Agora é em Sucre… PRÁ CIMA DELES, VERDÃO!

Não fizemos um bom jogo no Engenhão, no domingo. Muitos holofotes em cima dessa partida entre Palmeiras e, Botafogo e o futebol, ou a eficiência das duas equipes, deixou um pouco a desejar. Depois de ter sido vítima da farsa armada pelo Botafogo, com a história da sujeira nos vestiários, o Palmeiras precisou chegar ‘disfarçado’ (em duas vans) ao Engenhão, para não ser incomodado pela torcida do time carioca. O Botafogo (que deve desculpas ao Palmeiras e, até agora, não teve a grandeza de o fazer) produz a farsa e a sua torcida fica na bronca com o Palmeiras? Vá entender…

O jogo, que começou tenso, pegado, foi meio monótono e as defesas se sobressaíram aos ataques. Jobson, de volta ao time do Botafogo, fazia dupla com Loco Abreu, era a arma de Joel Santana para pressionar o Palmeiras. Tinga, Valdivia e Kleber era a trinca verde para ir prá cima do Botafogo. O primeiro tempo todo foi de marcação forte e muitas faltas (Kleber que o diga). Os jogadores, na bronca, reclamaram muito e o juiz distribuiu 5 cartões e assinalou 23 faltas. Se marcasse todas as que Kleber sofreu, acho que o número dobraria. O Gladiador tem apanhado demais, em todos os jogos, com a complacência (ou seria complô?) da arbitragem em geral. E o juiz poderia ter mudado a história da partida. Aos 8′, Loco Abreu chutou a bola no braço de Gabriel Silva (qual o conceito dos juízes para bola na mão?) e o juiz assinalou pênalti. Na minha opinião o juiz errou! Acho que Loco Abreu pensou o mesmo pois, na cobrança, mandou a bola prá fora… rsrs O Palmeiras, com o susto, até que ficou mais esperto. Mas, mesmo com Valdivia e Kleber se movimentando bastante e o Mago chamando a responsabilidade na ligação; mesmo com Marcos Assunção levando perigo nas jogadas ensaiadas de cobrança de falta, o time errava muitos passes (o Botafogo também) e o primeiro tempo não teve mais nada que o destacasse.

Na segunda etapa, apesar de o Palmeiras jogar um futebol melhor do que o que apresentara no primeiro tempo, o Botafogo, diante de sua torcida, levou perigo algumas vezes. Loco Abreu, além do pênalti, perdeu algumas chances, uma delas sem goleiro. O Palmeiras também teve seus bons momentos. Assunção, em cobrança de falta, fez o goleiro Renan buscar uma bola no canto superior direito, que tinha endereço certo. Num outro momento, um chute certeiro de Lincoln, foi desviado com uma “voada” de Renan, no canto. Um segundo tempo dos goleiros. Deola, por sua vez, fazia uma excelente partida. Numa sequência de escanteios do time carioca achei que ele foi, simplesmente, sensacional! Mas as faltas também foram o destaque do jogo. As cometidas pelo time carioca se sucediam; Kleber apanhava como nunca e a arbitragem (Wilton Pereira Sampaio -DF) deixava de marcar, como sempre. Com o jogo já chegando em seu final, sem que tivéssemos tido mesmo grandes emoções, não é que o Kleber foi expulso? Aos 46′, num lance em que tentava se desvencilhar da marcação, seu braço atingiu o jogador adversário (eu nem achei que foi falta). O juiz “viu” uma cotovelada (que ele não deu!) e o expulsou. Kleber não merecia ter sido expulso depois de ter apanhado tanto e, a maioria das faltas, nem terem sido assinaladas. Se o juiz achou que deveria punir, o amarelo, estaria de muito bom tamanho. Isso já tá com cara de perseguição, viu? Ele pode apanhar à vontade, mas não pode  fazer uma falta sequer…

De qualquer forma, ainda que eu não tenha gostado do resultado (torcedores sempre querem a vitória), o Palmeiras está fazendo uma boa campanha no segundo turno,  a cada dia assimila mais o padrão de jogo que Felipão impõe aos seus times,  está há seis partidas sem derrotas  e eu tô bem confiante que poderemos chegar entre os primeiros. Se continuarmos com essa pegada e essa nova mania de não perder, acho que, em breve, teremos uma nova e linda ‘moradora’ na nossa Sala de Troféus e ela vai “falar” os idiomas da América do Sul… Será a primeira, de muitas novas taças, que a Arena Palestra (finalmente sendo construída), irá abrigar quando ficar pronta.

E na quinta-feira (14), dia do meu aniversário, o meu amado Palmeiras vai dar mais um passo na busca desse belo troféu.  Eu já estou na “pilha” e não consigo pensar em outra coisa. O jogo vai ser  pertinho do céu, na altitude de Sucre/Bolívia. Talvez seja um jogo complicado, mas nossos rapazes, que  já estão lá treinando, parecem bastante motivados a buscar um resultado favorável. Vamos de Mago e Gladiador e, mesmo com a altitude a seu favor, acredito que o Universitário terá problemas para segurar o Verdão. Felipão disse que 70% da vaga será conquistada em Sucre. ENTÃO, MUITO BOA SORTE, RAPAZES! PRÁ CIMA DELES, NA RAÇA!! E, por favor, me deem essa vitória na quinta; se possível, com um gol do Mago! Será o melhor presente de todos e fará com que o meu aniversário seja perfeito!

FORZA,  PALMEIRAS!!!! NOSSO CORAÇÃO ESTÁ COM VOCÊ!!

ÔÔÔ VAMOS GANHAR, PORCOOO

  • Erik Alexandre

    Feliz Aniversário Tânia

  • Esse comentário eu recebi por e-mail:

    Foi postado por Rhayenne
    08/10/2010 às 9:57 am

    Parabéns pelo blog e principalmente pelo amor que sente pela Sociedade Esportiva Palmeiras. Fico feliz em encontrar cada vez mais mulheres que entendam de futebol tão bem. Sofremos um preconceito enorme por isso. Espero que um dia isso acabe, pois assim como os homens amamos nosso VERDÃO.

    Avanti Palmeiras 😉