MEU LIXO É A TUA HERANÇA

No sábado passado, o Palmeiras empatou com o fraco América-RN. Chato pra caramba.

Tudo bem que isso em nada atrapalha a nossa caminhada rumo à série A, e que, ainda assim, a gente aumentou a vantagem para o segundo colocado, uma vez que a Chapecoense perdeu do Paysandu. Mas a torcida não esperava esse empate e nem o jogo ruim. O time adversário fazia tanta cera, mas tanta cera, que o carrinho, que entra em campo para transportar os “contundidos”,  acabou “jogando mais” do que o Juninho.

Nós até criamos chances de fazer gols, mas elas foram desperdiçadas. Leandro colocou pra fora um gol feito, dado de presente pelo Mago. Kardec, quando conseguiu receber uma bola boa, cabeceou lindamente, mas o maledeto do goleiro pegou. Como disse o Mago depois, “tentaram jogar na qualidade, mas tinham que ter jogado com a razão”, ter feito o arroz com feijão. Teria sido bom se tivessem acertado os cruzamentos também. O talento de Kardec ficou desperdiçado na maior parte do tempo.

E sem contar o frio imenso que fez no Pacaembu, pegando a torcida desprevenida. Poucas vezes passei tanto frio. Enfim, um sábado que tinha tudo pra ser brochante, pra nos deixar meio mau humorados… mas QUE NADA!!

Mais tarde, à noite, a Globo  levou ao ar um programa (eu não assisti) que falava sobre o vantajoso negócio de se reciclar entulho para ser usado em construções. E qual não foi a surpresa quando o dono da empresa citada na matéria, disse que o entulho reciclado do Palestra Italia foi usado na construção do Esmolão de Itaquera!! A notícia se espalhou em segundos nas redes sociais.

Verdade, amigo! Construíram o Esmolão com o entulho do Palestra Itália! É mole? O nosso lixo é o luxo dos gambás! hahahahah

A grande piada palestrina do novo século tinha sido contada pela primeira vez!! E em horário nobre e platinado!! Não poderia ser melhor.

O estádio gambá, construído com o dinheiro público doado pelo governo federal; aquela sujeirada toda, superfaturada, cujo valor já ultrapassa 1 bilhão (que farra com o nosso dinheiro) com garantias dadas por um banco também do governo, vai ter como a única coisa decente e honrada, a brita usada na sua construção, e que veio dos entulhos do Palestra Italia… hahahahahaha Risos eternos!

Ver o rival do BolsaApito, “BolsaIstádio” esperar 103 anos para conseguir ter um estádio pago com impostos dos brasileiros, e quando ele está 90% pronto, todo mundo, inclusive ele, descobrir que foi construído com entulhos do Palestra…..não tem preço!

Os sucateiros já tinham plantado um monte de palmeiras lá no Esmolão (ou seria Caçambão?), depois colocaram o telhado verde… e agora a gente fica sabendo que ele foi construído com o entulho originado na demolição do Palestra? Isso é que é vontade de ser Palmeiras, de ter história! Pelo menos, a brita é de estirpe, tem linhagem.

Mas o que os gambás não sabem, é que o Tiranossauro Rex, que estava enterrado no Palestra, foi reciclado junto. E os sapos também. E, mesmo à distância, os danadinhos já estão fazendo das suas… a Lusa e seus 4 gols que o digam. Imaginem quando os jogos começarem a ser no Caçambão…

Obrigada, gambazada! Vocês me divertem um bocado! Na próxima remessa a gente manda latinhas e garrafas pet.

E respeitem as pedrinhas aí, hein? Elas têm história, acompanharam os feitos do Campeão do Século e dos seus craques maravilhosos e imortais, ouviram cantar a torcida mais apaixonada do planeta, e vão estar sempre gritando: Palmeiras! Palmeiras!

P.S – Amigo leitor, alguns textos têm sido publicados com atraso; outros, acabaram nem sendo publicados, porque estou, temporariamente, sem computador. Obrigada pela paciência, mais uns dias e as coisas voltam ao normal.

  • Gaetano

    Sem dizer que tem cheiro de fumaça, no ar. Na planilha de despesas sai dinheiro para brita e areia e do bolso, para entulho. VERGONHÃO, CADA VEZ MAIS …ÃO.

    • taniaclorofila

      ´É bem isso, Gaetano. Usam entulho reciclado, DO PALESTRA, DIGA-SE DE PASSAGEM (Tchuupem essa manga), e o “istádio” vai custar mais de um bi.
      Vergonhão, mesmo! Só podia ser com eles.

  • Gaetano

    Sem dizer que tem cheiro de fumaça, no ar. Na planilha de despesas sai dinheiro para brita e areia e do bolso, para entulho. VERGONHÃO, CADA VEZ MAIS …ÃO.

    • taniaclorofila

      ´É bem isso, Gaetano. Usam entulho reciclado, DO PALESTRA, DIGA-SE DE PASSAGEM (Tchuupem essa manga), e o “istádio” vai custar mais de um bi.
      Vergonhão, mesmo! Só podia ser com eles.

  • Emerson
    • taniaclorofila

      Falar que vai pagar, até eu posso falar que vou pagar uma Ferrari.
      Todo mundo sabe que a gambazada não vai pagar nada, que quem vai pagar, de um jeito ou de outro, é o dinheiro público. Eu, você e mais um de gente, que está doando o seu dinheiro na marra, graças às artimanhas do governo federal e dos vassalos desse governo, que estão nos governos estadual e municipal de São Paulo.

      • Emerson

        Tânia, desculpe-me, a minha intenção foi elucidar o que é empréstimo e doação, se irão honrar o pagamento será outro momento, e devem existir garantias. Só isso.

  • Emerson
    • taniaclorofila

      Falar que vai pagar, até eu posso falar que vou pagar uma Ferrari.
      Todo mundo sabe que a gambazada não vai pagar nada, que quem vai pagar, de um jeito ou de outro, é o dinheiro público. Eu, você e mais um de gente, que está doando o seu dinheiro na marra, graças às artimanhas do governo federal e dos vassalos desse governo, que estão nos governos estadual e municipal de São Paulo.

      • Emerson

        Tânia, desculpe-me, a minha intenção foi elucidar o que é empréstimo e doação, se irão honrar o pagamento será outro momento, e devem existir garantias. Só isso.