VERÁS QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA

Dê-me uma alavanca e um ponto de apoio e levantarei o mundo – Arquimedes

Como explicar uma derrota, por 3 x 0, quando o time derrotado jogou pau a pau com o adversário, lutou bastante e, em muitos momentos, foi melhor em campo?

Acho que você, meu amigo, viu a mesma coisa que eu, não é mesmo? E, assim como eu, analisando com mais frieza e bom senso, não sabe explicar porque empatamos com o Grêmio, porque perdemos para o Fluminense e Atlético-MG… porque estamos nessa situação…

Pode até ser que a sorte tenha nos faltado em alguns momentos… um pouco mais de frieza e raciocínio também… mas não é só isso. O mesmo medo que você e eu temos, aquela mesma sensação pesada, incômoda; aquela insegurança, a nuvem que paira sobre as nossas cabeças, e afeta a nossa confiança, o nosso acreditar, faz o mesmo com o nosso time. E isso é um perigo.

Eu sei que andamos cometendo muitos “pecados”, sei que você vai me dizer que o nosso zagueiro fez uma lambança, e que não foi a primeira vez… que para vencermos, precisamos de gols, e que é muito mais difícil marcar gols com um atacante só, uma vez que o outro que está em campo, está lá para marcar adversários e, na hora de marcar os gols, se precipita e perde a chance… Sei que você vai me dizer que fizemos um gol e o juiz não quis assinalar… que as arbitragens ajudaram a nos arrastar até aqui, nos tirando muitos pontos neste brasileirão… que a comissão de arbitragem chegou até mesmo a “sortear” a mesma pessoa para dois jogos seguidos nossos..

Sei que você vai me lembrar que a nossa diretoria não foi capaz de conseguir do STJD o efeito suspensivo para Henrique jogar a final da Copa do Brasil, depois de ter sido expulso por ter LEVADO um soco na cara; e que esse mesmo STJD, concedeu à diretoria do Galo (muito mais capaz do que a nossa) o direito de colocar em campo um jogador que deveria estar suspenso por ter agredido um adversário, um jogador que acabou decidindo a partida…

Sei também que teve jogador nosso, amarelado por ter cometido uma falta mais dura, enquanto o seu marcador teve ‘autorização do juiz’ para cometer “trocentas” infrações e só ser amarelado nos minutinhos finais da partida… e sei que isso tem acontecido constantemente…

Eu sei que, assim como eu, você se sentiu incomodado, desconfortável, vendo Pierre, preterido pelo Palmeiras, jogar um bolão e atrapalhar um bocado a nossa vida…

Sei que você sabe, que não concordei com as escolhas de Felipão, porque, no  quando já perdíamos por 2 x 0, e precisávamos de mais força ofensiva, quando precisávamos desesperadamente ganhar, os coelhos na cartola dele foram Márcio Araújo e Patrik (!?!). Conquistamos a Copa do Brasil quando, coincidentemente, esses jogadores e mais alguns estavam fora do time principal…

Mas, a despeito de tudo isso, eu juro que achei que estávamos jogando pau a pau com o Galo… juro que achei que poderíamos até ter vencido aquela partida.

Eu sei, e você sabe também, que muitas coisas precisam ser repensadas… outras tantas precisam ser mudadas… Mas só depois de lutarmos a nossa guerra! Só depois do combate de cada uma das batalhas que temos pela frente!  O time está correndo em campo e lutando bastante para sair dessa situação.

Por isso, nesse momento, não adianta eu reclamar do “X”, você reclamar do “Y” e outras pessoas reclamarem do abecedário inteiro. Agir assim, nenhum benefício nos trará. Por incrível que pareça, a hora não é a de apontar culpados, de cortar cabeças…

Não temos escolha. Eu sei que é f… ogo, mas vamos tentar acalmar os ânimos e pensar no próximo jogo. Não podemos piorar o que já está muito ruim! A HORA É DE APOIO! A hora é a da esperança vestir a camisa, calçar as chuteiras e  entrar em campo, é hora dela lotar o estádio! É hora do coração ser colocado na ponta de cada chuteira e em cada mão que vai aplaudir o time. Milhões de corações… Em todas as batalhas que teremos pela frente. Qualquer coisa diferente disso pode ser um tiro em nosso próprio peito… E isso a gente não vai fazer. Não merecemos, e o Palmeiras também não.

Na última partida no Pacaembu, eu senti na pele (um pouquinho) a força da expressão “dar o sangue pelo time”. Mancando, de pé enfaixado e sangrando, eu fui apoiar o Palmeiras. E faria tudo de novo! E não estou me vangloriando, porque sei que você faria exatamente o mesmo! Palestrinos são assim! Somos feitos da mesma substância. E é isso que faz com que um palmeirense nunca fuja da raia, é isso que nos faz diferenciados!

Demos uma demonstração de confiança, de amor ao Palmeiras, ficamos ao lado dele, e a resposta veio! Portanto, vamos repetir a dose, quantas vezes for necessário. Afinal, amamos esse time na alegria e na tristeza, não é mesmo?

Que se f… as contas! Não estou fazendo nenhuma. Mas o Palmeiras vai conquistar alguns pontos jogando fora, tenho certeza. E em casa (ela só é casa dos sem terra, quando eles pagam aluguel), a gente faz a diferença! E vira o 12º segundo jogador do time, a gente “entra em campo”…  a gente bota nossos 20 milhões de torcedores no estádio, a gente canta, pinta a cara, leva bandeira, bigodes… Sei lá o que a gente faz, mas que vamos ajudar o Palmeiras a buscar essas vitórias, vamos! Vamos dar a ele o que ele precisa para reagir! Nós podemos ser o ponto de apoio e a alavanca que impulsionará o nosso amado Verdão para ele reverter esse quadro! NÓS VAMOS CONSEGUIR!

E VAI SER UMA CONQUISTA DE TODOS NÓS! Temos que ter consciência da nossa importância nesse momento! Temos que ter consciência que o nosso time é capaz de buscar as vitórias que tanto precisamos. Temos que saber que, juntos, time e torcida estarão lutando pela honra da Sociedade Esportiva Palmeiras. Essa é a parte que nos cabe, é o que podemos fazer para ajudar.

Eu sei que esse é outro campeonato, e que a Copa do Brasil já teve a sua página virada, mas vamos pensar… se passamos por aqueles 4 últimos jogos  difíceis, tendo que vencer os inimigos mais absurdos possíveis; tendo que vencer arbitragens muito desonestas; tendo que suportar jogadas desleais, STJD nos sacaneando, pênaltis não marcados, expulsões mandrakes, imprensa jogando a favor dos rivais… sem contar os casos de sequestro, assalto, lesões mil, apendicite, as notícias vazadas do Palestra, as notícias inventadas… Se, por acreditar, fomos capazes de exorcizar todos os nossos demônios, de ultrapassar todos os obstáculos que surgiram à nossa frente, e vencer todos os nossos medos,  para podermos gritar “É Campeão”, não vai ter nada que nos faça sentir medo agora, que nos faça hesitar.  VAMOS LÁ, VERDÃO! NÃO EXISTE MEDO EM NENHUMA PÁGINA DA NOSSA HISTÓRIA, NÃO EXISTE O “SE ENTREGAR”, O “NÃO LUTAR”!! Um palestrino nunca foge da luta!

Não vamos vencer todas as partidas, eu sei. Mas vamos vencer as que precisamos! Nós vamos conseguir, e eu tenho certeza disso! E sabem por quê? PORQUE  AQUI É PALMEIRAS, CAZZO!

VAMOS À LUTA, PARMERADA! DENTRO E FORA DE CAMPO! O PALMEIRAS PRECISA DE NÓS!

 

  • taniaclorofila

    Eu não estou falando que os parmeras não fogem da luta? As bancadas estão esgotadas!

  • taniaclorofila

    Eu não estou falando que os parmeras não fogem da luta? As bancadas estão esgotadas!

  • Paulo H. Nóbrega

    Que lindo texto Clô! Esse é o sentimento que temos que ter mesmo..NÓS vamos tirar o Palestra dessa situação! o/

    Ps: Clozita dá proxima vez faça um texto um “pouco” menor! kkkk

    • taniaclorofila

      Paulinho, deixa de preguiça!
      Isso é efeito das pizzas… hahahah

  • Paulo H. Nóbrega

    Que lindo texto Clô! Esse é o sentimento que temos que ter mesmo..NÓS vamos tirar o Palestra dessa situação! o/

    Ps: Clozita dá proxima vez faça um texto um “pouco” menor! kkkk

    • taniaclorofila

      Paulinho, deixa de preguiça!
      Isso é efeito das pizzas… hahahah

  • Marco

    Tânia,

    Mais uma vez uma manifestação em benefício do Palmeiras.

    Alguns “torcedores” ainda não entenderam que temos que enfrentar
    uma realidade e que precisamos de todos os meios disponíveis para superar as dificuldades.
    Preferem ver suas teses confirmadas, mesmo que isso signifique o rebaixamento
    do clube. Paradoxalmente são pessoas acostumadas a classificar os outros como
    incompetentes.

    O Palmeiras só depende dele e vai superar mais essa situação que
    a vida lhe impôs, como já fez por diversas vezes na sua história. E vai superar
    novamente!

    Os erros cometidos já foram e infelizmente não poderão ser
    modificados, mas o que vamos fazer daqui para frente só dependerá de nós,
    desses jogadores e dessa comissão técnica.

    Esse tipo de “palmeirense” deveria ter a malícia, o bom senso, a
    inteligência, para entender que o fator emocional tem sido a arma poderosa para
    minar as forças do seu time e que jamais ele, “torcedor”, poderia agir
    para completar esse trabalho.

    Chegamos ao cúmulo de ter que pedir para alguns “torcedores”
    torcerem a favor e que parem de espalhar o terrorismo, como se o Palmeiras já
    tivesse caído, faltando quase todo o segundo turno.

    A diretoria também, ou melhor, com muito maior atuação deveria
    descer do pedestal e enxergar que o Palmeiras é feito de palhaço pelo tribunal,
    pela CBF e pela imprensa. Nossa diretoria deveria por algum tempo, pelo menos
    agora nessa fase critica para o time, esquecer as disputas internas e não
    permitir que o Palmeiras seja lesado como vem sendo por todos esses setores que
    já são nossos inimigos declarados: imprensa, CBF e Tribunal.

    Por falar em lesado, quem será que
    vai apitar domingo?

  • Marco

    Tânia,

    Mais uma vez uma manifestação em benefício do Palmeiras.

    Alguns “torcedores” ainda não entenderam que temos que enfrentar
    uma realidade e que precisamos de todos os meios disponíveis para superar as dificuldades.
    Preferem ver suas teses confirmadas, mesmo que isso signifique o rebaixamento
    do clube. Paradoxalmente são pessoas acostumadas a classificar os outros como
    incompetentes.

    O Palmeiras só depende dele e vai superar mais essa situação que
    a vida lhe impôs, como já fez por diversas vezes na sua história. E vai superar
    novamente!

    Os erros cometidos já foram e infelizmente não poderão ser
    modificados, mas o que vamos fazer daqui para frente só dependerá de nós,
    desses jogadores e dessa comissão técnica.

    Esse tipo de “palmeirense” deveria ter a malícia, o bom senso, a
    inteligência, para entender que o fator emocional tem sido a arma poderosa para
    minar as forças do seu time e que jamais ele, “torcedor”, poderia agir
    para completar esse trabalho.

    Chegamos ao cúmulo de ter que pedir para alguns “torcedores”
    torcerem a favor e que parem de espalhar o terrorismo, como se o Palmeiras já
    tivesse caído, faltando quase todo o segundo turno.

    A diretoria também, ou melhor, com muito maior atuação deveria
    descer do pedestal e enxergar que o Palmeiras é feito de palhaço pelo tribunal,
    pela CBF e pela imprensa. Nossa diretoria deveria por algum tempo, pelo menos
    agora nessa fase critica para o time, esquecer as disputas internas e não
    permitir que o Palmeiras seja lesado como vem sendo por todos esses setores que
    já são nossos inimigos declarados: imprensa, CBF e Tribunal.

    Por falar em lesado, quem será que
    vai apitar domingo?

  • Www Harley

    CLÔ, EU QUERO SABER SE NÓS TEMOS CHANCE DE APROVAR “AS DIRETAS” EM OUTUBRO?????????ABRAÇOS DO AMIGO HARLEY

  • Www Harley

    CLÔ, EU QUERO SABER SE NÓS TEMOS CHANCE DE APROVAR “AS DIRETAS” EM OUTUBRO?????????ABRAÇOS DO AMIGO HARLEY