BARCOS É O 8º GOLEADOR ESTRANGEIRO DA HISTÓRIA DO PALMEIRAS

 


Os 28 gols marcados nesta temporada já colocam o atacante Hernán Barcos em posição de destaque na lista dos maiores artilheiros estrangeiros da história do Palmeiras. O argentino fecha o ano em 8º lugar, empatado com o compatriota Alfredo Gonzalez (campeão paulista em 1944) e à frente de nomes como do também argentino Ponce de León (27 gols e campeão mundial em 1951), do peruano Alberto Gallardo (21 gols e campeão paulista em 1966) e do colombiano Freddy Rincón (21 gols e campeão paulista em 1994).

Se consideradas as médias de gols dos dez primeiros colocados, Barcos pula para o quarto lugar com índice de 0,50 (28 gols em 55 partidas), atrás apenas do maior artilheiro estrangeiro de todos os tempos, o argentino Echevarrieta (114 gols em 127 jogos, média de 0,89), e dos também argentinos Artime (48 gols em 57 jogos, média de 0,84) e Bóvio (56 gols em 73 jogos, média de 0,76).

Os 10 maiores artilheiros estrangeiros

Col. Jogador Gols Jogos Média País Período
Echevarrieta 114 127 0,89 Argentina 1939 a 42
Arce 57 242 0,23 Paraguai 1998 a 02
Bóvio 56 73 0,76 Argentina 1947 a 49
Villadoniga 50 134 0,37 Uruguai 1942 a 46
Artime 48 57 0,84 Argentina 1968 a 69
Valdivia 33 175 0,18 Chile 2006 a 09 e 2012
Barcos 28 55 0,50 Argentina desde 2012
González 28 69 0,40 Argentina 1943 a 46
10º Ponce de León 27 64 0,42 Argentina 1951 a 53

Agência Palmeiras
Marcelo Cazavia

Imagine quantos gols teria o Pirata se os árbitros, neste brasileirão de 2012, tivessem marcado todos os pênaltis que sofremos e não tivessem assinalado um monte de impedimentos mandrakes, como aquele do próprio Barcos, 3 metros atrás do adversário, no jogo contra o Botafogo…

Você pode ler a notícia completa e ver o vídeo com os gols, no site oficial: http://www.palmeiras.com.br/noticias/2012/12/04/09h00-id8438-barcos+e+o+8+entre+os+maiores+goleadores+estrangeiros+da+historia.shtml#.UL5x3uTAdp5