GUENTA CORAÇÃO… FALTAM SÓ DEZ!!

Já fazia algum tempo que eu não ia ao Palestra. Na verdade, desde a venda de Valdívia. Fiquei muito triste e perdi o pique por umas rodadas. Mas, coração palestrino é fogo. Bate no ritmo da bola sendo tocada em campo. Não dá para resistir, ainda mais agora que o Penta já desponta, ali na esquina da Turiassu. Mais um pouquinho e “ele” entra pelos portões escancarados do Palestra Itália.

Como é de costume, a Turiassu estava lotada de camisas verdes prá todos os lados. Muito riso, muito papo com amigos, muita confiança… A torcida já sabe que o título do Brasileiro 2008 saiu da esfera do sonho, há muito tempo. Temos tudo para ganhar esse campeonato. Temos time, técnico, Depto Médico e uma torcida maravilhosa. Quem esteve no Palestra ontem, sabe que participou de uma festa linda, de arrepiar. Com a nossa casa lotada, num colorido maravilhoso, mistura de verde, branco, verde-limão, até a chuva deu lugar ao sol para que a festa fosse ainda mais bonita.

Dentro de campo, a superioridade do Palmeiras é gritante. O Galo está todo na defesa. Eu ainda esqueço e procuro o Mago por lá, que pena que ele não está. Nossos jogadores são bons, raçudos e parecem estar determinados a ganhar mais três pontos. Mas, num vacilo de Maurício, que continua tendo a minha total confiança, o Galo abre o placar. Infelicidade de um garoto que joga futebol de gente grande. Por essa ninguém esperava… Mas o Verdão vai “prá cima”. Apenas um “detalhe”, faz com que os nossos atacantes não transformem em gol algumas jogadas. Acredito que muitas vezes, a bola fica por tempo demais nos pés de alguns jogadores e na hora de tentar o passe perfeito, os adversários já tomaram  a bola, ou o jogador que vai receber o passe já não está mais livre. E isso faz com que Alex Mineiro tenha  que voltar várias vezes para buscar o jogo.

Mas time que é bom não depende apenas do artilheiro, né? Numa troca de passes na área do Galo, o nosso goleador Alex, recebeu de costas e, num lance genial, percebeu e lançou Leandro que só mandou prás redes. Golaço! O Palestra explodiu! A torcida que já não parava de cantar, foi à loucura. A alegria nas arquibancadas (onde eu estava) era imensa! Ao lado das irmãs, de coração, que o Palmeiras me deu, eu quase morri de alegria. Não sabia se abraçava a Marta ou a Márcia, então abracei as duas de uma vez só. A outra irmã, Flavinha, que estava no trabalho, se fez presente atráves de torpedos enviados durante todo o jogo. Depois do empate, tava na cara que a gente ia virar o placar. As oportunidades apareciam, mas aquele “detalhe” estava sempre atrapalhando. Faltava inspiração…

Segundo tempo e Luxa mexeu no time. Tirou Martinez (que bola está jogando o “Parmito”) e Pierre, para colocar Léo Lima e Evandro. E essa formação deu certo . Os passes começaram a melhorar… Léo meteu uma bola na trave, mas o gol da virada não saía. Kléber perdeu a chance na cara do goleiro… Ainda faltava inspiração, quando Luxa sacou Elder Granja para colocar Denilson em campo. Eu, que não ando gostando das atuações dele, reclamei. Mas ele não precisou nem de um minuto para, num drible perfeito, achar o Alex sozinho na cara do gol e tocar. O artilheiro só matou no peito e fuzilou o goleiro do Galo. Era a virada! “Chiqueirooooo! Chiqueirooooo! Chiqueirooooo! Festa no Chiqueiro!” A Que Canta e Vibra era um espetáculo que a torcida do Galo todinha se virou para admirar! Milhares de camisas verdes e brancas agitadas ao alto! De arrepiar o mais frio dos mortais!!

E já que era festa, dia de Denilson, não podia ser de outra pessoa o terceiro gol do Palmeiras. Bola rebatida pelo goleiro e ele, esperto e inspirado, só tratou de mandar prás redes. O Palmeiras venceu a partida, ganhou os três pontos, garantiu a liderança, Marcão usou a linda camisa “400”, Leandro recebeu a sua, pelos 100 jogos, a torcida ficou feliz da vida…  E, mais uma vez, o título é só uma questão de tempo. Mais precisamente… 10 jogos. ÔÔÔ VAMOS GANHAR PORCOOOO!

  • Marta

    Ai Ai, guenta mesmo viu, vou fazer uma nova consulta no cardiologista só para garantir rsrs..

    Tânia, impossível ler e não se emocionar, estar no Palestra já é bom, estar lá com uma Palmeirense como você então é melhor ainda, eu falo que esse time só me dá alegrias e uma delas foi você, sem duvida ganhei uma irmã, alias foram duas, uma infelizmente como citado por você não pode estar lá por que estava trabalhando, mas ela estava presente, levamos ela no coração 😉 e como se ela estivesse ao nosso lado mantivemos contato por torpedo.

    O dia de ontem foi Show de bola, tudo perfeito, matei um tantinho a saudade de você e do Palestra, e inclusive a virada do nosso Alviverde Imponente, a que Canta e Vibra saiu com a certeza de que esse Penta virá.

    PALMEIRAS MINHA VIDA É VOCÊ!!! FORÇA PALMEIRAS!!

    Beijão, te adoro, você mora no meu coração, da sua fã numero 1 🙂

  • TATA

    Tania,
    Tem coisas nesse mundo que são impagaveis, uma delas é estar no Palestra com pessoas maravilhosas que amam o Palmeiras como nós. Voce e a Flavinha são duas irmãs que o Palmeiras nos deu, e a cada jogo essa nossa amizada se torna cada vez maior.
    Ja gritamos É CAMPEÃO esse ano todas juntas e vamos gritar novamente.

    Beijos
    Te amo.

    VAI PALMEIRAS MOSTRA QUE DE FATO É CAMPEÃO

  • Bito

    Contagem regressiva mocinha!!!!

    Infelizmente não consegui ir ao Palestra, mesmo com ingresso comprado o trabalho não deixou, e acho que esse ano não mais irei a minha segunda casa!!!!

  • Taninha,

    Não há motivos para alarde. Empatamos em Florianópolis, mas ninguém desgarrará na tabela classificatória. Faltam 9 jogos (5 em casa – 4 fora). Continuo achando que, vencendo os 5 jogos em casa e empatando os 4 jogos fora, conquistaremos o campeonato. Muitos cruzamentos vão acontecer. Quem ri por último, ri melhor!

    “Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!”