AH, ESSE MARCÃO…ME MATA DE ALEGRIA!

Ufa! Que jogo! Noventa minutos disputadíssimos, com dois time valentes, voluntariosos, disputando cada centímetro do gramado. Os Smurfs, querendo fazer valer estarem em seus domínios e o Palmeiras, caçando o Grêmio (esse mesmo) em pleno Mineirão. Minha adrenalina foi às alturas. Jogo pegado, de marcação, cheio de faltas. Pena que os cartões (merecidos, na maioria) só “choviam na horta” do Verdão. Do outro lado, muita coisa passou batido. Mas tudo bem, o Palmeiras agora vai do jeito que for, contra tudo e contra todos… contra onze, contra doze…

Eu, que andava meio “brigada” com a minha emoção, desde a venda do Mago, quase tive um infarto, hoje. Fiz as pazes com a alegria e com a torcedora dentro de mim, tudo de uma vez só. E não era prá menos, o “cavalo paraguaio dos Pampas”, perdeu ontem; Luxa que, finalmente, resolveu sentar o “Pneu” e colocar Maurício, treinou bem o time e parece estar agora bastante comprometido com o rendimento da equipe. Assim dá gosto de ver… de torcer. Fiquei espantada ao me ouvir gritando: “Vai Miau!”. (quem diria) hahahahaha.

Eu podia sentir o gol do Palmeiras quase chegando ao mesmo tempo que morria de medo do Cruzeiro marcar. Que aflição! Mas, numa jogada inteligente, Sandro Silva tocou para Don Diego Showza que bem posicionado, saiu na cara do gol. O craque matou no peito, duas vezes, ajeitando para o chute certeiro de peito-de-pé. Conclusão magistral!  GOLAÇO!! Que alegria!!A que Canta e Vibra explodiu de felicidade pelos quatro cantos do país e do mundo.

Mas os Smurfs não desistiam e vinham prá cima, o Palmeiras também não.No segundo tempo foi um Deus-nos-acuda para ambas as zagas. Só que Gustavo e Maurício estavam impecáveis. Martinez, fez uma grande partida, jogou muito. Leandro e Granja, também. O time todo está de parabéns. Mas quem me levantou do sofá e me fez dar murros no ar, de alegria, foi ele… MARCOOOOOOOS! Meu Deus, que goleiro é esse? O melhor de todos, o melhor do mundo! E joga no meu time. Que maravilha! Na hora em que foi exigido, ele foi PERFEITO! Com o espírito de Pentacampeão, São Marcos defendeu a bola do jogo. E deu bronca, pegou, gritou, rezou, agradeceu, bateu no braço, mostrando que a raça está na veia… foi de arrepiar!  Esse é o Marcão!  Não se cansa de nos dar alegrias. E com que garra defende esse time. O Santo me levou às lágrimas, hoje.Ele sozinho vale meio título. Luxa e os outros vão buscar a metade que falta para o Penta, porque cinquenta por cento o Marcão garante.

Marcos foi um gigante, o Palmeiras foi guerreiro, Luxa foi perfeito, a torcida deu show… Ouvir a Que Canta e Vibra gritando: ” É Campeão!”, foi de matar de emoção, de arrepiar!! E eu, tremendo, de mãos geladas, chorando, feliz, fiquei outra vez com aquela sensação inconfundível dentro do peito…
Obrigada, Palmeiras. Obrigada, Marcão.

  • Marta

    Puxa hoje o dia para ser completo só falta um texto cheio de emoção como o seu, realmente hoje o verde nos deixou com o coração disparado do inicio ao fim, mas eu confiava em uma vitória, acordei com a sensação que o Palmeiras sairia vitorioso, e foi o que aconteceu.

    Me emocionei com a vibração do nosso São Marcos, ele joga com a alma e o coração alviverde, que orgulho ter ele no nosso time, e não me resta duvidas que ele vai erguer a Taça de Penta Campeão.

    Como gritou a Torcida que Canta e Vibra: É CAMPEÃO!!

    Bora Verdão Rumo ao Penta !!

    Um Big Beijo Amiga, que sorte a nossa que você é Palmeirense 🙂 e vamos estar no Palestra juntas comemorando mais esse Titulo 😉

  • Bito

    Excelente texto mocinha!!!
    Nossa, esse jogo foi um verdadeiro teste cardíaco, que jogo hein!!!!
    Marcos……….sem palavras!!!!
    Vamos Verdão!!!

  • Jefferson Camacho

    Não sei se fiquei mais emocionado com o jogo ou agora lendo seu texto! Parabéns e grande abraço!!!!

  • Taninha:

    Este ano foi a redenção do “Nosso Guerreiro Imortal”. Muito de nossa dignidade e amor próprio reconquistados, devemos a ele.

    “Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!”