Tá chegaaando!! Vai que é tua, Palmeiras!!!

Amigos, falta vencermos apenas 3 batalhas (eu disse TRÊS!) para ganharmos a guerra chamada Copa Sulamericana. Não foi fácil chegar até aqui, como nunca é com Felipão, mas também não foi um bicho de sete cabeças. Ontem, o jogo era lá no Serra Dourada, contra um Goiás que luta contra o rebaixamento no campeonato Brasileiro e, por isso mesmo, diante de sua torcida, estava querendo um bom resultado na Sulamericana. O Palmeiras, ainda sem Valdivia, sem Marcos e, nessa partida, sem Vítor, levou a campo a força máxima de seu limitado elenco. E como se estivesse em casa, foi recebido pela alegria e euforia de milhares de palestrinos… Uma festa linda!!

Como era de se esperar, o Goiás se preparou para segurar o Palmeiras. Além do esquema montado com três zagueiros, a grande arma foram as faltas,inúmeras, em cima de Lincoln, Kleber e, principalmente, Tinga. Parecia que o time do Goiás tinha combinado que ia quebrar o jogador palestrino. E tudo com a complacência do péssimo – já sabíamos que seria assim – Evandro Roman que passou quase o primeiro tempo todo para amarelar o faltoso time do Goiás. Carlos Alberto (aquele, que nos gambás, foi enganado por um chute no vácuo, do Mago, lembram?) abusou das faltas e merecia ter sido expulso, mas foi favorecido pela arbitragem e não levou o tão merecido vermelho. No Palmeiras, Lincoln não parecia muito inspirado, e exatamente por isso e, pelo excesso de faltas sofridas, o time pouco criou. O Goiás também, com medo de tomar um gol, pouco se aventurava ao ataque, a não ser nas vezes em o Palmeiras dava espaços, principalmente pelo lado esquerdo. Mas, quando os goianos tentavam, esbarravam na consistente defesa palestrina, paravam em Edinho, ou nas mãos de Deola que, ainda não é Santo, mas já está em processo de beatificação. E, sem grandes lances, o primeiro tempo foi chato e um tanto quanto monótono. Prá emocionar mesmo, só a Que Canta e Vibra e a sua incessante e vibrante demonstração de amor…

O jogo era na casa do adversário, e se ele temia partir para o ataque, se preferia apenas marcar e levantar a bola na área para a She-Ra, ooops He-Man, o Palmeiras agradecia e ia tentar a sorte num contra-ataque, ou num lance de bola parada. Abrir o time e ir prá cima não me pareceu estar nos planos de Felipão. Apesar da ansiedade, meu coração me dizia que a qualquer momento o gol do Palmeiras iria sair… Não sei explicar, mas era como se fosse um flash-back de outros tempos e de um outro campeonato sulamericano… a mesma maravilhosa sensação…

3′ do segundo tempo… “Ele” domina na intermediária e manda uma bomba para o gol. Harlei não alcança o ângulo, e o Serra Dourada, estupefato,  maravilhado, assiste à execução de uma obra de arte!! CAPOLAVORO DAQUELE QUE JÁ TRAZ A PERFEIÇÃO ATÉ NO NOME… Mais um golaço de MARCOS Assunção (precisamos colocar os pés dele no seguro) !!! Festa nas arquibancadas, festa no twitter, festa pelos quatro cantos do mundo, onde quer que tivesse um coração palestrino batendo… O Palmeiras, ao contrário do que eu pensara a princípio, atacava sim, e numa jogada de ataque, ia conseguindo um excelente resultado na casa do adversário. Dando um grande passo em busca da vaga para a final da Copa Sulamericana.

Casagrande, o “Zina Global”, que já abusava dos comentários estúpidos; após o gol, parecendo inconformado, passa a criticar insistentemente o fato de o Palmeiras depender dos gols (graças a Deus!) do talentoso Marcos Assunção! Mas que absurdo, né “Zina”? Onde já se viu um time depender do talento de um jogador? Não existiu um Arce, tampouco um Alex; não existiu um Valdivia no campeonato de 2008;  não existiram “Zicos”, “Marcelinhos” (que carregava o time nas costas), “Romários”(que ganhou uma Copa sozinho)… O tempo passado naquela clínica apagou a sua memória?

O jogo seguia… O juiz, que já era uma desgraça, chegou ao cúmulo de marcar uma falta cometida por um jogador (nº 2) do Goiás, mas deu o cartão amarelo  (que seria o segundo do lateral) para outro atleta. Na TV, o “Zina” continuava enchendo os ouvidos dos telespectadores de bobagens. No Palmeiras, cada vez mais fechado, Kleber ainda teria uma oportunidade de ampliar, mas o goleiro acabou defendendo. Felipão então promoveu as entradas de Pierre e Leandro Amaro, nos lugares de Lincoln e Tinga, e fechou o time de vez. Só que aos 47′, Marcelo Costa cobrou falta e, Otacílio Neto, em posição irregular, mandou pro gol. Em tempos de arbitragens tão inescrupulosas, o bandeira assinalou a irregularidade. Quem diria? Eu ficava torcendo para que ele estivesse mesmo impedido. Não queria ganhar roubado; quem gosta disso é gambá. Quando as imagens foram mostradas, por falta de um, eram dois os impedidos… Graças a Deus! O juiz apitou o final! Palmeiras 1 x 0 Casagrande! Uma vitória importante que a Que Canta e Vibra, feliz da vida, comemorou muito. Reveja o golaço de Marcos Assunção:

Estaria tudo muito bom se Felipão,  ao final da partida, não tivesse sido atingido na cabeça, por um rádio atirado por um torcedor. Uma agressão sem tamanho! O Goiás disse não ter as imagens; mas por sorte, Felipão concedia uma entrevista no momento em que foi atingido e as imagens foram registradas. Inclusive a “banana” que Felipão deu para os torcedores após a agressão e que agora, a polícia goiana tenta fazer parecer como anterior à agressão e  responsável pela revolta da torcida. Assistam o vídeo:

Felipão ficou muito bravo, e com razão!  Mais ainda quando foi peitado por um dirigente do Goiás, que tentava justificar o injustificável.  Mas, no dia de hoje, acabou ficando tudo certo. O dirigente goiano pediu desculpas a Felipão e o assunto foi encerrado pelo Palmeiras. E como bem disse o nosso técnico: “Se esses covardes querem me machucar, precisam tentar com mais alguma coisa.” Mas, como não poderia deixar de ser, alguns “profissionais” de imprensa, aproveitaram o incidente  e escreveram absurdos sobre Felipão… Como algumas pessoas se sentem incomodadas pelo fato dele comandar o time do Palmeiras…

É… a impren$inha se debate, tumultua e tenta agitar; se recusa a noticiar que Felipão (bendita contratação!), mesmo com um elenco muito limitado,  vai conduzindo o Palmeiras de forma espetacular; vai resgatando um sentimento que já adormecia no coração e na alma do torcedor do Verdão; vai colocando limites no desrespeito com que alguns tratam o Palmeiras e  sua gente, chamando prá si a responsabilidade que deveria ser dos dirigentes… E a Sulamericana vai ficando cada vez mais perto… E  mais do que acreditar, o palestrino agora pressente…

Prepare o seu coração, torcedor palmeirense! Porque ele vai bater forte de emoção!

Vamos lotar o Pacaembu na quarta-feira, torcida! A vaga para a final está “pingando na área”… VAI QUE É TUA, PALMEIRAS!

  • abcout

    Parabéns ao Marcos “Assenção”, parabéns ao Felipão, que está tirando leite de pedra. Estamos bem servido de goleiros também. E ainda bem que do outro lado (Goiás) tem o goleiro Harlei, bracinho de jacaré, rs. Vamos com tudo passar pelo Goiás e também pelo outro finalista e levantar esse caneco.
    Saudações alvi-verdes!

  • @Diego_Cps

    Tem gente precisando de Anador pro cotovelo. Primeiro, foi esas de falar q somos dependentes do Assunção; Aí, falam que o Felipão incitou a violência com aquela ‘banana’ que só foi mandada depois que o radinho voou(!). Desculpa o termo, mas isso é uma baita ‘viadagem’! É jogo de decisão, vale final de torneio continental, e os caras querem auréolas na cabeça dos envolvidos? Aí depois essa mesma gente podre exalta a ‘garra argentina’ reclama de um único gesto. Não dá pra entender.

  • Renan(@NananRe)

    Estaremos la novamente Tania, apoiando nosso VERDÃO como sempre!!! 😉

  • Lih

    e mais uma vez me emociono lendo seus posts, só mais três e o grito a tanto tempo guardado vai poder sair, e não é cantar vitória antes do tempo É OTIMISMO VAI QUE É TUA PALMEIRAS , nós merecemos isso (yn) mais três jogos só 3

  • Isabella

    “Eu ficava torcendo para que ele estivesse mesmo impedido. Não queria ganhar roubado; quem gosta disso é gambá. ” HAHAHA Boa, Clo!
    É isso ai mesmo, 3 jogos que nos separam de um título inédito, que assim seja! (yn)
    Amei o texto, COMO SEMPRE SEMPRE, você arrasando, você é o orgulho palestrino 🙂
    Beijos!

  • Excelente a eliminação do Palmeiras! Bom, isso depende do ponto de vista, claro.

    http://www.canetada.com.br/
    Abs!