E aí, bambizada? WHO’S BAD?

Deixa chover, deixa a chuva molhar,
Dentro do peito tem um fogo ardendo que nunca, nada vai apagar… (Guilherme Arantes)

Tarde de muita chuva em São Paulo… Tarde de transtornos para qualquer maluco que, como eu, resolveu ir ao Morumbi. O famoso “melhor estádio do Brasil para a realização da Copa do Mundo”, estádio do “time que tem estrutura de clube europeu” (Oi?) deveria ter oferecido boias, pés-de-pato e snorkels aos torcedores que resolveram se aventurar a chegar até ali e a assistir à partida naquela pocilga.

A avenida em frente aos portões principais do estádio estava alagada. Lá dentro, as arquibancadas viraram piscinas (os bambis se refestelaram), imensas poças d’água eram vistas em todo o gramado. “inteligentemente”, as canaletas que escoavam a água das arquibancadas, a despejavam exatamente sobre as cadeiras das numeradas inferiores. Coisa de primeiro mundo! De time que prima pela modernidade. E pensar que Rogério Ceni vive metendo o pau nos estádios alheios…

Mas a coisa não parava aí. O acesso ao gramado estava alagado, bancos de reservas não podiam ser utilizados e os funcionários do estádio “QUE QUER SER SEDE DA COPA DO MUNDO”, retiravam a água com baldes. Num jogo de Copa do Mundo, os europeus teriam achado tão original…Dentro de campo a maravilhosa drenagem era feita com rodos (que acabou quebrando hahaha)!!! Tudo aos moldes da FIFA. Um espetáculo!

Toda essa “maravilha”no Piscinão do Jardim Leonor atrasou o início da partida (que por pouco não foi suspensa) em 1 hora e 10 minutos. E o Estatuto do torcedor tão preocupado com o que se diz para os juízes, cuida muito pouco de quem paga para assistir à uma partida de futebol em condições tão precárias.

Quando o jogo começou, já pudemos notar o “espírito competitivo” que teríamos em campo.  Os bambis logo abriram a bolsinha de maquiagem e tiraram as suas ‘ferramentas de trabalho’. É impressionante como os bambis se incomodam com o Mago e com Kleber!! No primeiro minuto de jogo Valdivia já tinha tido a sua mão pisada por Miranda (que deveria ter sido expulso no lance) e, três minutos depois, o mesmo Miranda fez falta violenta no Mago e levou amarelo. Duas faltas violentas, no mesmo jogador, cometidas pelo mesmo adversário, e apenas um amarelo foi mostrado. E as “moças descontroladas” ainda se acham no direito de reclamar. Mas o Valdivia também, né? Vai ‘colocar a mão embaixo do pé’ do Miranda? Tenha dó, né Valdivia? Aí já é provocação demais!

O MAGO É UM MONSTRO! Joga muito e tá voando em campo! Jogou os 90 minutos, naquele campo pesado, difícil, levando porrada e matou a pau! Valdivia não tem medo dos zagueiros brucutus, que só têm como arma as botinadas, e honra o manto alviverde como ninguém!  Kleber também honra o manto e encarou as pancadas que levou, sem entrar no joguinho dos bambis! Senti tanto orgulho deles ontem! Orgulho porque, provocados ao máximo, foram muito inteligentes e não cairam nas provocações que intencionavam tirá-los de campo. Tivesse o juiz agido acertadamente, seriam dois carniceiros bambis a irem pro chuveiro mais cedo.

E no primeiro tempo, o Palmeiras era quem mais chegava. Cicinho, Kleber, Gabriel e Valdivia se destacavam. Mas faltava o”9″ prá guardar nas redes. Só que o time do São Paulo, que só parava as jogadas do Palmeiras na falta, se não  teve tantas oportunidades, teve mais poder de fogo para finalizar, e trabalhou melhor as jogadas dentro da área. Mas foi na jogada mais despretensiosa que o time da casa conseguiu abrir o marcador. Aos 24′ (só podia!), Fernandinho avançou pela esquerda e chutou forte. A bola entrou no canto esquerdo do gol de Deola.

E então… MÁGICA!!! As luzes se apagaram!!! As luzes dos refletores, né? Porque, as dos camarotes, do restaurante, da academia e as da festinha infantil continuaram acesas… Não sei como funciona a distribuição de energia lá, mas que foi estranho, foi… Como dizia a minha avó: “Quem te conhece que te compre”, né Juvenal? E o jogo foi paralisado por uns 15/20 minutos. Na segunda etapa do primeiro tempo, aos 52′, Gabriel chutou de longe e Rogério espalmou em escanteio; aos 54′, o Palmeiras teve uma chance clara de empatar, mas a bola tinha sobrado para Thiago Heleno que furou o chute.

O segundo tempo começou com as mesmas “faíscas” do primeiro. Miranda (que adora bater e provocar) discutia com Kleber. Os bambis partiam prá cima do juiz, a cada lance, querendo amarelo para o Gladiador que, malandro, esperto e bastante determinado, não caía na provocação, mas jogava duro, sem moleza para os desleais tricolores. Mas Felipão tinha colocado Adriano em campo e, se bater e provocar Valdivia e Kleber, não estava dando resultado, a besta humana chamada Alex Silva achou que podia intimidar o garoto. Numa jogada de ataque, lá pelos 12′, Alex derrubou Adriano, o juiz não marcou nada, mas o destemperado e covarde jogador, quando viu Adriano se levantando, o atingiu por trás , o pisou e o xingou. E foi expulso, claro! E aí a revolta se instalou na Floresta Encantada! Barbie que estava  lá do outro lado do campo e nada pôde ver, saiu do gol e veio cobrar o juiz. Bambi, Tambor, Flor e Hello Kitty ficaram revoltadas! Em seguida, Marcos Assunção levou amarelo… a bicharada (que pisa na mão de jogador no primeiro minuto de jogo) se descabelava pedindo vermelho para o palmeirense. Tudo isso acirrava ainda mais os ânimos.

A chuva não parava… Encharcados até os ossos, com frio, não parávamos de cantar, acreditando no gol do Palmeiras. Embora em menor número (nos disponibilizaram um pouco mais de 3000 ingressos), na maioria das vezes eram as vozes palestrinas as que mais se faziam ouvir no estádio. Os modinhas, que eram bem poucos, estavam mais preocupados em nadar do que em torcer… rsrs

Felipão, que já tinha sacado Danilo, com amarelo, colocando Leandro Amaro, com medo de Assunção ser expulso, colocou João Vítor.  Aí ganhamos mais poder ofensivo e mais velocidade. O Palmeiras foi prá cima. Aos 26′, cobrança de falta do Mago, quase na linha de fundo, na rebatida a bola sobrou para Tinga (que joga em posição errada) dar uma pancada, de fora da área, obrigando o goleiro a espalmar. Seria um golaço! Os bambis, acuados, passaram a viver de contra-ataques.  Aos 33′, Valdivia deu um corte em Miranda, que fazia forte marcação nele, e chutou forte. O goleiro espalmou por cima do gol. Aos 37′, depois de belo passe de Valdivia, Adriano chutou pro gol, o goleiro defendeu; no rebote, Adriano chutou outra vez, mas em cima do goleiro, que defendeu. Faltou calma para Adriano concluir e guardar.

A Que Canta e Vibra não parava de cantar… Só faltava  M.Jackson dançar… E não é que o DJs Valdivia e Kleber,  tocaram a música certa? Eram 39′, quando Valdivia tocou para Kleber, que lançou perfeitamente Adriano; ele chutou, cruzado rasteiro, balançou as rede!s e foi dançar!! Michael Jackson dançou em pleno Panetone!! FESTA NAS ARQUIBANCADAS! OLÊ PORCOOO, OLÊ PORCOOO!!! Silêncio no ‘bambizal’… E o Palmeiras foi buscar a virada, mas um impedimento inexistente assinalado pelo árbitro, impediu que Gabriel desse os 3 pontos ao Palmeiras.

E, depois de mais de três horas desde o seu início, o juiz apitou o fim da partida.  Aos bambis só restou o chororô nas TVs e um tresloucado Alex Silva, com parcos conhecimentos da Lingua Portuguêsa, a vociferar bobagens no twitter, sendo retweetado por aquele “jornalista esportivo” que reclamava a não convocação do Montillo pelo Mano.  Patéticos os dois…

Que choradeira, hein? Imagina se tivessem perdido? Para nós, o empate teve um delicioso sabor de vitória. Ah, se Felipão tivesse iniciado a partida com Adriano e João Vítor…

Mas quarta-feira tem mais Verdão em campo!! E valendo vaga na Copa do Brasil. Vamos lotar o Pacaembu! Mas…’peraí’! Quarta não é dia de Corinthians e Cruzeiro pela Libertadores? Hahahahahahahahah

  • Nayara

    Tania , como sempre um otimo texto ! CHOOOOORA BAMBI
    Se o Palmeiras ganhasse eles inundavam o Panetone. Parabens Taniaa
    VAII PALMEIRAS

  • Leonardo Arduini

    Magnífico texto, parabéns. Acrescentaria somente que ao invés de jogar eles estavam saltando pocinhas. a
    Vamos ganhar porco.

  • Excelente texto, Tania. Aqui dos EUA assisti pela TV e fiquei morrendo de rir dos comentaristas da SporTV elogiando a drenagem do estadio enquanto as imagens mostravam os funcionarios tirando agua com balde e rodo. Drenagem boba?
    Abs,
    Mauro Sardela

  • Prucinski

    Tania brilhante texto , só não concordo com Gabriel ele sumiu do jogo e Tinga parece uma moça hehehe, mais tudo bem é nosso palmeiras quanto ao mago deixa ele quietinho ele vai calar a boca de todo mundo novamente , o nETO DA BAND BOSTA SABE MTO BEM !! O mago acabo com ele no paulistão aquela vez jogando mto !! Se preparem vem titulos esse ano , tenho ctz absoluta . abraço a a todos.