VALEU, LEANDRO!

Ontem tive um dia péssimo. Estava nervosa, num mau humor horrível (maldita TPM), e ainda por cima ia ter jogo do Verdão. E era clássico. Claro que o Santos, o oponente,  vive um momento terrível, lá na zona do rebaixamento, mas eles têm uma boa equipe; só não estão conseguindo se acertar. O Palmeiras, por sua vez, tem time para não temer quem quer que seja, mas ia a campo desfalcado. Desfalcado é apelido, foi num quase catado, porque eram 11 as ausências para o jogo no Palestra. Faltava zagueiro, volante, atacante, lateral…

Os cornetas, que parecem ser amigos íntimos dos jogadores, tal a facilidade com que afirmam: “fulano quer isso”, “sicrano fez tal coisa de propósito”; iriam encher o saco se o resultado não fosse outro além da vitória. Aff! Haja paciência! São tão cabeças-duras que nem consideram que o time está sem conseguir repetir a escalação faz tempo, que alguns jogadores não têm conseguido reeditar sua melhores partidas. O que eles querem é reclamar, seja lá do que for. Basta olhar nos fóruns, por aí, os tópicos abertos, sempre pelas mesmas pessoas.Se não tiverem do que reclamar, serve o gerente de futebol, a marca da chuteira que o craque usa, o modelo novo da camisa… Non sense total…

Só que dessa vez o Palmeiras precisava mesmo ganhar, para se aproximar dos primeiros, tirar os bambis do G4 e assumir a posição. Luxa ia ter que tirar um de seus “coelhos” da cartola. E tirou! O Palmeiras fritou as sardinhas no óleo fervente do Caldeirão do Palestra. Fervente, porque a Que Canta e Vibra compareceu em peso e lotou a nossa casa. Eu, que acompanhei o jogo no rádio, fiquei arrepiada e em lágrimas ouvindo a nossa torcida cantar. Queria tanto estar lá e infelizmente não pude. Mas se não estava lá de corpo, estava de alma. Meus sentidos todos estavam ligados aos gritos da galera, à narração das jogadas, àquilo que meus olhos não viam, mas meu cérebro podia tão bem imaginar.

Mas nem a minha imaginação se atreveu a tanto, viu?  O time estava vibrante! Logo no comecinho do jogo, numa jogada típica do Verdão, Diego Souza toca para Alex na área que mete pro meio para entrada rápida e fulminante de… LEANDRO!!  GOOOOOL! O nosso lateral estava querendo ser artilheiro! O Verdão jogava fácil e dois minutos depois, numa outra boa jogada de Diego Souza, Alex “Killer” Mineiro, entra na área e fuzila o goleiro do Peixe. Olha o Alex fazendo história no Palmeiras! É o artilheiro do século, e chegou há tão pouco tempo… Imaginem até o final do ano, quantos gols mais não fará. Quero só ver quem baterá essa marca, um dia. Ô coisa boa! Primeiro tempo ainda e já tínhamos dois gols na rede do Peixe. Isso porque o juiz (sempre ele) já anulara um gol legítimo nosso. A esperança de uma goleada se acendeu em mim… E não é que a minha esperança estava certa? Falta para o Palmeiras e Leandro (aquele mesmo que a torcida tanto criticou no ano passado) foi cobrar. A bola, numa curva incrível, encobriu Felipe e foi direto lá onde a coruja dorme! Que golaço!! O Palestra em festa, explodiu de alegria com Leandro que comemorava o fato inédito de marcar dois gols em uma mesma partida. Enquanto os santistas marcavam muito bem Valdívia, que apanhava como é usual, outros atletas tinham mais liberdade de ação.

Pensei com meus botões que a fatura estava liquidada. Mas qual o quê! Num jogo emocionante, o Peixe diminuiu aos 34′, com Kléber Pereira. E para minha surpresa e de todos os palmeirenses, três minutos depois, eles descontaram mais um. Caramba! O que era fácil pareceu que ia complicar. Mas eu sempre digo que time que tem bons jogadores, terá sempre um atleta diferente decidindo a cada jogo. E ontem foi a noite de Leandro. Falta aos 44′ e ele foi cobrar direto na cabeça de Gladstone que mandou pro fundo das redes de Felipe. Agora o Peixe levara o golpe final e fatal. Dificilmente teria forças para reagir. E foi o que aconteceu. Ao Palmeiras bastou apenas controlar o segundo tempo e sair com a sétima vitória do campeonato, entrando no G4 e, o que é melhor, despejando os bambis de lá.

Valeu Leandro! Ontem você arrasou! Valeu, Alex, nosso Artilheiro do Século! Valeu, Palmeiras! E agora vamos pro Sul, com a mesma pegada, hein rapazes? Vai ser tri-legal trazer os três pontos de lá.  BOOOOA SORTE, VERDÃO!!!

 

  • Fabio (Bito)

    Que jogo hein mocinha!!!
    Leandro, Don Diego e Alex Killer jogaram muito, não esquecendo é claro os outros jogadores que tiveram um papel fundamental nessa vitória.
    Vamos pro sul, se arrancar um empate lá já está bom, queremos a vitória é claro!!!
    Vamos Verdão!!!
    Beijos
    Bito

  • Vitórias se fazem assim: “Com humildade, objetividade e espírito de equipe”.

    Não duvido que voltaremos do sul com algumas surpresas em nossa mala.

    “Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!”