#PalmeirasMeuAmorMeuOrgulho #OGiganteVoltou

“Você vai ficar na saudade, minha senhora, ah… eu vou embora…”

Deus, muito obrigada pela alegria que sinto hoje… obrigada também, pelas lições aprendidas durante esse tempo.

Eu esperei, pacientemente, durante 11 meses… durante longos 342 dias… E, agora, com a alma em desassossego, não sou capaz de esperar algumas horas… Se eu pudesse, teria ido dormir no Pacaembu de ontem pra hoje.

A sensação que eu tenho é a de ter atravessado um portal no tempo; ontem, eu estava lá, triste, naquele lugar distante, sentindo frio, usando todas as minhas reservas de esperança e boas energias, sonhando com o dia de hoje; hoje, me sentindo plena, estou onde queria estar esse tempo todo, no meio da Luz, do calor no coração, do sonho que sonhei por 342 dias.

Me lembro dos primeiros cálculos… “Quem fizer uns 71 pontos garante o acesso”. E eu pensava: Putz, 71 pontos… vai levar um tempão… Meu coração me dizia: Que nada. Relaxa, sua boba, que vai ser num piscar de olhos, você nem vai perceber. E eu dizia pra ele: Mas e se nos roubarem de novo? Ele me respondia: Nada vai segurar o Palmeiras lá, nem mesmo árbitros pilantras,e você sabe disso. Pelo simples fato de que lá não é o lugar do Palmeiras. Ele é uma azeitona numa salada de frutas. Não tem razão alguma ele estar ali.

Agora, meu coração, todo feliz, sabichão e metido a besta carrega uma plaquinha com os dizeres: Eu sabia!

E ele sempre tem razão. Hoje, com 7 rodadas de antecedência, 71 pontos é questão de horas (temos 7 partidas para fazer os 3 pontinhos que faltam), é questão de dribles e passes mágicos em pés de leão, é questão das cabeçadas certeiras de um cerebral atacante, de defesas precisas, de zaga valente, de desarmes na raça, é questão de abraços, de aplausos, é questão de torcida cantando, feliz… é questão dessa vontade tamanho XGG que todos nós – time, torcida, comissão técnica e dirigentes – trazemos dentro do peito.

O nosso amanhã chegou, Palmeiras! E você não imagina o tamanho da minha (nossa) felicidade. Ninguém imagina…

Eu sempre apostei em você (você sempre é a melhor das minhas apostas), nunca duvidei que passaríamos pela série B com o ‘pé nas costas’… mas, como é você, estava na cara que seria de maneira grandiosa, com uma campanha brilhante. Afinal, por mais que tivéssemos feito muito mal as nossas lições de casa no ano passado, não teríamos ido parar na série B se não fosse um esquema sacana para nos colocar lá – esquema que não existe para os times que hoje estão capengando na série A.

Eles até que tentaram nos atrapalhar nesse campeonato também, mas não conseguiram. Somos vencedores outra vez. Outra vez, como fazemos desde 1914, damos a volta por cima, vencemos as adversidades, as tramoias que nos fazem.

Agora, o pesadelo chegou ao fim! Aquele desconforto que nos acompanhou nesses 11 meses, não existe mais. A “viagem” acabou, estamos em casa outra vez!

E pode morrer de saudade do Palmeiras, série B, porque ele nunca mais vai voltar aí!

E não nos perguntem se vamos comemorar… porque É CLARO QUE VAMOS COMEMORAR! Esse amor não tem “se”, “senão”, “divisão” e nem “porque”. Comemoramos qualquer conquista do Palmeiras, mesmo que seja o título do campeonato de Candy Crush da quinta divisão!!

Hoje, eu e o meu coração vamos festejar! 37 mil pessoas e vinte milhões de corações vão festejar, vão estar no Pacaembu! É mais do que apenas voltar… é provar ao mundo que no Palmeiras tudo é diferente, tudo é mais bonito e verdadeiro. É provar que somos dignos da nossa digna história… e, de novo, escrevemos um capítulo sem mácula, de novo teremos uma conquista legítima, como é a  nossa tradição.

TANTI AUGURI, PALMEIRAS! ORGULHO IMENSO DE VOCÊ!!

O PACAEMBU VAI TREMER!!! O GIGANTE VOLTOU!

“O amor é verde, branca a razão, eu plantei Palmeiras no coração…”♫♪

  • Marcello Monteleone

    Nós todos realmente estamos juntos, AVANTI PALESTRA!!!Estou ainda sem sono!!!

    • taniaclorofila

      Marcello,

      Quando você comentou no blog, eu estava acordada também e sem um pingo de sono. E tava me perguntando porque, mesmo cansada, eu não sentia vontade de ir dormir.
      Acho que aconteceu o mesmo com um monte de palmeirenses, né? Nos livramos de um peso e, talvez por isso, a leveza, de volta, a alegria de vermos reparado um dos muitos erros cometidos pelos dirigentes anteriores, nos deixassem assim tão alertas.

      Que maravilha! Estamos todos de volta!

  • Marcello Monteleone

    Nós todos realmente estamos juntos, AVANTI PALESTRA!!!Estou ainda sem sono!!!

    • taniaclorofila

      Marcello,

      Quando você comentou no blog, eu estava acordada também e sem um pingo de sono. E tava me perguntando porque, mesmo cansada, eu não sentia vontade de ir dormir.
      Acho que aconteceu o mesmo com um monte de palmeirenses, né? Nos livramos de um peso e, talvez por isso, a leveza, de volta, a alegria de vermos reparado um dos muitos erros cometidos pelos dirigentes anteriores, nos deixassem assim tão alertas.

      Que maravilha! Estamos todos de volta!

  • Célia Alves

    Lindo… COMPARTILHEI NO FB !!! Torci o pé indo pro estádio, passei até a metade do primeiro tempo no posto médico, tive que assistir o jogo na escadaria do tobogã, sentada com a perna esticada e gelo …. MAS FIQUEI ATÈ O FINAL !!!! O jogo foi “morno” mas MEU PALMEIRAS DEIXOU A SÉRIE B, e como disse a Tania, pra NUNCA MAIS VOLTAR !!! AMO VC PALMEIRAS !!

    • taniaclorofila

      Poxa, Célia… que chateação, hein?
      Mas saber que deixamos a malfadada série B compensa qualquer coisa, né? Espero que esteja tudo certo aí com você e que seu pé esteja melhor agora.

      Um abraço.

  • Célia Alves

    Lindo… COMPARTILHEI NO FB !!! Torci o pé indo pro estádio, passei até a metade do primeiro tempo no posto médico, tive que assistir o jogo na escadaria do tobogã, sentada com a perna esticada e gelo …. MAS FIQUEI ATÈ O FINAL !!!! O jogo foi “morno” mas MEU PALMEIRAS DEIXOU A SÉRIE B, e como disse a Tania, pra NUNCA MAIS VOLTAR !!! AMO VC PALMEIRAS !!

    • taniaclorofila

      Poxa, Célia… que chateação, hein?
      Mas saber que deixamos a malfadada série B compensa qualquer coisa, né? Espero que esteja tudo certo aí com você e que seu pé esteja melhor agora.

      Um abraço.

  • Marco

    Esse é o momento exato para alertar a S.E. Palmeiras. O time conseguiu o acesso com seis rodadas de antecipação. Será o campeão com mais três vitórias. Nessas condições ninguém poderá argumentar que nossas reclamações são por resultados, desculpa conveniente para se esquivar da discussão do problema.

    O ano de 2013 mostrou que externamente o Palmeiras continua sem o respeito da CBF, das arbitragens, do tribunal e de parte da imprensa, mesmo com toda média que agora fazem pelo acesso.

    Enquanto isso, nossa torcida fica preocupada em mandar embora jogadores, treinador, pregando que ninguém presta e não tem nível para ficar no Palmeiras.
    Pedir reforços para o time é justo, necessário e normal, mas para isso não é preciso desmoralizar que lutou pela volta do time para a série A.
    Nossa torcida, ou parte dela, se acha coerente e realista ao repetir os rótulos plantados sobre o clube. Não percebe que ela faz parte desse jogo de menosprezo constante ao Palmeiras como forma de implantar a mentalidade do fracasso.

    Entraremos em 2014, ano do nosso centenário com a mesma fragilidade e a mesma falta de representatividade que ocasionou o rebaixamento em 2012. O elenco pode ser reforçado o quanto for, o treinador poderá o melhor do mundo, mas se continuar o tratamento recebido será subir e descer.

    O objetivo alcançado deve ser comemorado, mas a precaução para mudar de vez a vida do Palmeiras deve ser prioridade. Esse é o principal recado ao presidente Paulo Nobre e a toda a sua diretoria.

  • Marco

    Esse é o momento exato para alertar a S.E. Palmeiras. O time conseguiu o acesso com seis rodadas de antecipação. Será o campeão com mais três vitórias. Nessas condições ninguém poderá argumentar que nossas reclamações são por resultados, desculpa conveniente para se esquivar da discussão do problema.

    O ano de 2013 mostrou que externamente o Palmeiras continua sem o respeito da CBF, das arbitragens, do tribunal e de parte da imprensa, mesmo com toda média que agora fazem pelo acesso.

    Enquanto isso, nossa torcida fica preocupada em mandar embora jogadores, treinador, pregando que ninguém presta e não tem nível para ficar no Palmeiras.
    Pedir reforços para o time é justo, necessário e normal, mas para isso não é preciso desmoralizar que lutou pela volta do time para a série A.
    Nossa torcida, ou parte dela, se acha coerente e realista ao repetir os rótulos plantados sobre o clube. Não percebe que ela faz parte desse jogo de menosprezo constante ao Palmeiras como forma de implantar a mentalidade do fracasso.

    Entraremos em 2014, ano do nosso centenário com a mesma fragilidade e a mesma falta de representatividade que ocasionou o rebaixamento em 2012. O elenco pode ser reforçado o quanto for, o treinador poderá o melhor do mundo, mas se continuar o tratamento recebido será subir e descer.

    O objetivo alcançado deve ser comemorado, mas a precaução para mudar de vez a vida do Palmeiras deve ser prioridade. Esse é o principal recado ao presidente Paulo Nobre e a toda a sua diretoria.