OS VENTOS DE MUDANÇA ESTÃO SOPRANDO… GRAÇAS A DEUS!

O Campeonato Paulista já teve cinco rodadas, os mesmos times são ajudados pelas arbitragens, os mesmos outros são prejudicados… e o nosso, além de já andar, por enquanto sutilmente, sendo vítima da má vontade das arbitragens, continua bastante instável, alternando bons e maus resultados.

Com o mesmo time do ano passado, e com muito menos opções de banco do que já tínhamos em 2012 (saíram mais de 20 jogadores), o Palmeiras vai se defendendo como pode e, por isso mesmo, alterna algumas partidas de um futebol lindo, vistoso, com outras de um futebol altamente duvidoso.

Já sabíamos que seria assim, não é mesmo? Éramos nós a “gritar” no final de 2012, que o Palmeiras começaria o campeonato sem ter o time montado; dizíamos que Tirone não deixava os presidenciáveis participarem das contratações (duas); reclamávamos que os melhores jogadores não estariam ‘dando sopa’ quando o novo presidente assumisse; sabíamos que, com todos os adiantamentos de patrocínios e cotas de TV, não sobraria dinheiro para se poder fazer muita coisa neste início de 2013…

Sabíamos de tudo isso, mas esquecemos com uma rapidez impressionante!

E, agora, a torcida (parte dela) quer todos os problemas – que existem há décadas – resolvidos em duas semanas. Uns pedem contratações – de craques – diária e incessantemente; outros querem que o preço da joia do clube baixe de preço, que se acabe com os vitalícios; há os que querem que aqueles jogadores que o Palmeiras há muito tempo não consegue vender, sejam vendidos de uma vez só; querem que o sócio-torcedor tenha direito a voto; querem um patrocinador novo; querem o futebol separado do clube social; querem os lesionados de volta; querem um DM mais competente; querem que se acabem com o time B; outros querem um técnico novo; querem todos os garotos da Base no time de cima, e como titulares (mesmo sabendo que ainda lhes falta alguma maturidade futebolística, como ficou claro na partida diante do Santos na Copinha), e há os que querem tudo isso ao mesmo tempo, e pra ontem! E é um festival de reclamações de uma minoria que não consegue perceber que a nova gestão está mudando a maneira da instituição Palmeiras funcionar.

Eu também prefiro, quero, sonho, um Palmeiras vencendo todas as partidas, ou quase todas; eu também quero o Palmeiras tranquilo em campo, mostrando um futebol do mesmo tipo do que o fez ser chamado de ‘Academia’; eu também quero grandes contratações, quero os sem talento longe do meu time, quero o DM vazio… Mas eu sei que aquele barco sem rumo dos anos anteriores, precisa, primeiro, ter as suas peças polidas e recolocadas em seus lugares, precisa que elas sejam  encaixadas e lubrificadas, precisa ter quem cuide do leme com competência, precisa ter as suas velas ajustadas ao vento para voltar a navegar em águas profundas. Vamos ter que ter paciência…

Já estamos vendo “comandantes” profissionais, capazes, chegando; já percebemos que não há mais entrevistas desastrosas, não há mais desvalorização do clube ou de profissionais do clube; não há piadinhas sem graça de diretor de futebol; não há rumores que pastores, pais-de-santo, cartomantes ou afins estejam indicando jogadores ao clube; já há transparência nas declarações (vide caso Josimar); já percebo que o clube que vai disputar a série B não perdeu a importância, pelo contrário, coloca Paulo Nobre num programa esportivo da Globo, enquanto Brunoro está na Band no mesmo horário (o horário nobre dos programas esportivos, que é a hora do almoço); já consigo notar que o elenco está blindado; já vi Kleber ser anunciado, sem que a contratação se arrastasse em novelas cansativas e especulações na imprensa (só souberam da possibilidade de contratação quando o atleta já estava no Brasil para os exames médicos), da mesma forma que Charles e Marcelo Oliveira chegaram na troca com Luan; já estou vendo que a nova diretoria informa a torcida sobre todos os assuntos, com transparência e rapidez; já tenho certeza que este presidente, que valoriza o Palmeiras em cada entrevista concedida, sabe o que fala, sabe o que faz e não fica embaixo da mesa… já começo a ver a luz no fim do túnel e, tenho certeza, os efeitos colaterais dessas ações nos serão altamente favoráveis.

Há vento de mudanças em nossas velas! Nosso Palmeiras já está mudando de cara, tá mudando de jeito e de atitude. Nosso Palmeiras, agora, tá voltando a ter cara de Palmeiras mesmo! E vai voltar a ser o nosso Alviverde Imponente.

Mas ele não pode mudar sozinho… Ele precisa que mudemos também, precisa que deixemos de ser a torcida envenenada pelas consequências desastrosas das antigas e amadoras gestões,  e, por amor ao Palmeiras, voltemos a ser apenas a QUE CANTA E VIBRA, linda, contagiante, apaixonante… e apaixonada!

E HOJE TEEEEM… PALMEIRAS♥! ÔÔÔ VAMOS GANHAR, PORCOOOO!

  • Parabéns mais uma vez menina!

  • Acelino José Aparecido

    Parabéns mais uma vez menina!

  • Gaetano

    Disse tudo, Tânia. A nova gestão está resgatando o RESPEITO. O desrespeito nos levou ao desprezo, à falta de consideração, à fofoca, à gozação, ao apequenamento, ao afastamento, à vergonha… Desrespeito que atingiu alguma parte da torcida, que deixou o amor pelo clube se tornar paixão doentia, auto-flagelação, bi-polaridade, medo…
    Com certeza, se continuar a gestão com a mesma postura, tudo isso ficará para trás e os Neto’s da vida terão vergonha de até, sequer, mencionar qualquer palavra depreciativa deste GIGANTE RENASCIDO, de sangue Nobre.

  • Gaetano

    Disse tudo, Tânia. A nova gestão está resgatando o RESPEITO. O desrespeito nos levou ao desprezo, à falta de consideração, à fofoca, à gozação, ao apequenamento, ao afastamento, à vergonha… Desrespeito que atingiu alguma parte da torcida, que deixou o amor pelo clube se tornar paixão doentia, auto-flagelação, bi-polaridade, medo…
    Com certeza, se continuar a gestão com a mesma postura, tudo isso ficará para trás e os Neto’s da vida terão vergonha de até, sequer, mencionar qualquer palavra depreciativa deste GIGANTE RENASCIDO, de sangue Nobre.

  • É isso aÍ, vamos dar tempo e tranquilidade para a nova diretoria trabalhar…Taninha como sempre BRILHANTE!

  • É isso aÍ, vamos dar tempo e tranquilidade para a nova diretoria trabalhar…Taninha como sempre BRILHANTE!

  • Julio

    Concordo plenamente

  • Julio

    Concordo plenamente