MAIS UM BAMBI DO APITO TIRANDO PONTOS DO VERDÃO…

Caramba! Que juiz mais ladrão foi esse Rodrigo Braguetto ao apitar o clássico entre Palmeiras x Bambis. O cara fez o resultado! É mole?? Enquanto Marcos (assombroso!!), se encarregava de fechar o nosso gol (depois eu falo mais dele), Braguetto fazia o oposto: não permitia que o Verdão marcasse. Tá certo que no primeiro tempo o Palmeiras não foi incisivo, deixou os bambis investirem prá cima do Santo, muitas vezes. Luxa, que entra com uma escalação que dá medo, tá sacaneando K9, para jogar a torcida contra ele e a parceira poder vendê-lo sem muita chiadeira. Tá na cara, que nesse 3-6-1, Keirrison não está conseguindo jogar o que sabe. Luxa, deveria ser cozinheiro, sabe “fritar” jogador como ninguém… E some-se a isso o servicinho da impren$inha ordinária que não quer bons jogadores no Verdão. Seria hilário, não fosse a mais pura cara de pau. Fazem de tudo para menos prezar os nossos craques e diminuí-los. Na JP, que tive o desprazer de ouvir por dois minutos apenas, os comentaristas metiam o pau em K9, dizendo que  Dunga sabe o que faz ao não convocá-lo. Ah, tá… Mas jogador obeso, cachaceiro e baladeiro, pode? Jogador que fica enfiado em morro, com traficante, também pode? E que tal Afonso (Who?)? Bando de imbecis. Jornalistas genéricos.

Se os bambis foram melhores no primeiro tempo, o Palmeiras foi melhor no segundo. Então, o empate foi justo, certo? ERRADO! No primeiro tempo os bambis não marcaram, porque Marcos não deixou. Ele está lá e é pago para isso, impedir o gol adversário. Mas, embora o goleiro Denis,dos bambis tenha feito boas defesas, O PALMEIRAS NÃO MARCOU PORQUE RODRIGO BRAGUETTO, O ÁRBITRO, IMPEDIU! E, que eu saiba, ele não está lá e nem é pago (?) para isso. Dois penaltis para o Palmeiras que ele não deu. Um em Diego e outro em Armero. Se a imprensinha já deixa de lado a penalidade em Diego, imaginem a que Armero sofreu. Não se vê esse lance em lugar algum. Fazem questão de ocultar. Mas o penalti em Diego, cometido por Miranda, que deu um “rapa” no atacante quando ia ser driblado, foi claríssimo. Não é lance polêmico, como teima em dizer a impren$inha. Braguetto estava a pouquíssimos metros do lance e de frente para a jogada. NÃO DEU PORQUE NÃO QUIS! E sabe-se lá “porque” não quis, né?

O torcedor palmeirense, está cansado de ser roubado a cada vez que enfrenta os bambis. A juizada mete a mão, na cara dura. Por isso só 12 milpagantes estavam no Palestra. O torcedor já espera a roubalheira. Se temos um time “parelho” aos leonores, perdemos no apito e, quando a gente tá melhor, empatamos também no apito. Ganhar que é bom, é a coisa mais difícil, porque contra juízes, os jogadores nada podem fazer. E A NOSSA DIRETORIA NÃO FAZ NADINHA! NUNCA! Pode ser o presidente que for, que nenhuma atitude é tomada. Sabem, eu gosto de uma diretoria educada, ética, mas em alguns casos, ELA TÊM QUE DEIXAR DE SER BUNDA-MOLE!!  Mandar a diplomacia às favas! É farsa da pilha, do gás, expulsões encomendadas, gol de mão validado… uma porrada de coisas, e a nossa diretoria nada faz. Estamos de saco cheio!

Luxemburgo, um babaca! Fazendo experiência em clássico… Tinha que dar ritmo ao Mozart (ele disse isso), que não jogou nada. Jumar também, nada resolve. E o Souza no banco!! K9, num esquema mandrake, sozinho. Cleiton, recuado, de volante. Graças a Deus, temos Marcos! O melhor goleiro que o mundo já viu… E ele está cada vez melhor! Wendel , joga um bolão. Como pode ter sido banco do Capixaba tantas vezes? Armero,ontem jogou muita bola também. Dá uma dor de cabeça danada pros “inimigos”. Mas o “exquema do professô” tava matando o Verdão. Eu gostei quando o Palmeiras voltou com Souza e Lenny na segunda etapa. Ficamos mais ofensivos e acuamos os bambis. Então Luxa chamou Ortigoza para o lugar de Keirrison. E o Palestra ia prá cima da bambizada. Pena que aos 30′, Maurício tenha sido expulso. Com um a mais, os bambis, avançaram as suas linhas e aí o goleiro talentoso, competente, profissionalíssimo, raçudo e torcedor palestrino, Marcos, fez a diferença. Enquanto o goleiro leonor, fazia uma ótima partida, o Santo operava milagres. Que privilégio ser contemporânea de Marcos… Ter impressas em minha retina tantas defesas, tantos momentos mágicos, inexplicáveis… Ter gravado em verde e branco no meu coração, o seu nome, prá sempre… Ele tem a raça que o torcedor tanto quer; ele sente o amor que o torcedor sente, ele fica bravo, como o torcedor fica, ele vai às lágrimas com a Nação inteira, ele tem a segunda pele, igualzinho a gente…
Obrigada, São Marcos… milhões de vezes, obrigada.

E, por falar em segunda pele, olhem só a maravilha de vídeo que a Adidas fez… Pierre mata a gente de orgulho… é só ver e sentir…