E pros gambás… NADA!! Uhauhauahua

Quem diria, hein? Depois de termos sido alvos de chacotas e desdém de torcedores corintianos (crentes que levariam o caneco do brasileirão) e  de torcedores jornaleiristas da imprensinha, pela desclassificação na Sulamericana, para o rebaixado time do Goiás, não é que o  “Todo Poderoso” (Poderoso? Venceu o primeiro Brasileiro 80 anos depois de sua fundação e não esteve em uma final de Libertadores em um século inteirinho) SCCP Esporte Clube Cavalo Paraguaio, PERDEU O CAMPEONATO BRASILEIRO POR NÃO TER SIDO CAPAZ DE VENCER OS RESERVAS (dos reservas) DO… GOIÁS?? Em plena comemoração do Centenário e disputando o título do Brasileiro!! Uhauhauahuahuah Como diria a minha avó: “Melhor que isso, só dois disso”. hahahahah

E, por pouco, muito pouco,  o time do Cruzeiro, que jogou os gambás para a terceira colocação, não acabou ficando com o título, porque o Fluminense cansou de errar em campo e o Guarani, algumas vezes, passou muito perto de balançar as redes cariocas. Mas o time de Muricy (será que Belluzzo e Cipullo lembram dele?) ficou com o título e, aos prepotentes e pouco competentes corintianos, sobrou apenas choro, né Elias?? O falastrão jogador de time pequeno que, ao ganhar alguma projeção, não soube o que fazer com ela, cansou de provocar torcedores rivais e falar bobagens. Dizia ele que o Goiás – por ter vencido o Palmeiras – era o time B do Corinthians. A piada ficou melhor do que o esperado. Perderam o título, por não conseguir vencer os reservas de “seu time B” (ou seria C)… Só com gambás, mesmo! hahahahah

Mas eles nem podem reclamar; a arbitragem, ao longo do campeonato, lhes “deu” pontos valiosíssimos, uns 20 no total. Sem eles, onde estariam os gambás agora? (Dizem as más línguas que os gambás compraram o campeonato com cheques do Banco Panamericano e, por isso, não levaram. É caso para o Procon! kkkkkk) Mas eu também sei que o “gol” do título do Fluminense aconteceu em 2009 quando Simon anulou um tento legítimo de Obina. Não fosse a anulação desse gol, o Flu só poderia ter sido Campeão da Série B, e olha lá.

Tantas bobagens foram ditas… Questionaram o caráter de Felipão, dos jogadores do Palmeiras. Dos jogadores e técnicos de São Paulo e Vasco, ninguém falou nadinha… Sobre mala-branca, até mesmo Ronaldo falou livremente. Por que Caio Junior teve que depor na FPF e Ronaldo não tem que responder em lugar nenhum? Quai$ São O$ Motivo$ de agirem tão diferentemente com duas declarações quase idênticas? Se não é da alçada da FPP, não dá nada? Se Caio Junior disse achar normal que se premie um time para ganhar, Ronaldo não só fez o mesmo, como disse que até pagaria. A imprensa cansou de alardear que Ronaldo e Roberto Carlos – que agora, hipócrita, reclama que o Goiás correu demais –  dariam o dinheiro ao Guarani. E não deu nadinha, nadinha… Nem no STJD… Acho que Paulo Schmitt não “leu”, não “ouviu” e tampouco ficou sabendo disso lá no Planeta Marte, onde, provavelmente  se encontra. O que mais me irrita é que não tenha um puto de um repórter que vá perguntar isso a ele.

E, no dia de hoje, não tinha foto de garotinho chorando… Só tinha os programinhas esportivos achando o máximo a bola na trave de Ronaldo, ainda que tenha sido a única coisa, que o “avantajado” e cansado jogador tenha feito, durante todo o tempo em que esteve em campo. Tinham os mais renitentes, procurando a culpa no Guarani, no Palmeiras, no Goiás que correu demais… sem se dar conta que, apesar de toda a ajuda recebida ao longo do campeonato, o time de Ronaldo, Roberto Carlos, Dentinho, Willian (que pensa ser o Sócrates), Elias e Cia tropeçaram na própria incompetência!

Mas o mais divertido – e como esses gambás nos divertem – aconteceu na premiação da CBF. O sempre nada educado e muito menos elegante Andres Sanchez, com uma dor de cotovelo do tamanho da fila do Corinthians na Libertadores, ao subir ao palco para as homenagens dos 100 anos do Corinthians, pediu a palavra, e mostrou que é uma besta! Com um português sofrível,  Andres Sanchez, reles, deselegante ao extremo, ao parabenizar o atual campeão brasileiro, relembrou o episódio do descenso tricolor e a volta à série A sem passar pela Série B. Ainda que o Fluminense mereça, foi um vergonhoso e desnecessário constrangimento para a ocasião. E Andres Sanchez se esquece que em 2000 (se não estou enganada), o seu time também permaneceu na Série A, às custas de uma “providencial” mudança nas regras;  esquece que se considera Campeão Mundial sem jamais ter conquistado a América, né? Se esquece de 2005… Claro que foi vaiado e ainda teve que ouvir uns gritos de Uh-Centenada! Uh-Centenada!!!  Veja que grandessíssimo idiota!

E agora, eles que tratem de curtir o fato de terem sido o grande Fail, o grande mico do campeonato brasileiro, com uma voltinha no Shopping que acabaram de inaugurar: O SHOPPING CENTER NADA! O único em que você faz compras “centernada” no bolso. kkkkkk

VALEU, GAMBAZADA! NUNCA VAMOS PARAR DE RIR!!!

  • Andréia

    Chooooooooooooora gambazada nojenta rsrsrsrsrsrs

  • E o pessoal acha isso engraçado …
    Manchete do jornaleco “Lance”, de hoje, domingo:
    Muralha até 2014.
    Citando o contrato daquele frangueiro que “pega” no gol dos gambás.
    MURALHA??
    Depois daquele “chester” que ele engoliu no jogo contra os reservas dos reservas do Goiás,
    MURALHA???
    Problema de arrogância, não?