ESSA SULAMERICANA NEM VALIA NADA…

Ontem, ao ver a final da Copa Sulamericana entre o Inter e o Estudiantes, fiquei meio incomodada. E acredito não ter sido a única.Afinal, tínhamos todas as condiçõs de ganhar esse título, que foi tão desvalorizado por Luxemburgo e pela nossa diretoria. Nosso técnico alegava que esse título não valia nada. Típico da fábula “A Raposa e as Uvas”. Usou os reservas (tão ruins, que ele contratou) e, claro que não deu para seguir adiante. Nem mesmo quando resolveu usar os seus titulares mais badalados. No jogo lá na Argentina, nem ele quis viajar e acompanhar o seu time. Preferiu ficar na TV, fazendo piadinhas infames e juras de amor ao Flamengo.

Mas a gente nem ligou, íamos ganhar o Brasileiro, mesmo. Nos alagamos de esperança e acabamos nos afogando nelas. No final das contas nem Sulamericana e nem Brasileiro. Chato né? Acho que o pior de tudo é a sensação de ter perdido algo que você já pensava que era seu. E ontem era isso que ficava incomodando, me cutucando, enquanto eu ouvia o delírio da torcida lá no Beira-Rio.

Se a Copa Sulamericana vale alguma coisa, eu não sei. Mas que os caras lá, e a torcida estavam felizes prá burro, estavam viu? Prá eles devia valer bastante, bastava ver as comemorações. E se eu não estou maluca, ganhar um título, seja ele qual for, traz um prestígio danado ao clube e dinheiro também. Mas vai ver que é por que o Luxa nunca ganhou porra nenhuma fora do Brasil, que ele não tenha se dado conta de como seria bom ter ganhado esse título, que estava tão fácil…

E quanto a nós, sabemos muito bem o que fazer. É final de ano pô! Mais uma vez vamos fazer os nossos planos mirabolantes para 2009, assim como fizemos para 2008, 2007…  A quota de erros de todos já foi gasta. Que venha agora o tempo dos acertos, da dedicação total ao Palmeiras, do comprometimento de todos. Nós continuaremos torcendo, torcendo… Afinal, levamos o Verdão no lado esquerdo do peito…