, para que eles não vejam o que está na cara. Seria até legal, se fosse assim para todos os clubes.

“Mano vê evolução… criamos mais” (Pode até ter tido alguma evolução, mas é a  típica manchete para tapar o sol com a peneira)

“Edenilson VOLTOU!” (Messi, é você?)

Danilo – que foi o melhor (olha o adjetivo aí, gente) do time para o Noriega – determina: “Vencer o clássico é obrigação”. Por certo imaginam que vão jogar contra o vento (concorda com isso, Mago?) ou com o PCO “sorteado”.

 No UOL:

notícias-gambás-UOL

Curintia-UOLnotícias-gambás-UOL2

 

“Corinthians (4 derrotas e 1 empate em 7 jogos) e São Paulo (3 derrotas em 7 jogos) pareciam em greve nesse domingo”. (Ainda bem que foi só no domingo)

Juca Kfouri: “Três grandes da capital paulista se deram mal”. (empate para time que está na lanterna do grupo, precisando ganhar ou ganhar para não ser desclassificado, é a mesma coisa que o empate do líder, né Juca? E a derrota dos bambis também? 😯 )

“Denilson diz que o Corinthians está com problemas nas laterais”. (ah, esses laterais corintianos que não fazem gols e que deixam os adversários balançarem as redes…).

E você não lê nada sobre “crise”… nada sobre não vencer há 5 partidas, nada de clima ruim no clube…  nada de preocupação com um tropeço no próximo clássico (já levou de 5 no primeiro)… nada sobre o temor de uma possível desclassificação no Paulistão…

E aí, por curiosidade, vamos dar uma lida nas manchetes do São Paulo, que perdeu da Ponte Preta (de novo?!), depois de ter perdido para o Palmeiras no outro final de semana.

  

notícias-bambis-Globo

notícias-bambis-Globo1

notícias-bambis-Globo2notícias-bambis-Globo3

notícias-bambis-Globo4

 

“Muricy ainda está ajustando a equipe e projeta evolução”

“Muricy volta a cobrar mais presença de Ganso na área” O problema do São Paulo, que tomou dois gols da Ponte, é só do Ganso que não entra na área. (Ele não está jogando mal, só não entra na área)

Do Luís Fabiano, chamado de pipoqueiro pela sua torcida, nenhum jornalista calcula o  “custo x benefício”, calcula os prejuízos que o clube possa ter tido desde a sua contratação (não tem cálculo de custo x benefício para o Ganso também). A manchete para mostrá-lo como o cara que tá trabalhando sério (acredito que esteja mesmo),  é uma clara tentativa da imprensa em fazer a sua torcida vê-lo com outros olhos.

“Defesa tira o sono do Muricy” (pensei que fosse o Ganso que não entra na área).

“Ceni salva com a mão e com o pé, mas amarga revés”. Nenhuma palavra sobre a performance do goleiro de hóquei, que, ultimamente, anda falhando mais que o sinal da TIM (E nenhuma lembrança ou entrevista sobre a sua tentativa de agressão ao Valdivia, no final de semana anterior).

E aí, vamos comparar com as notícias sobre o Palmeiras, líder  com folga do seu grupo no Paulistão e o melhor classificado dentre os participantes do campeonato, com 90.5 % DE APROVEITAMENTO. Que ‘crise’, hein Verdão?

 

Notícias-Palmeiras-Globo

Notícias-Palmeiras-Globo1

notícias-Palmeiras-UOL

notícias-Palmeiras-UOL1notícias-Palmeiras-UOL2

 

“Sem pontaria… um festival de gols perdidos” (bambis e gambás, que perderam e empataram seus jogos, não desperdiçaram gols. Será que foi porque nem chutaram?)

“Kleina critica falha nas finalizações” (será que o Mano não criticou nada??)

“Alan Kardec não se abala com pênalti perdido”

“Kleina diz que Palmeiras pecou nas finalizações”

“Prass e Mago alertam para Derby de risco” (só o Palmeiras se preocupa com o clássico, né?)

“Sem pontaria”, “festival de gols perdidos”, “pecou”, “critica”, “falha”, “Derby de risco”, “não se abala”, “desperdiça”… tudo isso nas chamadas das notícias do Palmeiras (nada sobre a partidaça do Mago, nem sobre a ótima partida do Prass).

Um contraste com a “evolução”, “esperança”, “ainda está ajustando”, “projeta evolução”, “criamos mais” (para o Palmeiras, “criamos mais” se transformou em “festival de gols perdidos”, né Globo?) nas notícias dos outros clubes.

E haviam manchetes como essas em outros sites:

“Palmeiras foi dominado pelo Audax e empata por pouco”

“Corinthians luta e arranca empate na raça”

E, para finalizar, uma mostra de (in)competência jornalística, vinda diretamente do mundinho fantástico dos estagiários torcedores travestidos de ‘profissionais de imprensa’…

notícias-gambás-Lance

notícias-bambis-Lance

 

notícias-Palmeiras-Lance

Veja só, leitor, o time lanterna, que não vence há 5 jogos, ‘empatou’… o que foi derrotado pelo time da segunda divisão, ‘projeta evolução’… e o Palmeiras, líder, que jogou bem e empatou, ‘tropeça’…

Não preciso falar mais nada, né?

  • Angela Bonora Gamez

    adorei o texto, muito bem escrito! realmente prova de maneira cabal o quanto a imprensa age de maneira tendenciosa e sempre contra o Palmeiras!

    • taniaclorofila

      Obrigada, Angela.

      Não me é possível, mas, se fosse fazer uma patrulha constante no joguinho sacana da Press com o Palmeiras, teria condições de fazer um post por dia sobre esse assunto. Material não falta!
      A sacanagem é diária! Pena que parte da torcida não seja capaz de perceber…

  • Gaetano

    Por tudo isso, cada vitória sobre esses adversários e sua “torcida” escrita e falada tem um sabor especial, quase orgásmico.

    • taniaclorofila

      Tem sim, Gaetano. Mas, não podemos nos esquecer que esse comportamento da imprensa, sempre tão desfavorável ao Palmeiras, tem legitimado ao longo de muitos anos, todos os prejuízos que ele sofreu/sofre com as arbitragens (que o mandaram até para a segundona) , com os julgamentos mandrakes do STJD… e, por isso, é que devemos combatê-lo sempre.

      • Gaetano

        Sem dúvida alguma. Temos, por obrigação, escancarar os escândalos. evitando que dem crias.

  • Marco

    A cobertura pilantra da imprensa só vai acabar quando a torcida do Palmeiras aprender a rejeitar esse tipo de postura. Ocorre que dentro da nossa torcida contamos com uma parcela considerável de idiotas úteis que adoram falar mal do time, em qualquer situação, uma parcela que gosta de comprar desgraça. A imprensa sabendo disso está ai para fornecer.
    Nosso time faz um início de temporada excelente e observamos pelos blogs alguns torcedores mais preocupados em encontrar novos alvos para o lugar de Márcio Araújo, já colocando Juninho e Mazinho nessa condição.
    Em relação aos jogadores, à Comissão Técnica e a Diretoria, seria muito interessante uma mudança de comportamento. Abrir o jogo, ironizar e mostrar que o Palmeiras
    percebe o tratamento parcial dados aos clubes. Sem criar atritos, mas ironizando.

    • taniaclorofila

      Marco se levarmos em conta que, no Brasil, a Educação está cada vez pior, e, por conta disso, o brasileiro consegue raciocinar cada vez menos, entenderemos porque parece que boa parte da nossa torcida emburreceu, se estupidificou. Entenderemos porque temos tanto idiotas úteis que nem se dão conta do prejuízo imenso que causam ao time que dizem amar.
      É exatamente o que vc diz, o time faz um início de temporada excelente, mas os corvos de plantão, INTERESSADOS APENAS EM ACESSOS, EM CLIQUES, que diminuem em tempos de menos stress, precisam encontrar assuntos que satisfaçam essa parte da torcida, estúpida, que se delicia xingando o próprio time (que traz os acessos e cliques). Essa parte sem discernimento, que acha que xingar o Palmeiras é prova de isenção, é prova de que ele é o torcedor f@%#dão, quando, na verdade, ele não passa de um mané.

      Quanto à postura da diretoria, parece que ela está mudando. Estou gostando muito de ver que ela agora combate alguns abusos da imprensinha, o que não aconteceu em nenhuma das administrações anteriores..

  • Crux

    Infelizmente, nem na Mídia Palestrina estamos livres disso…

    • taniaclorofila

      Tem razão, Crux.
      Eu não leio muita coisa da Mídia Palestrina, mas, mesmo sem ler, sei que tem coisa desse naipe, pautada cirurgicamente para jogar os palmeirenses contra o Palmeiras, para tentar, sempre, mostrar algo ruim, mesmo quando tanta coisa melhorou.
      Sem contar muitos bobocas, que, se não tem mais o “X” e o “Y” no time para ser o alvo de execração diária, dão um jeito de encontrar o “W” e o “Z”.

  • Rogerio Silva Barbosa

    pois é Tania é impressionante como a imprensa faz de tudo para tumultuar o ambiente do Palmeiras, para fazer oque esta certo virar errado, coisas como li ano de 2013 crise que não tem fim, o torcedor lê aquilo e ja fica revoltado mas quando é os rivais exaltam mesmo em tempo de crise….é bom nos subestimar mesmo a cada ano que passa nos tornamos mais fortes.. #Torcida que canta e vibra

  • Bruno Bernardo

    Quando o Palmeiras mandou o Argentino Tamoxunto para o time dos imortais que mais morrem, meu Deus, tem gente falando até hoje dessa troca. Agora com os Bambis e os Quero Ser Bambi, tudo diferente.

  • critico verde turma do amendoi

    isso so prova uma coisa a imprensa e vendida!!! eles estao acostumados com picuinhas crises vexames em campo e o medo de todos e que o palmeiras fique forte porque???? porque a historia prova por a + b que nossas conquistas foram em 4 linhas e isso irrita os rivais???o mais engraçado tania sao esses progamas esportivos dirigidos por filosofos poetas gente que se diz especialistas em futebol?????? o unico jeito de acabar com essa farra e fazer o que paulo nobre esta fazendo todo ano qualificar o elenco!!!!!!!!!!!! nao entrarmos mais pra participar como foi em anos anteriores???? e sim pra ganhar!!!!! chega de compexo de vira lata. somos gigantes e pronto!!!! esse novo palmeiras me agrada muito!!!!! sou torcedor desde 1985!!!!!9 anos na fila!!!!!!!!! tem tocedor tania que ja gosta de titulo pronto?????

  • Jack

    Vcs viram as “notícias” do lance de hoje?!?! Uma “estranha” coincidência, às vésperas de um derby, só termos pautas negativas relativas ao verdão. Divida do Wesley, atraso da arena e mais ridículo de tudo, uma entrevista de um jogador medíocre, num evento da escrota nike, que até hoje não engoliu o fato da camisa amarela do Palmeiras ser muito mais linda que o da seleção. Mostrou ao mundo como seria linda a camisa da nossa seleção, se a mesma fosse patrocinada pela Adidas… Mas isso faz parte da noss história e sempre fomos vencedores. CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!!
    FORZA PALESTRA!!!

  • Marcio Lima

    Esses dias discuti e fui até bloqueado por um “reporter” do Lancenet pelo twitter que insistia em escrever várias noticias polemicas e até reportagem arrumada pela Nike contra o Lúcio.