FREGUÊS?? NÃO… CLIENTE VIP!

Ainda bem que felicidade não mata… Estou tão feliz, que me sinto fora da Terra e me recuso a deixar o pedaço de céu onde o Palmeiras de Obina, me levou. Ganhar dos gambás é sempre  uma delícia, mas meter um chocolate com gosto de acarajé, com a torcida dando show, é simplesmente SENSACIONAL!! E lá se vão três anos em que a gambazada não consegue ganhar do Verdão. Desde 2006…  Nem existia twitter nessa época, nem facebook; orkut era novidade e Michael Jackson dançava como nunca. E só tomamos um gol, nesse tempo todo, é mole?

Antes do jogo, Neto dizia que ter ido de ônibus, seria prejudicial ao time do Palmeiras. Então, se tivéssemos ido de avião, teria sido meia dúzia na gaveta da “Daiane dos Santos Gigante”? Uhauhauau! As TVs  enchendo o  saco com a costumeira  overdose de Ronaldo. E não é que ele foi vítima de sua própria displicência e irresponsabilidade com a forma física? Caiu em cima do braço esquerdo e os seus prováveis 150 Kg fizeram o estrago que o tirou do jogo. A mão, ao ser usada como apoio, não aguentou o peso… uhauhauhauah

Mas em campo o Palmeiras matou a pau! Jogou muita bola, com a seriedade, o empenho e a raça que temos visto, desde que Jorginho assumiu a equipe.  O Palmeiras sobrou em campo. Com uma superioridade gritante no desarme e na marcação, o Palestra não deu a mínima chance aos fregueses que iam abrindo os buracos na defesa, por onde Obina, Diego Souza e Cia iam passear.  Aos 7′, Cleiton meteu um balaço no travessão; aos 10′, Obina marcou e o juiz assinalou impedimento; aos 12′, Armero fez uma linda jogada e cruzou na cara do gol, mas ninguém chegou a tempo. Eu queria tanto um gol de Obina…  E não é que aos 31′, Pierre desceu pela direita e quase na linha de fundo, cruzou para Obina, de cabeça, fuzilar Felipe? A Nação explodiu! Eu quase morri de gritar, diante da TV. E a artilharia verde não dava tréguas. Aos 33′, uma cabeçada de Diego passa pertinho, 34′, Edmílson chutou de primeira, e o goleiro freguês tirou na ponta dos dedos. Ia ser um golaço!

Mas a tarde era do nosso inspiradíssimo “deus negro”. Comecinho da segunda etapa e ele, da entrada da área, chutou cruzado; “ela” passou raspando… Aos 13′, Cleiton entrou na área e ia sair na cara do goleiro quando foi derrubadíssimo por Chicão. Penalti! Obina foi prá cobrança e marcou. Gaciba fez voltar, alegando invasão. Ora, se a penalidade é a punição ao infrator, porque beneficiá-lo, quando foram os seus jogadores que invadiram a área, no momento da cobrança? Mas Obina tem personalidade e cobrou outra vez, colocando 2×0 no placar, Aqui não, Gaciba! Juizinho safado que marcou uns impedimentos ‘mandrakes’ para o Palmeiras, que deixou de dar alguns cartões  aos gambás e fez que não viu muitas faltas, como a que sofreu Deyvid Sacconi, por exemplo.

A gambazada já tava nocauteada. Perdidinha. E aos 20′, numa bola lançada lá da nossa linha de zaga, Obina ganhou de Moradei e tocou para Cleiton, que avançou e, mesmo tendo o gol escancarado, tocou para Obina guardar o terceiro. Que festa, lá no Prudentão! Que maravilha o Palmeiras! Que grande trabalho de Jorginho! Que coisa boa ter Obina, Diego, Cleiton, Marcos, Pierre… o time todo. E que bom ver Muricy, nas tribunas, vibrando com os gols, com a vitória e com a enorme possibilidade de ser mais uma vez  campeão brasileiro. 

Eu adooooorei! Fui dormir feliz demais! E agora, sim, acreditando piamente no título do Brasileirão. Que venha o Flu! O Caldeirão Verde vai ferver!

  • O problema é que a viagem foi muito cansativa e o Palmeiras jogou ao ritmo de treino. kkkk
    Se tivessem ido de avião, os gambás não conseguiriam voltar pra sp, de tão desnorteados que ia ficar.

  • Jefferson Camacho

    Oi Tania!! Veja este levantamento de um amigo meu:

    Antes de 1990

    Palmeiras: 1 Mundial, 6 Brasileiros, 18 Paulistas e 3 Rio-São Paulo

    Gambás: 20 Campeonatos Paulistas e 4 Torneios Rio-São Paulo.

    Bambis: 2 Brasileiros, 15 Paulistas.

    Depois de 1990

    Palmeiras: 1 Mundial, 1 Libertadores, 1 Mercosul, 8 Brasileiros, 22 Paulistas, 1 Copa dos Campeões e 5 Rio-São Paulo

    Gambás: 1 “Mundial”, 4 Brasileiros, 3 Copas do Brasil, 26 Paulistas e 5 Rio-São Paulo.

    Bambis: 3 Mundiais, 3 Libertadores, 2 Recopas, 1 Supercopa, 1 Conmebol, 6 Brasileiros, 20 Paulistas, 1 Supercampeonato Paulista e 1-Rio São Paulo.

    ESTAMOS NOS TORNANDO A TERCEIRA FORÇA DO ESTADO DE SP. MAIS DO QUE QUALQUER TIME PRECISAMOS DESSE BRASILEIRO. OCORRE QUE AGORA QUE TEMOS REAL CHANCE DE VENCER, ESTÃO VENDENDO NOSSOS PRINCIPAIS JOGADORES, DIEGO, CLEITON E PIERRE. POR FAVOR, PRECISAMOS MOBILIZAR TODOS, FAZER UM APELO PARA QUE NÃO FAÇAM ISSO PELO AMOR DE DEUS.

  • Sabe Jefferson, a gente pode até fazer que não vê, mas você está coberto de razão.
    Andamos ‘dando muito mole’ nas últimas duas décadas. Sabemos que alguns títulos dos nossos “amigos” foram conseguidos nos bastidores, mas não importa. Os troféus estão lá com eles, não é mesmo?
    Eu ainda prefiro acreditar que a nossa diretoria está pensando como nós, ou seja, no Palmeiras em primeiro lugar.
    Mas fico com medo…

    Um abraço