QUESITO “IMPARCIALIDADE”… IMPRENSA ESPORTIVA: NOTA ZERO!

“Quem julga pelo que ouve, e não pelo que entende, é orelha, e não juiz.” Francisco de Quevedo  

(Que me perdoem os verdadeiros profissionais da imprensa esportiva, éticos e sérios. Na minha visão de torcedora, vocês, são hoje, uma minoria alienígena nesse universo de torcedores profissionais. Tânia “Clorofila” Dainesi)

Nos portais de hoje (04/04/2012):

UOL – ‘Palmeiras busca classificação antecipada na Copa do Brasil para espantar má fase’

‘Gambá’, atacante do Horizonte deseja dar alegria a corintianos  – espn.com.br – 3/4/2012 19:25

Barcos - Palmeiras (Foto: Miguel Schincariol)

Barcos: o ‘forasteiro’ quer fim do maior jejum com a camisa alviverde – Lancenet

Para uma pessoa que não acompanha o dia a dia do Palmeiras, que não sabe que foram apenas duas derrotas nos últimos 25 jogos, que não sabe que Barcos já marcou 9 gols, que não lê, absolutamente nada, sobre balanços e déficits de outros clubes (POR QUÊ?), qual o perfil que ela traça do time, a partir de informações como essas? Tão óbvias as intenções de quem escreve, não é mesmo? E isso enche o saco!

Quando eu digo que os veículos de comunicação, em sua maioria, têm uma imensa má vontade em relação ao Palmeiras e, nas entrelinhas, fazem de tudo para o diminuir, que distorcem algumas informações, sempre aparece alguém para dizer que isso é paranóia, que os maus resultados do Palmeiras nos campeonatos são os responsáveis por essa postura da mídia.

Seria até possível, se não tivesse clube que a mídia empurra há décadas,  mesmo tendo levado 80 anos para conquistar seu primeiro título nacional; seria uma afirmação válida, se não tivesse clube que, desde a sua fundação, não tem um único título internacional, que já viveu fases horrorosas e, mesmo assim, continuou sendo empurrado… Seria birutice minha, se não tivesse time com dívida até o pescoço, enroscado na Libertadores, ainda na primeira fase, com craque de renome internacional no elenco, jogando nada, sem que esse seja crucificado nos jornais… Seria crível, se não tivesse atacante de outro time que passa meses sem marcar gols, sem que a imprensa faça matérias procurando o “seu gol perdido”, e sem falar de seu longo jejum, como agora faz com os TRÊS JOGOS (!?!?!) sem marcar, de Barcos, e como fez com Valdivia, anteriormente…

Seríamos mesmo uns lunáticos, de nos rebelarmos contra a imprensa, se ela tivesse um comportamento profissional, de apenas informar, como mandam as regras do jornalismo, ao invés de plantar notícias e ideias, na cabeça dos incautos torcedores, à sua conveniência, e à de seus patrocinadores, à conveniência da paixão clubística de seus “torcedores redatores, torcedores apresentadores e torcedores comentaristas”. Se até mesmo fatos verídicos, não passassem a ter outra conotação sob as lentes e canetas da maioria dos profissionais de imprensa. E a impressão geral que acabamos tendo, é a de que boa parte da imprensa, manipula as informações, em todas as outras áreas de informação, e não somente no futebol, de acordo com o que convém aos seus interesses.

Os jogadores do Palmeiras não prestam, são grossos, incapazes, “cai-cai”… são cachaceiros, encrenqueiros e todos os “eiros” que se possa usar pejorativamente… Cada um pensa o que quer, mas, quando um sujeito se enfia no morro, buscando lá, o que todo mundo sabe que foi buscar, dependendo do time em que ele esteja jogando, ele tem apenas depressão… Se for no Palmeiras, ele é um cafajeste (por muito menos Edmundo era chamado de cada coisa!)! O gordo de outros times tem hipotireoidismo, o de cá é só gordo, cachaceiro e preguiçoso mesmo… O jogador de outros times, mesmo sendo casado, se pego em motel com três homens, apenas se confundiu;  o de cá, se for pego com uma garota, merece ir para a guilhotina por estar traindo a mulher… Um jogador de outro time, encostado no DM por um ano, é uma vítima, os do Palmeiras são responsáveis por suas lesões… Os argentinos de outros times podem ser feios, boçais, sem nem mesmo saber falar;  podem quebrar o nariz de seus companheiros, podem passar muitos jogos sem “dar certo”, sem por isso serem ridicularizados. Mas se o argentino for do Palmeiras, ele já tem que aturar o veneno da imprensa, tentando ridicularizá-lo, assim que concede a primeira entrevista…

É a imprensa “eshpoRtiva” (boa parte dela) que vai muito além dos dois pesos e duas medidas. Ela tem pesos e medidas para dar e vender! Principalmente, para vender!!!

O Palmeiras venceu o Botafogo por 6 x 2, resultado que não é comum no futebol, e não tem sido comum no Paulistão. Vocês são capazes de imaginar como seriam os programas esportivos, dependendo do clube que aplicasse uma goleada dessa num adversário e fosse o líder do campeonato? São sim, eu sei! Pois vejam como a Globo mostrou a goleada do Verdão:

Ao Palmeiras, que jogou um futebol brilhante, que teve Valdivia, Barcos e Cia sobrando em campo, que apresentou, dentro das quatro linhas, todos os motivos que fazem os programas esportivos existirem; ao Palmeiras, coube 2 minutos (o tempo necessário para mostrarem os gols) de papo entre os apresentadores, nenhuma entrevista com técnico, nem com jogadores, muito menos com torcedores. Ao Santos, que perdeu seu jogo, dedicaram 44 segundos. Mas vejam só na parte 2 do vídeo:

Ao São Paulo, que não jogou nada, boa parte dos 90 minutos de jogo, e que ganhou de 2 x 1, eles dedicaram 5 minutos do precioso tempo da Globo, e não houve nenhum comentário depreciativo à todas as chances que Luís Fabiano desperdiçou, até conseguir marcar o seu gol. E mostraram entrevistas com técnico, jogadores, torcedores… Só faltou entrevistarem os pipoqueiros do lado de fora do estádio. Já, ao Corinthians, que empatou com o Guarani de Barcelona, mesmo tendo um homem a mais em campo (para variar, um adversário foi expulso), 7 minutos de programa foram dedicados, e nada de pejorativo ao gol feito, perdido grosseiramente por William, que a Globo tentou fazer parecer ter sido apenas um capricho da sorte…

É a imprensa esportiva, parcial, te conduzindo na direção que a manada deve seguir. Entupindo você daquilo que ela, imprensa, quer você goste, na marra; do que ela quer que você tenha vontade de assistir. É a imprensa, impondo alguns clubes a você, mesmo quando eles não merecem os destaques nos programas e páginas esportivos. Não é difícil imaginarmos as razões desse comportamento, não é mesmo?

Os exemplos estão aí todos os dias. Os torcedores, ‘lunáticos’, os identificam muito bem nos portais, nas TVs, nos comentários tendenciosos de torcedores dos microfones e dos notebooks. E, de tão lunáticos que somos, a gente até “inventa” as imagens…

As notícias abaixo mostram que, não importa a ocasião, o objetivo de boa parte da imprensa é vender um título diferente do que diz o conteúdo e, muitas vezes,  vender título e conteúdo duvidosos.

Mas os salários de Luís Fabiano (que ficou recebendo sem jogar e estrear, em quase um ano de DM) e de Adriano (que vai continuar recebendo, mesmo sem nunca ter jogado), por exemplo, não causam problemas nos vestiários de seus clubes… Nem o de Ronaldinho Gaúcho, Vagner Love, cujos companheiros, nem mesmo recebem em dia… Todos os clubes podem ter jogadores ganhando salários altíssimos, menos o time de Palestra Itália. Que coisa interessante! Mas esses jogadores do Palmeiras são mesmo uns invejosos!!

O título, levianamente sugere, que Valdivia, que não tem jogado muitas partidas, por causa de sua lesão, estaria comemorando a folga. Com isso, a matéria levaria o torcedor, que só leu o título (e muitos fazem isso), a pensar: Ele já tem jogado pouco e ainda quer folga? Basta a gente ler a notícia inteira para ver que o conteúdo não traz o que o título sugeriu:

 


Você não viu nenhuma matéria semelhante à que fizeram sobre Barcos, referente ao atacante Liedson, que esteve sem conseguir marcar gols neste ano, até a rodada passada. Ninguém calculou a porcentagem de seus erros… Você não viu um título com “culpados”, após os empates de outros times, viu? Você também não viu uma matéria falando sobre o péssimo nível do “cansativo” Paulistão, quando outros times, além do Palmeiras, continuavam invictos…

De Valdivia não colocam nem a foto…

Mas o Adriano, ao contrário do Mago, não foi comparado a ninguém, não teve o “menos” na sua notícia. Ninguém contou há quantas partidas ele está fora de ritmo, de peso, de sintonia e de vontade de jogar. Pelo contrário, a ideia que tentaram passar é a de que ele tentava, mas não conseguia… e apenas se atrapalhava.

Lembram, no Paulistão do ano passado, quando o Palmeiras ia enfrentar o Santos (antes de ser roubado por PCO contra os gambás)? Às vésperas do clássico, VENCIDO PELO PALMEIRAS, segundo os portais, ao Santos, vencer o jogo e consolidar a vaga na final, diante do Verdão, eram favas contadas.  Ao Palmeiras só restava sonhar…

E nem mesmo os negócios do clube escapam da depreciação…

O Corinthians contratar presos, que vão receber menos do que um salário mínimo de pagamento, é grande negócio e não é miserê do clube. Imagina!

Mas o Palmeiras fazer uma parceria com uma rede de hotéis, já é noticiado,  pela mesma pessoa da notícia acima, como se fosse desespero de causa…

E isso não acaba nunca!

 

 

Basta que a gente compare as notícias de um clube e de outro. As do Palmeiras são essencialmente negativas, ao contrário das do São Paulo e de outros clubes, essencialmente positivas. As palavras são escolhidas “a dedo” para que elas pareçam positivas. Lucas, em má fase, com problemas com o técnico, aparece numa matéria divertida, leve… Já Luís Fabiano, parabeniza o time!!! PAREM AS MÁQUINAS!!

E, reparem, quando acessarem os portais; nas páginas de todos os clubes, nas notícias sobre a violência entre as torcidas, está o desenho de um Mancha segurando dois revólveres. As imagens, que infestam o Facebook e o Twitter, de Gaviões, cujos torcedores assassinaram dois palmeirenses, segurando armas, não aparecem em nenhum veículo de imprensa, tampouco as suas comemorações por terem assassinado dois rivais.

E, pra terminar, uma da noite de ontem, via Twitter, de um jornalista que, na maioria das vezes, me parece bastante coerente e sensato, e que, ao contrário de muitos outros, tem a minha admiração. Mas repetiu o mantra, inventado pelo juiz/comentarista da Globo, e repetido à exaustão pelos profissionais de imprensa, pra argumentar a sua opinião, contrária à uma penalidade marcada pelo árbitro, no jogo Barcelona x Milan.

Mauro Cezar@MauroCezarESPN Alexis Sánchez, como sabemos, joga com Valdivia na seleção chilena… #cai-cai

E a pergunta que não quer calar: Os jornalistas chamam Valdivia de “cai cai” porque os juízes não marcam 90% das faltas que ele recebe, ou os juízes deixam de marcar 90% das faltas que Valdivia recebe, porque os jornalistas insistem em estigmatizá-lo como “cai cai”?  E do Neymar, ninguém fala…

ABRE O OLHO, PALESTRINO! TEM MUITA GENTE ENGANANDO VOCÊ!


  • Gamez

    pois é! Mais uma vez, vc colocou de maneira coerente, e imparcial o problema da imprensa! Falta competência e capacidade para estes ditos repórteres de televisãao, e como o povo é manobrado. Mas que artigo maravilhoso! Muito obrigada por colocar em palavras tudo aquilo que eu sinto!

  • Gamez

    pois é! Mais uma vez, vc colocou de maneira coerente, e imparcial o problema da imprensa! Falta competência e capacidade para estes ditos repórteres de televisãao, e como o povo é manobrado. Mas que artigo maravilhoso! Muito obrigada por colocar em palavras tudo aquilo que eu sinto!

  • Isto sempre aconteceu. A omissão da diretoria só tem tornado as coisas cada vez piores. Comparativamente, a “independência” e “imparcialidade” da mídia esportiva em relação aos assuntos do Palmeiras está no mesmo patamar que os da Revista (??) Veja quando aborda assuntos do governo. Dos 2 você pode esperar sempre a mesma coisa.

  • Silvio Andolfato

    Isto sempre aconteceu. A omissão da diretoria só tem tornado as coisas cada vez piores. Comparativamente, a “independência” e “imparcialidade” da mídia esportiva em relação aos assuntos do Palmeiras está no mesmo patamar que os da Revista (??) Veja quando aborda assuntos do governo. Dos 2 você pode esperar sempre a mesma coisa.

  • Feliciano Fatima

    Perfeito! Beijão, Tânia “Clorofila” Dainesi!

  • Feliciano Fatima

    Perfeito! Beijão, Tânia “Clorofila” Dainesi!

  • Finalmente um post para catalogar os fatos que todos os palmeirenses já desconfiavam fazer parte de uma atitude mal intencionada…

    PARABÉNS, só isso Tânia.

  • Finalmente um post para catalogar os fatos que todos os palmeirenses já desconfiavam fazer parte de uma atitude mal intencionada…

    PARABÉNS, só isso Tânia.

  • Caral#*!!! que post fenomenal! Venho raramente a este blog, confesso, mas voltarei mais… 
    Parabéns por conseguir provar com fatos, fotos e argumentos indiscutíveis o que vem acontecendo desde 1914.
    Um amigo fez um trabalho na faculdade a muito tempo sobre a história do verdão. Foi praticamente um livro! Muito bem feito. Mas, o que mais me chamou a atenção, foi um capitulo sobre a relação Palmeiras x imprensa. Ele conta que em 1921 ou 22, não me lembro ao certo, o Palestra aplicou um 5 x a 0 no Mackenzie, pelo Paulista, mas as matérias dos jornais da época eram coisas do tipo: “Mackenzie apresenta um ótimo jogo, mas em lances de sorte e de brilhantismo individual, o Palestra vence.” Já faz muito tempo que peço pra esse amigo divulgar logo esse trampo, mas acho que tá procurando alguma editora pra publicar…O pior de tudo é que tem muito palmeirense que compra mesmo essas idéias. Aqui no meu trabalho tem um… como me dá ódio ao vê-lo concordando com os gambás quando tentam apequenar o Palestra, baseado no leem e assistem.Como sabemos que essa situação não mudará para melhor, torço, rezo para que alguém na comissão técnica ou no próprio grupo de jogadores, passe por aqui de vez em quando, pelo menos. Que percebam que precisam lutar sempre contra todos. Vc disse muito bem em um post anterior que sempre que o Palmeiras entra em campo, é 11 contra 15, 16, 20…, dependendo do número de jornalistas!
    O Felipão deveria usar esse texto nas preleções, mostrar pros atletas que eles precisam vencer tudo e todos pra obrigar os eternos inimigos a finalmente lhes dar os louros!!!
    Parabéns e muito obrigado por nos presentear com esse excelente texto!

    • taniaclorofila

      Fábio,

      Vida de parmera é f…ogo! A gente não pode nem reclamar do mal que nos fazem, se não puder provar.
      Eu tinha tantos prints à disposição, que fiquei uns três dias meio perdida, tentando escolher quais eu publicaria.
      A minha vontade era a de colocar todos eles, mas o post seria quilométrico.

      Tem cada coisa! Como por exemplo, uma notícia sobre uma partida, em que o jornalista diz: “… aos “X” minutos o Palmeiras fez o segundo gol, depois de o juiz assinalar um pênalti duvidoso…”. Veja só!
      Se o juiz marcou, ao jornalista cabe apenas contar os fatos como eles aconteceram, e não dar a sua interpretação a eles. Mas as matérias, em sua grande maioria, são subjetivas, de acordo com a paixão clubística de quem escreve, narra, comenta, apresenta…
      O pior é que a maioria não percebe.

      Sabe quando noto isso? Quando a minha mãe, palmeirense fanática, que ouve rádio o dia todo e assiste aos programinhas esportivos, me telefona.
      A visão que ela tem do Palmeiras e da sua situação no campeonato é sempre a pior possível. E ela nem percebe que sofre muito mais do que seria necessário…

      Um abraço,
      Tânia ‘Clorofila’

  • Caral#*!!! que post fenomenal! Venho raramente a este blog, confesso, mas voltarei mais… 
    Parabéns por conseguir provar com fatos, fotos e argumentos indiscutíveis o que vem acontecendo desde 1914.
    Um amigo fez um trabalho na faculdade a muito tempo sobre a história do verdão. Foi praticamente um livro! Muito bem feito. Mas, o que mais me chamou a atenção, foi um capitulo sobre a relação Palmeiras x imprensa. Ele conta que em 1921 ou 22, não me lembro ao certo, o Palestra aplicou um 5 x a 0 no Mackenzie, pelo Paulista, mas as matérias dos jornais da época eram coisas do tipo: “Mackenzie apresenta um ótimo jogo, mas em lances de sorte e de brilhantismo individual, o Palestra vence.” Já faz muito tempo que peço pra esse amigo divulgar logo esse trampo, mas acho que tá procurando alguma editora pra publicar…O pior de tudo é que tem muito palmeirense que compra mesmo essas idéias. Aqui no meu trabalho tem um… como me dá ódio ao vê-lo concordando com os gambás quando tentam apequenar o Palestra, baseado no leem e assistem.Como sabemos que essa situação não mudará para melhor, torço, rezo para que alguém na comissão técnica ou no próprio grupo de jogadores, passe por aqui de vez em quando, pelo menos. Que percebam que precisam lutar sempre contra todos. Vc disse muito bem em um post anterior que sempre que o Palmeiras entra em campo, é 11 contra 15, 16, 20…, dependendo do número de jornalistas!
    O Felipão deveria usar esse texto nas preleções, mostrar pros atletas que eles precisam vencer tudo e todos pra obrigar os eternos inimigos a finalmente lhes dar os louros!!!
    Parabéns e muito obrigado por nos presentear com esse excelente texto!

    • taniaclorofila

      Fábio,

      Vida de parmera é f…ogo! A gente não pode nem reclamar do mal que nos fazem, se não puder provar.
      Eu tinha tantos prints à disposição, que fiquei uns três dias meio perdida, tentando escolher quais eu publicaria.
      A minha vontade era a de colocar todos eles, mas o post seria quilométrico.

      Tem cada coisa! Como por exemplo, uma notícia sobre uma partida, em que o jornalista diz: “… aos “X” minutos o Palmeiras fez o segundo gol, depois de o juiz assinalar um pênalti duvidoso…”. Veja só!
      Se o juiz marcou, ao jornalista cabe apenas contar os fatos como eles aconteceram, e não dar a sua interpretação a eles. Mas as matérias, em sua grande maioria, são subjetivas, de acordo com a paixão clubística de quem escreve, narra, comenta, apresenta…
      O pior é que a maioria não percebe.

      Sabe quando noto isso? Quando a minha mãe, palmeirense fanática, que ouve rádio o dia todo e assiste aos programinhas esportivos, me telefona.
      A visão que ela tem do Palmeiras e da sua situação no campeonato é sempre a pior possível. E ela nem percebe que sofre muito mais do que seria necessário…

      Um abraço,
      Tânia ‘Clorofila’

  • Agnaldo_rodoquip

    Não conhecia este blog, vim por indicação do FAbio Tatu. Muito bom os posts, ja adicionei aos favoritos.
    Qto ao post, uma bela coletanea pra ver como a imprensa sacaneia a tempos nosso time.

    • taniaclorofila

      Obrigada, Agnaldo. Vou agradecer ao Fábio depois, pela indicação.
      Em relação ao post, quando falamos algo contra a imprensa, somos tachados de lunáticos. Mas tá tudo aí, e aposto que, de tantas notícias fabricadas para nos diminuir,cada torcedor palestrino se lembra de um fato diferente dos que eu citei. Existem centenas deles.

      Um abraço
      Tânia ‘Clorofila’ Dainesi

  • Agnaldo_rodoquip

    Não conhecia este blog, vim por indicação do FAbio Tatu. Muito bom os posts, ja adicionei aos favoritos.
    Qto ao post, uma bela coletanea pra ver como a imprensa sacaneia a tempos nosso time.

    • taniaclorofila

      Obrigada, Agnaldo. Vou agradecer ao Fábio depois, pela indicação.
      Em relação ao post, quando falamos algo contra a imprensa, somos tachados de lunáticos. Mas tá tudo aí, e aposto que, de tantas notícias fabricadas para nos diminuir,cada torcedor palestrino se lembra de um fato diferente dos que eu citei. Existem centenas deles.

      Um abraço
      Tânia ‘Clorofila’ Dainesi

  • César Jaú

    Durante anos e anos a impresa geral no Brasil brigou por liberdade de expressão, para que? Para este hoje dito jornalista usarem esta liberdade desta maneira, com mentiras, simplesmente iludindo e enganando uma grande parte da população é vergonhoso.
    A rede Globo faz isto em todos os setores politica, religião, esportes tenta ditar o comportamento geral do povo Brasileiro muito triste.

  • César Jaú

    Durante anos e anos a impresa geral no Brasil brigou por liberdade de expressão, para que? Para este hoje dito jornalista usarem esta liberdade desta maneira, com mentiras, simplesmente iludindo e enganando uma grande parte da população é vergonhoso.
    A rede Globo faz isto em todos os setores politica, religião, esportes tenta ditar o comportamento geral do povo Brasileiro muito triste.

  • César Jaú

    Durante anos e anos a impresa geral no Brasil brigou por liberdade de expressão, para que? Para este hoje dito jornalista usarem esta liberdade desta maneira, com mentiras, simplesmente iludindo e enganando uma grande parte da população é vergonhoso.
    A rede Globo faz isto em todos os setores politica, religião, esportes tenta ditar o comportamento geral do povo Brasileiro muito triste.

  • DIULSAVILLAS

    Puxa vida, voce falou tudo que eu sempre tive engasgado, e não tive meios pra gritar . PARABÉNS!!!!!!

    • taniaclorofila

      Diusavillas, acho que essa vontade de “desengasgar” foi o que me fez a começar a escrever.
      Eu também não aguentava não poder dizer…

      Um abraço
      Tânia Clorofila Dainesi

  • DIULSAVILLAS

    Puxa vida, voce falou tudo que eu sempre tive engasgado, e não tive meios pra gritar . PARABÉNS!!!!!!

    • taniaclorofila

      Diusavillas, acho que essa vontade de “desengasgar” foi o que me fez a começar a escrever.
      Eu também não aguentava não poder dizer…

      Um abraço
      Tânia Clorofila Dainesi

  • Lidiane

    a imprensa puxa o saco de quem esta na midia, quanta injustiça com o valdivia, enquanto que o neymar é o cai cai, eles fingem não querer ver a verdade.

    • taniaclorofila

      Verdade, Lidiane.
      E o pior é que torcedores nossos acabam comprando as ideias que alguns profissionais de imprensa vendem.
      No caso do Valdivia, que vc citou, pode reparar, ninguém diz que ele sofre faltas demais em todos os jogos. Apanha um bocado sem que o juiz marque nem mesmo metade das faltas que ele sofre.
      E, como isso, não é propagado, como a imprensa não ajuda o torcedor a perceber isso, quando o Mago se machuca, de tanta botinada que leva, parte da torcida ainda acha que a culpa é dele. 

      • Quanto ao Valdiviam, desde sua primeira passagem pelo clube, eh perseguido pelos narradores, sendo que um deles, o famigerado Rogerio Assis, um dia, estava pedindo ao jogador adversario para quebrar o chileno … Fosse jogador do ai-jesus deles, nem falar podia, neh?? Caramba, fiquei revoltada!

        • Maria Eddy,

          Eu me lembro bem disso.
          Ele falou um monte de asneiras nesse dia. Foi em 2008, num Palmeiras e Guarani. Um amigo e eu, escrevemos um texto contra a Jovem Pan e, com mais alguns, fomos ao Palestra panfletar conta a rádio.
          Os caras da JP leram no PTD o comentário de um forista chamado Luiz Gonzaga e disseram na rádio que o Belluzzo estava incitando a torcida contra eles. Uns palhaços, que nem sabiam o que estavam falando.

          Esse é o naipe dos “profissionais” da imprensa esportiva. Ninguém pede a ninguém para quebrar o Neymar…
          O que me dá um desgosto é parte da torcida do Palmeiras entrar na onda desses otários dos microfones.

          Beijo, querida
          Tânia Clorofila

  • Lidiane

    a imprensa puxa o saco de quem esta na midia, quanta injustiça com o valdivia, enquanto que o neymar é o cai cai, eles fingem não querer ver a verdade.

    • taniaclorofila

      Verdade, Lidiane.
      E o pior é que torcedores nossos acabam comprando as ideias que alguns profissionais de imprensa vendem.
      No caso do Valdivia, que vc citou, pode reparar, ninguém diz que ele sofre faltas demais em todos os jogos. Apanha um bocado sem que o juiz marque nem mesmo metade das faltas que ele sofre.
      E, como isso, não é propagado, como a imprensa não ajuda o torcedor a perceber isso, quando o Mago se machuca, de tanta botinada que leva, parte da torcida ainda acha que a culpa é dele. 

      • Quanto ao Valdiviam, desde sua primeira passagem pelo clube, eh perseguido pelos narradores, sendo que um deles, o famigerado Rogerio Assis, um dia, estava pedindo ao jogador adversario para quebrar o chileno … Fosse jogador do ai-jesus deles, nem falar podia, neh?? Caramba, fiquei revoltada!

  • Guja

    É isso aí Tânia, parabéns.

    Você colocou tudo o que estão fazendo com o nosso querido Palmeiras.

    Site Uol é lixo, assim como muitos outros.

    Um beijo,
     

  • Guja

    É isso aí Tânia, parabéns.

    Você colocou tudo o que estão fazendo com o nosso querido Palmeiras.

    Site Uol é lixo, assim como muitos outros.

    Um beijo,
     

  • Sil

    Parabéns por essa postagem, não é simplesmente reclamar está provado e comprovado. É triste e revoltante o que fazem com o Palmeiras, á muito tempo percebi isso e deixei de acompanhar a vários programas esportivos por esse motivo… Falta de respeito tem limete e esses torcedores “disfarçados” de imprensa ultrapassou todos eles… Palmeiras e sua torcida merecem respeito!! Mais uma vez parabéns por seu texto!!

  • Sil

    Parabéns por essa postagem, não é simplesmente reclamar está provado e comprovado. É triste e revoltante o que fazem com o Palmeiras, á muito tempo percebi isso e deixei de acompanhar a vários programas esportivos por esse motivo… Falta de respeito tem limete e esses torcedores “disfarçados” de imprensa ultrapassou todos eles… Palmeiras e sua torcida merecem respeito!! Mais uma vez parabéns por seu texto!!