ATÉ UM DIA, FELIPÃO! O PALMEIRAS CONTINUARÁ NA LUTA!

Você nunca sabe o quanto é forte até que “ser forte” seja a unica escolha que você tem.

Hoje, vamos jogar um clássico… Por si só, um jogo contra um rival já tomaria muito da nossa atenção… imagine então, no momento em que a situação do Palmeiras é tão complicada; quando o time vai ter Narciso, como técnico interino, colocado às pressas no comando, em virtude da saída de Felipão.

Na sexta feira, levantar da cama foi um sacrifício, a cabeça doía um bocado…  Parecia que eu tinha saído de dentro de um pesadelo. Que bobagem a minha pensar assim, estou dentro de um pesadelo. O restante do dia foi ainda pior.

Que momento difícil vive o Palmeiras… que momento doloroso vivemos nós… (mas confesso que estou vendo uma luzinha no fim do túnel…)

Temos problemas inúmeros  e de toda ordem (nem adianta listá-los aqui), sem contar os que já tínhamos antes e, não sei porque cargas d’água, JUSTAMENTE AGORA (!?!) resolveram jogá-los no ventilador; mas o mais urgente a ser resolvido é nos livrarmos do perigo da segunda divisão. E isso nos deixa perdidos, atordoados. Cada um volta o seu canhão para o lado que está virado. E, assim, vamos “matando” uns aos outros.

A torcida se debate entre o “foi injusta a saída de Felipão” e o “tava na hora de trocarmos de técnico mesmo”,  e aí a disputa é pra ver quem é que tem razão. O Palmeiras mesmo, fica em segundo plano. Agora, tem até os que torcem pelo descenso, pasmem, apenas para que se prove que estavam certos, que Felipão não deveria ter saído.

Talvez os dois lados tenham as suas razões de alguma maneira. Mas, para mim, além da campanha inaceitável para um time com a grandeza do Palmeiras, o péssimo resultado diante do Galo (da maneira que foi), do Vasco e, acredito,  as escolhas prá lá de equivocadas de Felipão na última partida, culminaram com a sua saída do comando da equipe, foram a gota d’água (Pô, Felipão, o que te deu na cabeça? Vinícius? O cara tava descartado até outro dia…). Na tarde de sexta, no dia seguinte à partida contra o Vasco, após uma reunião com a diretoria, a segunda passagem de Felipão no Palmeiras chegou ao fim.

Triste… Por tudo que sonhamos e que não se realizou… Muito embora meu lado racional soubesse que estava, sim, na hora de trocarmos de técnico, que a coisa não estava funcionando… me senti muito triste. Triste por ter que admitir que a sua saída era necessária. Triste, porque eu achava que tinha que ter dado certo. Triste, porque a gente tava confiando em disputar a Libertadores com ele.

Acho que Felipão acabou levando com ele um monte de sonhos meus (nossos) que não se realizaram, um monte de expectativas… Sem contar a associação que fizemos, lá no inconsciente, da sua imagem com tempos felizes.

Mas os tempos não tinham sido tão felizes assim…

Foram 9 campeonatos disputados com Felipão, sendo que, dois deles, ainda estão em andamento.

BRASILEIRO 2010 – 10º colocado – 50 pontos 12 V  /  14 E  / 12 D

SUL-AMERICANA 2010 – desclassificação na semifinal (Palmeiras 1 x 2 Goiás)

CAMPEONATO PAULISTA 2011 – desclassificação na semifinal (Palmeiras 1 x 1 Corinthians – Nos pênaltis:5 x 6 )

COPA DO BRASIL 2011 – desclassificação na quartas de final (Coritiba 6 x 0 Palmeiras)

BRASILEIRO 2011 – 11º colocado – 50 pontos 11 V  / 17 E  / 10

CAMPEONATO PAULISTA 2012 – desclassificação nas quartas de final (Guarani 3 x 2 Palmeiras)

COPA DO BRASIL 2012Palmeiras Campeão

COPA SUL-AMERICANA 2012 – Venceu o Botafogo em mata-mata na primeira fase

CAMPEONATO BRASILEIRO 2012 – Palmeiras se encontra na 19ª posição – 24 J – 20 pontos – 5 V  / 5 E /  14 D / 22 GM / 33 GC  / -11 SG  / 27.8 % Aprov.

Algumas coisas aí, bem que a gente queria esquecer. E, por mais que relutemos, por mais que não quiséssemos, nem Jesus Cristo se sustentaria no cargo de técnico, com uma campanha como essa…

Aí a gente se diz, “mas ganhamos um título”! É verdade, ganhamos um título, importante; e que deliciosa foi a sua conquista! Mas, rebaixamento não dá, né? Nem a maravilhosa conquista da Copa do Brasil, pagaria o desgosto de termos que inaugurar a nossa Arena jogando na segundona.

Por mais triste que nós possamos estar, esses números têm que ser levados em conta. É vexatória a situação do Palmeiras neste brasileirão. Como podemos ver, com exceção do maravilhoso título da Copa do Brasil e da boa campanha no Paulistão 2011, que PCO interrompeu, colecionamos muitos insucessos nos outros campeonatos disputados.

Todos nós repetimos, em várias partidas, que o time estava jogando bem. Nos casos mais recentes, diante de Grêmio, Galo e do próprio Vasco, nós vimos que o time estava jogando de igual pra igual. Nosso time não é ruim, como alguns dizem agora (não diziam há dois meses atrás). O que acontece é que não estava funcionando… E a culpa é de todos eles: diretoria, comissão técnica, jogadores, preparação física, departamento médico (arbitragens também)… Não dá para isentar ninguém, nem mesmo o técnico. Na hora boa, e na hora ruim, o trabalho é de todos! Uns dependem dos outros. E, infelizmente, não deu…

E aí ficamos com aquela sensação de um casamento acabado… Se fez de tudo para salvá-lo, mas ainda que as partes se queiram bem, ele acabou… E não há o que fazer em relação a isso. Por isso nos sentimos tão tristes…

Vou guardar na memória os momentos felizes, as nossas brigas com as arbitragens, com a imprensa, com a diretoria… A nossa última conquista… Ela foi sofrida pra chuchu, mas foi sensacional!

Valeu, Felipão! Boa sorte onde quer que você vá! Você sempre terá a nossa gratidão e o nosso respeito pelas taças que ajudou a colocar em nossa Sala de Troféus. Nós te agradecemos! E, se tiver que ser, um dia a vida nos reunirá de novo!

Nos deseje sorte também, Felipão, e torça por nós, porque vamos precisar de muita sorte, muito empenho e muita torcida, nesse caminho que ainda nos falta percorrer.

Nós sabíamos que a Arrancada Heroica 2012 era o conjunto de partidas que tínhamos pela frente no Brasileiro. E não vamos fraquejar no meio do caminho!

Boa sorte Palmeiras! Que não nos falte raça, vontade de vencer, não nos falte força, alegria e muitos gols nas redes adversárias!!!

A GUERRA NÃO ACABOU!!! VAMOS GANHAR, PORCOOOOO!!

  • Suas palavras são as minhas. O sentimento que também tenho por Felipão é diferente. Se, por um lado, temos que reconhecer o carinho que sempre demonstrou por nossas cores, nas suas posições polêmicas, na defesa de nosso clube, mesmo contrariando superiores que ainda insistem em apequená-lo, se colocando a frente de jogadores para não expô-los na mídia e por se sacrificar, até em sua vida pessoal, para trabalhar em favor do melhor para o elenco, tudo  isso, enfim, mostrando uma pessoa preocupada e apaixonada pelo Palmeiras; por outro lado, manteve suas velhas convicções, insistiu naquilo que acreditava, e não dava certo, apostando em  jogadores fiéis as suas orientações e preterindo os desobedientes e rebeldes. 
    Esse é um problema dos apaixonados. Muitas vezes esse sentimento torna cegos os que se deixam envolver totalmente por ele. A convicção e determinação se tornam teimosia e os erros são justificados das maneiras mais estapafúrdias possíveis, para manter a persistência neles.Vivemos um mundos dos resultados e, embora isso o torna cruel, é através deles que podemos saber que “algo está errado” e “é preciso mudar” porque, “fazendo do mesmo jeito, obtemos os mesmos resultados” e é por isso que a saída de Felipão foi correta. Claro que a causa fundamental dessa situação do clube não se deve exclusivamente a ele e ela um dia, oxalá, será solucionada, mas ele fazia parte do problema e não da solução. Resta a nós, torcedores, da mesma forma, conter nossas paixões e fazer prevalecer o AMOR pelo clube, aceitando e entendendo a necessidade da mudança, do choque e entender e aceitar que já era hora das mudanças, que o passado não justifica a performance.Até onde sabemos, Felipão foi um exemplo de honestidade, correção e dedicação. Por isso, lhe seremos sempre gratos, assim como pela consequência disso tudo , que resultou em  muitas alegrias. Acredito que vamos nos salvar, e que, também, em breve, mudaremos e muito e o GIGANTE voltará as glórias. Temos um SÉCULO NOVO para conquistar e ainda dá tempo.

  • Gaetano

    Suas palavras são as minhas. O sentimento que também tenho por Felipão é diferente. Se, por um lado, temos que reconhecer o carinho que sempre demonstrou por nossas cores, nas suas posições polêmicas, na defesa de nosso clube, mesmo contrariando superiores que ainda insistem em apequená-lo, se colocando a frente de jogadores para não expô-los na mídia e por se sacrificar, até em sua vida pessoal, para trabalhar em favor do melhor para o elenco, tudo  isso, enfim, mostrando uma pessoa preocupada e apaixonada pelo Palmeiras; por outro lado, manteve suas velhas convicções, insistiu naquilo que acreditava, e não dava certo, apostando em  jogadores fiéis as suas orientações e preterindo os desobedientes e rebeldes. 
    Esse é um problema dos apaixonados. Muitas vezes esse sentimento torna cegos os que se deixam envolver totalmente por ele. A convicção e determinação se tornam teimosia e os erros são justificados das maneiras mais estapafúrdias possíveis, para manter a persistência neles.Vivemos um mundos dos resultados e, embora isso o torna cruel, é através deles que podemos saber que “algo está errado” e “é preciso mudar” porque, “fazendo do mesmo jeito, obtemos os mesmos resultados” e é por isso que a saída de Felipão foi correta. Claro que a causa fundamental dessa situação do clube não se deve exclusivamente a ele e ela um dia, oxalá, será solucionada, mas ele fazia parte do problema e não da solução. Resta a nós, torcedores, da mesma forma, conter nossas paixões e fazer prevalecer o AMOR pelo clube, aceitando e entendendo a necessidade da mudança, do choque e entender e aceitar que já era hora das mudanças, que o passado não justifica a performance.Até onde sabemos, Felipão foi um exemplo de honestidade, correção e dedicação. Por isso, lhe seremos sempre gratos, assim como pela consequência disso tudo , que resultou em  muitas alegrias. Acredito que vamos nos salvar, e que, também, em breve, mudaremos e muito e o GIGANTE voltará as glórias. Temos um SÉCULO NOVO para conquistar e ainda dá tempo.

  • Paulo H. Nóbrega

    Esse tem que ser o nosso sentimento Clô..se é para o bem do PALLMEIRAS a saida do bigode que assim seja! Temos que sair dessa situação!!

    Mais um grande texto Clozita..parabéns!!

    Avanti Palestra!!

  • Paulo H. Nóbrega

    Esse tem que ser o nosso sentimento Clô..se é para o bem do PALLMEIRAS a saida do bigode que assim seja! Temos que sair dessa situação!!

    Mais um grande texto Clozita..parabéns!!

    Avanti Palestra!!

  • ana maria

    Tânia, é chover no molhado elogiar seus textos.

    Pena que tenha que ser desse jeito, com esse momento e tendo que buscar força para levantar o ânimo dos palmeirenses.

    Juro para você, hoje gostaria de estar em outro país. Isso chama-se covardia eu sei mas eu não consigo mais enfrentar tantas situações a que o Palmeiras está nos colocando, admito.

  • ana maria

    Tânia, é chover no molhado elogiar seus textos.

    Pena que tenha que ser desse jeito, com esse momento e tendo que buscar força para levantar o ânimo dos palmeirenses.

    Juro para você, hoje gostaria de estar em outro país. Isso chama-se covardia eu sei mas eu não consigo mais enfrentar tantas situações a que o Palmeiras está nos colocando, admito.

  • FELIPÃO FICOU PARECENDO O DOBBY, DO HARRY POTTER, NESSE DESENHO..RSRS

    Felipão é ídolo, tenho o maior respeito e carinho pelo melhor técnico que já vi no Palmeiras e na Seleção Brasileira. Sinto orfão do nosso comandante, aquele que colocava o Palmeiras acima de tudo …
    Vou sentir saudade… e vai doer muito vê-lo comandar outro time do futebol brasileiro.

    ETERNO ÍDOLO PALESTRINO.

  • Marcio Lima

    FELIPÃO FICOU PARECENDO O DOBBY, DO HARRY POTTER, NESSE DESENHO..RSRS

    Felipão é ídolo, tenho o maior respeito e carinho pelo melhor técnico que já vi no Palmeiras e na Seleção Brasileira. Sinto orfão do nosso comandante, aquele que colocava o Palmeiras acima de tudo …
    Vou sentir saudade… e vai doer muito vê-lo comandar outro time do futebol brasileiro.

    ETERNO ÍDOLO PALESTRINO.

  • Lidiane

    a saída do felipão foi num momento muito triste do palmeiras, lutando contra o rebaixamento,porem, ele deixou o titulo da copa do brasil, aliás dois titulos da copa do brasil,e uma libertadores, agradeço a ele por isso, e tomara que um dia ele volte em tempos bem melhores, com outros dirigentes

  • Lidiane

    a saída do felipão foi num momento muito triste do palmeiras, lutando contra o rebaixamento,porem, ele deixou o titulo da copa do brasil, aliás dois titulos da copa do brasil,e uma libertadores, agradeço a ele por isso, e tomara que um dia ele volte em tempos bem melhores, com outros dirigentes