SERÁ QUE OS ‘EREMILDOS’ CONTAMINARAM A NOSSA TORCIDA?

“Mais de 200 torcedores foram dar apoio quando saímos de Cumbica. Sentimos que tinha quem gostava de nós… Ficava menos difícil jogar com essa força. Por mais experiente que a gente fosse, por mais poderosa que fosse a camisa da seleção, em tudo na vida você precisa de confiança, de carinho… No Brasil, temos que ser perfeitos para agradar… As críticas mais duras vêm de dentro do país… a desvalorização do nosso time ainda era muito grande… as perguntas da imprensa brasileira foram quase sempre em tom pejorativo, com muitas críticas. Os jornalistas de outros países davam parabéns, elogiavam…” São Marcos, na autobiografia “Nunca fui santo”, escrita por Mauro Beting

Certíssimo, Marcão!! Fica menos difícil jogar quando o time recebe apoio do torcedor. E, por falar em apoiar o time…

As ocorrências médicas, que você vai ler mais à frente, foram retiradas do site oficial do Verdão. Acho que nunca, na história da Sociedade Esportiva Palmeiras, se viu tanta gente lesionada e com tantos retornos ao DM.

Parte (pequena) da nossa torcida, acredita que é “migué” dos jogadores. Acredita, como já acreditou que Sóbis estivesse contratado pelo Palmeiras, e Fred, Fierro, Elkeson… como acreditou que o Palmeiras fosse contratar o goleiro Julio César; a lista de “acreditamentos” é grande! Uma parte da nossa torcida acredita em qualquer coisa! Qualquer perfil incógnito numa rede social tem o poder de iludir e tapear essa parte da nossa torcida. Mesmo depois de  constatarem que era mentira o que os ‘profetas’ espertalhões vaticinaram, esses torcedores voltam a acreditar na mentira seguinte, e em todas as próximas! Chega a ser surreal!

E assim, acreditaram que o sequestro de Valdivia era forjado…  Assim, acreditam agora, que Maikon Leite e Daniel Carvalho inventam as suas contusões…  Mesmo que o jogador tenha postado a foto de seu hematoma, mesmo que a assessoria tenha desmentido esse papo de “migué”, o torcedor prefere jogar contra o seu próprio time. Assim, já cornetam até Henrique pelos cartões tomados (vê se não é coisa de doido?)… Assim, vão ofender os jogadores em seus perfis no twitter… Assim, vão dizer para o Bruno que ele não treina saída de bola… Assim, vão xingar Maikon Leite, Mazinho… Todos os jogadores que nos ajudaram a conquistar um título, HÁ UM MÊS, estão sendo esculhambados, ofendidos… Que bem que essa falta de confiança, e até mesmo de respeito, trará ao time eu não consigo imaginar…

Essa parte da torcida, que está disposta a acreditar em qualquer coisa que seja prejudicial ao Palmeiras, monta um “STJD” por conta própria, julga e condena os jogadores e, por tabela, condena o próprio Palmeiras, que, dessa maneira, não vai poder reagir nunca! Os nomes vão mudando, e nada muda! É a nossa torcida – e ela não percebe isso -, que leva o maior migué da imprensa e daqueles que não querem ver o Palmeiras ressurgir desses anos todos de raros momentos de glória. É ela quem está com complexo de inferioridade e acha que tudo no Palmeiras não presta.

Cada um acha o que quiser, não é mesmo? Mas não dá para culpar os jogadores, por estarem lesionados. Ainda que sejamos leigos, não somos tontos; há algo errado entre o DM e a preparação física dos atletas, talvez haja algo errado na maneira com que eles estão sendo exigidos, na carga de trabalho que têm que suportar. Que sei eu? Por não saber, por não entender, é que questiono! (em relação a isso recomendo um excelente texto: “O chinelinho verde” http://observatorioalviverde.blogspot.com.br/ )

Hoje, os nomes são uns, mas já tivemos Marcos, Pierre, Danilo… sofrendo com contusões, e muita demora na recuperação. Não vê quem não quer. Nesse ponto, infelizmente, as outras torcidas estão à frente da nossa. Não servem, tão facilmente, de massa de manobra para a imprensa, e não municiam a imprensa contra o próprio time! E talvez por isso, essa mesma imprensa, não faça matérias avaliando o custo benefício de um Luís Fabiano, por exemplo, ainda que ele custe muito caro, e tenha ficado 10 meses parado assim que foi contratado; ainda tenha voltado ao Reffis outras vezes, E NÃO TENHA AJUDADO O SEU TIME A CONQUISTAR NADA, NUNCA!

Mas, falando sobre as muitas lesões no Palmeiras, ao ler a lista abaixo, preste atenção nas notícias de 19/02 e 20/03. Na de fevereiro, Thiago Heleno está recuperado; na de março,  ele vai ter que passar por nova cirurgia no pé. Estranho, não é mesmo? Ele já tinha ficado parado algum tempo. Depois de “recuperado” é que foram saber que precisava de nova cirurgia? Assim como Pierre, que ficou quase um ano parado para depois “descobrirem”/decidirem que ele precisava de uma cirurgia… Assim como Marcos…

As ocorrências listadas são da temporada 2012, mas a coisa vem de longe. Não tenho competência para avaliar o trabalho dos nossos profissionais da área médica e acredito que eles fazem o melhor que podem. Mas consigo perceber, baseada em tudo o que temos acompanhado, que tá faltando alguém lá que conheça o “pulo do gato” na recuperação de atletas. Só o Tirone não desconfiou ainda que nosso DM precisa de reforço. Só Tirone não percebeu que vai reduzir a nada o patrimônio do Verdão, vai desvalorizar todos os seus atletas, vai perder dinheiro. Só Tirone não percebeu (a parte terrorista da torcida também não) que essas lesões constantes, seguidas de verdadeiros massacres por parte dos torcedores, são os porquês de tantos jogadores se recusarem a jogar no Palmeiras, ainda que a nossa proposta, algumas vezes, tenha sido melhor.

Para falar sobre essas ocorrências, vamos voltar para o período que antecedeu o início da temporada.

Em Dezembro/2011, Thiago Heleno foi submetido à uma cirurgia, não podendo atuar nas 2 últimas partidas do campeonato brasileiro; voltou a operar (para retirar uma placa) antes da temporada se iniciar.

E então, a temporada 2012 começou… e a via crucis dos jogadores ao DM também…

21/02/11
17h46 Verdão se reapresenta e Marcos e Deola seguem em recuperação.

31/01/11
19h22 ESTALEIRO Valdivia e Lincoln treinam físico e Assunção segue fisioterapia.

26/01
06h17 RETORNO Marcos volta a ser relacionado e Pracidelli comenta retorno.

10/02
19h29 CONVOCADOS Sem Luan, Felipão relaciona 19 atletas para a partida

15/02
18h54 RECUPERAÇÃO Heleno pode antecipar retorno; Valdivia ainda é dúvida (Heleno só voltaria mesmo em Junho)

15/02
15h58 DESFALQUE ‘Estava jogando no sacrifício’, admite Luan

15/02
12h20 CIRURGIA Luan será operado e vai ficar 10 semanas afastado (o retorno então, seria por volta de 25 de Abril )

14/02
17h10 PREPARAÇÃO Resultado do exame de Luan será divulgado nesta quarta

13/02
12h46 DESFALQUE Lesão de Luan preocupa médicos e comissão técnica

20/02
19h34  ATIVIDADES Valdivia é a novidade na reapresentação do elenco

19/02
11h00 VONTADE Recuperado (estava mesmo?), Heleno quer reconquistar espaço no Verdão

03/03
11h53 MAGIA Valdivia é a principal novidade na convocação de Felipão

20/03
18h40 DESFALQUE Sem Daniel Carvalho (não se recuperou a tempo de uma pancada na coxa), Felipão testa time com três atacantes

20/03
12h53 RETORNO ADIADO Thiago Heleno vai passar por nova cirurgia no pé (ele não estava recuperado, não é mesmo?).

23/03
18h57 ATIVIDADES Elenco se divide em dois e Daniel faz treino físico.

26/03
16h58 RETORNO Daniel Carvalho é a novidade na reapresentação alviverde.

26/03
17h48 RECUPERAÇÃO Luan retorna e inicia fisioterapia e fortalecimento.

27/03
17h31 RELACIONADOS Daniel Carvalho e Wesley são as novidades entre os convocados.

29/03
12h24 FUTEBOL Há dois meses sem jogar, Wesley admite falta de ritmo.

29/03
16h59 MUDANÇAS Valdivia para por 30 dias; Amaro e Maikon voltam a treinar.

30/03
19h07 PRESERVADO Marcos Assunção é poupado de duelo contra o Mirassol.

02/04
16h17 RECUPERAÇÃO Médicos do Palmeiras elogiam dedicação de Valdivia.

09/04
16h11 LESÃO Wesley vai ficar de seis a oito meses afastado dos gramados.

11/04
16h25 SUCESSO! Wesley realiza cirurgia e vai iniciar reabilitação.

17/04
18h32 VIOLÊNCIA Jogada desleal pode tirar Maikon Leite de duelo decisivo.

18/04
16h40 RECUPERAÇÃO Valdivia, Luan e Thiago Heleno iniciam treino com bola.

04/05
17h54 DE VOLTA Assunção, recuperado de dores na costela, retorna e elenco faz intenso treino físico.

05/05
11h00 EMPENHO Wesley inicia recuperação na Academia.

05/05
11h40 ATIVIDADES  Assunção, afastado por dores na costela; Daniel, por dores na coxa direita, e Artur, por lesão na coxa direita, participam de coletivo neste sábado.

08/05
18h20 RELACIONADOS Sem lesionados e com Felipe, Palmeiras relaciona 19 atletas.

13/05
11h00 RETORNO De volta ao time, Luan destaca opções no elenco palmeirense.

21/05
11h42 FUTEBOL Retornos de Valdivia e Assunção animam Scolari para quarta.

21/05
17h35 REAPRESENTAÇÃO Verdão se reapresenta e Barcos e Daniel, que saíram com dores do jogo diante da Lusa, realizam exames.

30/05
12h09 RETORNO Daniel Carvalho volta a correr e elenco faz treino intenso.

31/05
16h59 CAÇADO Mesmo com metade de jogos, Valdivia apanha quase em dobro.

02/06
12h20 DE VOLTA Thiago Heleno está na expectativa da estreia na temporada.

04/06
13h35 RECUPERADO Após quase sete meses, Heleno volta a ser relacionado.

10/06
21h09 PACIÊNCIA Solidário, Sampaio quer Valdivia recuperado emocionalmente.

11/06
16h24 TRABALHO Román retorna aos treinos e elenco realiza trabalho tático.

15/06
17h56 ATIVIDADES Com Valdivia, elenco alviverde treina na Academia de Futebol.

15/06
18h32 DEFINIDO Após reunião, Valdivia se coloca à disposição para jogar.

16/06
11h41 DESFALQUE Com dores no joelho, Valdivia fica de fora da lista de convocados para o jogo contra o Vasco.

18/06
11h34 VONTADE Lesionado, Assunção avisa que vai trabalhar forte na semana.

19/06
17h58 RESULTADO Luan é desfalque e Assunção terá condições para quinta

19/06
18h13 TRABALHO Com Valdivia, elenco faz treino intenso debaixo de chuva

20/06
17h35 RELACIONADOS Com Valdivia e Assunção, Verdão relaciona 20 atletas

23/06
11h53 RELACIONADOS Após treino tático, Valdivia e mais 18 atletas (Assunção e Luan seguem fora) são relacionados.

27/06
18h02 TREINO Assunção inicia treino físico

03/07
11h00 APOIO Em recuperação, Wesley garante presença na final da Copa BR

03/07
19h21 INDEFINIDO Maurício Ramos treina com bola, mas segue como dúvida

03/07
19h56 REFORÇO Marcos Assunção se recupera e sonha com duelos decisivos

06/07
15h30 RECUPERAÇÃO Após cirurgia, Barcos recebe alta e ficará em repouso

09/07
13h18 RETORNO Luan é a novidade na reapresentação do Palmeiras

10/07
15h30 ATIVIDADES Maikon é liberado e Verdão faz último treino antes da decisão

13/07
18h31 NOVIDADES Wesley inicia trabalho físico e Obina realiza primeiro treino

17/07
16h42 RETORNO Hernán Barcos é liberado para iniciar atividades físicas

18/07
16h05 RELACIONADOS Com 12 desfalques, Felipão volta a relacionar atletas da base

21/07
11h26 RELACIONADOS Valdivia, Henrique, J. Vitor e Maikon voltam a ser relacionados para enfrentar o Náutico

25/07
17h35 RELACIONADOS Barcos volta a ser relacionado; Valdivia, lesionado, está fora

27/07
17h13 REAPRESENTAÇÃO Valdivia corre pelo gramado e elenco alviverde se reapresenta

30/07
16h33 ATIVIDADES Assunção e M. Ramos treinam com bola; Valdivia faz físico

31/07
Assunção está sem jogar há cinco rodadas, desde a final da Copa do Brasil contra o Coritiba, no último dia 11 (estava com uma tendinite no joelho direito). Já Maurício Ramos está de fora há quatro jogos, desde o empate em 1×1 diante do São Paulo, no dia 15 (lesão muscular na coxa direita).

31/07
Palmeiras perde Daniel Carvalho, com fortes dores lombares.

31/07
18h11 RELACIONADOS Verdão perde Daniel, mas terá Assunção e M. Ramos na Copa SA

31/07
18h14 EXPECTATIVA Recuperado, Assunção se coloca à disposição para a Copa SA

02/08
17h16 REAPRESENTAÇÃO Valdivia e Thiago Heleno treinam com bola na reapresentação

03/08
18h05
RELACIONADOS
Com desfalques, Verdão relaciona 18 atletas para enfrentar Inter

06/08
18h48 ATIVIDADES Daniel Carvalho retorna aos treinos na reapresentação alviverde

07/08
16h32 RESPONSABILIDADE Daniel Carvalho retorna e cobra recuperação no Brasileiro

09/08
13h08 RECUPERADO ‘Titular absoluto’, Valdivia deve retornar contra o Flamengo

10/08
17h25 ATIVIDADES Araújo e Román treinam com bola e Daniel não enfrenta o Flu

11/08
11h14 RELACIONADOS Após treino tático, Felipão tem duas novidades para duelo no Rio. A volta de Márcio Araújo, que ficou fora da última partida, por um incômodo na coxa, e de Román, que ficou 20 dias afastado por uma lesão na coxa.

13/08
16h43 ATIVIDADES Valdivia treina com bola na reapresentação palmeirense

13/08
16h57 RETORNO Na volta ao time, Heleno confia em reviravolta do Palmeiras

14/08
17h30 RELACIONADOS Valdivia retorna e 19 atletas são relacionados contra o Fla

16/08
12h14 VOLTA Valdivia retorna, joga bem e desabafa após vitória alviverde

16/08
18h18 REAPRESENTAÇÃO Elenco se reapresenta e Luan intensifica atividades físicas

16/08
18h39 ESCLARECIMENTO Assunção e médicos do Verdão esclarecem dores no joelho

18/08
12h01 RELACIONADOS Correa é relacionado, mas número de desfalques sobe para nove – DC, MKL, Fernandinho, M.Araújo, Assunção, Luan, Wesley, Artur no DM (Henrique, por cartão)

19/08 Valdivia e Thiago Heleno deixam o gramado sentindo dores e viram dúvidas para a próxima partida.

21/08 Valdivia se oferece para jogar contra o Botafogo e deixa a decisão a cargo de Felipão

21/08/2012 Assunção e Fernandinho tiveram que ser submetidos à cirurgias. Assunção, por problemas de tendinite no joelho, e Fernandinho, por rompimento do ligamento do joelho. As cirurgias foram bem sucedidas e a previsão é que Assunção volte em 30 dias e Fernandinho daqui 8 meses.

É só a gente parar pra pensar, não é mesmo? E pensar pra parar de atirar contra o próprio time. Crítica e essa total falta de respeito não são sinônimos.

  • Marcelo

    Não acredito que nossos jogadores estejam fazendo “corpo-mole”. Em relação à imprensa, só podemos esperar descrédito e má notícias. Isto é histórico e até já foi tema dissertativo no meio acadêmico. É evidente que há problemas na preparação física de nossos atletas e no departamento médico e, lamentávelmente nosso “general” Felipão que tem tanto poder (principalmente devido a omissão de nossos “bananas de pijama”) não está fazendo a intervenção necessária. Agora, por maiores que sejam os problemas nestes departamentos, não se justifica a ausência constante de jogadores como Valdívia. Este, assim como Luis Fabiano são “casos à parte”.  Estes jogadores são o que o meio futebolístico definia, tempos atrás como “jogadores bichados”.

    • Marclucc

      Marcelo,

      Em qual faculdade de medicina ou de fisioterapia você se formou? Há
      quanto tempo trabalha na área?

      Você convive no dia a dia do clube, conhece os jogadores? Teve
      acesso à avaliação médica que o Palmeiras fez sobre o Valdívia?

      Sua avaliação sobre o Valdívia ser um jogador bichado é baseada em
      algum diagnóstico científico ou é apenas no “achismo”?

      • Marcelo

        Sou tão médico como vocês que são defensores xiitas de um craque com Valdívia (sou fã de seu futebol) mas que vem demonstrando neste seu retorno ser um “ídolo de barro”. Estou respondendo mas neste blog a “moderação” só permite alguns comentários meus que possam ser distorcidos. Toda vez que não há argumentação para meus comentários e críticas eles são “democraticamente” excluídos pelo “moderador”.

    • Marco

      Tânia, retire um “curtir” desse comentário. Cliquei por
      engano.

      Bastaria o Valdívia se transferir para o Flamengo para que
      a parte esperta da nossa torcida e a imprensa deixasse de classificá-lo como
      “bichado”.

      Para a imprensa, ele finalmente seria visto como craque,
      seria reconhecido como um dos grandes responsáveis pelo Paulistão 2008 e pela
      Copa do Brasil 2012. Já a parte “Eremilda” da nossa torcida iria passar a
      criticar porque o Palmeiras o negociou.

      O Valdívia é tão “bichado”, tão inútil para o Palmeiras que no
      último jogo do Brasileiro de 2011, para não correr riscos, ele foi tirado de
      campo pelo árbitro corintiano que hoje é o mais forte candidato a ser o
      escolhido brasileiro para a Copa 2014.

      Caso o Valdívia fosse realmente um jogador “bichado” por que ele é
      tão temido pelos adversários, que usam a imprensa para desmoralizá-lo ou tirá-lo
      do Palmeiras? Por que o time da emissora que mais denigre sua imagem tentou
      contratá-lo por duas vezes? Será que o Valdívia no Flamengo teria esse mesmo
      tratamento da Globo?

      Para ter essa resposta basta prestar atenção no que ainda tentam
      fazer com o famoso Adriano!

  • Marcelo

    Não acredito que nossos jogadores estejam fazendo “corpo-mole”. Em relação à imprensa, só podemos esperar descrédito e má notícias. Isto é histórico e até já foi tema dissertativo no meio acadêmico. É evidente que há problemas na preparação física de nossos atletas e no departamento médico e, lamentávelmente nosso “general” Felipão que tem tanto poder (principalmente devido a omissão de nossos “bananas de pijama”) não está fazendo a intervenção necessária. Agora, por maiores que sejam os problemas nestes departamentos, não se justifica a ausência constante de jogadores como Valdívia. Este, assim como Luis Fabiano são “casos à parte”.  Estes jogadores são o que o meio futebolístico definia, tempos atrás como “jogadores bichados”.

    • Marclucc

      Marcelo,

      Em qual faculdade de medicina ou de fisioterapia você se formou? Há
      quanto tempo trabalha na área?

      Você convive no dia a dia do clube, conhece os jogadores? Teve
      acesso à avaliação médica que o Palmeiras fez sobre o Valdívia?

      Sua avaliação sobre o Valdívia ser um jogador bichado é baseada em
      algum diagnóstico científico ou é apenas no “achismo”?

      • Marcelo

        Sou tão médico como vocês que são defensores xiitas de um craque com Valdívia (sou fã de seu futebol) mas que vem demonstrando neste seu retorno ser um “ídolo de barro”. Estou respondendo mas neste blog a “moderação” só permite alguns comentários meus que possam ser distorcidos. Toda vez que não há argumentação para meus comentários e críticas eles são “democraticamente” excluídos pelo “moderador”.

    • Marco

      Tânia, retire um “curtir” desse comentário. Cliquei por
      engano.

      Bastaria o Valdívia se transferir para o Flamengo para que
      a parte esperta da nossa torcida e a imprensa deixasse de classificá-lo como
      “bichado”.

      Para a imprensa, ele finalmente seria visto como craque,
      seria reconhecido como um dos grandes responsáveis pelo Paulistão 2008 e pela
      Copa do Brasil 2012. Já a parte “Eremilda” da nossa torcida iria passar a
      criticar porque o Palmeiras o negociou.

      O Valdívia é tão “bichado”, tão inútil para o Palmeiras que no
      último jogo do Brasileiro de 2011, para não correr riscos, ele foi tirado de
      campo pelo árbitro corintiano que hoje é o mais forte candidato a ser o
      escolhido brasileiro para a Copa 2014.

      Caso o Valdívia fosse realmente um jogador “bichado” por que ele é
      tão temido pelos adversários, que usam a imprensa para desmoralizá-lo ou tirá-lo
      do Palmeiras? Por que o time da emissora que mais denigre sua imagem tentou
      contratá-lo por duas vezes? Será que o Valdívia no Flamengo teria esse mesmo
      tratamento da Globo?

      Para ter essa resposta basta prestar atenção no que ainda tentam
      fazer com o famoso Adriano!

  • Parabéns Tânia, pelo excelente trabalho. Concordo, e muito com os seus pontos, principalmente porque são acompanhados de evidências:

    1) Com relação ao Observatório Verde. Eu gosto de ver o Palmeiras jogar bem. É isso que me dar prazer de ir aos estádios. A vitória deveria ser decorrente. A Copa do Brasil apenas amenizou a péssima performance nos últimos três anos no Brasileirão (esse fato também afasta jogadores que poderiam compor o nosso grupo).
    2) É inexplicável e deveria ser cobrado o porque de tanta dificuldade nas recuperações dos atletas. As situações de Valdívia, Tiago Heleno, Assunção. Luan, Maikon Leite, Daniel Carvalho entre outras é absurda. Isso também faz o “lado terrorista da torcida” questionar os jogadores além de acusarem-nos. por vezes, injustamente. O comportamento da torcida e o quadro de lesionados fazem atletas pensarem bem antes de aceitar propostas do clube.
    3) O que acontece como a preparação física?  A forma como o time joga também está condicionada a um bom preparo, talvez até nos limites da condição humana, mas ainda assim é notória a queda de ritmo nos finais de partida. Eu vejo até alguns se superarem e por isso, não é justo o “massacre” de jogadores por parte do “lado terrorista”.
    4) A inoperância da Diretoria, diante de tudo isso, é lamentável e nos leva, dia a dia, a caminho de um clube amador, de segunda categoria. Isso nos dá desespero.

    Mais uma vez, meus parabéns! Gostaria que muitos de nós tivessem o seu equilíbrio, na hora de falarmos sobre o Palmeiras.

  • Gaetano

    Parabéns Tânia, pelo excelente trabalho. Concordo, e muito com os seus pontos, principalmente porque são acompanhados de evidências:

    1) Com relação ao Observatório Verde. Eu gosto de ver o Palmeiras jogar bem. É isso que me dar prazer de ir aos estádios. A vitória deveria ser decorrente. A Copa do Brasil apenas amenizou a péssima performance nos últimos três anos no Brasileirão (esse fato também afasta jogadores que poderiam compor o nosso grupo).
    2) É inexplicável e deveria ser cobrado o porque de tanta dificuldade nas recuperações dos atletas. As situações de Valdívia, Tiago Heleno, Assunção. Luan, Maikon Leite, Daniel Carvalho entre outras é absurda. Isso também faz o “lado terrorista da torcida” questionar os jogadores além de acusarem-nos. por vezes, injustamente. O comportamento da torcida e o quadro de lesionados fazem atletas pensarem bem antes de aceitar propostas do clube.
    3) O que acontece como a preparação física?  A forma como o time joga também está condicionada a um bom preparo, talvez até nos limites da condição humana, mas ainda assim é notória a queda de ritmo nos finais de partida. Eu vejo até alguns se superarem e por isso, não é justo o “massacre” de jogadores por parte do “lado terrorista”.
    4) A inoperância da Diretoria, diante de tudo isso, é lamentável e nos leva, dia a dia, a caminho de um clube amador, de segunda categoria. Isso nos dá desespero.

    Mais uma vez, meus parabéns! Gostaria que muitos de nós tivessem o seu equilíbrio, na hora de falarmos sobre o Palmeiras.

  • taniaclorofila

    Tem coisas, que alguns torcedores não conseguem perceber… Uma delas é que, muitos jogadores, considerados ‘bichados’ aqui, foram para outros clubes e deixaram de ser ‘bichados’. Por que será, né?

    Pierre, por exemplo, foi um que tinha sido diagnosticado, pelos “torcedores médicos” como bichado…  Poderíamos também considerar Thiago Heleno “bichado” ? Assunção (que uma hora tem dor na costela, em outras, no joelho)? Luan? Claro que não, né? A nossa incapacidade, ou falta de conhecimento na área médica, nos permite apenas questionar. Dar diagnósticos, só em papel timbrado e com CRM.

    • Marcelo

      Pierre não teve o devido tempo para uma plena recuperação,  acredito que a imensa maioria de nossa torcida nunca o considerou “bichado”. Foi o maior erro de Felipão: jogar no lixo um ídolo da raça e amor ao Palmeiras em detrimento de cabeças de bagre como Márcio Araújo e Chico. Valdívia está há mais de dois anos em seu retorno e não consegue jogar cinco partidas consecutivas. Cada vez que caí no gramado somos obrigados a rezar, um verdadeiro “canela de vidro”. Por outro lado Daniel Carvalho é uma grande decepção: não consegue entrar em forma, está sempre gordo. Será que com os 7 milhões oferecidos pelo Guilherme não se consegue um bom meia no futebol latino-americano? Um Barcos da meia?

    • Simples assim. Eu não gostaria de jogar contra um time que tivesse Valdívia como adversário. Não estou nem aí por aquilo que ele ganha ou deixa de ganhar. Só quero que os profissionais responsáveis resolvam seus problemas médicos e físicos. Lamento que parte da torcida faça esse terrorismo gratuito. Imagine só esse elenco de hoje sem ele…

  • taniaclorofila

    Tem coisas, que alguns torcedores não conseguem perceber… Uma delas é que, muitos jogadores, considerados ‘bichados’ aqui, foram para outros clubes e deixaram de ser ‘bichados’. Por que será, né?

    Pierre, por exemplo, foi um que tinha sido diagnosticado, pelos “torcedores médicos” como bichado…  Poderíamos também considerar Thiago Heleno “bichado” ? Assunção (que uma hora tem dor na costela, em outras, no joelho)? Luan? Claro que não, né? A nossa incapacidade, ou falta de conhecimento na área médica, nos permite apenas questionar. Dar diagnósticos, só em papel timbrado e com CRM.

    • Marcelo

      Pierre não teve o devido tempo para uma plena recuperação,  acredito que a imensa maioria de nossa torcida nunca o considerou “bichado”. Foi o maior erro de Felipão: jogar no lixo um ídolo da raça e amor ao Palmeiras em detrimento de cabeças de bagre como Márcio Araújo e Chico. Valdívia está há mais de dois anos em seu retorno e não consegue jogar cinco partidas consecutivas. Cada vez que caí no gramado somos obrigados a rezar, um verdadeiro “canela de vidro”. Por outro lado Daniel Carvalho é uma grande decepção: não consegue entrar em forma, está sempre gordo. Será que com os 7 milhões oferecidos pelo Guilherme não se consegue um bom meia no futebol latino-americano? Um Barcos da meia?

    • Gaetano

      Simples assim. Eu não gostaria de jogar contra um time que tivesse Valdívia como adversário. Não estou nem aí por aquilo que ele ganha ou deixa de ganhar. Só quero que os profissionais responsáveis resolvam seus problemas médicos e físicos. Lamento que parte da torcida faça esse terrorismo gratuito. Imagine só esse elenco de hoje sem ele…

  • bons pontos. Só queria ressaltar que problema no DM todo time tem. Ganso no Santos, Luís Fabiano no São Paulo e Adriano no Corinthians são claros exemplos. O nosso DM chama mais atenção porque temos apenas 11 jogadores e não 22, como eu sempre preguei. Corpo mole?? Concordo, é besteira! Jogador prefere 1000 vezes jogar bola no treino a ficar fazendo bicicleta e musculação o dia todo, de domingo a domingo sem folga!

  • Cesar Daldosso

    bons pontos. Só queria ressaltar que problema no DM todo time tem. Ganso no Santos, Luís Fabiano no São Paulo e Adriano no Corinthians são claros exemplos. O nosso DM chama mais atenção porque temos apenas 11 jogadores e não 22, como eu sempre preguei. Corpo mole?? Concordo, é besteira! Jogador prefere 1000 vezes jogar bola no treino a ficar fazendo bicicleta e musculação o dia todo, de domingo a domingo sem folga!

  • Parabéns Tânia. Penso igual. Há 42 anos que acompanho o PALMEIRAS jamis vi um número tão grande de jogadores lesionados. Somos Campeões HÁ POUCO MAIS de UM MÊS e tem gente que reclama. Queriam que eles ficassem DEZESSEIS ANOS sem SABER O QUE É SER CAMPEÃO, como eu, infelizmente fiquei e não morri. Abraços, Saudações Alviverdes! Djalma Verdão[]

    • taniaclorofila

      Eu também fiquei 16 anos sem saber qual era o gostinho de ver o Palmeiras campeão, Djalma. Me lembro que, antes do título de 93, nós fomos campeões com o futebol de salão. E que gosto teve aquilo para os torcedores, tão ávidos por um título, viesse ele de onde viesse. Deu uma levantada tão boa na nossa auto estima.
      Na semana seguinte, num jogo no Palestra, os campeões do salão apareceram na arquibancada. Cecílio, Japão… não me lembro do nome de todos, foram tratados como verdadeiros ídolos e heróis…
      Hoje, esses malucos, que se acham no direito de pautar a vida e a conduta alheias, não conseguem permanecer com a felicidade de um título maravilhoso, como o que acabamos de conquistar, nem mesmo por um mês.
      Não conseguem perceber que time nenhum tem tanto lesionados como os que temos agora… não conseguem se manifestar com argumentos racionais… não conseguem nem mesmo perceber o mal que fazem ao Palmeiras.
      Mas acho que, pensar, dá muito trabalho para alguns.

      Um abração, Djalma!
      Saudações Alviverdes e Clorofiláticas!

  • Parabéns Tânia. Penso igual. Há 42 anos que acompanho o PALMEIRAS jamis vi um número tão grande de jogadores lesionados. Somos Campeões HÁ POUCO MAIS de UM MÊS e tem gente que reclama. Queriam que eles ficassem DEZESSEIS ANOS sem SABER O QUE É SER CAMPEÃO, como eu, infelizmente fiquei e não morri. Abraços, Saudações Alviverdes! Djalma Verdão[]

  • Djalma Verdão

    Parabéns Tânia. Penso igual. Há 42 anos que acompanho o PALMEIRAS jamis vi um número tão grande de jogadores lesionados. Somos Campeões HÁ POUCO MAIS de UM MÊS e tem gente que reclama. Queriam que eles ficassem DEZESSEIS ANOS sem SABER O QUE É SER CAMPEÃO, como eu, infelizmente fiquei e não morri. Abraços, Saudações Alviverdes! Djalma Verdão[]

    • taniaclorofila

      Eu também fiquei 16 anos sem saber qual era o gostinho de ver o Palmeiras campeão, Djalma. Me lembro que, antes do título de 93, nós fomos campeões com o futebol de salão. E que gosto teve aquilo para os torcedores, tão ávidos por um título, viesse ele de onde viesse. deu uma levantada tão boa na nossa auto estima.
      Na semana seguinte, num jogo no Palestra, os campeões do salão apareceram na arquibancada. Cecílio, Japão… não me lembro do nome de todos, foram tratados como verdadeiros ídolos…
      Hoje, esses malucos, que se acham no direito de pautar a vida e a conduta alheias, não conseguem permanecer com a felicidade de um título maravilhoso, como o que acabamos de conquistar, nem mesmo por um mês.
      Não conseguem perceber que time nenhum tem tanto lesionados como os que temos agora… não conseguem se manifestar com argumentos racionais… não conseguem nem mesmo perceber o mal que fazem ao Palmeiras.
      Mas acho que, pensar, dá muito trabalho para alguns.

      Um abração, Djalma!
      Saudações Alviverdes e Clorofiláticas!

  • Djalma Verdão

    Parabéns Tânia. Penso igual. Há 42 anos que acompanho o PALMEIRAS jamis vi um número tão grande de jogadores lesionados. Somos Campeões HÁ POUCO MAIS de UM MÊS e tem gente que reclama. Queriam que eles ficassem DEZESSEIS ANOS sem SABER O QUE É SER CAMPEÃO, como eu, infelizmente fiquei e não morri. Abraços, Saudações Alviverdes! Djalma Verdão[]

  • Marcelo

    Estou deixando de acompanhar este blog pois, apesar da inteligência (concordo com grande parte do que é postado por aqui), a intransigência e a não aceitação de pensamentos discordantes ofende a inteligência de qualquer um. Respondendo ao observador Marclucc sou pós graduado em História e, por fazer parte de meu ofício, visão crítica é algo que nunca me faltou.

    • taniaclorofila

      Ora viva!

      Vou repetir o que vc escreveu, Marcelo: “…a não aceitação de pensamentos discordantes ofende a inteligência de qualquer um.”

      Muito bem! E o que você faz além de não aceitar pensamentos que discordem dos seus? Acho que a sua inteligência foi bastante ofendida mesmo, tanto, que bateu asas e voou!

      Seu discurso até seria bacaninha se vc os baseasse em argumentos, se vc não escrevesse coisas do tipo: “Eu não aceito a sua idolatria por Valdivia” . Oiiii? Uma coisa dessa é típica de pessoas pouco inteligentes que não sabem o seu lugar, não sabem que os seus limites terminam onde começa o da outra pessoa. 

      O outro fórum onde vc descarrega seus probleminhas com Valdivia (estranho isso viu?), não está sendo suficiente pra você? E não reclame da moderação barrou, porque lá onde vc costuma postar,  tópicos são deletados, foristas são banidos quando discordam da maioria. Pessoas como você, têm um tipo de “amnésia” muito conveniente.

      Agora… como torcedora, quando eu não gosto de algum jogador, eu torço por ele mesmo assim. Torço para que ele, apesar de todos os defeitos que eu imagino que tenha, consiga jogar bem e possa ajudar o meu time a vencer. Ninguém que veste a camisa do meu time é meu inimigo. A sua parte “torcedor” também deve ter batido asas e voado… Será que vc é mesmo um torcedor do Palmeiras??? 

      Quanto a ser xiita, só a você isso é permitido? Você não vai fazer do meu espaço, porque eu NÃO VOU PERMITIR, um local para um bando de torcedores terroristas, escondidos em avatares e nome fictício, vomitarem bobagens sem argumentação cabível.

      Me diga porque Valdivia é bichado e Thiago Heleno e Luan não são, porque Marcos Assunção não é, e aí eu vou prestar atenção nos seus chiliques contra Valdivia. Porque, até agora, têm sido apenas isso, chiliques… Se formos contar os dias parados dos jogadores mencionados, os dias não trabalhados, veremos que tem que jogador que ficou mais tempo ocioso que o Mago. E nem por isso qualquer um deles é chinelinho, tá bichado…

      Agora, se você imagina que por ser historiador e ter visão crítica pode fazer afirmações médicas  como as que fez, pode diagnosticar, vou falar o quê? O.o 

      Quanto a deixar de acompanhar o blog, já te respondi numa outra ocasião: Faça isso e vá ser feliz!

  • Marcelo

    Estou deixando de acompanhar este blog pois, apesar da inteligência (concordo com grande parte do que é postado por aqui), a intransigência e a não aceitação de pensamentos discordantes ofende a inteligência de qualquer um. Respondendo ao observador Marclucc sou pós graduado em História e, por fazer parte de meu ofício, visão crítica é algo que nunca me faltou.

    • taniaclorofila

      Ora viva!

      Vou repetir o que vc escreveu, Marcelo: “…a não aceitação de pensamentos discordantes ofende a inteligência de qualquer um.”

      Muito bem! E o que você faz além de não aceitar pensamentos que discordem dos seus? Acho que a sua inteligência foi bastante ofendida mesmo, tanto, que bateu asas e voou!

      Seu discurso até seria bacaninha se vc os baseasse em argumentos, se vc não escrevesse coisas do tipo: “Eu não aceito a sua idolatria por Valdivia” . Oiiii? Uma coisa dessa é típica de pessoas pouco inteligentes que não sabem o seu lugar, não sabem que os seus limites terminam onde começam os das outras pessoas. 

      O outro fórum onde vc descarrega seus probleminhas com Valdivia (estranho isso viu?), não está sendo suficiente pra você? E não reclame da moderação, porque lá onde vc costuma postar,  tópicos são deletados, foristas são banidos quando discordam da maioria. Pessoas como você, têm um tipo de “amnésia” muito conveniente.

      Agora… como torcedora, quando eu não gosto de algum jogador, eu torço por ele mesmo assim. Torço para que ele, apesar de todos os defeitos que eu imagino que tenha, consiga jogar bem e possa ajudar o meu time a vencer. Ninguém que veste a camisa do meu time é meu inimigo. A sua parte “torcedor” também deve ter batido asas e voado… Será que vc é mesmo um torcedor do Palmeiras??? 

      Quanto a ser xiita, só a você isso é permitido? Você não vai fazer do meu espaço, porque eu NÃO VOU PERMITIR, um local para um bando de torcedores terroristas, escondidos em avatares e nome fictício, vomitarem bobagens sem argumentação cabível.

      Me diga porque Valdivia é bichado e Thiago Heleno e Luan não são, porque Marcos Assunção não é, e aí eu vou prestar atenção nos seus chiliques contra Valdivia. Porque, até agora, têm sido apenas isso, chiliques… Se formos contar os dias parados dos jogadores mencionados, os dias não trabalhados, veremos que tem que jogador que ficou mais tempo ocioso que o Mago. E nem por isso qualquer um deles é chinelinho, tá bichado…

      Agora, se você imagina que por ser historiador e ter visão crítica pode fazer afirmações médicas  como as que fez, pode diagnosticar, vou falar o quê? O.o 

      Quanto a deixar de acompanhar o blog, já te respondi numa outra ocasião: Faça isso e vá ser feliz!

  • Marco

    O Palmeiras vive um momento complicado
    no campeonato. Precisa se recuperar e já demonstrou que tem capacidade para
    isso ao vencer a Copa do Brasil e ao dominar partidas contra os adversários
    classificados como fortes pela imprensa.

    Mesmo com onze jogadores fora de
    condição de jogo, dominou a partida contra o time completo do Santos. Perdeu
    por falhas individuais e por perder gols que normalmente não perde,
    especialmente pelo excelente centro avante Barcos.

    O momento é de reação e de apoio para
    que o time não tenha prejuízo maior no final da competição.

    Entretanto, algumas pessoas com visão
    curta não conseguem perceber a seriedade do momento, considerando que o ideal é
    colocar fogo no circo.

    Devem imaginar que esse comportamento
    infantil vai colaborar para que o time saia dessa situação.

    A incompetência para entender o momento
    da equipe chega a tal ponto de não perceber que não há jogadores para
    contratar, devido à época do ano e que os reforços do time só poderão vir do
    Departamento Médico.

    A campanha contra o Valdivia reflete a
    total irresponsabilidade dessa pequena, mas barulhenta parte da torcida. Mesmo
    que o jogador possa jogar apenas metade dos jogos, sua presença em campo já
    seria fundamental para a recuperação do time, como foi no Paulistão 2008 e como
    foi na Copa do Brasil 2012. Valdívia foi decisivo em momentos importantes dos
    únicos títulos do Palmeiras, nos últimos dez anos. Pelo trabalho de avaliação
    médica feito com o jogador, a intenção é contar com ele na maior parte dos
    jogos. O Palmeiras buscou ajuda profissional da melhor qualidade para conhecer
    os problemas físicos do atleta e divulgou os resultados, mesmo assim os
    corneteiros por vocação ignoram e insistem nas criticas, mesmo tendo recebido
    os esclarecimentos.

    Qual seria a alternativa proposta para
    quem buscar colocar o Valdívia no paredão de fuzilamento? O Palmeiras deveria
    encostá-lo, pagar seus salários porque existe um contrato de trabalho e não
    utilizar o jogador, considerando que ele não pode ser negociado nessa etapa do
    ano?

    Quem o Palmeiras iria contratar agora,
    com a janela de transferência fechada, com os melhores jogadores que atuam no
    país tendo completado sete jogos?

    Realmente, temos uma democracia e todos
    podem dar suas opiniões e como tudo na vida ela também tem um preço e o preço é
    permitir que pessoas sem o menor conhecimento, sem a menor responsabilidade,
    sem a menor noção da realidade tentem se tornar formadores de opinião devido à
    facilidade que hoje proporciona a internet.

    Será que essa ala da torcida imagina
    que suas manifestações despertam a menor atenção, tem alguma credibilidade
    junto à direção do clube, ao elenco e à comissão técnica? Manifestações
    irracionais, sem fundamento, sem propostas alternativas para o momento servem
    apenas para tumultuar o ambiente junto à torcida, criando clima negativo e de
    pessimismo. Justamente quando o time precisa de maior apoio para dar a volta
    por cima no Brasileiro e buscar mais um titulo internacional, na Copa Sul
    Americana encontramos “torcedores do Palmeiras” dispostos apenas a tumultuar.

    Tentam escrever em tom “professoral”,
    como se fossem especialistas no esporte, mas das suas manifestações não é
    possível extrair nada de concreto, nada de útil, nada que colabore para a atual
    fase do time, nada que possa ser visto como solução. Querem apenas que o
    Palmeiras elimine seu melhor jogador e não o utilize na competição, pois os
    comentários na prática dizem isso!

    Caso ainda não tenham percebido, basta
    buscar as estatísticas dos jogos do Palmeiras com e sem o Valdívia em campo e
    avaliar se o Palmeiras pode se dar ao luxo de abrir mão desse jogador para o
    restante do ano?

    O Palmeiras vive um momento complicado
    no campeonato. Precisa se recuperar e já demonstrou que tem capacidade para
    isso ao vencer a Copa do Brasil e ao dominar partidas contra os adversários
    classificados como fortes pela imprensa.

    Mesmo com onze jogadores fora de
    condição de jogo, dominou a partida contra o time completo do Santos. Perdeu
    por falhas individuais e por perder gols que normalmente não perde,
    especialmente pelo excelente centro avante Barcos.

    O momento é de reação e de apoio para
    que o time não tenha prejuízo maior no final da competição.

    Entretanto, algumas pessoas com visão
    curta não conseguem perceber a seriedade do momento, considerando que o ideal é
    colocar fogo no circo.

    Devem imaginar que esse comportamento
    infantil vai colaborar para que o time saia dessa situação.

    A incompetência para entender o momento
    da equipe chega a tal ponto de não perceber que não há jogadores para
    contratar, devido à época do ano e que os reforços do time só poderão vir do
    Departamento Médico.

    A campanha contra o Valdivia reflete a
    total irresponsabilidade dessa pequena, mas barulhenta parte da torcida. Mesmo
    que o jogador possa jogar apenas metade dos jogos, sua presença em campo já
    seria fundamental para a recuperação do time, como foi no Paulistão 2008 e como
    foi na Copa do Brasil 2012. Valdívia foi decisivo em momentos importantes dos
    únicos títulos do Palmeiras, nos últimos dez anos. Pelo trabalho de avaliação
    médica feito com o jogador, a intenção é contar com ele na maior parte dos
    jogos. O Palmeiras buscou ajuda profissional da melhor qualidade para conhecer
    os problemas físicos do atleta e divulgou os resultados, mesmo assim os
    corneteiros por vocação ignoram e insistem nas criticas, mesmo tendo recebido
    os esclarecimentos.

    Qual seria a alternativa proposta para
    quem buscar colocar o Valdívia no paredão de fuzilamento? O Palmeiras deveria
    encostá-lo, pagar seus salários porque existe um contrato de trabalho e não
    utilizar o jogador, considerando que ele não pode ser negociado nessa etapa do
    ano?

    Quem o Palmeiras iria contratar agora,
    com a janela de transferência fechada, com os melhores jogadores que atuam no
    país tendo completado sete jogos?

    Realmente, temos uma democracia e todos
    podem dar suas opiniões e como tudo na vida ela também tem um preço e o preço é
    permitir que pessoas sem o menor conhecimento, sem a menor responsabilidade,
    sem a menor noção da realidade tentem se tornar formadores de opinião devido à
    facilidade que hoje proporciona a internet.

    Será que essa ala da torcida imagina
    que suas manifestações despertam a menor atenção, tem alguma credibilidade
    junto à direção do clube, ao elenco e à comissão técnica? Manifestações
    irracionais, sem fundamento, sem propostas alternativas para o momento servem
    apenas para tumultuar o ambiente junto à torcida, criando clima negativo e de
    pessimismo. Justamente quando o time precisa de maior apoio para dar a volta
    por cima no Brasileiro e buscar mais um titulo internacional, na Copa Sul
    Americana encontramos “torcedores do Palmeiras” dispostos apenas a tumultuar.

    Tentam escrever em tom “professoral”,
    como se fossem especialistas no esporte, mas das suas manifestações não é
    possível extrair nada de concreto, nada de útil, nada que colabore para a atual
    fase do time, nada que possa ser visto como solução. Querem apenas que o
    Palmeiras elimine seu melhor jogador e não o utilize na competição, pois os
    comentários na prática dizem isso!

    Caso ainda não tenham percebido, basta
    buscar as estatísticas dos jogos do Palmeiras com e sem o Valdívia em campo e
    avaliar se o Palmeiras pode se dar ao luxo de abrir mão desse jogador para o
    restante do ano?

    • taniaclorofila

      Marco,

      Precisei editar o seu comentário. Não sei o que houve e o texto entrou duas vezes no mesmo comentário. Então, apaguei um deles.

      E, como sempre, as suas considerações a respeito do assunto, são coerentes, bastante racionais e, o mais importante, não deixam de focar o que é bom para o Palmeiras.

      Tânia Clorofila

  • Marco

    O Palmeiras vive um momento complicado
    no campeonato. Precisa se recuperar e já demonstrou que tem capacidade para
    isso ao vencer a Copa do Brasil e ao dominar partidas contra os adversários
    classificados como fortes pela imprensa.

    Mesmo com onze jogadores fora de
    condição de jogo, dominou a partida contra o time completo do Santos. Perdeu
    por falhas individuais e por perder gols que normalmente não perde,
    especialmente pelo excelente centro avante Barcos.

    O momento é de reação e de apoio para
    que o time não tenha prejuízo maior no final da competição.

    Entretanto, algumas pessoas com visão
    curta não conseguem perceber a seriedade do momento, considerando que o ideal é
    colocar fogo no circo.

    Devem imaginar que esse comportamento
    infantil vai colaborar para que o time saia dessa situação.

    A incompetência para entender o momento
    da equipe chega a tal ponto de não perceber que não há jogadores para
    contratar, devido à época do ano e que os reforços do time só poderão vir do
    Departamento Médico.

    A campanha contra o Valdivia reflete a
    total irresponsabilidade dessa pequena, mas barulhenta parte da torcida. Mesmo
    que o jogador possa jogar apenas metade dos jogos, sua presença em campo já
    seria fundamental para a recuperação do time, como foi no Paulistão 2008 e como
    foi na Copa do Brasil 2012. Valdívia foi decisivo em momentos importantes dos
    únicos títulos do Palmeiras, nos últimos dez anos. Pelo trabalho de avaliação
    médica feito com o jogador, a intenção é contar com ele na maior parte dos
    jogos. O Palmeiras buscou ajuda profissional da melhor qualidade para conhecer
    os problemas físicos do atleta e divulgou os resultados, mesmo assim os
    corneteiros por vocação ignoram e insistem nas criticas, mesmo tendo recebido
    os esclarecimentos.

    Qual seria a alternativa proposta para
    quem buscar colocar o Valdívia no paredão de fuzilamento? O Palmeiras deveria
    encostá-lo, pagar seus salários porque existe um contrato de trabalho e não
    utilizar o jogador, considerando que ele não pode ser negociado nessa etapa do
    ano?

    Quem o Palmeiras iria contratar agora,
    com a janela de transferência fechada, com os melhores jogadores que atuam no
    país tendo completado sete jogos?

    Realmente, temos uma democracia e todos
    podem dar suas opiniões e como tudo na vida ela também tem um preço e o preço é
    permitir que pessoas sem o menor conhecimento, sem a menor responsabilidade,
    sem a menor noção da realidade tentem se tornar formadores de opinião devido à
    facilidade que hoje proporciona a internet.

    Será que essa ala da torcida imagina
    que suas manifestações despertam a menor atenção, tem alguma credibilidade
    junto à direção do clube, ao elenco e à comissão técnica? Manifestações
    irracionais, sem fundamento, sem propostas alternativas para o momento servem
    apenas para tumultuar o ambiente junto à torcida, criando clima negativo e de
    pessimismo. Justamente quando o time precisa de maior apoio para dar a volta
    por cima no Brasileiro e buscar mais um titulo internacional, na Copa Sul
    Americana encontramos “torcedores do Palmeiras” dispostos apenas a tumultuar.

    Tentam escrever em tom “professoral”,
    como se fossem especialistas no esporte, mas das suas manifestações não é
    possível extrair nada de concreto, nada de útil, nada que colabore para a atual
    fase do time, nada que possa ser visto como solução. Querem apenas que o
    Palmeiras elimine seu melhor jogador e não o utilize na competição, pois os
    comentários na prática dizem isso!

    Caso ainda não tenham percebido, basta
    buscar as estatísticas dos jogos do Palmeiras com e sem o Valdívia em campo e
    avaliar se o Palmeiras pode se dar ao luxo de abrir mão desse jogador para o
    restante do ano?

    • taniaclorofila

      Marco,

      Precisei editar o seu comentário. Não sei o que houve e o texto entrou duas vezes no mesmo comentário. Então, apaguei um deles.

      E, como sempre, as suas considerações a respeito do assunto, são coerentes, bastante racionais e, o mais importante, não deixam de focar o que é bom para o Palmeiras.

      Tânia Clorofila