ORGULHO DE VOCÊ, PALMEIRAS!

Orgulho-Octo

Semana de estreia na famigerada Série B.

Semana importante. Na segunda-feira, o Palmeiras anunciou o patrocínio da Meltex para o basquete masculino; na terça, tivemos o lançamento das novas camisas.

O evento de lançamento foi no Pacaembu. A imprensa toda estava lá para ver os nossos novos mantos. Mantos, que são sempre motivo de muito orgulho para os milhões de palestrinos, que o aguardavam com muita ansiedade. E a diretoria sabe disso.

LançamentoCamisa-Orgulho

E eles são lindos – não sabemos nem qual comprar primeiro! Remetem à gloriosa camisa de 73, da segunda Academia. E, para nos matar de emoção, Ademir da Guia, o Divino, e César Maluco entraram vestidos com elas. Vilson e Patrick Vieira também. Tão bonito ver os jogadores do time atual ao lado dos maravilhosos ídolos da Academia, os craques que escreveram páginas lindas da nossa história. Tão bonito ver seis felicíssimos  torcedores, sócios-torcedores Avanti, contemplados com a oportunidade de participar do lançamento das camisas do time de coração, de vesti-las, e de entrar com os jogadores – foi uma surpresa da qual eles tomaram conhecimento só na hora. Quantos aplausos receberam todos eles! Quantos aplausos receberam os novos mantos do Verdão.

LançamentoCamisa-Cesar-DivinoLançamentoCamisa-Patrick-Vilson1

Palmeiras e Adidas resgataram a nossa camisa e inovaram usando a tradição. Show de bola!

A torcida do Palmeiras ficou tão feliz com as novas camisas que, no dia seguinte, quando as vendas tiveram início, ela acabou com os estoques das lojas. Torcida “pequena” e que “diminui a cada ano” é assim mesmo… E, ainda por cima, com o time na segunda divisão, sendo depreciado incansável e incessantemente pela imprensinha.

As adesões ao Avanti já passam de 24 mil (‘Flameingo’ e bambis ficaram pra trás). Paulo Nobre vai realizando as coisas com as quais se comprometeu. Fazer os esportes do clube caminharem com as suas próprias pernas, como acontece agora com o basquete, é uma delas; alavancar o programa de sócio-torcedor e transformá-lo numa nova, e boa, fonte de receita, é outra. E isso já se deve ao trabalho dos profissionais que ele também se comprometeu a trazer para vários departamentos do clube. Estamos na trilha… Como diz no site a Fifa, somos um gigante em reconstrução.

Mas esse gigante ainda tem muito caminho pela frente. Existe um provérbio que diz: “O plantio é opcional, a colheita é obrigatória”. A administração passada poderia não ter plantado a erva daninha da segundona nos jardins do Palestra. Tirone e Frizzo poderiam ter cuidado melhor do Palmeiras… mas não o fizeram; deixaram que o Palmeiras virasse uma bagunça imensa, permitiram que as arbitragens nos surrupiassem pontos importantíssimos.  Por mais que tenhamos nos apresentado muito abaixo do que seria razoável, a falta dos pontos que nos foram tirados pelos árbitros – e ignorados pela imprensa -, das maneiras mais absurdas possíveis, nos levaram à segunda divisão. E é essa “colheita” que teremos pela frente nos próximos meses.

E aqui estamos nós! Essa é a viagem que vamos iniciar hoje. De cabeça erguida, como é usual aos que vestem e respeitam essa camisa. Orgulhosos de não haver atalhos escusos na vida do Palmeiras (tá aí a nossa arena, sem dinheiro público, que não nos deixa mentir), de arcarmos com todas as nossas responsabilidades. Quantos outros clubes, ao longo da história dos brasileirões e campeonatos estaduais, já não terminaram uma competição ocupando as últimas colocações, não é mesmo? E quantos deles não se valeram de jeitinhos, mutretas e armações para permanecer na série principal… quantos deles já não voltaram pelas portas dos fundos?

Nós não! Vamos voltar, sim, e pelas portas da frente! Vamos encher a segundona do brilho e carisma do gigante Palmeiras. Vamos dar uma ‘volta ao mundo’, de 36.500 km, por esse Brasil afora; vamos mostrar ao mundo e, principalmente, aos nossos filhos, a força dessa camisa, o amor e orgulho imenso que sentimos por ela.

Você pode ficar feliz com a passagem do Palmeiras em seus domínios, viu Segundona? Aproveite bem para se fazer importante, enquanto ele aí estiver, porque vai ser rápido. Ele está só de passagem, não se esqueça. Tire todas as fotos que puder, pegue todos os autógrafos que conseguir e guarde todo o brilho e destaque que ganhar, com muito carinho, porque o time mais vencedor do Brasil, o Campeão do Século, que tem a mais linda história dentre os clubes, não vai se demorar aí. Ele tem um novo século a conquistar.

O Palmeiras vai mesmo dar uma volta ao mundo… vai voltar ao mundo ao qual pertence. E nós vamos acompanhá-lo e trazê-lo de volta!

BOA SORTE, PALMEIRAS, SEU LINDO!!

QUE NOSSA ‘VIAGEM’ SEJA COM MUITA BOLA NO PÉ E SANGUE NA VEIA!