2012 CHEGOU! OU NÃO…

“A glória é fugaz, mas a obscuridade é eterna.” – Napoleão Bonaparte

Eis que a oposição retomou o poder no Palmeiras… Passamos quase uma década tentando evitar que isto acontecesse, passamos quase uma década com o clube sendo administrado, e tendo todas as suas ações pautadas  pelo medo de deixar a oposição voltar… Quase 10 anos, apavorados apenas com a possibilidade de que pudesse vir a acontecer…

E foi o presidente mais festejado, o mais idolatrado; foi a gestão carregada da maior esperança de êxito, antes nunca vista no Palmeiras, quem abriu as portas da “máquina do tempo” que nos levará, ou não, à “Pré-história”, mais uma vez. Foram as lambanças da desastrosa gestão Belluzzo (que não conseguiu nem ter as contas de 2010 aprovadas), que legitimaram este novo presidente. Foi a situação dividida, rachada pela avidez de poder,  rivalizada pelo ego e tão somente ele, quem permitiu a vitória avassaladora da oposição. Agora é chorar na cama que é lugar quente.

Mas Belluzzo não pagará esta conta sozinho… Palaia e Paulo Nobre (ele mesmo) também pagarão. Afinal, foi a cabeça dura e a intransigência dos dois (onde entra o Palmeiras nisto?), quem acabou fazendo com que os indecisos votassem em Tirone. Foi o orgulho de não ceder,onde e quando era preciso, que trouxe o medo de volta. Preferiram entregar o Palmeiras àqueles que pensam pequeno, que tanto fizeram para que o projeto da Arena não fosse aprovado, que nos jogaram na segunda divisão, que um dia se utilizaram da vergonhosa “lista negra”… Entregaram o Palmeiras de 20 milhões de apaixonados, apenas porque não foram capazes de voltar um passo atrás…

E a situação, salvo a conquista da Arena, deixa o poder de forma humilhante. A oposição elegeu o Presidente, os 4 vices e mais alguns membros do COF. Se é que se pode ver algo bom nisso tudo, acho que, nos próximo dois anos, não teremos tantas brigas nas alamedas do Palestra.

Pobre Palmeiras… Só tem a nós, os seus torcedores…

Hoje, ao acordar, me sentia como se tivesse levado uma surra. Tudo doía…  Antes mesmo de conseguir abrir os olhos direito eu já me perguntava: e agora? O que devemos esperar? Sinceramente, eu não sei… Mas sei que Arnaldo Tirone, nosso novo presidente, é filho daquele outro Tirone, que figura na lista dos melhores cartolas que o Palmeiras já teve. Talvez ele traga em seu DNA, um pouco do que pensava aquele homem, quem sabe traga no sangue o mesmo amor e respeito com que ele conduziu as coisas do Palmeiras… Como podemos saber? Espero que o pai  ilumine e intua o seu filho, para que ele não manche e desonre o seu nome. O Tirone atual pode agora escolher entre manter a tradição e fazer história como um homem de bem, ou jogar o nome de seu pai no lixo… O que será que ele vai preferir? Será que as suas “alianças” políticas permitirão que ele seja livre para pensar e agir? Ou será que Tirone vai ser apenas o fantoche de Mustafá Contursi? Ele é quem vai escolher entre a Luz e a Obscuridade… Como será lembrado só o tempo nos dirá…

Mas de concreto, já temos as suas primeiras declarações, de que alguns jogadores poderão ser descartados (na verdade, essa foi do vice), de que o contrato da Arena deve ser rediscutido… Parece que nada de bom e novo deve vir por aí… Nem mesmo as tão sonhadas “Eleições Diretas”, pois ele afirma que os sócios já participam das eleições, uma vez que são eles quem escolhem os conselheiros. Mas Tirone se esquece dos mais de 100 conselheiros que são vitalícios, sendo que alguns, jamais receberam um único voto sequer. Foram nomeados por Mustafá Contursi, fazendo com que, em qualquer eleição, ele já entre com todos esses votos a seu favor. E foram esses votos que decidiram a eleição para  Tirone. Sem eles Paulo Nobre teria ganhado facilmente. Taí mais um imbroglio eleitoreiro que Belluzzo poderia ter encerrado. Bastava que tivesse dado a tão pedida “canetada” para as diretas. Mas ele prometeu, prometeu; enrolou, enrolou e não o fez!

Acho que vamos ter que “esquecer” o futebol por uns tempos… Vão querer baixar os custos e o valor das dívidas do Palmeiras e, muito provavelmente, teremos de volta o “bom e barato”, que de bom nunca teve nada. SEMPRE FOI PÉSSIMO! Gastar pouco com jogador de 5ª categoria é o mesmo que rasgar dinheiro. Vamos montar times para não cair… Pressinto que o velho Tirone vai se envergonhar e se aborrecer bastante lá no “outro plano”…

Em todo caso, como faço parte da massa de milhões de palestrinos, que ama o Palmeiras desinteressadamente, vou esperar prá ver, e vou torcer para que Tirone seja o melhor presidente da nossa história. Afinal, já de começo, ele vai ter algo que Belluzzo não teve. Uma oposição de verdade, digna, que lutará pelo bem do Palmeiras e nunca vai fazer nada contra o clube. Bem diferente do que pudemos presenciar nestes quase dez últimos anos. E, caso dirija o meu Palmeiras com dignidade, respeito e amor, Tirone, certamente, receberá tudo isso de volta. E, mesmo sendo uma gota no oceano, mesmo sabendo que isso não significa nada prá ele, prá qualquer outra pessoa, ou para a história do Palmeiras, ele terá o meu apoio.  E que todos saibam, jamais iremos nos calar ou desistir do Palmeiras!

APERTEM OS CINTOS, PALESTRINOS! 2011 VAI COMEÇAR AGORA!!!

  • Sandro

    Tânia, seus textos são pura paixão ao Palmeiras e além de tudo vc tem bom senso na hora de estabelecer as críticas. Parabéns!

  • Andréia

    Tânia o que vai ser de nós ?????????????

  • Daniel Costa

    vamos pensar da seguinte forma…. a situação nos deixou uma decada de vexames, certo???
    então vamos confiar no homem e deixar ele trabalhar….caso o vexame continue a gente cai de pau em cima …. bjus e dale dale porco