Palaia, esse nosso velho “desconhecido”…

“Governar os italianos não é difícil: é inútil” Mussolini

“Minha mãe mandou bater neste daqui, mas como sou teimosa bato neste da…qui!!” Quem é que não conhece a brincadeira infantil? Quem é que nunca brincou de “pega-pega” e gritou: “Tá com você!”?

Pois é… Lá no Palmeiras eles estão brincando também… E FAZ TEMPO! E ao contrário da brincadeira de criança, quando ninguém quer o “Tá com você”, no Palmeiras todo mundo briga por isso. Taí Salvador Hugo Palaia, nosso novo presidente, que não me deixa mentir. Nem bem sentou a bunda na cadeira de Belluzzo, o que é que o sujeito que se auto propaga “conciliador” faz? Mete fogo no barraco! Como se precisássemos de mais problemas. Foi apagar o incêndio que já existia e meteu gasolina, Palaia?

Eu sei que Cipullo já tava entalado na maioria das gargantas. Essa fama de ditador já tinha pulado os muros do Palestra, a incompetência para gerir o futebol do Palmeiras, também já era nossa velha conhecida; Cipullo contratou uma “tonelada” de jogadores (em sua maioria, desnecessários, e sem condições de vestir a gloriosa camisa do Palmeiras) e nunca tínhamos um time completo e em totais condições de brigar pelos títulos. Mas, sinceramente, por mais que queira ver com bons olhos, não consigo achar que Salvador Hugo Palaia,  estava pensando no Palmeiras quando tomou essa atitude. A mim  pareceu um puta golpe, isso sim! Em moldes muito antigos e ultrapassados, por sinal. Tava na cara que ele apenas esperava pela oportunidade… Na melhor das hipóteses teria sido uma vingançazinha contra Cipullo que, em outra ocasião, fizera o mesmo com ele. De qualquer forma, seja golpe ou vingança, o Palmeiras não foi a prioridade, e sim, o umbigo.

Eu sei que muitas vezes nós esbravejamos pedindo a saída de Cipullo; outras tantas,  reclamamos da pasmaceira de Genaro e Savério… Eles iriam acabar saindo uma hora ou outra. Mas será que tinha que ser agora? Na ausência de Belluzzo (ele é quem tinha que ter feito isso antes, mas não teve coragem), em final de temporada e às vésperas de eleição? E justo quando parecíamos ver uma luz, em relação, ao futebol? Mesmo tendo tomado medidas que todos já esperavam, a impressão que fica é a de que ninguém conhece  Palaia, ninguém sabe o que mais ele poderá fazer…

Sinceramente, não sei o que pensar. Todo mundo fala que Palaia é louco, só que louco ele não é! Mas tenho dúvidas quanto a ele saber exatamente que tipo de consequências sua atitude vai causar. Uns dizem que Cipullo era a pedra que impedia qualquer tentativa de pacificação no tão conturbado ambiente político do clube; outros afirmam que a situação (que só é mais forte que a oposição, estando unida), rachou de vez… E nós ficamos aqui, divididos, entre comemorar que novos nomes passem a cuidar do futebol e temer que as garras de Mustafá se reforcem para as próximas eleições.

As cadeiras foram trocadas: José Cyrillo Jr. passa a ser Diretor Administrativo (era Diretor de Planejamento); Wladimir Pescarmona passa a ser Diretor de Futebol (era Diretor Administrativo) e para a grata surpresa de muitos lá no Palestra, Palaia nomeou Luis Fronterotta Diretor de Planejamento. Fronterotta há muito tempo é do Muda Palmeiras, pertence ao grupo Fanfulla e participou ativamente no programa de gestão desenhado pelo Fanfulla.

Será que vem aí uma animadora e benéfica renovação? O tempo vai dizer… Para variar, só podemos aguardar e torcer para que os homens que dirigem o Palmeiras, o coloquem acima das suas vaidades e egos inflados. Se Palaia almeja a presidência nas próximas eleições, como afirmou assim que substituiu Belluzzo, é melhor que ele trabalhe com muita competência e amor ao clube, nesses 45 dias.  Apesar de temer esse período sem Belluzzo (se é que Belluzzo vai voltar à presidência), apesar de morrer de medo desse “racha” que pode vir a ser tão devastador, vou torcer para que o novo presidente se saia bem. MAS ESTAMOS DE OLHO, HEIN PALAIA! Vejá lá o que vai fazer à frente do meu Palestra!!

E hoje, em meio à essa turbulência toda, em meio à disputa entre “Capuletos” e “Montecchios”, o meu Verdão, tão amado, vai a campo contra o Inter/RS. Espero que tenham dito aos jogadores que, jogar na Arena Barueri, é jogar fora de casa… rsrs

Com problemas, ou sem eles, contra tudo e contra todos, VAAAAI, PALMEIRAS!!!!

  • ANDRÉIA

    Tânia que bom que vamos jogar fora de casa né rsrsrsrsrsrsrsrs
    Espero que os jogadores conciderem o jogo em Barueri como se fosse fora de casa, assim é certeza de 3 pontos. Torço p/ que o coração dos torcedores estejam em dia p/ aguentar “palaia” novamente no comando do palmeiras. Espero que ele não faça mais aquela horrorosa “auto entrevista” que foi motivo de vexame por muito tempo rsrsrsrs

    “palmeiras minha vida é vc”

  • Rodrigo Pereira

    Assino embaixo, eu penso exatamente assim, o que fazer além de torcer para o Palaia acertar? O problema é que já conhecemos o velhinho de outros tempos.