DEFESA QUE NINGUÉM PASSA… E QUE TAMBÉM FAZ GOLS!

♪♫ Um Felipão incomoda muita gente… Um Felipão líder, no Palmeiras, com a melhor defesa, incomoda muito mais… ♪♫
.
Jogo do Palmeiras no Canindé… Iríamos enfrentar o Bragantino, pela 16ª rodada do Paulistão. Depois daquela confusão toda da outra partida, das filas, dos torcedores conseguindo entrar só no intervalo, tratei de comprar o meu ingresso antecipadamente. Mas tudo parecia tranquilo, a não ser pelo número excessivo de cambistas oferecendo ingressos impunemente, e pelo meu cartão do Avanti, que dá problema em todos os jogos.
.
O Canindé é simpático, acolhedor, temos tido bons resultados lá, a torcida gosta… Mas tenho a impressão que, lotado, não deve comportar mais de 15 mil pessoas e o gramado tá ruinzinho… Não é para o Palmeiras, não é mesmo?
.
O estádio estava cheio, como pediu Felipão (ele pede e a gente faz); nosso mascote Periquito estava em campo, a Que Canta e Vibra estava lá e fez uma festa bem bonita quando o Palmeiras, vestindo a linda terceira camisa, entrou em campo. Muitas crianças acompanhavam os jogadores. Kleber levava ao colo a sua filha pequenina, linda com o manto! E era de festa, mesmo, o clima no estádio. Time, técnico e torcida sabiam que faltava só um pontinho para assegurar a classificação. E com a defesa que não toma gols; a melhor do Paulistão, com apenas 6 gols sofridos; a que tem a melhor o melhor retrospecto dos últimos 22 anos, somar um pontinho era uma coisa lógica.
.
E bota lógica nisso! A defesa que ninguém passa também faz gol! E GOLAAAÇO! Cobrança de falta (sofrida por Lincoln) os 2′; o zagueiro Thiago Heleno disparou um míssil e guardou no canto direito do goleiro Gilvan! Como diriam os amigos do Mondo Palmeiras, foi um Torpedo Verde!! FESTA NAS ARQUIBANCADAS! Festa dos jogadores que comemoravam e abraçavam  o zagueiro.

O jogo corria… Deola só assistia à partida… O Bragantino estava mais preocupado em bater do que jogar. Não é a toa que é o time que mais comete faltas na competição. O juiz era muito condescendente com os “cavalões” da zaga adversária. E o Bragantino, para não perder um zagueiro já amarelado, que devia ter levado o vermelho também,  teve que fazer uma alteração com um pouco mais de 20 minutos do primeiro tempo. Mas, se na defesa o Palmeiras era forte, apresentava alguma fragilidade no ataque. As jogadas saíam, mas aquela última bola, sempre acabava desperdiçada, por um lance de preciosismo, ou por um erro de passe. E foi só aos 30′ que o Bragantino conseguiu levar perigo à meta palestrina, depois de um lançamento errado na área. Mas Deola, sempre esperto, se recuperou a tempo e espalmou para escanteio.

O Palmeiras ainda teria outras duas chances na primeira etapa. Numa delas, Lincoln cobrou falta rapidamente e saiu tabelando com o Gladiador, mas Kleber foi desarmado pelo zagueiro na entrada da área. Na outra chance, aos 40′, foi a vez de Chico bater rasteiro e o goleiro espalmar.

Veio o segundo tempo e a Que Canta e Vibra não parava de cantar. Mas dentro de campo, embora lutasse muito, o Palmeiras não encontrava o caminho do gol, não conseguia passar pela defesa do Bragantino. Felipão então fez logo uma substituição. Sacou Adriano, que não estava muito bem, e colocou Luan. Aos 19, Kleber quase consegue marcar o segundo, depois de receber livre na pequena área.Mas o juiz já tinha assinalado impedimento do Gladiador.

Felipão então sacou Cicinho e colocou João Vitor, deslocando Márcio Araújo para a direita. Eu achei que o time melhorou com as mudanças.  Não pela saída de Cicinho que, por mim, não sairia. Mas pelo que vieram somar os dois jogadores que entraram. Principalmente Luan, que jogou mais próximo de Kleber e Lincoln e, com velocidade, deixou o nosso ataque mais perigoso. Mas a partida até que estava equilibrada. E mesmo nesse “equilíbrio”, ou talvez por causa dele, dava para percebermos que o time está mais seguro, tem confiança e toca a bola, recomeça a jogada quantas vezes for necessário, até encontrar a oportunidade ideal. Gosto de sentir isso no time e acho que toda a torcida sente também. O time, mesmo com todas as carências no elenco,  tem muito mais consistência, nos passa mais confiança. Deve ser por isso que Felipão é um técnico que tem bom salário, né?

E porque o Palmeiras atual é perseverante, incansável e lutador; porque as alterações de Felipão deixaram o time mais ofensivo, porque a torcida não parava de cantar… aos 35′, Lincoln cobrou falta prá dentro da área e Thiago Heleno, preciso, colocou no ângulo!! Segundo gol do Palmeiras, segundo gol de Thiago Heleno, que fazia uma grande partida!

Com o resultado feito, Felipão tratou de tirar Kleber, que estava pendurado, e preservá-lo para o clássico. E chamou o zagueiro Maurício Ramos. Algumas pessoas reclamam por ele trocar um atacante por um defensor. Eu juro que não me importo. A “contabilidade” na cabeça do técnico é diferente da que está na cabeça do torcedor. Felipão quer o time ganhando os 3 pontos. E tem feito isso muito bem.

E para alegria da Que Canta e Vibra, que encheu o Canindé, aos 42′, bela jogada de ataque do Palmeiras, Luan lançou Patrik que tocou para Rivaldo, que entrava na área; o “lateral” devolveu, e Patrik rolou para João Vítor e o deixou livre com a bola de frente para o gol. Aí foi só tocar e correr feliz pro abraço! PALMEIRAS 3 X 0 BRAGANTINO!!

E foi uma festa nas arquibancadas e no banco do Palmeiras! Euforia das dezenas de crianças, com suas bandeiras, chapéus… Muita alegria  para os adultos que aplaudiam o time e saíram do estádio felizes, com o coração leve… Tenho falado aqui que o time do Palmeiras está ganhando corpo, está crescendo na hora certa… Se vamos ganhar o Paulistão eu não sei, mas com uma defesa que aprende mais a cada dia, a não tomar gols, aposto que os outros times também não sabem se vão ganhar…

E É PAULISTÃO, SIM SENHOR! Os que agora o chamam pejorativamente de ‘Paulistinha’, deveriam lembrar que até 1990 e 1977 (no caso de gambás e bambis, respectivamente) não tinham ganhado nadinha a não ser o tal “Paulistinha”, não é mesmo? Memória fraca dessa gente…

FORÇA, VERDÃO! ESTAMOS CHEGANDO LÁ!!!

P.S – Tem coisas que só os gambás fazem pelos palmeirenses…E não é que eles conseguiram ganhar algo no Centenada? Atrasado, mas ganharam… o gol nº 100 da borboleta-mor. hahahahaha

  • Este comentário chegou a mim na caixa de e-mails do Blog:

    De: FÁBIO
    Enviado: quarta-feira, 30 de março de 2011 14:36:13

    boa tarde quero sabe quando o valdivia volta a jogar pelo nosso verdão.

    volta longo valdivia, para poder ajudar o lincoln no meio de campo boa sorte!

  • Fábio,

    O Mago está treinando e será avaliado no decorrer da semana. É muito provável que tenhamos a volta do nosso ídolo no clássico contra o Santos.
    Quanto à jogar com Lincoln, não tenho muita certeza disso, viu? Parece que Felipão não vai colocar os dois juntos. Mas torço, fervorosamente, para que o Bigode mude de ideia.

    Um abraço
    Tânia Clorofila

  • Este comentário também recebi no e-mail do Blog:

    De: Vagner – S J Campos-SP
    Enviada: quinta-feira, 31 de março de 2011 1:00:08

    Parabéns pelos excelentes textos que escreve, que além de bem feitos carregam uma paixão imensa sobre o nosso amado Palmeiras. Me orgulho de existir uma palmeirense na mídia palestrina que além de entender muito de futebol, sabe expressar muito bem, ao contrário daqueles pseudojornalistas safados da imprensinha que só sabem nos detonar!

    Parei de acessar a imprensinha e acho que todos os palmeirenses deveriam fazer o mesmo para esses vagabundos sentirem o peso da nossa torcida e aprenderem a nos valorizar.
    Um abraço e parabéns mais uma vez pela grande palmeirense que é!

    Vagner

  • Obrigada pelo comentário, Vagner.

    Eu também, há muito tempo, me utilizo apenas da Mídia Palestrina (além do que recebo da Assessoria) para obter informações sobre o Palmeiras.

    Como a maior parte da imprensa esportiva não nos respeita, não dou audiência a ela também!

    Um abraço
    Tânia Clorofila