NA ÚLTIMA CURVA!!

A tarde já tinha começado fantásticamente (prá mim), após a conquista de Hamilton. Até que tentaram ajudar o bambi durante o campeonato, tirando uma vitória do inglês, mas não adiantou. Hamilton é o campeão. Ô coisa boa! Mas logo a seguir, ia ter algo que me importava muito mais: Verdão em campo. Ai meu Deus! Lá na Vila, sem o Marcão, que passa por momentos tão difíceis (que Deus o ajude nessa hora)… eu estava meio preocupada. Não que eu não acredite no Palmeiras. Mas prá gente, as arbitragens são complicadas. O que não pode para outros times, para o Palmeiras parece ser regra. Mão, contra o Verdão, os adversários podem usar à vontade. O que será que ia acontecer lá na Vila Belmiro?

O polivalente Martinez, dessa vez ia de quarto-zagueiro, uma novidade do Luxa; Bruno, que é excelente goleiro, ia entrar numa fogueira: substituir São Marcos, num clássico, logo após uma derrota perturbadora para o Flu. Eu preferia que o Léo entrasse jogando, já que Evandro não tem conseguido fazer boas partidas. Mesmo assim eu ainda acredito no potencial do garoto. A torcedora dentro de  mim estava cheia de interrogações… Será que a zaga vai dar certo, dessa forma?… Será que o Bruno não vai sentir a pressão?… Será que os atacantes vão marcar gols?… Será que o Luxa vai acertar nas substituições?… Perguntas e mais perguntas, cálculos e mais cálculos… Eu, otimista que sou, apesar de estar uma pilha, achava que a vitória do Verdão seria conseguida facilmente. Mais tarde eu veria que estava redondamente enganada…

A partida começou fervendo. No minuto inicial, numa boa jogada do Verdão, Evandro lança Kléber que entra livre e toca na saída do goleiro santista. Quase morro de alegria! Eu, aflita com o que ia acontecer na partida e o meu Verdão já balançava as redes do Peixe, logo de cara. Uffa! Mas depois do susto, o Santos veio prá cima, querendo o empate. Percebi que a minha interrogação, sobre o nosso goleiro, logo ia ter resposta. Já a partir dos dez minutos de jogo, Bruno mostrou que é mesmo forjado na Fantástica Fábrica de Goleiros de Palestra Itrália. Fez duas grandes defesas em arremates de Molina e Kléber Pereira. Os comentaristas já “cresceram o olho” prá cima do nosso jovem goleiro. Luxa, esperto que é, já acertou o posicionamento da nossa defesa, fixando Pierre (como joga o nosso Gigante) mais próximo de Gustavo e Martinez – que joga tanto e tão bem, que não sei porque a diretoria verde aindanão renovou o seu contrato. Abram os olhos aí, hein?

Depois do acerto que Luxa fez na defesa, as coisas se equilibraram e o Palmeiras começou a vir nos contra ataques. Mas errávamos muitos passes. Que aflição! Um pouco antes do final da primeira etapa, o Santos se lembrou que estava jogando na sua casa e veio prá cima outra vez. aos 41′, Cuevas meteu de cabeça e Bruno operou um verdadeiro milagre. Ah, garoto! Minhas perguntas estavam todas sendo respondidas, Kleber marcou seu gol; Bruno defendia o goldo Verdão como gente grande; a zaga estava uma beleza. Mas a nossa vida não é fácil. Tudo tem que ser conquistado, nada vem de “mão-beijada”. Minuto inicial do segundo tempo, Molina cobra escanteio para o Santos e Kléber Pereira, à frente de Bruno, sobe com o braço tentando alcançar a bola, Não tocou, é verdade, mas teve a intenção. A bola acabou entrando com o soco de Bruno. Seneme anulou o gol mas, após consultar o bandeira, mudou de idéia e validou. De quebra, ainda expulsou o Luxa, que entrou em campo para tirar os nossos jogadores da confusão que se formou. Não falo que contra o Palmeiras é festa? Podem usar as mãos à vontade. A juizada deixa.

Tínhamos que buscar essa vitória de qualquer jeito. Errando passes,ou não. Fazendo belas jogadas, ou não. O que importa agora são os três pontos. Cruzeiro levando um chocolate do Goiás, o Palmeiras tinha que vencer. O time corria muito, buscava, lutava, mas nada de gol. Luxa sacou Jumar e Evandro, para colocar Denilson e Léo Lima. Eu já nem conseguia assistir direito à partida. Que nervoso. A razão me dizia que ia acabar assim, empatado. Mas o coração me dizia que não. Alguma coisa teria que acontecer. Me lembrava de Hamilton a todo instante. Na última curva… Ele também deveria ter pensado que estava tudo perdido. Na última curva… Ele desejou que algo acontecesse… A tristeza e a esperança brigavam dentro de mim. Meu Deus, será que vai acabar assim? Estaremos mais longe da briga pelo título? Rezei, pedi, torci… 45′ do segundo tempo, agora vai do jeito que der. Seja lá o que Deus quiser… Palmeiras no ataque, Leandro cruza pela esquerda e lá no segundo pau aparece Léo Lima, predestinado, decisivo… que golaço!! Pulei do sofá como se pudesse voar. Minha cabeça girando, o choro de alívio, de agradecimento. ESSE É O MEU PALMEIRAS!! NÃO DESISTE NUNCA!! Não sei não, se assim como na semi do Paulistão, esse gol do Léo não é o carimbo final para o título do Brasileiro. Como ele mesmo disse: “É o gol do título”. Valeu, Léo!!! E a música ecoava na Vila: Chiqueirooo! Chiqueirooo! Chiqueirooo! Festa no chiqueirooo!

FORÇA, MARCOS! ESTAMOS COM VOCÊ!

  • xJota

    Tania

    Mais uma vez parabens pelo belo texto, suas palavras foram tão bem escolhidas que pude até mesmo sentir seu nervosismo, seu medo, sua ao lê-las.

    Agora temos que vencer o Gremio.
    Acho que vai ser assim até o fim: tendo que vencer todas.

    E vai desse jeito: com luta, com garra, até o ultimo minuto da ultima partida… mas seremos CAMPEÕES.

    Tomara que o jogadores também tenha consciência disso e se dediquem ao maximo.

    E esse titulo vai vir com um gostinho especial, pois não teremos nenhum time que vai nos entregar o jogo, não teremos nenhum juiz apitando a nosso favor, nem jogaremos com equipes pré-rebaixadas para a série B, fatores que um outro “time” tem de monte!!!

    Vai ser o título da superação, o titulo da justiça.

    Vamos lá verdão!!!

    Abraços e obrigado pelo belo texto

  • Vitória para incentivar a torcida a jogar junto, no domingo – como se ela precisasse de incentivo.

    Sinto que essa semana reserva duas vitórias para nossa equipe.

    “Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!”

  • Marta

    Só a foto já arrepia, o texto Meu Deus!! Sensacional, até o começo HAMILTON CAMPEÃO!! eu gostei 😀

    E por falar em Campeão, nosso Palmeiras heim, mostrou que tem fibra, jogou com alma e coração, e muita determinação para vencer, esse é nosso alviverde imponente 🙂

    Destaque para o garoto Bruno, que mostrou que foi criado na melhor escola de goleiro do mundo, e honrou a fama da mesma, PARABÉNS BRUNO; SÃO MARCOS QUE TE MANDOU MENSAGEM DESEJANDO BOA SORTE, COM CERTEZA ESTA ORGULHOSO DE VOCÊ!!

    AO SÃO MARCOS, FORÇA PARA SUPERAR ESSA PERDA, A NAÇÃO ESTÁ COM VOCÊ!!

    Tânia minha amiga, irmã do coração, vamos estar no Palestra domingo para comemorar o primeiro lugar e colocar uma mão na taça 😉 amo você!!

    BORA VERDÃO RUMO AO PENTA!! AQUI É PALMEIRAS PORRAAAAA!!

    beijos 🙂