“…SÓ DEPOIS DO CARNAVAL!!!”

Até que enfim acabou o carnaval e, o Ano Novo (e tudo o que isso significa), pode enfim, começar!! Nós, palestrinos, que ansiamos por contratações, agora temos nossas esperanças renovadas achando que, com o novo “começo”, nossa diretoria vai, de uma vez por todas, trazer os jogadores que faltam ao time. Será???  Tá duro de confiar, viu Belluzzo? As coisas estão devagar demais por aí.

O carnaval começou na sexta feira. Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial de São Paulo, e  a Mancha Verde fez bonito na avenida. Com o enredo “Aos Mestres com carinho! Mancha Verde ‘ensina’ como criar identidade!”, só deu verde e branco no Anhembi. As arquibancadas, numa explosão de verde, foram mais um show à parte.

No sábado tinha jogo do Verdão diante do Botafogo de Ribeirão Preto. E o que era para ser na base do confete e serpentina, quase vira um problema para o Palmeiras que, sem atacantes, não foi nada bem. Levamos sufoco do Botafogo, é mole? Muricy (mesmo sem opções) escalou o time errado (eu acho) e só depois de tomar o gol, foi consertar as coisas. Isso já está virando rotina. Lenny, ao entrar no lugar de um volante, faz o Palmeiras jogar num esquema mais ofensivo e as coisas acabam dando certo.  Se é que empatar com o Botafogo/SP, signifique ‘dar certo’, né? Empatezinho sem vergonha que colocou água na fervura do folião palestrino…

Veio o domingo, e não é que me deparo com a Globo entrevistando, mais uma vez, o famigerado Carlos Eugênio Simon! Já é a segunda matéria especial com ele, desde aquele servicinho prestado lá no Maracanã. Acho que a Globo (ou alguém lá dentro), também ficou muito “agradecida”. Entrevistar esse calhorda no domingo de carnaval não combina, Dona Globo!! Tinha que ter sido no sábado de Aleluia, dia costumamos dedicar à Judas,  aquele que se vendeu por 30 dinheiros. Eu não tive estômago para ver toda a matéria, mas o que vi bastou. Perguntaram ao Simon se ele já teria sido subornado e ele respondeu que não (!!!). Imaginem se ele responderia que sim… E, assim como Márcio Resende de Freitas, que se aposentou logo após apitar aquele jogo em  que expulsou Tinga, por ele ter levado uma voadora de Fábio Costa; o pilantra do Simon vai fazer a mesma coisa assim que usufruir do “prêmio” recebido por “serviços prestados”, que é apitar na Copa. Entrevistazinha premeditada e de intenções duvidosas. Será que é para combater uma certa ação judicial que corre por aí, de torcedores que querem que a FIFA reveja a escalação desse “senhor”para arbitrar a Copa do Mundo? Vocês aí da Globo, andam subestimando, e muito, o discernimento do torcedor ou  então quem faz as pautas, andou cheirando  “loló” demais nesse carnaval.

Ainda no domingo, tivemos a segunda parte do desfile das Escolas de Samba paulistas. Eu não assisti, mas não tem como não saber, que na Comissão de Frente da ‘Gayviões’, alguém caiu em plena avenida… OMG!!! E também soube que o enredo deixou muito a desejar… Contaram os 100 anos de clube e esqueceram de citar a lavagem de dinheiro da máfia russa, o Sveitão 2005, um século todo sem estádio e sem Libertadores. O enredo não estava completo… Tava na cara que iriam perder pontos por isso, ainda que na Band, aqueles acéfalos do Jogo Aberto, afirmassem, antes mesmo que a escola entrasse na avenida, que eles seriam os campeões do carnaval…

Mas na terça feira, a apuração das notas das escolas foi ESPETACULAR!!  Mancha e Gaviões, como  num Palmeiras x Corínthians, disputavam os pontos e as colocações. Gambazada  nas arquibancadas; a Globo com link direto na quadra deles e na da Rosas de Ouro (campeã do carnaval), não!!!! Tchuuuupa, Globo!!  E não é que os gambás, além de não ganharem o carnaval, ficaram em 5º lugar, atrás da Mancha Verde? Uhauhauahuahuahuahau Isso foi demais prá  o juízo dos roxinhos!!!  O “SEM  TENADA” começava em “grande” estilo… para os rivais! kkkkkkkkk A diretoria da escola, ainda dentro do sambódromo, atirava cadeiras, contrariada com o carnaval perdido. E a torcida, incitada, tratou de fazer a arruaça completa (comum à eles, não é mesmo?) parando uma via da Marginal, quebrando coisas, atirando pedras, agredindo pessoas que passavam com camisas e bandeiras de outros times ou outras escolas. Eram os marginais na Marginal!!!  E a Band tentou enfiar a Mancha na confusão, mas sem sucesso. Pô, as imagens não mostravam uma pessoa sequer de verde. Jornalismo sem vergonha, que nem sabe, que os membros da Mancha costumam acompanhar a apuração lá na quadra da escola.  Depois de muito rir do infortúnio alheio, eu fiquei me perguntando: “Será que o Barrichello foi visitar a quadra da escola também?”  Uhauhauhauahuahuah

Mas hoje é quarta feira, de cinzas! É o dia do pó! Salve Maradona! Tem Palmeiras em campo, contra o São Caetano. Algumas pessoas ainda voltando de viagem, outras tantas contrariadas com o baixo rendimento do time, uma chuva danada em São Paulo, e parece que não vamos ter bom público. Parece também que nosso técnico vai com três volantes. Tudo bem que o ataque tem sido de risos, mas haja saco, hein Muricy? Ainda bem que temos os zagueiros/atacantes Danilo e Léo. De qualquer forma, outro resultado ridículo como os anteriores e a pressão vai ser imensa nos dias que antecederão o clássico. Fica esperto, Muricy!! Vê se chega junto nesses caras aí, porque mesmo sem ter o time pronto os que aí estão têm que ser capazes de enfrentar um São Caetano, não é mesmo? Estamos com o ‘saco cheio’ de desculpas!

E, PARA NÃO PERDER O HÁBITO… VAMOS CONTRATAR, BELLUZZO!!!

 

  • Cícero Aidar

    Querida Clorofila, sou um leitor muito assíduo de suas colunas. Em grande parte delas, você é capaz de expressar tudo o que eu próprio gostaria de escrever. Por isso me indentifico muito com seu excelente blog.

    No entanto, esse post é de um infelicidade tremenda, triste mesmo. Tripudiar sobre uma derrota da gambazada é a coisa mais gostosa do mundo, mas carnaval não tem nada a ver com futebol, e tem mais… isentar a Mancha da confusão é uma coisa, no mínimo, imparcial.

    MANCHA, INDEPENDENTE, JOVEN, GAVIÕES… tudo isso é coisa de um monte de bandidos e covardes que se escondem atrás de uma aglomeração para exorcizar suas frustrações do dia-a-dia. O Sr. Paulo Serdan é uma das pessoas mais nojentas e execráveis da sociedade brasileira, e me aparece com aquela cara de santo na apuração ao lado no não menos execrável Dentinho da GDF…

    Não os exalte, não caia da tentação de achar linda uma torcida. LINDO É O PALMEIRAS e não suas pseudo-torcidas. Pseudo sim, pois uma torcida que canta mais o seu nome do que o nome do time no estádio é no mínimo questionável… se fosse assim, vc, como uma “grandessíssima” PALMEIRENSE, deveria ir ao estádio e gritar, CLOROFILA EÔÔÔÔÔ!…..

    Enfim, desculpe esse desabafo de seu fã que sou…. acho que também tem um pouco da frustração de não entender nada do que está acontecendo no nosso PALESTRA…. e tem também o fato de que eu não posso aceitar que uma pessoa que escreve tão bem, usar seu blog pra falar de torcidas organizadas….

    Abraço!

    Cícero