NO PANETONE…NÃO!!!

Será que novamente veremos o time do Jd. Leonor ajudado nas finais do Paulistão 2008? Nós torcedores, somos os consumidores do “produto futebol” e exigimos profissionalismo e isonomia por parte da Federação Paulista de Futebol. Por que o Palmeiras não pode mandar os seus jogos em seu campo? De que adianta a um clube, ter o seu próprio estádio, cuidar de sua manutenção, reforma, se não pode receber seus torcedores em sua própria casa? Por que todos os grandes clubes que disputam o Paulistão, puderam jogar nos campos do Mirassol, Sertãozinho, Barueri, Guaratinguetá……..e agora não podem jogar no Palestra Itália? O Santos sempre mandou os seus jogos no estádio da Vila Belmiro, portanto os torcedores palmeirenses também têm todo o direito de poder assistir às partidas de seu time no campo do Palmeiras, no Palestra Itália. 

O Estádio da Sociedade Esportiva Palmeiras já foi palco de uma decisão de Taça Libertadores e agora não serve para o Paulistão? Nem mesmo para receber as semifinais? O CONSUMIDOR DE FUTEBOL EXIGE UMA DECISÃO DE CAMPEONATO JUSTA! Chega de mutretas e acertos para favorecer a um único time, que ao longo dos últimos vinte anos se favoreceu técnica, financeira e politicamente, ao mandar TODOS os seus jogos “clássicos” em seu próprio estádio, mesmo quando o mando era do outro.

O Corínthians, por nunca ter tido estádio próprio, se conforma em sempre ter que pagar aluguel, seja para a prefeitura, Portuguesa ou para o time do Jd. Leonor. Não vai entrar nessa briga, nunca. Por mera rivalidade e questões políticas não tem interesse em jogar no interior ou no Estádio do Palestra. Na verdade, eles até preferem o Morumbi. Já o Santos, tem o seu mando nos clássicos garantido na Vila Belmiro, o que faz que seu prejuízo seja bem menor que o dos outros grandes, mesmo tendo um estádio acanhado, antigo e sem qualquer segurança. O time do Jd. Leonor não se incomoda de jogar lá na Vila, pois a rivalidade entre eles é pequena, comparada com a rivalidade histórica e acirrada contra a Sociedade Esportiva Palmeiras e a colônia italiana.

Assim vão duas décadas em que o SPFC foi amealhando os aluguéis de todos os times grandes da capital, mesmo em jogos onde não estava presente, aumentando muito considerávelmente o seu poder financeiro, podendo comprar melhores jogadores a partir dessa fonte de receita monumental. Isso valeu aos donos do Morumbi (nem vamos aqui citar como “conseguiram” ser “donos” do estádio), várias conquistas de títulos, calcados no poderio econômico citado acima, e consequentemente, ótimas vendas de seus atletas para o exterior. E enquanto isso, os times  adversários, pagadores de  aluguel ao SPFC, se viam  afundados em dívidas e com péssimos times e acabaram caindo em um círculo vicioso contrário ao do time do Jd.Leonor, sem conseguir enxergar a raiz do problema.

Mas o palmeirense não quer mais essa situação. Não vamos aceitar mandar os nossos jogos no Morumbi. Lá e a casa do SPFC e não a nossa. Lá até o gandula é são-paulino. A Federação não pode pensar apenas em suas próprias vantagens,  esquecendo o maior  consumidor, que é o  torcedor. À  Sociedade Esportiva Palmeiras, não interessa o lucro, a renda, e sim o campeonato.Não queremos o Palmeiras mandando seus jogos no estádio do adversário. A federação está nos tirando o mando de campo e não vamos aceitar jogar no Morumbi.As razões existem às dezenas. Vamos citar alguns bons motivos, pelos quais o Morumbi não deve ser aceito pela S.E.Palmeiras em hipótese alguma:

– Não pode haver 2 jogos entre duas equipes, com mando de um mesmo time. O profissionalismo no futebol exige uma final de campeonato em igualdade de condições, para que os consumidores do “produto” futebol não sejam lesados.

– O estádio do Morumbi é altamente inseguro. Toda a região que circunda o estádio é formada por ruas residenciais desertas, propiciando todo tipo de emboscada contra o torcedor comum. Assaltos são usuais em dias de jogos. Sem contar as brigas de torcidas organizadas, que também explodem com mais violência no Morumbi.

– O Morumbi não tem estacionamento e nem trem e metrô próximos. Obriga o torcedor a ir de carro e deixar o seu patrimônio à mercê de flanelinhas. O uso de terrenos baldios como estacionamento é comum e são ínúmeros os torcedores que ao voltar encontram o seu carro arrombado e seus pertences furtados. A esposa do jogador Henrique, do Palmeiras, foi uma das vítimas mais recentes.

– A visão do jogo é péssima de qualquer parte do estádio, com exceção das cativas superiores. Só que em jogos decisivos elas são praticamente exclusividade dos sócios do time do Jd. Leonor. Nesse local, torcedores adversários são frequentemente hostilizados em caso de qualquer manifestação.

– O vestiário do time do Jd. Leonor, fica ao lado (literalmente) do vestiário dos árbitros!!!!! Fato esse que gera e facilita os “detalhes extra campo”, tão conhecidos de todos e que sempre decidiram finais. Não é a toa que o time do Morumbi “GANHOU” 80% das decisões que disputou em sua casa.

– O banco de reservas do time do Jardim Leonor fica ao lado (!!!!) do posicionamento do bandeirinha, e aí temos mais um ingrediente “extra campo”,que nunca deve ser desprezado.

– Nunca a torcida adversária comparece na casa do inimigo, com a mesma força que compareceria em seu próprio estádio, gerando mais um fator positivo para o time do Morumbi.

– Nos últimos 4 jogos em que o Palmeiras ganhou do time do Jd.Leonor, o jogo ocorreu em campo neutro: Pacaembu e interior.

– Finais são decididas em detalhes. Todos conhecemos as “minúcias” que decidiram o Brasileiro de 2007. Não podemos menosprezar a competência de nosso adversário em acertar esses “detalhes” em benefício próprio. Já usaram dos mesmos artifícios em 1972. Da mesma forma os usaram também em 2005, para não jogar a final da Libertadores no campo do Atlético/PR. Nossa diretoria não deve ser pretensiosa e ingênua a ponto de menosprezar todos esses “pormenores”.Os jogos finais devem ser decididos apenas dentro de campo e não nos bastidores, como é usual ao time do Jd. Leonor.

O PALMEIRENSE QUER TER O DIREITO DE ASSISTIR AOS JOGOS EM SEU ESTÁDIO!! É UM DIREITO NOSSO!!
CHEGA DE ARMAÇÕES!! JÁ PASSOU DA HORA DE MORALIZAREM O POBRE FUTEBOL BRASILEIRO!!

DIRETORIA PALMEIRENSE, FAÇAM COMO EM 1972 E NÃO ACEITEM MANDAR O NOSSO JOGO NO MORUMBI, NEM QUE SEJA PRECISO LEVÁ-LO PARA O INTERIOR.