DE FRAQUE E CARTOLA!

Que estréia!! Valeu a pena a longa espera e a paciência da nossa diretoria para negociar, porque em campo, o nosso K9 correspondeu direitinho.Foi uma apresentação de gala! O adversário era bem frágil e inofensivo, é verdade, mas isso não é problema nosso. O time do Verdão que andou tão fraquinho na segunda metade do Brasileiro, agora está um perigo. Rápido, leve e com um ataque eficiente e poderoso, que não deu a mínima chance pro time do Mogi Mirim.

Meio nervoso pela estreia (eu achei), K9 perdeu dois gols feitos. Mas a tarde era dele e tava na cara que era só uma questão de tempo para sair  o gol do nosso novo matador. A bola, sem pudor algum, se oferecia aos pés do menino artilheiro. E ele, cavalheiro que é, tratou dela com o carinho e o respeito devidos. Aos 28′, o primeiro grande encontro. K9 recebeu passe de Willians e tirou do goleiro. A bola caprichosa, fazendo charme, bateu na trave e sobrou para Cleiton X, marcar. Isso só aguçou mais o faro do goleador, que se movimentou muito bem e procurou ficar sempre próximo dos homens de frente. Até que, ao final do primeiro tempo, numa boa jogada de Willians, o lateral do Mogi tocou a mão na bola dentro da área e, corretamente, o juiz marcou penalti. O menino artilheiro, corajoso, colocou a bola  na marca da cal e fez o seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras. A torcida que já o recebera de braços abertos, explodiu em alegria. Enquanto o Palmeiras envolvia facilmente o Mogi; a bola, que  ora brincava nos hábeis pés de Cleiton X, ora nos de Diego, passeava feliz nas jogadas de Willians e Lenny (que entrou depois) e ia se entregar aos pés de Keirrison. Ela queria mais e ele também.

O jogo estava fácil, com boas atuações de Cleiton X, Willians, Diego Souza (que esteve seguro no “exquema do professô” Luxa), Pierre, Maurício e Lenny. Uma pena que Luxemburgo insista com Jeci, Capixaba e Jefferson, que corre muito, mas na hora de fazer a jogada se atrapalha e fica devendo. Gustavo, injustamente está no banco e Wendell, mais injustiçado ainda, não é sequer relacionado. Mas Armero vem aí, Edmilson também, o time vai ficar ainda melhor… Basta que Luxemburgo escale os melhores e teremos um time muito forte para brigar pelos títulos.

Mas, ontem! Ah, ontem a tarde era dele! E teria que ser inesquecível. E nada melhor que outro gol para selar o caso de amor  que se iniciava… A torcida cantava:”OLÊ LÊ, OLÁ LÁ, K9 VEM AÍ E O BICHO VAI PEGAR”. E pegou! Segundo tempo e Diego fez a assistência;  a bola, explicitamente enamorada, escolheu Keirrison mais uma vez… O craque só tocou por cima do goleiro para fazer um golaço! Agora sim, estreia com goleada, com a assinatura do talento do artilheiro. E, bola e  torcida, saíram de campo literalmente apaixonadas por ele!

Valeu Keirrison!! Valeu a gente esperar por você… Valeu você esperar prá chegar. Que a tua passagem aqui seja longa, vitoriosa e cheia de títulos! Você merece e a gente também!

  • Keirrison foi muito bem em sua estréia. Mas não devemos
    exigir demais dele que é jovem e precisa de tempo para ganhar confiança e render tudo o que sabe. Mas que foi uma estréia especial, isso foi. O mais importante é que mudamos o estilo de atuar e não somos mais aquele time do marasmo com Alex Mineiro e Kleber. Somos um time com velocidade e profundidade. Se Kleber não voltar, tô nem aí…

  • Meu amigo Esmeraldino,
    Até que enfim encontro alguém do mesmo planeta que eu.
    Eu também não estou nem aí se o Kléber não voltar…
    Muita vela prá pouco defunto, não é mesmo?
    E, falando com a argumentação devida, no campeonato Brasileiro de 2008, os números dele foram:
    08 gols
    NENHUMA (!!) assistência
    85 faltas
    13 desarmes (o que nos faz pensar que a maioria das faltas nem úteis foram)

    E tanto barulho por números tão comuns?

  • Tem jogador que nasce pronto. Keirrison é um deles.

    Qnto ao Kléber nem falo mais nada … mto alarde, pra pouquíssimo futebol … os fans do Kléber q me perdoem.