A GUERRA AINDA NÃO ACABOU…

Eu duvido que tenha um palmeirense no planeta que ontem não xingou time, jogador e técnico…

Lamentável e vergonhoso o que aconteceu lá no Rio de Janeiro, diante do Fluminense. 3 x 0, fora o baile. O torcedor palestrino foi pego de surpresa, afinal bota uma fé desgraçada nesse time e ele dá um vexame desse? E ficamos querendo encontrar desculpas prá nós mesmos: “O time sentiu a falta do Diego Souza, do Elder…”. Isso é até verdade, mas não justifica a derrota e o futebol que não brincou no pé dos nossos atletas. Jogo passado faltou Martinez… cada hora é uma desculpa. Mas, a verdade, é que o time está caindo de produção já faz um tempinho. Queda discreta, sutil, que o torcedor faz de conta que não vê.

A verdade é uma só: atitudes erradas, só vão poder trazer resultados errados. Vendemos Dininho, Nem e Henrique… vieram Jeci e Gladstone. Veio Capixaba… vendemos Wendell. Demos Valdívia, de presente aos árabes… não veio ninguém. Mas vamos ressaltar que não veio ninguém, porque o técnico Luxemburgo disse que os jogadores que ele tem no time, poderiam dar conta do recado. Deram?? Claro que não. Luxa que “achou” que Evandro, Denilson e Jumar poderiam substituir o Mago, agora deve se dar conta que, nem os tres juntos podem fazê-lo.

Nós já estávamos “espertos” antes mesmo da partida, afinal o juiz já tinha fabricado um resultado para os bambis contra o Vitória. Já estávamos esperando o apito entrar em ação contra a gente. E não deu outra! Aos 14′, bola levantada na área do Palmeiras e Washington estica o braço para desviar com a mão. Não conseguiu tocar a bola, mas tentou e por isso o gol jamais poderia ter sido validado… mas foi. Marcos se atrapalhou e falhou na tentativa de defesa. O Palmeiras se desconcentrou, as marcações do árbitro foram minando o nosso jogo e o resultado foi um futebol medíocre. Me dói falar assim do meu time, mas foi a realidade do jogo de ontem.

Estávamos com Sandro Silva improvisado na ala e era justamente ali que insistíamos em jogar. Ô meu Deus! O calor era intenso e a coisa não ia. Passes errados, dribles que eram prá ser deconcertantes e só conseguiram ser deconcertados… Prá nossa tristeza, Conca levanta um bola na área que Martinez ao tentar tirar, joga em cima do Maurício. A bola bate no nosso zagueiro e entra no gol de Marcos. Sorte madrasta!  Jogada trabalhada do Flu e lá estava o terceiro. Eu não acreditava no que via. Time apático, irreconhecível, juiz e sorte do “outro lado”, só podíamos contar com os “coelhos” da cartola de Luxa. Mas, não havia coelho algum lá… Tivemos uma única e clara oportunidade de gol, uma só, que Kléber chutou em cima do goleiro. Nossos atacantes não conseguem marcar gols, é inacreditável. Kléber tem apenas 5 gols no campeonato, Alex já marcou 35 no ano, mas agora não tem marcado  porque a bola não chega com Evandro e Diego Souza no meio. Assim não dá. Ontem, Luxa deveria ter adiantado o Martinez e sacado Evandro em seu lugar, para a entrada de Denilson. Quem sabe daria certo… Nem o nosso badalado técnico teve uma tarde inspirada.

Mas, e agora? Vamos jogar a toalha? Impossível! Deixei para escrever hoje só prá ver como estariam os meus pensamentos depois de uma noite mal dormida. É claro que a decepção e a frustração ainda são minhas indesejáveis companheiras. Aquela sensação pesada de desconforto, caminha de mãos dadas comigo, também. Mas o sangue que corre em minhas veias é verde! Ainda não amanheceu o dia em que eu não vou acreditar e nem torcer pelo meu Verdão. Não vai amanhecer nunca! Não dá para não torcer… não dá para não acreditar. É PALMEIRAS, PORRA! Afinal, nenhum dos concorrentes está tão bem assim. Nenhum tem um craque para desequilibrar. A briga está pau-a-pau, só tem um  time aí  que conta com o craque do apito, mas não é  nada que possamos temer. Eu, apenas temo a nossa apatia, nossos próprios erros. Mas estou botando a maior fé, que eles desaparecerão. Tudo vai voltar ao normal. E também agora é a hora de apoiar o time como nunca.

Vamos “esquentar” o sangue dos nossos craques! Vamos lotar o Palestra, baralho! A festa tem que ser mais linda do que nunca a cada jogo. Estamos na briga, com reais possibilidades de chegar. Temos dois concorrentes diretos para enfrentar. Não é hora de desistir. E ainda não nasceu um palmeirense que desista… A hora é de lutar!! Como nunca! Somos nós, time e torcida que vamos buscar essa porra de título. Força Nação. O Palmeiras precisa de nós… AGORA!! Vamos mostrar para o mundo o tamanho da nossa força e do nosso amor. VAI VERDÃO QUE A GENTE VAI JUNTO!!!
ÔÔÔ VAMOS GANHAR PORCOOOO!!

  • Marta

    Minha amiga do coração, me recuso a falar do jogo de ontem, me da dor de cabeça 🙁

    Que isso sirva de lição e que nessa reta final nossos jogadores joguem com mais raça e determinação, tudo o que faltou ontem.

    Continuo Acreditando, nada esta decidido ainda, que nosso Palmeiras não abaixe a cabeça e mostre que de fato é Campeão!!

    BORRAAAAAAAAAA VERDÃO BUSCAR ESSE PENTA!!

    beijos Clo, a superação começa quarta 😉

  • É amiga, na vida de um “parmera” nada é fácil.
    Superação atrás de superação. Mas até que somos bons nisso, não é mesmo?
    E são as dificuldades que fazem do Palmeiras o Gigante que é. Não há vento que nos derrube, podemos balançar, mas continuaremos sempre altivos e fortes!
    E, juntos, Palmeiras e torcida, vamos trazer esse caneco para o Palestra!!
    Beijo amiga
    Amo você!

  • Diego Santos

    Esse texto eu tinha que vir comentar aqui no seu blog.
    Concordo com TUDO!

    E mostra muito do que já haviamos discutido no forum.

    IS PERFECT!

    Tem muita gente querendo atrapalhar o verdão mas não vão conseguir vamos ganhar essa porra!!!!

    E com Luxembunda ou sem Luxembunda ano que vem é nosso também!

    Beijão!

  • xJota

    Tânia

    Concordo com tudo que vc escreveu.
    Aliás vc escreveu muito bem e sempre coloca em suas palavras o pensamento e o desejos de todos palmeirenses. Por isso, acho até que poderia escrever mais vezes.

    Acreditar sempre irei acreditar, desistir apenas na ultima rodada.

    Mas o problema maior não foi apenas a derrota em si.
    Em minhas contas para vencer o campeonato até estava contando com um tropeço (uma derrota) no RJ, aliás o time do Flu é um bom time com bons jogadores e estão motivados depois da chegado do Renê.

    Mas o que doeu foi a maneira que perdeu. Que aptia foi aquela, meu Deus!!! Ninguem se entregou, se doou, ninguém chamou a responsa. O Alex Mineiro não ganhou uma jogada, perdeu todas. Alias como caiu de produção com a venda do Mago, é incrivel.

    Hoje tenho que admitir que nosso time NÃO é o melhor do campeonato, e o jogadores tem que reconhecer isso e para serem campeões vão ter que correr e ralar muito. Se jogarem sempre pensando serem os melhores (os favoritos) vão sempre se ferrar!!!

    Abraços… agora é a hora da superação. Ou seja SUPER AÇÃO!!!

    xJota

  • ANDRÉIA

    Esse final de semana foi muito triste,o jogo contra o fluminense não saia da minha cabeça,que decepção.
    Eu tinha muita esperança que a vitória era nossa mas derrepente veio uma desagradavel surpresa,o mais dificil é ter que suportar as gozações dos primos,amigos,vizinhos,ninguem merece.
    Eu acredito na superação do elenco,mas se não entrar quarta feira contra o goias com mais motivaçao vai ser complicado.Os jogadores tem que por o coração na ponta da chuteira,e não se esquecer que eles (jogadores) um dia vão embora e a torcida fica,a torcida é eterna,o nosso amor pelo verdão é eterno.
    “PALMEIRAS MINHA PAIXÃO”

  • Na vida, nunca joguei a toalha. Superei adversidades além de minhas forças e venci. Para isso demonstrei que queria mudar minha situação. Enterrar meus fantasmas.

    A SEP deve fazer isso!

    1º) Acreditar que é possível;

    2º) Confiar na própria capacidade;

    3º) Não dar chance ao erro gratuito (Plugar-se 24 horas).

    O resto, “A Lendária Torcida que canta e vibra” fará.

    “Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!”