TODO DIA É DIA DE PALMEIRAS!

A temporada 2014 começou no final da semana passada, quando tivemos a primeira rodada do Paulistão.

O Palmeiras fez a sua estreia diante do Linense, apresentou algumas caras novas, deixou  outras ‘guardadas’ (os clássicos vêm aí)  e, de virada, conquistou a sua primeira vitória. Normal…

Normal?? Foi a primeira vitória do centenário da Sociedade Esportiva Palmeiras!! O clube mais vencedor do Brasil, o Campeão do Século, o clube mais amado desse planeta… o nosso Palmeiras, nosso Verdão, o Palestra, o glorioso Alviverde Imponente está comemorando 100 anos!  E como foi gostoso estar com o Palmeiras nessa estreia de centenário, como foi gostoso comemorar os lindos gols de Mazinho e “Lã” Kardec,  os primeiros gols, da primeira vitória do nosso ano 100! Me sinto tão privilegiada por estar vivendo isso.

A parmerada fez a festa! A parte da torcida que insistia na bobagem de perseguir o próprio time, deixou isso pra lá e cantou bonito, sem parar; gritou os nomes dos jogadores todos no começo do jogo (acho isso tão importante), e, ao final da partida, cantou a música que fez em homenagem ao centenário. Muito linda… Saímos do estádio arrepiados.

E, depois da partida, lá fomos nós, ávidos, buscar as notícias sobre a vitória. E qual não foi a nossa surpresa ao constatarmos que para alguns estagiários, o Palmeiras venceu de virada, por…  1 x 0!!

A imprensa se esforçar para mostrar um Palmeiras sem brilho não é novidade alguma. Na verdade,  é mais do mesmo. Mas alguém me explica como é que se vence, de virada por 1 x 0?

Estagiário-Lance

Deve ser do mesmo jeito que Manchester fica em Londres, né? Nessa outra notícia, o estagiário ficou tão preocupado em fazer um veneninho na contratação do Lúcio (ninguém falou em “fracassos” quando ele chegou aos bambis, né?), que quando foi falar da nossa arena e da sua cobertura,  disse que o Manchester City é de Londres. Cuma??

Manchester-Londres1

Se ele procurasse no Google, iria se surpreender e descobrir que Manchester não fica em Londres… Olha aqui, ‘liMdo’, como as duas cidades não ficam no mesmo lugar.

Manchester-Londres

É… pelo visto, a Press também fez pré-temporada, e deve ter treinado bem, porque não perdeu a pegada habitual de aliviar pra uns e forçar pra outros; mesmo que seja à custa de publicar bobagens. E as coisas que lemos nesse começo de 2014 são do tipo: “Ceni falha e SP é derrotado” (quem lê, imagina que tava tudo sob controle e uma falha do goleiro foi fatal. Só esqueceram de falar que foi 2 x 0, né? Fora os gols perdidos pelo Braga.), “Palmeiras vence, pra começar o ano em paz” (Se a Press não conta, a gente nem saberia que, com salários em dia, contratando mais do que qualquer outro clube, estávamos em guerra). Mas não tinha ‘guerra’ no “Cu rintia” que ficou a 4 pontos do rebaixamento em 2013 (o SP também quase foi rebaixado), com o segundo pior ataque do Brasil, que deve salários, que tá sem dinheiro e não está conseguindo fazer muitas contratações. Esse time, quebrado, também ganhou por 2 x 1, mas, pra ele, a vitória não foi para acalmar os ânimos ou para iniciar o ano em paz….

Estamos ainda no começo de ano e já podemos observar que o ‘modus operandi’ dos torcedores estagiários da Press não mudou nada. Colocam holofotes no que querem que você enxergue, na marra, e tiram as luzes daquilo que não querem que você veja. E pouco conta a importância do que vão levar até você.

Eu já falei aqui, e acho que você se lembra, sobre as ‘pesquisas’ que davam conta que a nossa torcida encolheu, que a do  ‘SPFW’, a do “Vaixco” a superaram. Acho que você se lembra também das desculpas esfarrapadas para nos darem uma única transmissão, além da de um clássico, na grade da TV aberta no Brasileirão 2012 , não é mesmo? A pouca audiência, a torcida que diminuiu… e quanta gente acreditou, e ainda acredita…

As informações passaram despercebidas, ninguém acendeu os refletores, não deram destaque…

O público dos campeonatos estaduais, que continuam provando que nosso número de jogos  na grade da TV aberta não têm motivo algum para serem menores que os de Vasco, Fluminense, Botafogo e São Paulo, por exemplo, na primeira rodada de 2014, ficaram muito aquém dos números esperados para os jogos dos grandes de SP e RJ.

Mas, ainda assim, com públicos ruins, você sabia que  Palmeiras x Linense,  – mesmo com o Verdão cobrando ingressos mais caros, o que favoreceu um público menor -, foi o jogo com o maior público da primeira rodada do Paulistão 2014? Sabia?

Palmeiras x Linense    –  10.717
Corinthians x Lusa      –   8.278
Santos x XV de Piracicaba    –   7.895
(na segunda rodada, Santos x Audax teve público de 2.284 pagantes)
Bragantino x São Paulo        –   5.938

Público total dos 4 grandes de SP: 32.828  –  Média: 8.207

E você sabia também que, no RJ, cujos clubes a CBF e a Globo tanto querem empurrar para a opinião pública, tanto querem ajudar, a coisa foi ainda pior?

Flamengo x Audax   –  10.522
Vasco x Boa Vista    –    5.763
Madureira – FluminenC   –  2.826
(nem tendo roubado a vaga da Lusa no tapetão, o FluminenC não tem quem queira vê-lo jogar
Resende x Botafogo  –   2.538
(tirando os 15 habituais torcedores do Botafogo, o Resende até que foi bem representado)

Público total dos 4 grandes do RJ: 21.649  –  Média: 5.412

Estranho que, mais uma vez, os clubes cujas ‘torcidas aumentaram’, continuem com públicos ridículos em suas partidas, e o Palmeiras, da torcida que diminuiu, mesmo com ingressos a 60,00 (eu sei que é uma estratégia para alavancar o Avanti – com ele paga-se muito menos – mas baixa um pouquinho isso, presidente) continua levando mais gente aos jogos.

Pode ser que isso seja um reflexo da situação financeira dos clubes, das pouquíssimas contratações das equipes, dirão alguns. E o Palmeiras, que contratou mais, talvez esteja empolgando um pouco mais o torcedor. Pode até ser…

Mas não era isso que a Press nos vendia em DEZ de 2013, não é mesmo?

Corinthians-Quebrado

Em Dezembro de 2013, a gente também ouvia e lia que o Palmeiras estava sem dinheiro, sem patrocínio, que não ia contratar (e como essas notícias, repetidas à exaustão, fizeram a cabeça de alguns palmeirenses incautos)… ouvia e lia que o Corinthians era um dos clubes mais valiosos/ricos do mundo, que recebia os maiores valores de patrocinio, que arrecadava mais do que gastava…

Alguém mentiu…

Como poderia um clube tão rico, tão valioso (estão colocando nessa conta o valor do Esmolão, que não vai ser dele tão cedo?), ficar quebrado, um mês depois de ser anunciado tão “poderoso”?

Corinthians-Quebrado1

A gente percebe que foi enganado, quando fica sabendo que tem jogador gambá que não recebe há três meses; quando fica sabendo que os dirigentes do clube tão “rico” pagaram dois meses de salários e ficaram devendo três (eram cinco??? E você ficou quietinha, né Press?);  quando lê que pediram ajuda a um banco para pagar as prestações de um atleta contratado junto ao América-MG (what?); quando ouve falar que  o time tão “rico” comprou 25% dos direitos de um atleta, que não é nenhuma celebridade, porque não podia comprar o resto… Os caras não podem nem comprar um pastel de feira (quem mandou dispensar o Zizao? Pelo menos, o pastel ele garantiria). O que aconteceu com a riqueza toda? (O governo federal tem outras prioridades agora?) Em Dezembro, tão “rico”; em Janeiro, quebrado…

Você vê como compra muita mentira vendida pela imprensa? Basta a gente raciocinar um pouquinho para ver que a realidade de contos de fada, era algo que foi ampliado muito além da verdade. Ou então, o dinheiro tava vindo por algum cano não muito lícito e agora o cano foi tapado.

E o Palmeiras, o time  sem patrocínio, sem dinheiro, que venderam pra você como o coitadinho, que não teria condições de estar na série A (dos 14 times que rondaram o rebaixamento), que seria apenas sparring dos demais em seu centenário, contratou muitos e bons jogadores (os demais clubes não estão contratando praticamente ninguém). O time que os estagiários se empenham em desmerecer (o WOW, até notícia inventou, e foi desmentido pelo Palmeiras) trouxe ao futebol brasileiro o contrato de produtividade (que tantas pessoas afirmavam que não funcionaria, e que agora muita gente já quer copiar). E vai colocando a casa em ordem e vai caminhando pelo caminho que já deveria estar caminhando há muito tempo.

Não deram muito destaque também, mas Palmeiras e Cruzeiro são os únicos clubes que estão com salários em dia. Coisa boa, né?

E por que estou falando isso (de novo) agora, quando o ano mal começou? É porque o ano mal começou mesmo, que devemos nos precaver.

Amigo torcedor, palestrinamente falando, este é o ano mais importante de nossas vidas. Não pelos títulos que ganharemos, ou não ganharemos. Ninguém pode afirmar isso, tenhamos o elenco que tivermos. Este ano é importante porque estamos vivendo o centenário do Palmeiras, o clube que faz a gente chorar de alegria, sem vergonha alguma; que tira o nosso sono, a nossa fome, a vontade de sair, quando ele não vai bem; que faz a gente explodir de felicidade quando faz um gol, ainda que seja contra um time sem expressão…

O clube que a gente ama faz 100 anos, e vamos comemorar com ele. Todos os dias, um de cada vez,  até chegar 26 Agosto.

Então, façamos um trato, um trato de palestrinos. Chega de fazer o jogo do bandido! Chega de fogo-amigo. O Palmeiras merece uma trégua, ele merece paz e alegrias.

Que nesse ano, ninguém faça a nossa cabeça contra o nosso time, contra o nosso clube; que neste ano, independentemente de virem ou não as conquistas que tanto desejamos (vamos buscar com ele), o brilho do Palmeiras seja o da sua gente, da gente de verde, que joga com o time, que carrega um grande “P” no coração.

Vamos pintar 2014 de verde e branco! Vamos encher de luzes o centenário, as nossas luzes! E, assim, vamos ajudar o Palmeiras a ser campeão! Nós podemos, e sabemos disso!

Unidos, somos mais fortes do qualquer coisa!

Vamos cantar, vibrar, torcer…  vamos fazer, por que não, o Palmeiras campeão!

EM 2014,  DIA TODO É ANIVERSÁRIO DO PALMEIRAS!!  E a festa é nossa!

TANTI AUGURI, PALESTRA!

  • Thiago

    Excelente reflexão, e, principalmente, apontamento sobre a podridão dessa imprensa esportiva nojenta de nosso país. Beira o ridículo essas pessoas tidas como “profissionais” mascararem a realidade e venderem/anunciarem algo fantasioso.Há tempos que o palmeiras é bombardeado, razão pela qual a mídia palestrina a cada dia vem está se fortalecendo e fazendo com que os palmeirenses legítimos fiquem de olhos abertos e deixem essa picaretagem para trás. A resposta que o verdão pode dar é dentro de campo como também de profissionais sérios que gerenciam o nosso time, como de fato está sendo. O único motivo que ainda vejo as matérias fora da mídia palestrina é para me certificar ainda mais que a imprensa é podre e totalmente sem crédito. Abraço!

  • Thiago

    Excelente reflexão, e, principalmente, apontamento sobre a podridão dessa imprensa esportiva nojenta de nosso país. Beira o ridículo essas pessoas tidas como “profissionais” mascararem a realidade e venderem/anunciarem algo fantasioso.Há tempos que o palmeiras é bombardeado, razão pela qual a mídia palestrina a cada dia vem está se fortalecendo e fazendo com que os palmeirenses legítimos fiquem de olhos abertos e deixem essa picaretagem para trás. A resposta que o verdão pode dar é dentro de campo como também de profissionais sérios que gerenciam o nosso time, como de fato está sendo. O único motivo que ainda vejo as matérias fora da mídia palestrina é para me certificar ainda mais que a imprensa é podre e totalmente sem crédito. Abraço!