É TEMPO DE RECOMEÇAR…

    

“Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.”
                                                                                 Fernando Pessoa

 

Mais um ano que se acaba. E esse quase acaba com a gente… Muitas coisas boas aconteceram em 2008, é verdade. O Palmeiras foi Campeão Paulista (M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O), o Cú rintia ficou o ano todo na segundona (mas os seis pontos que eles sempre nos garantem, fizeram uma falta danada); os Giants foram campeões; detonamos os bambis no Paulista; Obama ganhou as eleições nos EUA; o Espaço Visa foi criado; a Arena foi aprovada; o volei feminino foi medalha de ouro na China; a camisa verde-limão foi recorde de vendas (a “dez” principalmente); Hamilton foi campeão do mundo; Alex Mineiro se tornou o artilheiro do  século, no Verdão; Cristiano Ronaldo (gatíssimo) ganhou a Bola de Ouro; Ingrid Bettancourt foi libertada;  Henrique chegou e blindou a zaga palestrina; “Orlandinho” personificou a torcida de modinha;  vamos disputar a Libertadores; Marcão, de volta, está em terceiro lugar na votação de jogador mais popular do planeta; El Mago (11º) com seu talento, alegria e muitos gols, roubou a cena e os nossos corações, vestindo a DEZ esmeraldina… Foram tantas alegrias que parecia que era só abrir os braços para que as estrelas do céu caíssem neles e se pudesse abraçá-las. E o palmeirense sonhou, todos os sonhos outrora proibidos. E aí eu pergunto: “O que é melhor? Acordar de um pesadelo terrível e se fartar da boa e velha realidade? Ou sonhar um sonho maravilhoso e perceber que era só um sonho, que se transformou apenas numa lembrança? Sinceramente, não sei…

E como a roda da fortuna não pára, a gente sofreu um bocado também. Quantas lágrimas, apreensão, tristeza, revolta, decepção. Caramba, é tão difícil equilibrar as coisas às vezes. Agora que o ano está acabando, lembranças maravilhosas se misturam a outras que doem um bocado ainda. Um estranho e maldito caleidoscópio que não para de mudar. Valdívia sendo vendido (buraco que se abriu no time e no peito do torcedor); o apito rosa em ação; as derrotas para o Sport; a Copa do Brasil,  Henrique indo embora; derrota para o Argentinos Juniors na Sulamericana; “promessas” que não vingaram;  queda de produção do time; STJD propositalmente nos tirando jogadores; diretoria sem força nos ‘bastidores’; derrota para o Grêmio no Palestra (essa doeu!); Luxa que não foi o “Luxa”; Campeonato Brasileiro que caiu no colo dos bambis…  Mas a gente aguenta tudo, mesmo quando parece que já estamos no limite. E ainda tem mais: o time Campeão Paulista está sendo desmanchado; estão todos indo embora. E vamos dando adeus para Elder Granja, Leandro, Martinez, Alex (nosso artilheiro do século)… Outros ainda podem sair também.

E a gente fica com o coração mais apertado. Confia, desconfiando. Reclama, xinga, acusa! E continuamos aguentando, sempre. E sabem por que? Porque amamos esse time incondicionalmente. Aconteça o que acontecer, nunca deixaremos de amar. Talvez seja genético, cármico, vai saber. Só sabemos que “é”. Somos vinte milhões de apaixonados, espalhados pelo planeta e queríamos tantas coisas para o Palmeiras, que às vezes entramos em parafuso, diante de tantos obstáculos que nos aparecem e de pessoas que prejudicam o Palmeiras. Mas graças à um maluco que resolveu dividir o tempo e o contar em dias, meses e anos, nós temos sempre a oportunidade de a cada Dezembro encerrar um ciclo e começar tudo de novo em Janeiro. Repensar e consertar os erros. Repetir os acertos. Renascer! Nos abrirmos às oportunidades que surgirão, às surpresas, às alegrias. Nos enchermos de esperanças e deixarmos prá trás o que não vale a pena ser lembrado. E não é diferente agora. É Dezembro!!! Um novo ano vai nascer!

Vamos festejar o Natal! Nos recolher com a nossa família e agradecer pelas coisas boas que recebemos e pelas ruins também, que nos fizeram ainda mais fortes. Vamos agradecer todos os “presentes” recebidos e o momento vivido no dia 4 de Maio de 2008! Aquela alegria ainda mora em nosso peito. E na chegada do Ano Novo, vamos brindar e festejar antecipadamente, às novas alegrias que viveremos em 2009. Vamos brindar às nossas conquistas futuras. Aos jogadores que virão, àqueles que ainda sonhamos que cheguem, ou voltem… Sem ideais mirabolantes, com os pés no chão, mas sonhando, e por que não?  E não vamos nos esquecer de deixar o sapatinho verde na janela, hein amigos? Quem sabe o que Papai Noel poderá deixar lá?

FELIZ NATAL, NAÇÃO ALVIVERDE! COM MUITA PAZ E SAÚDE!  

QUE O ANO NOVO  VENHA CHEIO DE LUZ TRAZENDO ALEGRIAS E ESPERANÇAS RENOVADAS!

QUE 2009 REALIZE TODOS OS NOSSOS VERDES SONHOS E FAÇA O PALMEIRAS AINDA MAIS VENCEDOR!            

E eu faço o meu agradecimento especial: “Muito obrigada Mago, por tantas alegrias vividas e jamais imaginadas. Pelas muitas lágrimas que derramei de felicidade. Por ter honrado tanto a camisa do time que eu amo, pelas lembranças maravilhosas que nunca irão se apagar… Que Deus abençoe você, onde quer que vá. Feliz Natal prá você, também!”
                  

  • Devemos agradecer a todos que nos transformaram em torcedores felizes. Porém, como diria Belchior: “O passado é uma roupa que não nos serve mais”.

    è nescessário olharmos à frente. Vislumbrar um novo ano que se agiganta à nossa frente. Confiarmos , inclusive no imponderável.

    “Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!”

  • Fabio (Bito)

    Só nos resta aguardar e esperar que uma luz ilumine a cabeça da diretoria!!!
    Feliz Natal mocinha!!!
    Beijos
    Bito

  • Bom dia!
    Ontem, no meio a uma rodoviária repleta de turistas nordestinos, felizes por poder rever suas paradas, presenciei uma das cenas mais marcantes e denunciadoras que já presenciei. Três crianças (duas meninas e um menino) de aproximadamente 10 anos vestiam a camisa daquele que, enquanto o Sr. Todo Poderoso Luxemburgo deixou, nos encheu de alegrias e de lágrimas de felicidade. Essas crianças vestidas com a camisa 10, do nosso glorioso e mágico “Mago Valdívia”, mostravam-me o que cansamos de saber: essa camisa 10 jamais deveria ser vestida por outro atleta senão o Mago. E isso mostrou-me também quantas crianças passaram a amá-lo, consequentemente, a torcer pelo Palmeiras. E agora? Agora, ainda que dircordemos de tudo o que aconteceu, prevaleceu o “estrelismo” discabido do FDP do Luxemburgo, e pior, sob as barbas dos nossos diretores.
    Viva “El Mago”, eterno nos nossos corações.

  • o que nos espera pra 2009 nao eh nd bom

  • E dalhe porco em 2009!

  • clériston figueireo

    gostei muito do seu texto. tambem que palmeirense não gostria. relembrar tantas alegrias que tivemos neste ano e tambem as muitas tristezas que sofremos, a principal delas para mim foi a saida do mago.
    mas que 2009 seja um pouco melhor para nós.oque não podemos é parar de sonhar com um futuro melhor para este time maravilhoso.PALMEIRASSSSS!!!!!!!!!

  • queria saber escrever bem como vc…..mais fasso ok eu posso…cola meu link no seu blog obrigado e feliz ano novo para nos palmerense

  • Grande Tânia

    Espetacular a sua sinópse sobre a nossa saga em 2.008.
    Eu a descobri, por acaso, neste blog, você que deixou saudades no Palestrinos e no Observatório Verde.
    Infelizmente o Observatório Verde saiu do ar e como prometi à rapaziada que escrevia por lá, que criaria um novo blog a fim de que a impren$inha não imaginasse que nos havíamos desmobilizado. Então, criei o novo
    oservatório alviverde e conto com a sua participação e de seus seguidores do clorofila que, você sabe, tem tudo a ver comigo que envio a todos no final de minhas cornetadas “saudações clorofiláticas”.
    Vamos malhar novamente, marretar mesmo com muita força, os desmandos e desrespeitos da crônica esportiva contra o nosso clube de coração.
    Meu endereço:
    http://www.observatorioalviverde.blogspot.com
    Convém lembrar que é, apenas, .com NÃO TEM BR.

    SAUDAÇÕES CLOROFILÁTICAS

  • Grande Tania

    Seu blog está linkado em meu blog. Meu e-mail desconfigurou e não sei reconfigurar. Sucesso para nossos blogs mas, principalmente, para o nosso verdão.
    Saudações clorofiláticas!
    Esmeraldino

  • Tania. Vamos trabalhar, maninha. Estou esperando uma nova postagem, mais atual. Um abração do Esmeraldino
    Saudações clorofiláticas !

  • Tania
    Vim postar um comentário mas você não mudou a postagem principal. Em todo o caso quero dizer que Fred sim e não o Kleber, merece um investimento alto. Fred, há dez anos, é o melhor centro avante do Brasil. Kleber também é bom, mas muito distante de Fred. Em todo o caso, melhor que falemos em Keirrison que não é um sonho, mas uma realidade ! E, se mal pergunto, por que o Palmeiras só contrata zagueiros e gente para o meio de campo ? Precisamos de atacantes, jáaaaaa!

  • Esmeraldino, o postagem ainda não mudou, porque tenho andado meio desmotivada, viu? Fico esperando pelas boas-novas e… NADA!!
    Mas estou de pleno acordo com o seu comentário. Fred merece um investimento alto. Kléber é bom, mas não é tudo isso que parece ser, atualmente.
    Pelo menos, o K9, já está certo, chega em poucos dias e vai ser de grande ajuda no ataque. E a sua pergunta, é a de boa parte da torcida palestrina. Por que tantos zagueiros?? Cadê o lateral-direito?
    Onde estão os atacantes???
    Esse “planejamento” não foi muito bem “planejado”, viu?

    Abraço

  • Tânia.
    O planejamento existente é o da Traffic.
    Nós, o Palmeiras, estamos com preguiça de pensar, de planejar e fizemos um “transfert” para a Traffic que faz isso por nós.
    A Traffic está “usando” o Palmeiras, embora, neste momento, seja um mal necessário.
    Só que a nossa omissão é tanta que estamos perdendo o rumo das coisas. A rigor, Jota Hawila e Luxa são, respectivamente, de fato, o presidente e diretor de futebol do Palmeiras.
    O Luxa é, muito mais, empregado da Traffic do que do Palmeiras. Ele só vai querer o que a Traffic quiser e o que for bom para a Traffic.
    A Trafic exige jogadores novos porque é a fórmula da empresa ganhar dinheiro.
    A filosofia em sí é a mais correta no futebol de hoje. Só não podemos deixar a torcida perceber que se trata do velho e surrado “bom e barato”.
    Se o Palmeiras fizesse o que a Traffic está fazendo, a nossa torcida, incitada pela imprensa inimiga, estaria em pé de guerra, dizendo que estamos “fazendo apostas”.
    Os outros clubes podem “apostar” a vontade e ninbguém fala nada. Só elogiam.
    Luxa sabe que só com os novos fica muito difícil ganhar títulos e passa incumbência de contratar os experientes e os repatriados (que não têm mercado) ao Palmeiras que vai acabar ficando com esses micos na mão ao final do jogo.
    Isso é péssimo para o clube que precisa ter condições de entrar no mercado de compra e venda de atletas até como fórmula de sobrevivência.
    Luxa vai sair do Palmeiras muito mais rico do que já o é, independentemente da conquista de títulos.
    Sou convivto de que Luxa tem parceria com a Traffic e interesses em compra e venda de atletas. Só assim se explica a saída do regularíssimo Wendell do time e o não aproveitamento de Jorge Preá, este sequer, testado no time de cima, jogadores de propriedade da SE Palmeiras.
    Ou alguém acredita que, em condições normais, o vaidosíssimo Luxa teria permanecido no clube depois da agressão que sofreu por parte do pessoal da mancha ?
    Infelizmente o Palmeiras, neste momento, precisa de Luxa e da Traffic, mas, no futuro, tem de se livrar desse poder paralelo asfixiante, envolvente, avassalador que engessa o clube e o torna um joguete em mãos alienígenas.
    Isso é muito ruim mas todos temos consciência que “ruim com a Traffic, muito pior sem ela”.
    Só não sabemos quando o clube poderá voltar a respirar sozinho e a pensar por sua própria cabeça.
    Saudações clorofiláticas !

  • Grande Esmeraldino!

    Estou assistindo “Ensaio sobre a Cegueira”. Parei para um café e vim dar uma espiada na net.Com que alegria encontrei o seu post! Alegria por saber que existem palmeirenses imunes à “epidemia de cegueira” que assola a nossa torcida.
    O seu post resume perfeitamente o que acontece no Palmeiras e o que eu penso sobre isso. A nossa diretoria por preguiça de pensar e planejar, passou o poder às mãos da Traffic e de seu funcionário. E, como os interesses da parceira são totalmente diferentes dos interesses esmeraldinos, ninguém consegue saber em que rumo seguir. Nem mesmo assistindo à desvalorização do patrimônio do clube em detrimento do patrimônio Traffic, a nossa diretoria toma a frente das ações.
    E o pessoal faz que não vê que é o mesmo “bom e barato” de sempre. Quantos jogadores em final
    de contrato, foram negociados por vários clubes, e só o Palmeiras não viu. O início do campeonato
    está aí e o time ainda não está pronto. É visível que Luxemburgo trabalha pensando muito mais na
    Traffic do que no Palmeiras, se é que ele pensa nos interesses do clube.
    Não acho que seja ruim apostar em jovens talentos e promessas. Mas não podemos contar só com eles. E vai sobrar para o Palmeiras, sem dinheiro, ter que arrumar essas peças para mesclar com os mais jovens.
    Sabe Esmeraldino, eu também estou convicta que o “funcionário” deve levar algumas vantagens na
    compra e venda de jogadores. Só isso explicaria a contratação de atletas como Paulo Miranda,Jefferson, Thiago “Miau” Cunha, Capixaba… E também o desfavorecimento de outros, como Wendell,
    David e Preá.
    Eu sei que mesmo “reféns” da Traffic, seria pior se estivéssemos sem ela. Mas eu me pergunto: O que
    faremos quando ela sair? E como ficará o nosso time nessa ocasião?

    Abraços