Enquanto a Copa não vem… o palestrino se prepara prá ser feliz!!

Amigo palestrino, que semaninha agitada foi essa nossa, hein? Com que ansiedade esperamos pela reunião da segunda-feira (31/05), não é mesmo? Aqueles malfadados conselheiros da oposição e mais uns gatos pingados, encontrados entre os sócios, quiseram rever o projeto da Arena que, segundo eles, teria sofrido mudanças, após a sua aprovação. Pura encheção de saco de quem não tem o que fazer, uma vez que nem mesmo argumentos plausíveis os infelizes tinham.

As torcidas organizadas não deram nem as caras…  Parece que inguém quer ficar mal na fita com seja lá quem for que vier a ser o próximo presidente. Mas a Mídia Palestrina estava lá! Mondo Palmeiras;  PTD; Periquito Verde, Verdazzo;  Pro-Palmeiras; o Rodrigo Fraccari (que levou o caminhão de som); a Núbia, o Bruno;  alguns outros, cujos nomes eu não sei, vários torcedores e eu. Um frio de rachar, acompanhado de uma chuva fina e gelada, duros de aguentar. Mas o Palmeiras justifica qualquer sacrifício ou desconforto. E lá na chuva, com frio, de repente eu me dei conta de que estávamos ajudando a escrever mais uma página da história do Verdão.Daqui a muitos anos, quando se contar a história do Palestra que deu lugar à Arena, meus descendentes saberão que eu estive lá. Meu coração se encheu de amor e orgulho!! Éramos aproximadamente 80 pessoas lá na frente do Palestra. Muito pouco para o que a Arena representa e para a torcida que o Palmeiras tem.

Além de um belo resfriado, obtivemos o resultado ansiosamente aguardado: a Arena vai, sim, ser construída! Os oposicionistas acabaram fugindo da votação e o resultado foi de 126 votos a favor da Arena, 02 contra e 101(!!) abstenções. Esse número elevado de “ausentes” só veio confirmar que a oposição queria mesmo era atrapalhar e tentar, mais uma vez, atrasar o começo das obras. Acho que Mustafá sonha voltar e entregar, ele mesmo, a Arena. Pô, Belluzzo manda fazer uma plaquinha pro Mumu e seus “amigos”!!

O vídeo que segue, contém os nossos recados (em alto e bom som), de lá da rua, para os Conselheiros reunidos dentro do clube. Éramos os “protestantes” palestrinos… kkkkk

E a semana prometia… O Palmeiras anunciou o novo patrocínio da Fiat (no peito) e da TIM (mangas). Os patrocinadores italianos estão de volta! Eu gostava da Samsung. Ela fazia um trabalho impecável de aproximação com o torcedor, uma pena que não tenha aceitado  que o espaço nas mangas e calções pudesse ser vendido. Enfim, negócios são negócios… E, por falar neles, teve um que andou tirando o sono da maioria da torcida. A contratação do atacante Kleber. O zum-zum-zum foi ganhando força nas últimas semanas. Um nega daqui (dirigentes), um afirma dali (jornalistas), a coisa foi encorpando e, na quarta-feira, o que se dizia é que ele seria apresentado com a nova camisa e o novo patrocinador. Ainda sem a confirmação oficial, o coração palestrino ansiava por bater mais feliz…

À noite era de Palmeiras x Flamengo. Jogo no Pacaembu, um frio congelante, time que anda decepcionando muito e, mesmo assim, 8 mil pagantes estiveram lá. Início de jogo e a ‘Emília’ foi devidamente homenageada. O Palmeiras começou jogando bem e, não podemos negar, mesmo com esses pífios resultados, nosso futebol deu uma ‘melhorada’. Mas em campo o Palmeiras sofria com a ausência de sempre: um atacante. Daqueles que saibam fazer o feijão-com-arroz de enfiar a bola no gol, do jeito que der e puder. As oportunidades foram muitas e ninguém com competência para aproveitar. Do lado adversário, Vagner Love  se enroscava com a bola, caía sozinho, para delírio dos seus “inimigos” na arquibancada palestrina. E o primeiro tempo foi só do Palmeiras, mas gol que é bom…

Na segunda etapa, se já estávamos sem atacantes, a inteligência do nosso técnico resolveu bater asas e voar… Fez umas substituições ridículas tirando Cleiton e Lincoln (pelo menos um deles tinha que ter ficado em campo) e, com o time sem criação, recuado, o que parecia fadado ao empate, virou uma derrota com direito a gol do Exu-Predador, no finalzinho. Que castigo para os  torcedores…

Mas quem pensou que o feriado na quinta seria de “Porcus Tristis” se enganou redondamente! Kleber foi confirmado no Verdão e a torcida queria mais é festejar!! E com o Gladiador contratado, Felipão passou a ser a grande bola da vez! De novo o confirma daqui, nega dali se faz ouvir, mas parece que o inesquecível chefe da “família palestrina” está de volta.

Com esse espírito de alegrias e esperança de novos tempos, fomos para o clássico no Sul, diante do Inter. O Verdão armou a retranca, o Inter veio prá cima, mas Deola e a defesa estavam atentos. Aos 14′, Vitor cruzou para Ewerthon ajeitar de cabeça e Lincoln, de surpresa, chutar de primeira e marcar! Um belo gol!!  O Verdão se mantinha fechado e tentava sair no erro do adversário, mas erradamente começou a recuar. Segundo tempo e o Inter trocou Alecsandro por Tyson e o time do Sul ficou mais objetivo. Do nosso lado, Parraga nada de mudar. Ele é oito ou oitenta! Ou muda errado ou então não muda! Onde já se viu num jogo difícil, com nosso time todo atrás, segurando a pressão adversária, e o técnico não mudar nada? Tava na cara que a coisa não ia dar certo… e não deu! Aos 21′, depois de chutar duas vezes, Giuliano empatou a partida. Prá nossa sorte a defesa se mantinha segurando as investidas do Inter. Aos 47′ (não sei para mudar o quê!) Parraga tirou Cleiton e Ewerthon para a entrada de Marcos Assunção e Paulo Henrique. Mas o jogo acabou assim.

Agora a Copa do Mundo vem aí, o Palmeiras vai descansar até 17/06, enquanto a nossa diretoria trabalha na montagem do time que vai disputar o Brasileiro após esse “intervalo”. O palestrino está com a cabeça nas nuvens, vai receber o Gladiador na quarta-feira, espera por Felipão (tá quase!), sonha com Valdívia (estou rezando), aguarda Ricardo Oliveira (será?), Deco …

Eu estou botando a maior fé que teremos um grande time no segundo semestre. Quarta-feira estarei lá no CT para receber o Gladiador (assim já vou treinando o coração para quando chegar o Mago), que ele chegue para marcar um novo tempo no Verdão, de alegrias e conquistas.

SEJA MUITO BEM VINDO KLEBER! VENHA PARA SER CAMPEÃO, MAIS UMA VEZ!!

  • Tania, nem me fale! O feriado de “Porcus Tristis” desceu pelo cano e a torcida palmeirense passou a semana muito bem! Talvez, por força do hábito, não tenhamos dormido otimamente bem, mas dormimos mais esperançosos e confiantes! Sobre o Valdivia e o Felipão, acho que rola sim! Pensa na quantidade de orações que Deus deve estar recebendo nesses últimos tempos? O boato que surge é que Sua caixa postal está, inclusive, extremamente cheia. Essa nós conseguimos, Tania! Nosso time campeão voltará, se Deus quiser!

  • AugustoBH

    Parabéns pela presença, Tânia! Lendo seus textos aqui, e de mais alguns sensatos blogueiros da mídia palestrina, eu, q moro longe, me sinto mto bem representado ae em SP.

    Abs!